Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Björk"

Novo clipe de Björk terá versão em 3D

26 de março de 2008 0

Reprodução/Pitchfork
O Pitchfork divulgou ontem algumas imagens do clipe de Wanderlust, da Björk. A música está no álbum Volta. O vídeo tem uma versão comum e outra em 3D. O material será lançado em DVD junto com o single e óculos especiais, no dia 14 de abril, na Inglaterra.

Björk sempre trabalhou com grande diretores para obter os melhores clipes. Lembra de Human Behaviour (de Michel Gondry), Venus as a Boy (Sophie Muller), Big Time Sensuality (Stéphane Sednaoui), Isobel (Gondry), Hyperballad (Gondry), All Is Full Of Love (Chris Cunningham) e Pagan Poetry (Nick Knight)? Todos incríveis! Alguns deles criaram novos parâmetros para a indústria musical e para a própria videoarte, especialmente os dirigidos por Gondry e Cunningham.

Neste novo vídeo, as paisagens são muito coloridas. Parecem quadros pintados num lance meio impressionista. Quase dá pra tocar nas imagens.

Veja Wanderlust em 2D

>>>>> Site oficial

Postado por Danilo Fantinel

Björk irrita o governo chinês

07 de março de 2008 0

Durante show em São Paulo/FOTOCOM.NET
A cantora islandesa dedicou ao Tibete a música Declare Independence durante um show em Xangai. O Ministério da Cultura chinês disse que a manifestação de Björk %22desrespeitou as leis do país e feriu os sentimentos dos chineses%22, conforme a agência de notícias AP.

O Tibete era um Estado religioso independente até o final da década de 50, quando as forças militares de Mao Tsé-Tung invadiram e anexaram a região à China.

Um comunicado oficial publicado no site do ministério diz que %22nenhum país admite que o Tibete seja um país independente%22. Ahan! Conta outra! O fato é que, agora, o governo chinês deverá acompanhar “bem mais de perto” os shows de artistas estrangeiros.

Björk faz uma cruzada contra a opressão política e social desde o lançamento do álbum Volta. Na Sérvia, ela dedicou a mesma música a Kosovo. No final de fevereiro, a cantora teve uma apresentação cancelada na cidade de Novi Sad, no mesmo país. O show estava marcado para julho.

Outras ações de guerrilha cultural da cantora ocorreram na Dinamarca (homenagem à Groelândia e às Ilhas Faroe) e na Espanha (para o País Basco).

Postado por Danilo Fantinel

A mesa mágica de Björk!

15 de fevereiro de 2008 2

Reprodução/globo.com
Quem não achou fabulosa aquela mesa colorida instrumental utilizada por Björk no Tim Festival?

Pois bem. A invenção mirabolante é uma cria espanhola e se chama Reac Table. A mesa está sendo apresentada no Campus Party, em São Paulo, um encontro bacana de entretenimento eletrônico em rede.

O funcionamento parece simples: ao movimentar os objetos de plástico sobre a superfície azul, você cria sons eletrônicos diferentes. A invenção, demonstrada no Campus através do show dos espanhóis, Carlos Fernadez e Carlos Lopez, mistura câmeras objetos em plástico e softwares, suficiente para criar batidas, distorções e sons eletrônicos.

A Reac Table é um protótipo criado pelo professor Sergi Jordà, da Universidade de Pompeu Fabra, em Barcelona, e não está à venda. Björk é a única pessoa que tem o brinquedinho, mas há uma estimativa de que o produto seja comercializado no final deste ano.

Postado por Raquel Carneiro

Björk agride fotógrafo na Nova Zelândia

14 de janeiro de 2008 1

Divulgação
A cantora islandesa Bjork rasgou a camisa de um fotógrafo da Nova Zelândia ao chegar a Auckland para participar do festival Big Day Out. Conforme a agência de notícias EFE, o fotógrafo Glenn Jeffrey declarou que a diva esquimó estava acompanhada por um homem que lhe pediu para não tirar fotos.

– Tirei algumas e, quando ela girou para ir embora, segurou atrás da minha camisa e a arrancou. Depois, caiu no chão. Eu não a toquei nem conversei com ela – disse Jeffrey.

Segundo o jornal The New Zealand Herald, esta é a segunda vez que a cantora se vê envolvida em confusões com um jornalista, lembrando de um fato similar após um vôo à Tailândia em 1996.

Depois de cantar no Big Day Out, Björk viajará à Austrália para um show no Festival das Artes de Sydney, no dia 23 de janeiro.

Postado por Danilo Fantinel

Björk - shows no Tim Festival

01 de novembro de 2007 0

Confira abaixo os melhores vídeos dos shows da Björk no Tim Festival.

Björk – Tim Festival 2007 Rio – Hunter (jogando a teia )


BJORK TIM FESTIVAL 07 – JÖGA (trecho)


Hyperballad @ Tim Festival 2007 – Björk


Björk – Tim Festival 2007 Rio de Janeiro – Pagan Poetry

Postado por Danilo

Geoff Barrow, do Portishead, diz que Amy Winehouse tinha voz falsa

21 de setembro de 2012 4

Geoff Barrow, do Portishead, disse que Amy Winehouse tinha voz falsa e que, pouco antes de morrer, tornou-se uma personagem de si mesma. Além disso, em entrevista ao site ElectronicBeats.net, apelidou a cantora morta em julho de 2011 de “Whiney Shitehouse”, ou algo como “Chorona M…house”.

Eu acho que Whiney Shitehouse – Amy Winehouse, logo no final, tornou-se uma personagem cômica de si mesma e de como ela cantava. Eu a vi com uma guitarra eletrônica em um pequeno pub em Bristol e as pessoas diziam ‘isso é incrível’, mas não era. Então, ela teve um grande problema com as drogas e os tabloides se envolveram e ela iria começar a ser uma nova Minnie Riperton [cantora de soul]. Era tudo de mentira, mas como havia um grande problema com drogas não se podia dizer que era falso, mas sua voz mesmo parecia falsa. Ela teve uma vida real com uma voz falsa – criticou.

Na mesma entrevista, Barrow elogiou Björk, PJ Harvey e sua parceria de Portishead, Beth Gibbons, que “mudam suas vozes, mas ainda assim são elas”.

Há poucos dias, as cinzas de Amy foram lançadas no norte de Londres.

> Mais Amy Winehouse
> Mais Portishead

Tracks Volume #53

17 de agosto de 2012 0

Nude BeachWalkin’ Down My Street
Galera, cerveja e rock’n’roll no vídeo da banda Nude Beach, do Brooklyn, para Walkin’ Down My Street. Os caras mandam bem. E festa no terraço sempre bomba. A faixa é do disco II.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Soft MoonDie Life
Mólegal esse som do Soft Moon. Entre pós-punk sintético, electronic goth e krautrock, Die Life é cheio de guitarras cortantes e clima dark sufocante. A faixa está no novo disco Zeros, marcado para 30 de outubro. Você conheceu Soft Moon, o projeto do músico Luis Vasquez, nas Tracks 13 (áudio da fantasmagórica Total Decay) e 19 (clipe da mesma música).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cold ShowersBC
Aqui tem mais pós-rock electronic, mas muito mais leve e pop do que o som do Soft Moon (acima). É como se o New Order tivesse o Nick Cave nos vocais. A faixa BC está no disco Love And Regret, marcado pelo Cold Showers para 09 de outubro. Apesar de não ser muito original, vale o play.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Animal CollectiveToday’s Supernatural
Saiu o clipe da cacofônica Today’s Supernatural, faixa do novo disco do Animal Collective, Centipede Hz, marcado para 04 de setembro. O som você escutou nas Tracks 51. Veja o vídeo:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Ty SegallThe Hill
A nova faixa do Ty Segall, um dos geniozinhos da novíssima safra rock’n’roll gringa, é bem mais direta do que as duas acima. Sem firulas, esse garage rock ganhou guitarras pesadas, reverberações e vocal em duo (fem/masc). The Hill estará em algum novo disco do cara – acho. O Ty Segall já apareceu nas Tracks 24 com a ácida Where Your Head Goes e 43 com a pancada I Bought My Eyes.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eternal SummersYou Kill
Nada menos do que excitante esse rock veloz, com guitarras nítidas e cortantes em parceria com o vocal doce e determinado da menina. Rock adolescente com pegada power pop setentista. Muito bom!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

King DudeJesus In The Courtyard
O músico de Seattle mostra em Jesus In The Courtyard um híbrido poético, estilístico e sonoro de Johnny Cash, Bob Dylan e Tom Waits. Em alguns momentos, a tonalidade vocal de King Dude desce no grave até encontrar níveis de Peter Murphy. O disco Burning Daylight sai no dia 16 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Permanent CollectionOne Thousand Sins
Shoegaze puro com guitarras chapantes e bateria bem marcada no som da banda de San Francisco, que está no disco Newly Wed Nearly Dead.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Grizzly BearTwo Weeks
Genial ver Two Weeks ao vivo com o Grizzly Bear no festival StePhest Colbchella, de Stephen Colbert (…). A faixa do disco Veckatimest, de 2009, também tem aquele clipe legal, lembra?




The Colbert Report
Get More: Colbert Report Full Episodes,Political Humor & Satire Blog,Video Archive

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Three LocoWe Are Farmers (Feat. Diplo)
O clipe WTF! da semana é essa tiração de sarro mucho loca da trinca de MCS nerds Three Loco. Insecure rappers jecas dando a moral no countryside? Muito bom!!! E, claro, nosso amigo Diplo está no meio. Ele manda ver um rap na faixa e lança o EP dos caras dia 04 de setembro pela Mad Decent.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Petite NoirTill We Ghosts
O sul-africano Yannick Ilunga, de 21 anos, evita obviedades em Till We Ghosts, som eletrônico cheio de percussão, alma e personalidade lançado sob o nome Petite Noir. A faixa mistura instrumentos acústicos e batidas eletrônicas com um vocal de dar inveja às principais bandas do pós-punk (e de seu revival). Não parece com nada que você escutou antes! Revelação boa no mundinho eletrônico!!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

PeachesFree Pussy Riot
A cantora canadense reuniu uma galera em Berlim para um protesto contra a prisão e o julgamento das três meninas da banda punk Pussy Riot, condenadas hoje a dois anos de prisão na Rússia (leia aqui). O movimento organizado pela Peaches ganhou apoio popular e de figuras como The Knife, Lykke Li, Peter Bjorn And John, Nick Zinner, The Hives, Miike Snow, Kate Nash e outros. No som, um electro punk político pede o linchamento de Putin. Você pode pressionar as autoridades russas participando deste abaixo-assinado. Vários artistas se manifestaram sobre o caso nas últimas semanas, como Franz Ferdinand, Red Hot Chili Peppers, Paul McCartney e Björk. Madonna fez um longo discurso durante seu show em Moscou (veja aqui).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nix WukkasThrust
A arquitetura sonora de Nix Wukkas em Thrust é fundamentada na desconstrução e na descontinuidade, que em um longo processo de cut and paste ganha sentido. O som é próximo do ambient breakbeat e do left-field hip-hop do DJ Shadow e do UNKLE.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Simian Mobile DiscoA Form Of Change
O Simian Mobile Disco liberou a nova faixa A Form Of Change há alguns dias. House calminho, sem vocais, quase ambient, em esquema hipnótico.

Há meses o duo eletrônico liberou a audição do novo disco, Unpatterns:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Azealia BanksSuccubi (prod. by AraabMuzik)
AraabMuzik produziu esse gangsta left-field Succubi para Azealia Banks. Ficou manero. AraabMuzik, que você conheceu nas Tracks 12 tocou nos shows do Creators Project, no início de agosto, em São Paulo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

WHY?Sod in the Seed
Left-field hip-hop com batidas rápidas e pegada indie electronic bem dançante. Indie-hop? Eu diria que sim. O MC Jonathan ‘Yoni’ Wolf manda bem, com rap sarcástico, quase cômico. E o vídeo nerd-cult é massa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SantigoldDisparate Youth
Santigold mandou bem com sua banda tocando Disparate Youth, a pérola do disco Master of My Make-Believe, no StePhest Colbchella. Esse dance hall cheio de new R&B e indie eletronic é muito elegante.




The Colbert Report
Get More: Colbert Report Full Episodes,Political Humor & Satire Blog,Video Archive

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DJs for Obama
Volume vota Obama.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

SpectorNever Fade Away (Wolfgang Voigt Remix)
O alemão Wolfgang Voigt mandou para longe a dramaticidade da excelente Never Fade Away, do quinteto indie Spector, e jogou a canção na pista de algum inferninho eletrônico. O remix é total anos 90, entre o techno e o big beat. Poderia ter sido assinado pelo Underworld. O resultado ficou muito bom, mas os puristas do rock vão odiar de qualquer forma.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Marilyn MansonSlo-Mo-Tion (Dirtyphonics Remix)
Os parisienses do Dirtyphonics mataram a pau nesse remix linha dubstep para a faixa Slo-Mo-Tion, lançada pelo Marilyn Manson no disco Born Villain. O som já começa acelerado, mas com o tempo vai ganhando mais peso, mais batidas quebradas e mais elementos robóticos específicos da vertente eletrônica mais foda de hoje. Ficou muito bom! Peso eletrônico digno de Manson.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48, #49, #50
Tracks: #51, #52

Tracks Volume #42

25 de maio de 2012 0

A Place To Bury StrangersYou Are The One
Psicodelia metálica, acid rock pegado, distorções e microfonias intensas em You Are The One, o genial som da banda A Place To Bury Strangers. No clipe cinematográfico de Matt Moroz e Tracy Maurice, sexo, loucura e violência marcam uma obra que poderia ser o encontro de David Lynch, Guy Ritchie e Tarantino. A faixa é do disco Worship.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ExitmusicThe Night
Exitmusic lançou o clipe de uma das mais belas músicas do ano, The Night, um lindo e amargo dream pop, orquestrado e ornamentado pelo músico Devon Church e pela incrível voz de Aleksa Palladino. O som é tão intenso quanto You Are The One, do A Place To Bury Strangers, que você viu acima, mas num clima muito mais doce e onírico. No filme, o diretor Will Joines criou um ambiente fosco e difuso para um dia de eclipse que se torna marcante na vida da personagem. Som e imagem são impressionantes.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

LornGhosst(s)
O trip hop electro jazzístico from hell Ghosst(s), do Lorn, é tétrico e fantástico o suficiente. Não bastasse isso, ganhou essa animação sinistra espetacular sobre a passagem da vida para a morte, e da presença para a ausência, como indicou a agência de criação CRCR, que assina a direção. Um dos clipes do ano, sem dúvida.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cloud NothingsOur Plans
Em Our Plans, o vocal de Dylan Baldi se aproxima ao de Kurt Cobain, da mesmo forma que vimos em No Sentiment (Tracks 29) e na espetacular No Future/No Past (Tracks 30). A faixa também lembra Nirvana, como as outras citadas, mas em Our Plans há uma pegada um pouco mais britânica.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BlouseThey Always Fly Away
Chapei no som dessa banda Blouse, de Portland, mas que poderia ser de Manchester. Indie pós-punk denso com teclados climáticos e baixo pulsante. A faixa é do disco de estreia, lançado ano passado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

She’s So RadConfetti
A banda da Nova Zelândia integra o revival shoegaze noventista, mas conserva uma pegada pop etérea que remete a Cocteau Twins, Siouxsie e Cure.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

River City ExtensionIf You Need Me Back In Brooklyn
Tem algo de Arcade Fire em If You Need Me Back In Brooklyn, da banda River City Extension, de New Jersey. A bateria. As cordas. E os vocais também. O segundo disco da banda, Don’t Let The Sun Go Down On Your Anger, sai dia 05 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RØSENKØPFBurning Spirits
Burning Spirits foi uma provinha que o trio de Nova York RØSENKØPF liberou há umas duas semanas, antes de lançar o disco de estreia no dia 15 de maio. Guitarra noisy, drum machine x batera orgânica, vocal from hell e um senso pós-hardcore inato. Não é a coisa mais agradável de se ouvir, mas também está longe de ser desconfortável.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Passion PitTake a Walk
Dificilmente lanço aqui nas Tracks (e no Volume como um todo) algum som que eu não curti. Não vejo muito sentido em perder meu tempo (e o seu) com coisas que não gosto, mas pode acontecer. É o caso de Take a Walk, a nova (e já “velha”, lançada há dias) do Passion Pit. Popzinho com batera bem marcada, a faixa na verdade não tem nada de muito marcante. Não tem apelo nem identidade. Mas, táe pra você escutar. O disco Gossamer está marcado para 24 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jonathan BouletThis Song is Called Ragged
Ainda não sei o que pensar sobre o som (em alguns momentos é legal, em outros não), mas o clipe dirigido pelo skatista Peanut, feito com câmeras superlentas, é massa. A faixa está no disco We Keep The Beat, Found The Sound, See The Need, Start The Heart, do músico australiano Jonathan Boulet.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Echo LakeEven The Blind
O dream pop da banda Echo Lake é corroído por guitarras ácidas e soterrado por camadas de efeitos metálicos. Neste clipe de Even The Blind as imagens seguem esse padrão de sobreposições.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DarksideA1
O groove do single A1 aliado ao grave das cordas e da bateria da música criam um clima sexy arrebatador. Já o clipe é totalmente místico – e bem legal. Mil pontos para Darkside, a banda do Nicolas Jaar, que vc conheceu nas Tracks 28

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YeasayerHenrietta
A banda de indie rock Yeasayer se jogou de cabeça no electronic groove na faixa Henrietta, cheia de synths densos, batida trippy e vocal climático. O som se aproxima do Depeche Mode, mas não se permite ser uma simples cópia, já que os nova-iorquinos apostam muito mais alto em ritmo e sensualidade do que os britânicos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Light AsylumHeart Of Dust
As mina pira no clipe mucho loco do Light Asylum. Grace Jones encontra Depeche Mode no show do Nine Inch Nails? Achei o vídeo meio fake, mas o som é legal. Clipe WTF! da semana.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Elite GymnasticsLife/Trap
Uma das melhores coisas do revival dos anos 90 é o resgate do jungle e do drum’n’bass. Em Life/Trap, o duo norte-americano Elite Gymnastics seleciona jungle beats espessos e aplica um vocal hipnótico semelhante aos utilizados em várias faixas do Underworld.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Kuhrye-ooFor The Fame II
Calvin McElroy, aka Kuhrye-oo, é um dos novos nomes da prolífica cena canadense. Em For The Fame II, que é na verdade uma nova versão para a faixa Give In (For the Fame), ele compõe uma viagem sonora baseada em psycho-jungle. O vídeo tem participação da também canadense Grimes, que você conheceu nas Tracks 36.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CocoRosieWe Are On Fire
A alquimia sonora das irmãs Sierra e Bianca Casady é mesmo especial. Na xamânica We Are On Fire, jazzy electronic, trip-hop e dream pop são base para uma canção delicada, provocante e misteriosa. Cocteau Twins, Portishead, Björk e Moloko são claras inspirações.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Four TetOcoras e Jupiters
Kieran Hebden liberou há alguns dias novas faixas do seu projeto supercool Four Tet. Jupiters tem dois momentos: um início indie electronic tranquilo, seguido por beats e synths mais agitados, seguindo um esquema IDM. Ocoras está na mesma linha do segundo momento de Jupiters.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Teen DazeTreten
O produtor canadense criou uma ópera sintética hipnótica, cadenciada, ondular, num esquema electronic new age viagem. No vídeo, imensidão azul. O disco All Of Us, Together sai no dia 05 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

WoodkidRun Boy Run
A mente por trás do Wookid é o cineasta e fotógrafo francês Yoann Lemoine, que já dirigiu clips de Katy Perry, Drake, Lana del Rey e Yelle. O esperadíssimo álbum de estreia, chamado The Golden Age, é pra chegar ainda neste ano. Enquanto não chega, dá pra apreciar o trabalho épico, cheio de arranjos e percussões que mais parecem uma orquestra neste incrível clip Run Boy Run.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Cypress Hill x RuskoLez Go (Mustard Pimp Remix)
A parceria do hip-hop insane in the brain do Cypress Hill misturado ao dubstep cheio de jungle do produtor britânico Rusko é nitroglicerina pura.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

OrbitalWonky (CSY & Stripes Remix)
O duo britânico Orbital está lançando um EP de remixes da faixa Wonky, que tem o mesmo nome do disco lançado neste ano. O trabalho assinado por CSY & Stripes está centrado em deep house. É bem pop e não surpreende nem um pouco. Ficou ok. Já o ótimo clipe de Never você viu nas Tracks 18.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41

Sónar São Paulo 2012 terá transmissão ao vivo

09 de maio de 2012 0

O Youtube e a MTV transmitirá ao vivo os principais shows do Sónar São Paulo 2012 neste final de semana, nos dias 11 e 12 de maio. Oba! A edição paulista é a maior realizada fora da Espanha, com 48 artistas, sala de cinema e debates sobre arte e tecnologia.

A etapa brasileira desse que é um dos principais eventos de música do mundo terá shows de Kraftwerk (substituindo Björk), Cee Lo Green, Justice, Chromeo, Mogwai, James Blake, Squarepusher, Modeselektor, Jeff Mills, Four Tet, Austra, Flying Lotus, além dos brasileiros Gui Boratto, Marky, Patife, Criolo, Emicida, The Twelves, Zegon, M.Takara e do meu amigo Tahira, entre outros.

O lance rola na TV e no site. No dia 11, terá início às 19h. No dia 12, a programação começa às 16h. Saiba mais no site oficial. E a MTV tá fazendo um aquece. Veja aqui.

Tracks Volume #36

30 de março de 2012 0

Dum Dum GirlsComing Down
Uma das mais belas músicas lançadas no ano passado, Coming Down, das Dum Dum Girls, ganhou clipe. Noise pop lento, aquecido pela deliciosa voz de Dee Dee (já comparada a Chrissie Hynde) e pelo clima 50′s rock e 60′s lo-fi. A música está no ótimo disco Only in Dreams, produzido por Richard Gottehrer e Sune Rose Wagner, do Raveonettes – o que explica muito.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ShearwaterYou As You Were
Shearwater lançou um ótimo clipe para a épica e atmosférica música You As You Were, do disco Animal Joy. Som perfeitinho pro outono! Ideal pra quem curte composições com letras inspiradas e climas dramáticos estilo Arcade Fire, Leonard Cohen, Nick Drake, Will Oldham

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Retribution Gospel ChoirThe Stone (Revolution!)
Manero esse som. Loud quiet loud como a gente curte.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The CoathangersGo Away
Som legalzinho, clipe bem legal.

The Coathangers – Go Away from J Trav on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Feist & M. WardSometimes Always (The Jesus And Mary Chain Cover)
Feist e M. Ward fizeram esse cover manero de Sometimes Always, do Jesus And Mary Chain, em um show no Royal Albert Hall, em Londres, no último dia 25. Digno.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The WalkmenHeaven Trailer
A banda de NY lança em junho o novo disco Heaven. Abaixo, um drops do que vai rolar.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

JMSNJameson
A música é boa demais, um R’n’B fazendo a linha trip hop, mas passando perto da breguice. O clipe é excelente, provavelmente inspirado no filme Anticristo, mas excessivamente melodramático. A produção é incrível, mas beira o exagero. Há algo errado ou sou eu?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

GrimesKEXP Session
A KEXP FM de Seattle liberou o vídeo da sessão ao vivo da cantora e produtora eletrônica canadense Grimes gravado em fevereiro. É ela + equipamentos fazendo música. A menina tem voz doce com algumas variações interessantes, como as vocalizações rítmicas e o vocal que lembra um lamento islâmico na faixa de abertura do vídeo abaixo, Symphonia IX (My wait is u). A seguinte, Genesis, tem um momento experimental seguido de beats agitados. Já Be A Body rola bem pras pistas. O interessante em Grimes é o fato de ela não ter formação alguma em música e não tocar instrumentos convencionais. É apenas uma menina que canta, assimila e reproduz dezenas de referências musicais. Suas boas canções, assim como as de toneladas de artistas desde Karlheinz Stockhausen, dependem de máquinas. A faixas estão no disco Visions.

Há algum tempo ela lançou o ótimo clipe de Oblivion. No vídeo, ela parece aquela sua amiga maluca do colégio, que faz música, atua e colore os cabelos. É mega sem noção e genial!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

iamamiwhoamiPlay
iamamiwhoami, o projeto eletrônico da cantora e compositora sueca Jonna Lee, lançou um novo clipe com aquele personagem do vídeo Sever, que você viu nas Tracks 32.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

BjörkCrystalline (Current Value Remix)
O DJ berlinense Current Value robotizou Crystalline, da Björk, com um dubstep forte. A faixa tem alma drum’n’bass, corpo techno e cérebro jungle. Muito bom! E proibida para quem sofre de vertigem!! A faixa faz parte do projeto de remixes do disco Biophilia, do qual participam King Cannibal, El Guincho, Matthew Herbert, Death Grips, 16-Bit, Alva Nota, These New Puritans e Hudson Mohawke. A primeira parte das oito etapas dessa série será lançada no dia 16 de abril pelo selo One Little Indian.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

GrindermanEvil (The Michael Cliffe House Remix) by Factory Floor’
Michael Cliffe joga neblina e sombras sobre Evil no remix que fez para a faixa do Grinderman, a banda do Nick Cave. O que era artsy-garage-punk virou um espasmo eletrônico doloroso, soturno e desacelerado. É um lance para poucos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Foster The People – Don’t Stop (Color On The Walls) (Futurecop Remix)
Nada de novo no remix de Futurecop para o som do Foster The People. Ficou ok.

Você escutou o remix de St. Lucia para a mesma faixa nas Tracks 32.

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35