Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "lana del rey"

Lana Del Rey lança o clipe de National Anthem

27 de junho de 2012 0

Já está online o clipe de Lana Del Rey para a música National Anthem. No vídeo, Lana interpreta Marilyn Monroe e Jackie O e o rapper A$AP Rocky, John F. Kennedy. O Super-8 granulado e as imagens em preto e branco reforçam o glamour sessentista perdido. No som, balada em clima hip hop / new r’n’b.

A faixa é do disco Born To Die.

>>>>> Mais Lana Del Rey

Clipe de Lana Del Rey para Born to Die é piegas

14 de dezembro de 2011 5

Que eu curto muito Lana Del Rey todo mundo sabe, basta ver estes vários posts dedicados a ela, mas esse clipe de Born to Die é muito fraco. Brega, pedante e megalomaníaco. Muita produção para pouco resultado. Prefiro os antigos vídeos independentes de Video Games, Blue Jeans e Kinda Outta Luck. O lado bom de Born to Die fica mesmo com a música: romântica e trágica sem ser piegas como o clipe em si. O álbum de mesmo nome será lançado em 30 de janeiro.

Lana Del Rey apresenta novas músicas ao vivo

09 de novembro de 2011 1

Lana Del Rey apresentou duas novas músicas ao vivo em shows na Europa nos últimos dias. Tava na hora, afinal o hype global não se sustentaria apenas com as ótimas Video Games, Blue Jeans e Kinda Outta Luck.

Born 2 Die rolou em um show no Nouveau Casino, em Paris. Lana se esforça no vocal e a canção é bela, mas não tem o mesmo apelo das anteriores. Alerta amarelo: Lana não pode se tornar uma cantora de fossa…

Off To The Races foi executada no Ruby Lounge, em Manchester, no 04 de novembro, dias antes da noite em Paris. Agora sim um som melhor formatado, com mais identidade, mais contemporâneo, com boa bateria R&B e ambientação quente de teclados/baixo. A faixa também exige mais do vocal da cantora do que em Born 2 Die, o que gera um resultado mais convincente.

Seja como for, duas coisas são certas: 1 – Lana precisa de mais experiência de palco; 2 – a banda dela é nota 10.

> Mais Lana Del Rey

Tracks Volume #50

27 de julho de 2012 0

SwansThe Apostate
A veterana banda de pós-punk/noise Swans, de NY, liberou um teaser do DVD gravado ao vivo que estará na edição especial do novo disco The Seer, marcado para 28 de agosto. Nas imagens abaixo, um trecho apocalíptico da faixa The Apostate, que ao vivo tem 23 minutes de microfonias, distorções e melodia catártica. Desde 1983, a banda já lançou mais de 15 discos. Eles deram um tempo em 1997 e voltaram em 2010 com o disco My Father Will Guide Me Up a Rope to the Sky. O líder, guitarrista, vocalista e compositor Michael Gira disse que The Seer terá 11 faixas e 2 horas de duração! A cantora Karen O, do Yeah Yeah Yeahs é uma das convidadas.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Title FightHead In The Ceiling Fan
Descendente do Swans, mas também de Mogwai, Explosions in the Sky, Tortoise… a banda Title Fight liberou o vídeo desse pós-rock melancólico, metálico e belo. A estreia rolou em 2011, com o disco Shed. A faixa Head In The Ceiling Fan está no novo álbum, Floral Green, que sai no outono gringo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The BabiesMoonlight Mile
Moonlight Mile é um garage rock de guitarras metálicas com bateria incessante e pegada pop sessentista. Há um psicodelismo, mas distante de clichês do estilo. A banda do Brooklyn libera o single 7″ em breve.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tame ImpalaElephant
Depois de liberar um teaser sobre o novo disco e o áudio da faixa Apocalypse Dreams, o Tame Impala lançou o single Elephant. Space rock psicodélico com guitarras heavy hipnóticas, como já era esperado. Muito bom! O disco Lonerism sai no dia 9 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SolosCarpe Diem
O duo formado por Spencer Seim e Aaron Ross liberou esse rock psicodélico garageiro e experimental com bateria convulcionada e guitarra veloz. Há um certo humor no som, que está no disco Beast Of Both Worlds, marcado para 11 de setembro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Flaming Lips and Heady Fwends
Está online o disco The Flaming Lips and Heady Fwends, lançado no Record Store Day deste ano em formato duplo reunindo parcerias com Nick Cave, Lightning Bolt, Bon Iver, Chris Martin, Tame Impala, Yoko Ono, Erykah Badu, Neon Indian, Ke$ha, Prefuse 73 e a banda cult Lightning Bolt (na balada psicotrópica I’m Working at NASA on Acid, veja o clipe). Você também viu o vídeo psycho-erótico do Flaming Lips com New Fumes para a faixa Girl, You’re So Weird nas Tracks 39.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Wild CubStraight No Turns
Indie rock com levada disco-funk? Mais ou menos por aí…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Mountain GoatsCry For Judas
A banda The Mountain Goats liberou Cry For Judas, um rock tradicional adornado por trompete que está no disco Transcendental Youth, marcado para 02 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

POND Moth Wings
O clipe WTF! da semana, óbvio, vai pra essa coisa bizarra do POND. Mas Moth Wings, faixa da banda que é projeto paralelo do Tame Impala, é legal.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Blonds - Time
Lindíssima balada indie, com bateria cadenciada, guitarras contemplativas, vocal de veludo e climinha sinfônico. O duo Blonds tá podendo! O disco The Bad Ones sai no dia 07 de agosto.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Beach HouseWishes
Wishes ao vivo, no Late Night With Jimmy Fallon, ficou incrível. Delicadeza pop.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Beck - Sound Shapes
Saiu há dias um vídeo sobre o game Sound Shapes com trechos de Cities, uma das três faixas do Beck para o jogo. As outras são Touch the People e Spiral Staircase. No vídeo, Steve Wilson, do coletivo de arte Pyramid Attack, fala sobre a criação de personagens a partir das músicas compostas pelo norte-americano. Saiba mais sobre o game para PlayStation 3 e PlayStation Vita aqui

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nirvana - Heart-Shaped Box (Lana Del Rey cover)
Lana surpreendeu o público de seu show de ontem no Enmore Theater, em Sydney, ao fazer um cover Heart-Shaped Box, do Nirvana. Arriscado, hein? O resultado? Ela amaciou a música, que segue de partir o coração. Mas o som ficou bem meloso. Fãs do Nirvana vão odiar!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Le1fWut
O Le1f é provavelmente uma das grandes surpresas do ano até agora. Em Wut, o MC gay manda ver um rap afro-american com acento grave, pesadas doses de humor, afetação e carga sexual. À base de electro underground hip hop, Miami bass e funk carioca, o rapper sintetiza MC Hammer, Tricky, Grace Jones, Nicki Minaj, Santigold, M.I.A. , Azealia Banks e Diplo. O som é ótimo e a direção do clipe abusado é de Sam Jones.

O mixtape de estreia, Dark Yorkd, é bem mais experimental. Faz uma linha mais left-field hip hop, experimental, com boas trilhas inspiradas por indie electronic e 2step underground.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Crystal CastlesPlague
Saiu nesta semana a versão oficial do novo single do Crystal Castles. Como sempre, os canadenses mandaram bem. Dark synthns etéreos, sufocantes, from hell. Você escutou uma versão ao vivo de Plague, um pouco mais pesada, nas Tracks 45, em junho. Naquela época, a gente ainda não sabia o nome do som. A faixa estará no próximo álbum do duo, ainda sem nome e data.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SSIONFeelz Good Forever
O performático SSION já lançou vários vídeos malucos, sempre com estética forte marcada por passadismo kitsch new wave, ironia bizarra e paródia gay andrógena. No clipe de Feelz Good Forever, efeitos primários de edição e composição de imagens em altíssima velocidade enquadram uma faixa disco-punk maneraça. O som alterna momentos calmos e sufocantemente etéreos com beats sujos e pesados. A trilha delirante contrasta bem com o vocal afetado do cantor. A faixa está disco BENT. Epiléticos, mantenham distância!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SBTRKTGloss
Nesta curta faixa, SBTRKT (aka Aaron Jerome) desconstrói o jungle ao sequenciar beats quebrados em baixa rotação com apoio de percussão sintética, como no caso do xilofone.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Birdy Nam NamGoin’ In (Skrillex “Goin’ Hard” Mix)
Skrillex turbinou Goin’ In, do Birdy Nam Nam, injetando dubstep testosteronizado no som. Ficou Goin’ Hard! Matou a pau!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nine Inch NailsSurvivalism (Deadmau5 remix)
Deadmau5 baixou o tom e deu groove ao industrial rock Survivalism, lançado pelo Nine Inch Nails no álbum Year Zero em 2007. A faixa ainda está pesada, mas ganhou um novo sentido.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The xxAngels (Mirrors remix)
A delicada Angels, do xx, ganhou uma versão um pouquinho diferente no remix de Mirrors. Ouça a original aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tomas BarfodDon’t Understand (Abstraxion Remix)
Há algo trance no remix do Abstraxion para a faixa Don’t Understand, de Tomas Barfod. Tipo loops transcendentais constantes de beats e vocais em direção ao cosmo químico. Mas tá mais pra bedroom electronic do que para as pistas. É, o gênero mais popular (pra playboylândia) e o mais rejeitado (pelo hypeland) do mundinho eletrônico também tem coisa boa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Noel Gallagher’s High Flying BirdsAKA…What A Life! (The Amorphous Androgynous Remix)
Esse remix over extended do Amorphous Androgynous saiu faz tempo. Simplesmente esqueci de postar. Talvez porque seja meio palha. O som está no single Everybody’s On The Run. Você já tinha escutado um remix do Amorphous para a faixa Shoot a hole into the Sun em fevereiro.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48, #49

Tracks Volume #49

20 de julho de 2012 0

Madrid @ Beco Porto Alegre
Adriano Cintra e Marina Vello apresentam as delicadas canções do Madrid no Beco, em Porto Alegre, neste sábado, dia 21. Como todos já sabem, os beats sujos, as guitarras alucinadas e a urgência febril do CSS e do Bonde do Rolê ficaram há muito para trás. Marina brigou com o Bonde em 2008 e Adriano entrou em litígio com o CSS em 2011. Há meses, Cintra/Vello se dedicam a densas e introspectivas composições fundadas em piano e violão, com destaque para o poder autoral e instrumental dele e a voz grave, quente e sedutora dela. Apesar do tom austero do som, nem tudo é calmaria no repertório da dupla. Há váriações. Por exemplo, enquanto Let Go Of Me (áudio abaixo) remete a um cabaret berlinense dos anos 1920 (como também faz Thiago Pethit), I Fly (vídeo baixo) é um jazzy punk pegado, com groove, melodia e harmonia totalmente excelentes, num resultado absolutamente contemporâneo. Se o show for como a estreia em São Paulo, a dupla deverá estar acompanhada por guitarrista e baterista.


Então, quem quiser o Beco virar Piano Bar neste finde, se liga: ingressos a R$ 25,00 com nome na lista e R$ 30,00 na hora.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Bad CopWet Lips
Wet Lips
é um psycho rock pegado, nervoso, punk garageiro, e ainda assim pop. Os caras criaram túneis guitarrísticos sensorias e efeitos alucinágenos sobre uma bateria espancada com vontade. Massa. Como credenciais, citam influências de MC5, The Doors, Nirvana e Orchid. Os americanos do Bad Cop lançaram o disco Harvest the Beast em 2010 e preparam o lançamento de um split 7″ com a banda Turbo Fruits para breve. O líder do Bad Cop tem um dos nomes mais legais do rock: Adam Anyone. Olho nele.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Refused - New Noise
A banda ‘industrial punk’ Refused, da Suécia, mandou essa pedrada ao vivo no Jimmy Fallon. Não perde!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Echo LakeIn Dreams
O shoegaze encontra o dream pop no rock atmosférico do Echo Lake, descendente direto de My Bloody Valentine. In Dreams etá no disco Wild Peace, o mesmo da faixa Even The Blind (veja o clipe nas Tracks 42) .

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

StarsHold On When You Get Love And Let Go When You Give It
A banda de Toronto, liderada pelos músicos Torquil Campbell e Chris Seligman, já lançou seis discos desde 2001, em geral bem recebidos pela crítica gringa. Mesmo assim, Stars nunca foi muito conhecido aqui no Brasil. Agora, eles preparam o lançamento do sétimo álbum, The North, para 04 de setembro. O single Hold On When You Get Love And Let Go When You Give It, um indie pop perfeitinho, foi liberado há alguns dias.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Matt BoroffFilling In the Cracks
O músico Matt Boroff criou um western chapado de peyote, árido e ressecado. Em Filling In the Cracks, vagamos em um deserto escaldante sufocados pelo vento quente e pelo sol delirante. O músico austríaco, que mora nos Estados Unidos, acaba de lançar o EP de mesmo nome, com participação do músico Mark Lanegan.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Raymond Byron And The White FreighterAllegiance
Southern rock experimental, com groove pulsante, mas discreto, e uma certa acidez folk alternativa nas guitarras. Muito bom. O som de Ray Raposa e sua banda Raymond Byron And The White Freighter está no disco Little Death Shaker, marcado para 04 de setembro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The TechnicolorsSweet Time
A banda americana liderada pelo guitarrista e vocalista Brennan Smiley é inspirada pelos grandes grupos do classic rock dos anos 70. Som sem firulas, sem rodeios. Sweet Time é o primeiro single do disco The Listener.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lana Del ReySummertime Sadness
Relação homoafetiva trágica no novo clipe da Lana. E segue a estética vintage da cantora, como em National Anthem, Video Games, Blue Jeans, Off To The Races e Kinda Outta Luck

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

KimbraSettle Down
A música Settle Down, da cantora Kimbra, rola há algum tempo nas interwebs, mas agora o som ganhou um clipe alternativo genial – o primeiro saiu faz tempo e nem é tão legal (veja) . A música também ganhou uma nova versão: virou um new R&B high-tech composto apenas com vocalizações e editado com drum machine e loops via iPad. A neozelandesa sobrepôs camadas de vozes sob efeitos dos maios variados. Ficou ótimo. No vídeo assinado por Christopher Barrett e Luke Taylor, do Us, Kimbra aparece em múltiplas versões de si mesma. A cantora de 22 anos lançou o disco Vows no mês passado nos Estados Unidos.

Kimbra: Settle Down (Live) on Nowness.com.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dan DeaconTrue Thrush
Dan Deacon é um cara massa! Ele e Ben O’Brien lançaram um dos melhores clipes do ano so far. Sabe telefone sem fio? É tipo assim! No vídeo, eles criaram uma cena que foi reproduzida por uma dupla, e por outra e outra e assim por diante. Tem umas pessoas que viajam horrores. É hilário. Must play.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DeathfaceFountain Of Youth
O duo Deathface leva o heavy eletrônico ao extremo, unindo gabba, EBM, industrial e death metal para fazer um som dos infernos, deixando Sleigh Bells e até Crystal Castles quilômetros para trás. Na verdade, Deathface é como se Atari Teenage Riot e Aphex Twin fossem um só. Som para os fortes. A faixa é do novo EP From Beneath.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Holy OtherHeld
Esse projeto eletrônico Holy Other, de Manchester, faz um som bem próximo ao de James Blake, misturando minimal beats a jazzy etéreo e reverberações eletrônicas, porém numa pegada um pouco mais veloz. Vale o play!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

We LoveEnd Of The Night (Audiojack Remix)
O duo britânico Audiojack liberou esse remix incrível para a faixa End Of The Night, do duo We Love, de Florença, a linda cidade italiana. O legal no som do Audiojack é que eles juntaram early 90′s tech house com um groove robótico beeeem 2012. Ficou ótimo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48

Tracks Volume #47

06 de julho de 2012 0

Matthew DearHer Fantasy
David Bowie vive nesse poderoso synth disco pop lançado pelo Matthew Dear. Her Fantasy tem uma concepção house ácida inserida na psicodelia glam do superastro britânico. Ao mesmo tempo, há um eco gótico eletrônico que garante densidade ao som. Com autoria, Matthew faz uma homenagem personalíssima ao cantor e compositor inglês. Mas, se a música é totalmente excelente, o clipe deixou a desejar. O disco Beams sai no dia 28/7. Olho nele!

Matthew Dear participou do álbum Life Beyond Mars: Bowie Covered em 2008, lançou em 2011 o ótimo single Headcage (num esquema Bowie-electro-groove; Tracks 26) e fez um remix incrível para Me And The Moon, do The Drums (ouça aqui). Em janeiro passado, saiu o EP experimental Headcage, que você escuta abaixo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

JakwobPlease
O multi-instrumentista britânico James Edward Jacob, conhecido como Jakwob, liberou há algum tempo a incrível música Please, com participação do rapper inglês Kano nos vocais. O som mistura minimal beats, left-field hip-hop e piano delicado. A faixa está no disco The Prize.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


THE-DRUM/SYS
Ambient etéreo com traços etno-dub do duo de Chicago THE-DRUM (não confundir com The Drums). A faixa /SYS é o primeiro single do disco Sense Net.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


BwanaNami Swan
Aqui também tem etno beats, mas com mais groove.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Santigold The Keepers
Santigold lançou um clipe cabeça/piada sobre a ilusão americana para a música The Keepers. É médio…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Azealia BanksNathan (feat. Styles P)
A cantora mais hypada do hypeland vem liberando faixas e clipes nas últimas semanas. Em Nathan, parceria com o rapper Styles P, Azealia manda ver em gangsta rap left-field turbinado por beats e synths do underground. Hip hop lado B total. O som está na mixtape Fantasea.

Mais Azealia aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


The PresetsYouth In Trouble
Se você tem mais de 30 e curtiu techno raves ácidas ao som de Derrick May, Juan Atkins, 808 State, Altern 8, Orbital (…) nos 90, a faixa Youth In Trouble, do Presets, não será novidade – mesmo sendo atualíssima. E se você assistia ao Dance MTV na mesma época, o clipe da música não vai te surpreender – apesar de ser tipo temmmmdêmmmmcia. Mesmo assim, curta o som, veja o vídeo e surpreenda-se com o duo de Sydney, que faz tudo o que você já conhece, mas do jeito deles.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Bloquinho Remix

Friends - I’m His Girl (AlunaGeorge Remix)
O duo britânico AlunaGeorge fez um remix downbeat bem calminho, inteligente e elegante para o hit underground I’m His Girl, da banda Friends. E o melhor: conserva o baixo original do música. Nas Tracks 28 tem um remix de Born To Die, da Lana Del Rey, assinado pelo AlunaGeorge. Já a banda new yorker Friends é uma das prediletas do Volume entre a novíssima geração. Você viu o excelente clipe I’m His Girl nas Tracks 18, o vídeo de Friend Crush nas Tracks 4 e a participação deles no Maida Vale Sessions da BBC Radio 1 nas Tracks 29. Escute o remix:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Teen FlirtPromises (Paul Marmota Remix)
A faixa Promises, do mexicano Teen Flirt, ganhou uma boa carga electro groove no remix assinado por Paul Marmota. O som é etéreo e pé no chão ao mesmo tempo. Superou a versão original.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Rock

Nesta semana rolou pouco lançamento rock realmente bom…

JEFF The BrotherhoodSixpack
Clipe WTF! da semana, incontestável. E provavelmente um dos melhores do ano. Festa forte entre amigos no countryside à base de muito rock’n’roll. E eu quero luzinhas verdes agora. Como faz?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The VaccinesBlow Your Mind
Vazou hoje na rede Blow Your Mind, o B-side do novo single do Vaccines, No Hope, que você escutou neste link. Dessa vez, quem assume os vocais no lugar de Justin Young é o baixista Árni Hjörvar. Daqui pra frente, os novos singles da banda sempre terão como Lado B alguma música escrita e cantada por algum integrante da banda. The Vaccines Come Of Age, o novo disco da melhor nova banda britânica, está marcado para 04 de setembro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Future TwinLockits
Bubblegum punk pegado, com vocal feminino potente + guitarra e bateria em alta velocidade. Muito bom. O Future Twin Deluxe Edition sai no dia 31 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Woods - Cali In A Cup
Balada indie de alma folk com vocal em falsete. A faixa do duo Woods está no disco Bend Beyond, marcado para 18 de setembro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

The AikiuPieces Of Gold
Lembram quando a Diesel lançou esse clipe tornando a pornografia Safe For Work? Então! Os franceses do The Aikiu acabaram de lançar um vídeo com um conceito semelhante. Os caras dividiram a tela entre uma cena pornô e um artista da banda tocando a track beeem morninha Pieces of Gold. Apesar da música ser chatinha, é um bom trabalho de edição com um resultado bem divertido. A lição: o bom-humor é a melhor ferramenta a para falarmos sobre qualquer assunto :O)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46

Tracks Volume #46

29 de junho de 2012 0

CavemanOld Friend
Tétrico, mas ótimo esse clipe cinematográfico da banda de indie pop e neo-psicodelia alternativa Caveman. O vídeo dirigido por Philip Di Fiore mistura referências estéticas e narrativas de Hitchcock e Lynch. A faixa é do disco CoCo Beware, lançado no ano passado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Other LivesDust Bowl III
Indie folk bem roots, com violão, baixo, guitarra, teclados, trompete e mais. No clipe de Dust Bowl III, da banda Other Lives, o transe hipnótico provocado pelo som de um diapasão desencadeia um descolamento mental no personagem e, em seguida, uma crise nervosa que, por fim, o leva a um outro plano psíquico.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

VIDEONothing Lasts Forever
Essa pancada metálica, aguda e ruidosa é como um tapa no seu ouvido. E você vai gostar! Garage punk em alto e bom som pra quem acha que o rock virou zumbi. O clipe de Nothing Lasts Forever foi gravado ao vivo em Denton, Texas. Neste link você pode ver a banda tocando In Control ao vivo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FlorrieShot You Down
Os anos 60 voltaram em 2011/2012 com cantoras como Lana Del Rey, Girl Crisis e Janine Rostron (do Planningtorock). Agora, Florrie mostra que tá nessa. Mistura Nancy Sinatra com Ting Tings para criar o pop dançante de Shot You Down – típico som que bomba no verão em Londres. O problema é que as outras músicas dela são ruins.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SplashhNeed It
Acid rock noventista, com guitarras supersônicas, metálicas e incessantes em espirais corrosivas. Need It é da banda britânica Splashh.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

WHY?Sod In The Seed
A banda WHY? programou sua volta para o dia 13 de agosto, com o EP Sod In The Seed. A faixa título é um indie pop alto astral, uptempo, com vocal tipo spoken word.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tame Impalanovo disco
O Tame Impala divulgou um teaser sobre o novo disco, sucessor do psico-indie Innerspeaker, de 2010.

Eletrônica

Family BandNight Song
Esse downtempo dark (darktempo!) soturno, doce e chapante do duo Family Band é todo em clima de suspense. Tipo Nico encontra Tricky para fazer um som com o David Lynch. Super leve. E o melhor: Night Song ganhou um vídeo bárbaro, visualmente simples e totalmente eficiente – ‘estrelado’ pela cantora Kim Krans, sobre quem rolam projeções legais. Clipe WTF! da semana. O disco Grace & Lies sai dia 24 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

PaoliShashari Lovetta
Electronic acid jazz e slow beat elegante no som do artista esloveno Paoli. Rebirth of cool total!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BleepA Guide To Electronic Music
O Bleep lançou o Guide to Electronic Music, uma preciosa compilação com 55 faixas que retratam a evolução da música eletrônica a partir de 1930. Tem Karlheinz Stockhausen, Afrika Bambaataa, Aphex Twin, Autechre, Art of Noise, 808 State, Boards of Canada, Brian Eno, Burial, Coldcut, Daphne Oram, Divine, Four Tet, Frankie Knuckles, Inncer City, James Blake, J Dilla, Jean Michel Jarre, John Cage, Model 500, Phuture, Skream e, além desses, muitos artistas obscuros e pouco conhecidos. Veja o tracklist completo e compre o disco aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

M.I.A.Bad Girls (Switch Remix ft. Missy Elliott and Rye Rye)
Switch (Major Lazer), Missy Elliott e Rye Rye deixaram M.I.A. ainda mais bad grrrrrrrrl neste remix gangsta dancehall-funkeiro nota 10. Guerrilla sounds.
Ouça aqui

M.I.A.Bad Girls (Leo Justi remix)
O DJ carioca Leo Justi também remixou Bad Girls. O remix do brasileiro, focado em moombahton (a fusão de house music e reggaeton) e islamic sounds, entrou no EP oficial de remixes da música e foi escolhido pela M.I.A. para ser a trilha do comercial da cerveja alemã Beck, que teve o rótulo criado pela cantora.


Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45

Tracks Volume #45

22 de junho de 2012 0

BeirutThe Rip Tide
A bela canção The Rip Tide, com bateria quase marcial, letra melancólica e harmonia introspectiva, é a faixa título do disco lançado pelo Beirut em 2011. O clipe assinado por Houmam Abdallah acaba de sair. Mostra um barco em alto mar, sem capitão, deslizando sobre ondas em alusão à letra da canção. A surpresa, de uma beleza pictórica marcante, ficou para a parte final do clipe.

Ao lançar o vídeo, o músico Zach Condon, líder da banda de folk alternativo e indie rock, divulgou um texto no qual disse que sempre sentiu necessidade de um clipe que exprimisse toda a “ambição musical” de The Rip Tide. Como poucas imagens são tão naturalmente poéticas quanto um barco navegando em alto mar, acho que Abdallah atingiu a meta de Condon. Em fevereiro, Beirut lançou o clipe de Vagabond, que também ganhou destaque no Volume. Veja nas Tracks 33.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dirty ProjectorsDance For You
Singela balada lírica indie, baseada em guitarras, palmas e batera, do novo disco do Dirty Projectors, Swing Lo Magellan, marcado para 10 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Future Of WhatBack To The City
Doce e cristalino dream pop melódico da banda Future Of What. O som está no EP de estreia do grupo, Moonstruck, previsto para 26 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

AncestorsRunning in Circles
Pós-rock pegado, com linhas de guitarra e bateria bem estudadas, e claras influências de heavy metal, rock progressivo e psicodelia. A banda de Los Angeles rotula seu som como “psychedelic prog-rock”. Running in Circles está no novo disco dos californianos, In Dreams And Time.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Beach BoysThat’s Why God Made the Radio
Legal, bonitaço, linda homenagem, mas muito fake. Leia sobre o lançamento do novo disco da banda neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

ZambriAll You Maybes
All You Maybes é um electro-goth sintético industrial do álbum House Of Baasa, do Zambri. O clipe de Johnny Woods é um dos mais legais do ano. Aposta tudo em computação gráfica primária (ou wannabe) para criar uma história mística, cheia de efeitos, distorções, sobreposições, focos alterados e cores chapantes. Psicodelia dark side forte.

Você escutou Hundred Hearts, também do disco House Of Baasa, nas Tracks 39.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BaioSunburn Modern
O som é ótimo, eletrônico percussivo, e o vídeo, genial. Clipe WTF! da semana.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Crystal Castles – sem título
Disco inferno esse novo som do Crystal Castles! O trecho dessa faixa, ainda sem nome, foi gravado no Parklife Festival, em Manchester. É pesado, claustrofóbico e fantasmagórico. Massa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YeasayerHenrietta
Há dias, o Yeasayer lançou o viajandão clipe de Henrietta, um dance pop psicotrópico sintético, de alma trip hop, batida uptempo e alma dub climática. O som você já escutou nas Tracks 42. A faixa é do disco Fragrant World.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

El Perro Del MarInnocence is Sense
Neste single, a artista sueca Sarah Assbring, que também atende por El Perro Del Mar, deixa de lado o esquema lounge/indie lo-fi do disco Love Is Not Pop e aposta em indie beats e witch house. Lembra muito a também sueca Fever Ray.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The MynabirdsBody Of Work
Ótimo som indie pop dançante, solar, cheio de groove, percussão e calor da banda The Mynabirds. O vocal gostoso da cantora e compositora Laura Burhenn tem tonalidades que sugerem um híbrido maluco de Sioxsie e Lana del Rey. O som, no entando, está longe de uma ou de outra. Body Of Work é do disco GENERALS, que saiu depois do debut What We Lose In The Fire We Gain In The Flood.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ZuluKwame e I.N.C.L.E.H.
Tribal beats, bass roots e deep house feelings nesses dois sons maneros Kwame e I.N.C.L.E.H., do produtor britânico Zulu. África para inglês ver, mas não ficou ruim.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SINAHNobody Knows
A faixa Nobody Knows, da cantora inglesa SINAH, é um jazzy eletrônico uptempo experimental. É legal, mas não chega a impressionar.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

D E N ACash, Diamond Rings, Swimming Pools
D E N A é uma búlgara que já fez algumas participações nos álbuns do The Whitest Boy Alive e chegou a lançar os singles Boyfriend e Games, que são bem morninhos. Porém, Cash, Diamonds Rings, Swimming Pools parece ter acertado em cheio o gosto de vários blogueiros mundo afora. Ela está ganhando bastante reconhecimento com seu som, que parece uma mistura de M.I.A. com Friends.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

RAC – Hollywood feat. Penguin Prison (The Magician Remix)
Bem pop, mas bem bom esse remix de The Magician para Hollywood, o som de André Anjos (aka RAC) lançado em parceria com Penguin Prison. Você viu o clipe de Don’t Fuck With My Money, do Penguin Prison, nas Tracks 21.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Gossip – Move In The Right Direction (CSS Remix)
Remix farofa de Move In The Right Direction, assinado pelo CSS para o Gossip. Se diferencia muito pouco do som original (você escutou e viu o clipe aqui). CSS já dá sinais da falta que Adriano Cintra faz?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Little BootsHeadphones (Dimitri From Paris Extended Remix)
Outro remix inocente, que só contribui com algo realmente novo em relação à música original a partir dos 5min, basicamente o momento em que o single de Little Boots ‘acaba’ e Dimitri from Paris ‘assume’.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44

Tracks Volume #42

25 de maio de 2012 0

A Place To Bury StrangersYou Are The One
Psicodelia metálica, acid rock pegado, distorções e microfonias intensas em You Are The One, o genial som da banda A Place To Bury Strangers. No clipe cinematográfico de Matt Moroz e Tracy Maurice, sexo, loucura e violência marcam uma obra que poderia ser o encontro de David Lynch, Guy Ritchie e Tarantino. A faixa é do disco Worship.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ExitmusicThe Night
Exitmusic lançou o clipe de uma das mais belas músicas do ano, The Night, um lindo e amargo dream pop, orquestrado e ornamentado pelo músico Devon Church e pela incrível voz de Aleksa Palladino. O som é tão intenso quanto You Are The One, do A Place To Bury Strangers, que você viu acima, mas num clima muito mais doce e onírico. No filme, o diretor Will Joines criou um ambiente fosco e difuso para um dia de eclipse que se torna marcante na vida da personagem. Som e imagem são impressionantes.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

LornGhosst(s)
O trip hop electro jazzístico from hell Ghosst(s), do Lorn, é tétrico e fantástico o suficiente. Não bastasse isso, ganhou essa animação sinistra espetacular sobre a passagem da vida para a morte, e da presença para a ausência, como indicou a agência de criação CRCR, que assina a direção. Um dos clipes do ano, sem dúvida.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cloud NothingsOur Plans
Em Our Plans, o vocal de Dylan Baldi se aproxima ao de Kurt Cobain, da mesmo forma que vimos em No Sentiment (Tracks 29) e na espetacular No Future/No Past (Tracks 30). A faixa também lembra Nirvana, como as outras citadas, mas em Our Plans há uma pegada um pouco mais britânica.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BlouseThey Always Fly Away
Chapei no som dessa banda Blouse, de Portland, mas que poderia ser de Manchester. Indie pós-punk denso com teclados climáticos e baixo pulsante. A faixa é do disco de estreia, lançado ano passado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

She’s So RadConfetti
A banda da Nova Zelândia integra o revival shoegaze noventista, mas conserva uma pegada pop etérea que remete a Cocteau Twins, Siouxsie e Cure.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

River City ExtensionIf You Need Me Back In Brooklyn
Tem algo de Arcade Fire em If You Need Me Back In Brooklyn, da banda River City Extension, de New Jersey. A bateria. As cordas. E os vocais também. O segundo disco da banda, Don’t Let The Sun Go Down On Your Anger, sai dia 05 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RØSENKØPFBurning Spirits
Burning Spirits foi uma provinha que o trio de Nova York RØSENKØPF liberou há umas duas semanas, antes de lançar o disco de estreia no dia 15 de maio. Guitarra noisy, drum machine x batera orgânica, vocal from hell e um senso pós-hardcore inato. Não é a coisa mais agradável de se ouvir, mas também está longe de ser desconfortável.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Passion PitTake a Walk
Dificilmente lanço aqui nas Tracks (e no Volume como um todo) algum som que eu não curti. Não vejo muito sentido em perder meu tempo (e o seu) com coisas que não gosto, mas pode acontecer. É o caso de Take a Walk, a nova (e já “velha”, lançada há dias) do Passion Pit. Popzinho com batera bem marcada, a faixa na verdade não tem nada de muito marcante. Não tem apelo nem identidade. Mas, táe pra você escutar. O disco Gossamer está marcado para 24 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jonathan BouletThis Song is Called Ragged
Ainda não sei o que pensar sobre o som (em alguns momentos é legal, em outros não), mas o clipe dirigido pelo skatista Peanut, feito com câmeras superlentas, é massa. A faixa está no disco We Keep The Beat, Found The Sound, See The Need, Start The Heart, do músico australiano Jonathan Boulet.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Echo LakeEven The Blind
O dream pop da banda Echo Lake é corroído por guitarras ácidas e soterrado por camadas de efeitos metálicos. Neste clipe de Even The Blind as imagens seguem esse padrão de sobreposições.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DarksideA1
O groove do single A1 aliado ao grave das cordas e da bateria da música criam um clima sexy arrebatador. Já o clipe é totalmente místico – e bem legal. Mil pontos para Darkside, a banda do Nicolas Jaar, que vc conheceu nas Tracks 28

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YeasayerHenrietta
A banda de indie rock Yeasayer se jogou de cabeça no electronic groove na faixa Henrietta, cheia de synths densos, batida trippy e vocal climático. O som se aproxima do Depeche Mode, mas não se permite ser uma simples cópia, já que os nova-iorquinos apostam muito mais alto em ritmo e sensualidade do que os britânicos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Light AsylumHeart Of Dust
As mina pira no clipe mucho loco do Light Asylum. Grace Jones encontra Depeche Mode no show do Nine Inch Nails? Achei o vídeo meio fake, mas o som é legal. Clipe WTF! da semana.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Elite GymnasticsLife/Trap
Uma das melhores coisas do revival dos anos 90 é o resgate do jungle e do drum’n’bass. Em Life/Trap, o duo norte-americano Elite Gymnastics seleciona jungle beats espessos e aplica um vocal hipnótico semelhante aos utilizados em várias faixas do Underworld.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Kuhrye-ooFor The Fame II
Calvin McElroy, aka Kuhrye-oo, é um dos novos nomes da prolífica cena canadense. Em For The Fame II, que é na verdade uma nova versão para a faixa Give In (For the Fame), ele compõe uma viagem sonora baseada em psycho-jungle. O vídeo tem participação da também canadense Grimes, que você conheceu nas Tracks 36.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CocoRosieWe Are On Fire
A alquimia sonora das irmãs Sierra e Bianca Casady é mesmo especial. Na xamânica We Are On Fire, jazzy electronic, trip-hop e dream pop são base para uma canção delicada, provocante e misteriosa. Cocteau Twins, Portishead, Björk e Moloko são claras inspirações.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Four TetOcoras e Jupiters
Kieran Hebden liberou há alguns dias novas faixas do seu projeto supercool Four Tet. Jupiters tem dois momentos: um início indie electronic tranquilo, seguido por beats e synths mais agitados, seguindo um esquema IDM. Ocoras está na mesma linha do segundo momento de Jupiters.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Teen DazeTreten
O produtor canadense criou uma ópera sintética hipnótica, cadenciada, ondular, num esquema electronic new age viagem. No vídeo, imensidão azul. O disco All Of Us, Together sai no dia 05 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

WoodkidRun Boy Run
A mente por trás do Wookid é o cineasta e fotógrafo francês Yoann Lemoine, que já dirigiu clips de Katy Perry, Drake, Lana del Rey e Yelle. O esperadíssimo álbum de estreia, chamado The Golden Age, é pra chegar ainda neste ano. Enquanto não chega, dá pra apreciar o trabalho épico, cheio de arranjos e percussões que mais parecem uma orquestra neste incrível clip Run Boy Run.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Cypress Hill x RuskoLez Go (Mustard Pimp Remix)
A parceria do hip-hop insane in the brain do Cypress Hill misturado ao dubstep cheio de jungle do produtor britânico Rusko é nitroglicerina pura.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

OrbitalWonky (CSY & Stripes Remix)
O duo britânico Orbital está lançando um EP de remixes da faixa Wonky, que tem o mesmo nome do disco lançado neste ano. O trabalho assinado por CSY & Stripes está centrado em deep house. É bem pop e não surpreende nem um pouco. Ficou ok. Já o ótimo clipe de Never você viu nas Tracks 18.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41

Tracks Volume #40

27 de abril de 2012 0

Kwesbashful
A excelente faixa do disco Meantime, do cantor, compositor e músico Kwes, acaba de ganhar um clipe. O teor eletrônico da faixa ecoa instrumentos acústicos, deixando o som com um certo clima orgânico. Já na letra, a temática pessoal domina. Em bashful, Kwes declara sua timidez ao mundo. O clipe segue essa linha analítica, comparando o jeito de ser das pessoas com o jeito que elas poderiam ter. Ouça outras faixas do Kwes no Bleep e escute a parceria dele com The xx na faixa Insects aqui. Ah, o cara também participou da ópera Monkey: Journey to the West, do Damon Albarn.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dirty FencesSid
Stooges feelings no som dessa banda Dirty Fences, do Brooklyn. Toca alto!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dignan PorchPicking Up Dust
A banda londrina liberou essa baladinha indie lo-fi harmônica. Está longe de ser o lance mais origal do mundo, mas é boa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FelixBlessing
Melancolia rima com fotografia.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The RaptureHow Deep Is Your Love?
Música ‘velha’, clipe novo. E bobo. E lembra do show deles no M/E/C/A 2012? Foi ótimo! 

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

AUOJ
O som OJ da banda AU, de Portland, é algo único. Uma quebradeira múltipla de beats, percussão e piano, cheia de groove e intensidade. O clipe também é ótimo. Intervenção cromática sobre a imagem original, deixando tudo com aspecto de aquerela. A faixa está no disco Both Lights.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

School Of Seven BellsKiss Them For Me (Siouxsie And The Banshees Cover)
O trio de indie eletronic e dream pop School Of Seven Bells fez esse cover sujo, trippy e poderoso para Kiss Them For Me, um dos clássicos de Siouxsie & the Banshees lançado no disco Superstition, de 1991. Ficou muito bom! Veja o clipe da faixa original e o cover lançado no Record Store Day deste ano abaixo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YACHTUtopia/Dystopia (The Earth Is On Fire)
O clipe WTF! da semana é essa coisa bizarra do YACHT, para a faixa Utopia/Dystopia (The Earth Is On Fire). O estranho é que, no primeiro movimento, em Utopia, parece que Vampire Weekend está curtindo uma micareta-techno-brega new age com o Devo. Depois, em Dystopia, rola uma versão supergay do MGMT fazendo a linha trash 80′s. E o pior: faz sentido! Só que o electro funk cheio de synth e baixo da banda agrada mais aos ouvidos do que aos olhos.

YACHT também liberou esse inacreditável cover de Le Goudron, gravado por Brigitte Fontaine & Art Ensemble of Chicago em 1969. O que era uma chanson indiana roots dopada virou um electro house dopado perfeito pra inferninhos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ElliphantTekkno Scene (featuring Adam Kanyama)
Elliphant liberou o clipe de Tekkno Scene, um sound tribute ao techno safra 90 a partir de elementos de raízes diferentes, como house, tribal, hip hop, dance hall e Miami bass. Lembra mais um pancadão liderado por uma vocalista de ragga – e com o apoio brilhante do moleque Adam Kanyama, mandando ver de MC. Foi algo ousado, que me chamou mais atenção agora do que nas Tracks 37.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FawsTo Kiev
O irlandês Faws lançou a elegante faixa To Kiev no disco Forward/Slash, compilação com 15 músicos da Irlanda. Aqui, o downtempo/lounge é atualizado pela cool vibe do new r’n’b.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Niki & the DoveHot Summer
Beats sincopados, discretos e cheios de groove no novo som do Niki & the Dove. Genial. A faixa está na Mixtape 1. O álbum Instinct sai dia 14 de maio.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Simian Mobile DiscoPut Your Hands Together
90′s feelings, mas som e vídeo são bem fracos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Lana Del ReyBlue Jeans (feat. Azealia Banks) (Smims & Belle Extended Remix)
Mais um remix poderoso (entre tantos fracos) para Blue Jeans, de Lana Del Rey. Assinado por Smims & Belle, a faixa é baseada em electro techno futurista e tem vocal manero da rapper cult Azealia Banks (que você conheceu nas Tracks 29). 

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Fun.We Are Young (Betatraxx Remix)
Betatraxx fez esse remix robótico pesadinho (mas nem tanto, vai…) para We Are Young, da banda Fun.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Emily WellsPiece of it (Baths Remix)
O produtor Baths criou um remix truncado (no melhor dos sentidos) para Piece of it, de Emily Wells. A faixa original está no recém-lançado disco Mama.

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39