Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "david lynch"

David Lynch remixa faixa da nova banda de Nigel Godrich

28 de setembro de 2012 0

David Lynch remixou a faixa Strange Formula, da banda de kraut-pop Ultraísta, formada por Nigel Godrich (produtor do Radiohead), Laura Bettinson e Joey Waronker, que já trabalhou com Beck, R.E.M., Smashing Pumpkins, Eels e Paul McCartney.

A faixa tem synths sujos e beats nervosinhos como base. O nome do trio foi inspirado pelo movimento literário espanhol Ultraísmo, surgido em 1918, e o som original estará no disco de estreia do trio.

Ultraísta: Strange Formula on Nowness.com.

> Mais David Lynch

David Lynch lança clipe bizarro de Crazy Clown Time

02 de abril de 2012 0

Festinha from hell no backyard de David Lynch. O clipe de Crazy Clown Time, música do cineasta, é pancada – e não poderia deixar de ser. Bizarrice white trash cinéfila.

> Mais David Lynch

David Lynch lança vídeo sobre gravações do disco Crazy Clown Time

20 de outubro de 2011 0

Volto das minhas férias mega offline e encontro esse vídeo legal do David Lynch em estúdio trabalhando em Crazy Clown Time. O disco terá 14 músicas já descritas como “blues moderno”. Lynch toca guitarra, canta e assina a produção ao lado de Dean Hurley. A faixa Pinky’s Dream tem Karen O, do Yeah Yeah Yeahs, nos vocais.

O cineasta já havia escrito músicas para seus filmes. Em 2009, fez a animação do clipe de Shot in The Back of The Head, do Moby (aqui). No ano passado, lançou as ótimas Good Day Today e I know (ouça aqui), e antes disso participou do álbum cult Dark Night Of The Soul, o projeto de Danger Mouse (do Gnarls Barkley) e Mark Linkous (do Sparklehorse). Em julho deste ano, criou um vídeo para a música Lights, do Interpol (veja).

Lançamento: 8 de novembro.

>>>>> Mais David Lynch

David Lynch cria animação para Interpol

14 de julho de 2011 0

David Lynch criou uma animação tosca cool para a música Lights, do Interpol, do disco de 2010. O vídeo oficial é este aqui. A visão de Lynch para o som se chama I Touch A Red Button.

>>>>> Mais Interpol

>>>>> David Lynch lança músicas

>>>>> Lynch cria clipe para Moby

>>>>> Mais David Lynch

Novas músicas de David Lynch estão online

29 de novembro de 2010 0

David Lynch mata a pau nas músicas lançadas hoje. Good Day Today alterna vocais robóticos de clima etéreo com uma base eletrônica nervosa, emoldurada por um piano em loop constante.

I know desacelera os beats e aposta em linhas de orgão e de guitarra para causar estranhamento. A faixa fica ainda mais sombria com vocal que vai do falado ao dilacerante.

Lynch já havia transitado pela música no álbum Dark Night Of The Soul, o projeto de Danger Mouse (do Gnarls Barkley) e Mark Linkous (do Sparklehorse).

Aqui no Guardian, Lynch fala sobre sua música.

>>>>> Mais David Lynch

David Lynch revitaliza Moby em clipe

16 de abril de 2009 0

Divulgação
Depois de alguns álbuns que considero bem inferiores aos seus antigos Everything Is Wrong, Animal Rights e Play, Moby dá sinais de vida inteligente. O novo álbum, Wait for Me, será lançado apenas no dia 30 de junho nos Estados Unidos, mas o primeiro clipe, da música Shot in The Back of The Head, saiu ontem, assinado pelo mestre David Lynch.

Só pude conferir hoje. Gostei. O cineasta criou uma animação tosca e sombria, em preto e branco, para a música instrumental cheia de guitarras melancólicas. O clipe retrata a relação de um homem (que, atingido por uma bala, fica sem rosto) com a cabeça de uma mulher sem corpo. Moby disse que enviou a música para Lynch fazer o que quisesse.

Como de costume, o músico gravou Wait for Me em casa e, desta vez, convidou amigos sem experiência para fazer os vocais. No seu blog, ele disse que Lynch é um dos seus diretores favoritos e que ficou feliz com o resultado. Neste link da David Lynch Foundation Television tem um papo entre os dois.


Shot In The Back Of The Head from Moby on Vimeo

Postado por Danilo Fantinel

David Lynch quer reunir McCartney e Ringo Starr

19 de fevereiro de 2009 1

David Lynch quer reunir McCartney e Starr/Divulgação/

O cineasta David Lynch, através de sua fundação, a David Lynch Foundation, quer reunir os ex-Beatles Paul McCartney e Ringo Starr em show de caridade, que se realizará no dia 4 de abril, em Nova York.

A apresentação já têm nomes confirmados, como Eddie Vedder (líder do Pearl Jam), Moby, Sheryl Crow e Paul McCartney. Boatos garantem que Ringo também participará do evento.

Em recente entrevista para o site gigwize, o ex-baterista do The Beatles afirmou que adoraria voltar a tocar com McCartney, seu ex-colega de banda, mas que não gostaria de  se apresentar com ele.

Será que David Lynch vai conseguir promover esse encontro?

Fonte:With Lasers

Postado por Maitê Mendonça

Show do Killers com transmissão ao vivo terá direção de Werner Herzog

30 de agosto de 2012 0


O cineasta Werner Herzog vai dirigir a transmissão online ao vivo do show que The Killers fará no projeto American Express Unstaged. A apresentação rola em Nova York no dia 18 de setembro, às 19h (hora local), e poderá ser vista pelo canal oficial da banda no Youtube.

Será a 11ª edição do projeto, que já reuniu David Lynch e Duran Duran, Gary Oldman e Jack White e Terry Gilliam com Arcade Fire. O baixista Mark Stoermer disse à Rolling Stone que vai conferir shows antigos para “evitar erros”.

O cineasta também planeja crowd-surfing, colocar câmeras no baterista Ronnie Vanucci e usar um animal durante a filmagem. O show será um dia depois do lançamento do disco Battle Born nos Estados Unidos.

> Veja o clipe de Runaways
> Banda toca três novas músicas em show
> Mais The Killers

Tracks Volume #46

29 de junho de 2012 0

CavemanOld Friend
Tétrico, mas ótimo esse clipe cinematográfico da banda de indie pop e neo-psicodelia alternativa Caveman. O vídeo dirigido por Philip Di Fiore mistura referências estéticas e narrativas de Hitchcock e Lynch. A faixa é do disco CoCo Beware, lançado no ano passado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Other LivesDust Bowl III
Indie folk bem roots, com violão, baixo, guitarra, teclados, trompete e mais. No clipe de Dust Bowl III, da banda Other Lives, o transe hipnótico provocado pelo som de um diapasão desencadeia um descolamento mental no personagem e, em seguida, uma crise nervosa que, por fim, o leva a um outro plano psíquico.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

VIDEONothing Lasts Forever
Essa pancada metálica, aguda e ruidosa é como um tapa no seu ouvido. E você vai gostar! Garage punk em alto e bom som pra quem acha que o rock virou zumbi. O clipe de Nothing Lasts Forever foi gravado ao vivo em Denton, Texas. Neste link você pode ver a banda tocando In Control ao vivo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FlorrieShot You Down
Os anos 60 voltaram em 2011/2012 com cantoras como Lana Del Rey, Girl Crisis e Janine Rostron (do Planningtorock). Agora, Florrie mostra que tá nessa. Mistura Nancy Sinatra com Ting Tings para criar o pop dançante de Shot You Down – típico som que bomba no verão em Londres. O problema é que as outras músicas dela são ruins.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SplashhNeed It
Acid rock noventista, com guitarras supersônicas, metálicas e incessantes em espirais corrosivas. Need It é da banda britânica Splashh.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

WHY?Sod In The Seed
A banda WHY? programou sua volta para o dia 13 de agosto, com o EP Sod In The Seed. A faixa título é um indie pop alto astral, uptempo, com vocal tipo spoken word.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tame Impalanovo disco
O Tame Impala divulgou um teaser sobre o novo disco, sucessor do psico-indie Innerspeaker, de 2010.

Eletrônica

Family BandNight Song
Esse downtempo dark (darktempo!) soturno, doce e chapante do duo Family Band é todo em clima de suspense. Tipo Nico encontra Tricky para fazer um som com o David Lynch. Super leve. E o melhor: Night Song ganhou um vídeo bárbaro, visualmente simples e totalmente eficiente – ‘estrelado’ pela cantora Kim Krans, sobre quem rolam projeções legais. Clipe WTF! da semana. O disco Grace & Lies sai dia 24 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

PaoliShashari Lovetta
Electronic acid jazz e slow beat elegante no som do artista esloveno Paoli. Rebirth of cool total!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BleepA Guide To Electronic Music
O Bleep lançou o Guide to Electronic Music, uma preciosa compilação com 55 faixas que retratam a evolução da música eletrônica a partir de 1930. Tem Karlheinz Stockhausen, Afrika Bambaataa, Aphex Twin, Autechre, Art of Noise, 808 State, Boards of Canada, Brian Eno, Burial, Coldcut, Daphne Oram, Divine, Four Tet, Frankie Knuckles, Inncer City, James Blake, J Dilla, Jean Michel Jarre, John Cage, Model 500, Phuture, Skream e, além desses, muitos artistas obscuros e pouco conhecidos. Veja o tracklist completo e compre o disco aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

M.I.A.Bad Girls (Switch Remix ft. Missy Elliott and Rye Rye)
Switch (Major Lazer), Missy Elliott e Rye Rye deixaram M.I.A. ainda mais bad grrrrrrrrl neste remix gangsta dancehall-funkeiro nota 10. Guerrilla sounds.
Ouça aqui

M.I.A.Bad Girls (Leo Justi remix)
O DJ carioca Leo Justi também remixou Bad Girls. O remix do brasileiro, focado em moombahton (a fusão de house music e reggaeton) e islamic sounds, entrou no EP oficial de remixes da música e foi escolhido pela M.I.A. para ser a trilha do comercial da cerveja alemã Beck, que teve o rótulo criado pela cantora.


Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45

Tracks Volume #42

25 de maio de 2012 0

A Place To Bury StrangersYou Are The One
Psicodelia metálica, acid rock pegado, distorções e microfonias intensas em You Are The One, o genial som da banda A Place To Bury Strangers. No clipe cinematográfico de Matt Moroz e Tracy Maurice, sexo, loucura e violência marcam uma obra que poderia ser o encontro de David Lynch, Guy Ritchie e Tarantino. A faixa é do disco Worship.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ExitmusicThe Night
Exitmusic lançou o clipe de uma das mais belas músicas do ano, The Night, um lindo e amargo dream pop, orquestrado e ornamentado pelo músico Devon Church e pela incrível voz de Aleksa Palladino. O som é tão intenso quanto You Are The One, do A Place To Bury Strangers, que você viu acima, mas num clima muito mais doce e onírico. No filme, o diretor Will Joines criou um ambiente fosco e difuso para um dia de eclipse que se torna marcante na vida da personagem. Som e imagem são impressionantes.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

LornGhosst(s)
O trip hop electro jazzístico from hell Ghosst(s), do Lorn, é tétrico e fantástico o suficiente. Não bastasse isso, ganhou essa animação sinistra espetacular sobre a passagem da vida para a morte, e da presença para a ausência, como indicou a agência de criação CRCR, que assina a direção. Um dos clipes do ano, sem dúvida.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cloud NothingsOur Plans
Em Our Plans, o vocal de Dylan Baldi se aproxima ao de Kurt Cobain, da mesmo forma que vimos em No Sentiment (Tracks 29) e na espetacular No Future/No Past (Tracks 30). A faixa também lembra Nirvana, como as outras citadas, mas em Our Plans há uma pegada um pouco mais britânica.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BlouseThey Always Fly Away
Chapei no som dessa banda Blouse, de Portland, mas que poderia ser de Manchester. Indie pós-punk denso com teclados climáticos e baixo pulsante. A faixa é do disco de estreia, lançado ano passado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

She’s So RadConfetti
A banda da Nova Zelândia integra o revival shoegaze noventista, mas conserva uma pegada pop etérea que remete a Cocteau Twins, Siouxsie e Cure.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

River City ExtensionIf You Need Me Back In Brooklyn
Tem algo de Arcade Fire em If You Need Me Back In Brooklyn, da banda River City Extension, de New Jersey. A bateria. As cordas. E os vocais também. O segundo disco da banda, Don’t Let The Sun Go Down On Your Anger, sai dia 05 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RØSENKØPFBurning Spirits
Burning Spirits foi uma provinha que o trio de Nova York RØSENKØPF liberou há umas duas semanas, antes de lançar o disco de estreia no dia 15 de maio. Guitarra noisy, drum machine x batera orgânica, vocal from hell e um senso pós-hardcore inato. Não é a coisa mais agradável de se ouvir, mas também está longe de ser desconfortável.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Passion PitTake a Walk
Dificilmente lanço aqui nas Tracks (e no Volume como um todo) algum som que eu não curti. Não vejo muito sentido em perder meu tempo (e o seu) com coisas que não gosto, mas pode acontecer. É o caso de Take a Walk, a nova (e já “velha”, lançada há dias) do Passion Pit. Popzinho com batera bem marcada, a faixa na verdade não tem nada de muito marcante. Não tem apelo nem identidade. Mas, táe pra você escutar. O disco Gossamer está marcado para 24 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jonathan BouletThis Song is Called Ragged
Ainda não sei o que pensar sobre o som (em alguns momentos é legal, em outros não), mas o clipe dirigido pelo skatista Peanut, feito com câmeras superlentas, é massa. A faixa está no disco We Keep The Beat, Found The Sound, See The Need, Start The Heart, do músico australiano Jonathan Boulet.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Echo LakeEven The Blind
O dream pop da banda Echo Lake é corroído por guitarras ácidas e soterrado por camadas de efeitos metálicos. Neste clipe de Even The Blind as imagens seguem esse padrão de sobreposições.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DarksideA1
O groove do single A1 aliado ao grave das cordas e da bateria da música criam um clima sexy arrebatador. Já o clipe é totalmente místico – e bem legal. Mil pontos para Darkside, a banda do Nicolas Jaar, que vc conheceu nas Tracks 28

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YeasayerHenrietta
A banda de indie rock Yeasayer se jogou de cabeça no electronic groove na faixa Henrietta, cheia de synths densos, batida trippy e vocal climático. O som se aproxima do Depeche Mode, mas não se permite ser uma simples cópia, já que os nova-iorquinos apostam muito mais alto em ritmo e sensualidade do que os britânicos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Light AsylumHeart Of Dust
As mina pira no clipe mucho loco do Light Asylum. Grace Jones encontra Depeche Mode no show do Nine Inch Nails? Achei o vídeo meio fake, mas o som é legal. Clipe WTF! da semana.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Elite GymnasticsLife/Trap
Uma das melhores coisas do revival dos anos 90 é o resgate do jungle e do drum’n’bass. Em Life/Trap, o duo norte-americano Elite Gymnastics seleciona jungle beats espessos e aplica um vocal hipnótico semelhante aos utilizados em várias faixas do Underworld.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Kuhrye-ooFor The Fame II
Calvin McElroy, aka Kuhrye-oo, é um dos novos nomes da prolífica cena canadense. Em For The Fame II, que é na verdade uma nova versão para a faixa Give In (For the Fame), ele compõe uma viagem sonora baseada em psycho-jungle. O vídeo tem participação da também canadense Grimes, que você conheceu nas Tracks 36.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CocoRosieWe Are On Fire
A alquimia sonora das irmãs Sierra e Bianca Casady é mesmo especial. Na xamânica We Are On Fire, jazzy electronic, trip-hop e dream pop são base para uma canção delicada, provocante e misteriosa. Cocteau Twins, Portishead, Björk e Moloko são claras inspirações.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Four TetOcoras e Jupiters
Kieran Hebden liberou há alguns dias novas faixas do seu projeto supercool Four Tet. Jupiters tem dois momentos: um início indie electronic tranquilo, seguido por beats e synths mais agitados, seguindo um esquema IDM. Ocoras está na mesma linha do segundo momento de Jupiters.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Teen DazeTreten
O produtor canadense criou uma ópera sintética hipnótica, cadenciada, ondular, num esquema electronic new age viagem. No vídeo, imensidão azul. O disco All Of Us, Together sai no dia 05 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

WoodkidRun Boy Run
A mente por trás do Wookid é o cineasta e fotógrafo francês Yoann Lemoine, que já dirigiu clips de Katy Perry, Drake, Lana del Rey e Yelle. O esperadíssimo álbum de estreia, chamado The Golden Age, é pra chegar ainda neste ano. Enquanto não chega, dá pra apreciar o trabalho épico, cheio de arranjos e percussões que mais parecem uma orquestra neste incrível clip Run Boy Run.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Cypress Hill x RuskoLez Go (Mustard Pimp Remix)
A parceria do hip-hop insane in the brain do Cypress Hill misturado ao dubstep cheio de jungle do produtor britânico Rusko é nitroglicerina pura.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

OrbitalWonky (CSY & Stripes Remix)
O duo britânico Orbital está lançando um EP de remixes da faixa Wonky, que tem o mesmo nome do disco lançado neste ano. O trabalho assinado por CSY & Stripes está centrado em deep house. É bem pop e não surpreende nem um pouco. Ficou ok. Já o ótimo clipe de Never você viu nas Tracks 18.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41