Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Kasabian"

Banda de Liam Gallagher libera nova música

10 de novembro de 2010 3

Beady Eye, a banda que Liam Gallagher montou com Gem Archer, Andy Bell e Chris Sharrock após a separação do Oasis, liberou o download da música Bring the Light na íntegra. Rock simples, direto, sem frescura, com piano dando um clima 50′s/60′s, Liam mandando ver na voz rascante e aquele clima Beatles rolando.

O disco de estreia do Beady Eye foi gravado no verão londrino e deve ser lançado em 2011. Já o vinil de sete polegadas do single Bring the Light virá com o B-side Sons of the Stage e será colocado à venda apenas no site da banda.

>>>>> O show do Oasis em POA em 2009
>>>>> Renata Peppl fala sobre o show do Oasis no iTunes Festival em Londres
>>>>> Bárbara Mattivy comenta o show do Oasis no Wembley em Londres
>>>>> Mais Oasis

Scissors Sisters abre o Itunes Festival 2010

02 de julho de 2010 0

Divulgação

Que o Itunes Live Festival é um dos festivais mais bacanas na Europa a gente já sabia. Mais do que isso, é uma das maiores barbadas pra quem quer assistir shows de bandas muito legais assim, absurdamente de graça. Afinal, são nada menos do que 30 dias de música non-stop, 60 bandas tocando diariamente e, mesmo que você não tenha ganho o ingresso que eles distribuem na página do evento no Facebook, é só você parar lá na frente do furudunço que você entra tranqüilo! Nada pode ser melhor.

Nos últimos anos, gente de peso passou pelo festival, como Amy Winehouse, Placebo, Oasis, Franz Ferdinand e Kasabian. Tendo como palco a Roundhouse, na minha opinião a casa de shows mais bacana de Camden Town, o line up não deixa a desejar: Keane, Kate Nash, Florence and the Machine, Ozzy Osbourne, Tony Bennet e muitas outras atrações. Ontem, dia 1º de julho, mais uma vez lá estava eu sem ingresso na porta do Festival, para assistir a banda que abriria oficialmente os trabalhos: Scissors Sisters.

Tá aí uma banda que eu acho divertida. Não excelente, mas pra lá de divertida. E, embora o mais novo trabalho deles, o CD Night Work, já esteja circulando pela a internet há algumas semanas, seu lançamento oficial foi esta semana. Portanto, o show foi marcado por uma mistura dos maiores hits e a apresentação dos novos singles da banda americana. Normalmente, um show temperado por muitas músicas novas pode ser um problema, já que a platéia ainda não sabe cantar de cabo a rabo as canções…mas não no caso da Scissors Sisters. 

Com uma presença de palco incrível e um repertório composto por músicas 100% dançantes, não havia quem ficasse parado, mesmo sem saber cantar uma linha do refrão de algumas das letras. Foi assim nas novíssimas Skin Tight, Fire with Fire e Night Life, que fizeram chacoalhar até os mais resistentes à batida disco do quinteto. Se nas músicas não tão conhecidas o clima já era de festa total, imaginem quando os primeiros acordes de sucessos como I don´t feel like dancing, Take your mamma e Laura ecoavam no espaço? Loucura, loucura!

– Londres é a nossa segunda casa –, gritou diversas vezes Anna Matronic, que junto com Jake Shears divide os vocais. E não é para menos. O Scissors Sisters é daquelas bandas que foram acolhidas com animação na Inglaterra antes de estourarem nos Estados Unidos, como aconteceu com o Killers e Kings of Leon, guardadas as devidas proporções, claro. 

 

Ao final da noite, um cover para lá de dançante da pesadona Confortably Numb, do Pink Floyd, fez com que a galera saísse dançando porta afora da Roundhouse, dando a certeza de que julho será animado. Um ótimo começo para um mês inteiro de shows que prometem grandes performances.

>>>>> Leia sobre outros shows do Itunes Festival

Postado por Renata Peppl, direto de Londres

Músicas do Oasis são eleitas as 3 melhores no UK

04 de maio de 2010 17

Reprodução

Os ouvintes da XFM elegeram músicas do Oasis como as três melhores do Reino Unido em todos os tempos. Na ordem: Live Forever, Don`t Look Back in Anger e Wonderwall. Mais: Champagne Supernova ficou em nono lugar no ranking das 10 mais. Veja:

1. Live Forever – Oasis
2. Don`t Look Back in Anger – Oasis
3. Wonderwall – Oasis
4. Love Will Tear Us Apart – Joy Division
5. I Am The Resurrection – The Stone Roses
6. London Calling – The Clash
7. I Bet you Look Good On The Dancefloor – Arctic Monkeys
8. My Generation – The Who
9. Champagne Supernova – Oasis
10. Bittersweet Symphony – The Verve

500

Ok, Oasis é legal. Mas quatro sons entre as 10?? A própria Bittersweet Symphony poderia ter ficado mais bem posicionada. E Beatles? Rolling Stones? Led? Kinks? Bowie? Cure? Smiths? Radiohead? Sex Pistols? Clash? New Order?

There Is A Light That Never Goes Out (12ª) e How Soon is Now? (15ª), ambas dos Smiths, ficaram de fora do grupo das 10. Common People, do Pulp, ficou em 14º lugar e Song 2, do Blur, foi a 16ª. Enquanto Gimme Shelter, dos Stones, ficou em 19ª, Hey Jude, dos Beatles, foi eleita a 20ª.

Na mesma votação, Creep, do Radiohead, ficou na 23ª posição, Blue Monday, do New Order, na 27ª, Another Brick In The Wall, do Pink Floyd, na 87ª, I Can`t Get No (Satisfaction), dos Stones, ficou em 83º lugar e Everyday Is Like Sunday, do Morrissey, 80º. Já Life On Mars, do Bowie, amargou o 35º lugar.

>>>>> Relembre o show do Oasis em Porto Alegre
>>>>> Londres: Oasis faz barraco e Kasabian, espetáculo

Postado por Danilo Fantinel

Música do Killers é a melhor da década na XFM

30 de novembro de 2009 9

Brandon Flowers, do Killers/Divulgação
Mr Brightside, do Killers, entrou no topo da lista das 100 melhores músicas da primeira década do século XXI segundo a votação da audiência da XFM (lembra quando anunciei aqui?). Pois é, a rádio britânica ignorou legal 2010 e abriu a votação para os ouvintes.
A banda de Brandon Flowers também conquistou a nona posição, com Somebody Told Me. As duas faixas são do melhor álbum dos caras, Hot Fuss. Já Human, do opulento Day & Age, ficou no 94º lugar.

As 20 mais foram:

1. Mr Brightside – The Killers
2. I Bet That You Look Good On The Dancefloor – Arctic Monkeys
3. Sex On Fire – Kings Of Leon
4. Knights Of Cydonia – Muse
5. One Day Like This – Elbow
6. Seven Nation Army – The White Stripes
7. F.E.A.R. – Ian Brown
8. Last Nite – The Strokes
9. Somebody Told Me – The Killers
10. Kids – MGMT
11. Don`t Look Back Into The Sun – The Libertines
12. Take Me Out – Franz Ferdinand
13. Plug In Baby – Muse
14. Club Foot – Kasabian
15. No One Knows – Queens Of The Stone Age
16. Grounds For Divorce – Elbow
17. Yellow – Coldplay
18. Can’t Stand Me Now – The Libertines
19. L.S.F. – Kasabian
20. Supermassive Black Hole – Muse

Os últimos colocados foram:

91. Jump In The Pool – Friendly Fires
92. Little By Little – Oasis
93. Go With The Flow – Queens Of The Stone Age (deveria ficar entre as 10 mais!)
94. Human – The Killers
95. California Waiting – Kings Of Leon
96. Brianstorm – Arctic Monkeys
97. Love Is Noise – The Verve (também poderia ter ficado numa posição bem mais perto do topo)
98. Buck Rogers – Feeder
99. Processed Beats – Kasabian (idem)
100. Golden Skans – Klaxons (foto ao lado)

Veja a lista competa aqui.  

Curiosidades: Last Nite, dos Strokes, pegou o oitavo lugar nas 100 maiores músicas da década via XFM poucos dias depois de a banda ter encabeçado a lista dos 100 melhores álbuns da década do NME. Aliás, nenhum disco do Killers entrou no top 10 dessa mesma lista do semanário inglês. Na verdade, os norte-americanos não figuram entre os 100 melhores! Mais: nenhuma música da banda de Las Vegas entrou no top 20 da lista das 100 melhores músicas da década segundo o NME, que saiu no último dia 25.

Outro lance estranho: Golden Skans, do Klaxons, ficou na última posição da lista das melhores músicas da década da XFM, mas foi a sétima nas 100 músicas da década do NME. Crítica e público não se entendem mesmo.

E a votação do Volume? Calma! Ainda não…

>>>>> Rádio faz enquete sobre os melhores da década
>>>>> NME libera lista dos 100 melhores álbuns da década
>>>>> Música da Beyoncè é nº 1 da década pelo NME
>>>>> Site seleciona as 20 piores bandas dos anos 2000
>>>>> Show: Cantando na chuva com The Killers

Postado por Danilo Fantinel

Rádio faz enquete sobre os melhores da década

13 de outubro de 2009 5

Kasabian é um dos destaques da rádio/Divulgação
A XFM lançou essa votação para escolher as 100 melhores músicas da primeira década do século XXI – e olha que 2010 nem começou! É o tipo de histeria que eu gosto, huehue!

Pra agilizar a galera, eles fizeram uma retrospectiva de cada ano (mas claro que o internauta pode votar em quem quiser). Veja um resumo da ópera feito por eles:

2000 – Coldplay (Yellow, da fase boa da banda), Avalanches (Since I Left You, essa faixa nem é a melhor, mas adoro os australianos!), Oasis (Go Let It Out, leia sobre o show em POA), Queens Of The Stone Age (Feel Good Hit of The Summer, nota 10), Radiohead (Pyramid Song).

2001 – Ash (Shining Light, a banda tem coisas bem mais legais como Jesus Says – mas essa é de 98), Strokes (Last Nite, wow!), Feeder (Just A Day), Hives (Hate To Say I Told You So, leia aqui sobre o show em POA), White Stripes (Fell In Love With A Girl, quem não curte?).

2002 – Black Rebel Motorcycle Club (com a incrível Spread Your Love), Coldplay (In My Place, sono), Doves (There Goes The Fear), Oasis (Stop Crying Your Heart Out), Queens Of The Stone Age (No One Knows, megacool), Libertines (Up The Bracket, nunca curti muito…).

2003 – Foo Fighters (Times Like These), Jet (Are You Gonna Be My Girl?, legalzita), Kings Of Leon (California Waiting, legalzita 2), Muse (Time Is Running Out), White Stripes (Seven Nation Army, é legal, mas alguém ainda suporta ouvir?).

2004 – The Killers (Mr. Brightside, de quando eles eram legais), Snow Patrol (Run, muito cool), Razorlight (Golden Touch), Franz Ferdinand (Take Me Out, indefectível), Kasabian (LSF, maaaaaassa, leia sobre o show em Londres aqui).

2005 – no ano mais fraco eles destacaram Gorillaz (Dirty Harry, *r*), Editors (Blood), Maximo Park (Apply Some Pressure), Kaiser Chiefs (Oh My God), The Futureheads (Hounds Of Love).

2006 – talvez seja o ano mais forte, com Arctic Monkeys (I Bet That You Look Good On The Dancefloor, 10), Jose Gonzalez (Heartbeats, 10, leia sobre o show em POA aqui), Kasabian (Empire, 10), Peter, Bjorn And John (Young Folks, 10), The Zutons (Why Won`t You Give Me your Love?, 10).

2007 – CSS (Let`s Make Love And Listen To Death From Above, legalzinha, vai! Leia entrevista com Lovefoxxx aqui), Klaxons (Gravity`s Rainbow, afudê!), The Enemy (Away From Here, igual a outras mil músicas de outras mil bandas), The Wombats (Kill The Director, outra banda genérica), The Fratellis (Flathead, é a mais legalzinha das genéricas).

2008 – Elbow (One Day Like This), Friendly Fires (Jump In The Pool, darlings do mundinho, leia sobre o show deles em Londres aqui), Kings Of Leon (Sex On Fire, trimassa, mas nem é a melhor deles), MGMT (Kids, uma das ótimas do duo hippie hi-tech), The Ting Tings (That`s Not My Name, duo mistura várias referências para criar um electro-indie anos 2000 bem autoral), Ladyhawke (Paris Is Burning, chatinha), The Verve (Love Is Noise, tipo perfeita).

2009 – Prodigy (Omen, mais um tapão eletrônico nota 10 no ouvido), Kasabian (Where Did All The Love Go?, faixa boa do elogiado West Ryder Pauper Lunatic Asylum), Marmaduke Duke (Rubber Lover), White Lies (Death, pós-pós-punk dos bons), Yeah Yeah Yeahs (Heads Will Roll, art rock incontestável).

>>>>> Balanço: notou que nessa lista de destaques da XFM o Kasabian apareceu três vezes? Coldplay, Oasis, Queens Of The Stone Age, White Stripes e Kings Of Leon apareceram duas.

>>>>> Para ler mais sobre as bandas no Volume faça a busca no campo ao lado.

Postado por Danilo Fantinel

Vote: o Oasis deve continuar sem Noel?

31 de agosto de 2009 12

Noel no show em Porto Alegre neste ano/Miguel Neves
O guitarrista Noel Gallagher publicou um texto no site da banda neste sábado informando o motivo de ter deixado o Oasis na última sexta-feira: intimidação.

“Os detalhes não interessam e são demasiados para enumerar. Mas sinto que vocês têm o direito de saber que o nível de intimidação verbal e violenta contra mim, a minha família, amigos e companheiros tornou-se intolerável. E a falta de apoio e compreensão por parte dos gerentes e colegas de banda não me deixou outra alternativa a não ser pegar o meu boné e buscar novas paragens”, relatou sem dar detalhes.

Noel agradeceu o carinho dos fãs, disse que os últimos 18 anos de sua vida foram incríveis e pediu desculpas ao público de Paris devido ao cancelamento do show no festival Rock In Seine. Uma semana antes, a banda havia cancelado um show que faria no dia 23 no V Festival, na Inglaterra. O motivo teria sido um problema de saúde de Liam.

Eu vi o show deles no Rock in Rio em 2001 (frio, burocrático) e em Porto Alegre neste ano (bem mais legal, com os músicos mais amigáveis com o público, apesar de Noel e Liam já não estarem se falando há algum tempo) e digo: basta, já era!

Uma porta-voz do Oasis disse que Liam e os outros músicos devem decidir nos próximos dias se continuarão com a banda sem Noel ou não.


>>>>> Em POA: Oasis faz show supersônico
>>>>> Em Londres: Oasis faz barraco e Kasabian, espetáculo
>>>>> Leia mais sobre o Oasis

Postado por Danilo Fantinel

iTunes Live Festival: o maior barato de Londres

13 de julho de 2009 6

Durante todo o mês de julho acontece em Londres a edição 2009 do iTunes Live Festival, um evento que é o maior barato, no duplo sentido da palavra, se me permitem o trocadilho abobado. São 31 noites non-stop, onde 62 bandas tocam… de graça. Sim, de graça. E eu não estou falando da bandinha de esquina que você nunca ouviu falar. Falo de Oasis, Franz Ferdinand, Kasabian, Placebo, Snow Patrol, Bloc Party e mais uma penca de gente bacana, que pode até não fazer o seu estilo, mas com certeza pelo menos uma vai cair no seu gosto. 

Cada noite do evento, duas bandas tocam. O local? A Roundhouse, gloriosa casa de shows localizada no bairro mais boêmio-trash-cool da capital inglesa, Camden Town. Aquele mesmo pelo qual a Amy Winehouse costumava sair só de sutiã correndo, chorando bem louca pelas ruas. Pra participar do evento é bem fácil: basta cadastrar seu nome na página do festival no Facebook e torcer pra ser sorteado. Não foi sorteado? Não tem problema, vai para frente do local de qualquer maneira, que é capaz de você entrar!

Foi o que aconteceu comigo neste sábado, quando estava com muita vontade de conferir o show de La Roux, duo de electro pop que, gritam aos quatro cantos, é a sensação do verão por essas bandas com os hits Bulletproof e In for the kill. Sem ter sido sorteada, parei na porta do lugar e recebi a seguinte informação: sempre que tiver lugar, até quem não tem convite vai poder entrar! Vale lembrar mais uma vez: de graça! Era só ficar na fila de espera, que neste dia estava bem pequenina. 

Fotos: Divulgação, iTunes Live Festival

Dez minutos depois lá estava eu, munida de credencial e pulseirinha no braço, sentada no piso superior da Roundhouse pra conferir se a tal La Roux ia passar a tocar freneticamente no meu ipod também. Após o show de abertura do Dan Black (ex-vocalista da banda inglesa The Servant), pouco depois das 21h, entra Elly Jackson e companhia palco adentro. A vocalista é conhecida pelo figurino bacana e pelo topetão esquisito que adorna sua cabeleira ruiva – eis o motivo da alcunha da banda, a cor do cabelo da lead singer.

No show curtinho de cerca de uma hora, pois a banda só tem um disco recém-lançado, ficaram claras duas coisas. Primeiro: as músicas da La Roux são bacanas, dançantes e com uns refrãos que pegam mesmo, bastava ouvir o coral da platéia. Segundo: vale mais a pena ouvir o som da banda numa danceteria do que assistir ao show deles. Pouco comunicativa e travadona, nem a vocalista com o seu baita vozeirão agudo nem a banda que a acompanha chegaram a empolgar. Na linha blasé, a La Roux fez uma apresentação bem mediana, que só fez a galera levantar a poeira mesmo quando os sucessos Bulletproof e In for the kill entraram em cena, estrategicamente guardados para o final. Aí sim, parecia um show de verdade. 

 

Se o show da La Roux não foi lá aquela coisa, o iTunes Live Festival segue sendo o máximo de qualquer maneira. Não é todo o dia que se tem uma seleção de bandas desse porte tocando de graça. Depois de cada show, a página do festival ainda disponibiliza quase em tempo real as fotos do evento. Tudo também é gravado, para em breve entrar como material exclusivo para download no ITunes Store e, de quebra, a credencial com a qual você entra dá direito a baixar gratuitamente dez músicas de sua escolha das bandas que integram o line-up.

O Festival segue até 31 de julho. Pra conferir toda a programação, fotos e tudo mais que acontece por lá é só clicar no www.facebook.com/iTunesEU. E já sabe, está por Londres, se inscreveu para as apresentações e não foi sorteado, se toca pra lá de qualquer maneira!

Postado por Renata Peppl, direto de Londres

Festivais europeus e dos EUA anunciam novas bandas

16 de março de 2009 0

Divulgação

E segue o período de anúncios de bandas e artistas programados para tocar nos festivais do verão europeu. A confirmação mais quente é Pixies no Isle Of Wight. Este deverá ser o único show da banda neste ano no Reino Unido. Confere:

Isle Of Wight: Pixies, Prodigy, Basement Jaxx, Ting Tings, Pendulum, Stereophonics, Razorlight, Neil Young, Charlatans. O festival rola de 12 a 14 de junho. Veja o site.

Coachella: Depois de Amy Winehouse deixar o line-up do Coachella ao ter seu visto negado pelo governo norte-americano, o festival anunciou vários nomes, como Chemical Brothers, Etienne De Crecy, The Orb, The Murder City Devils, Devendra Banhart, Busy P e Plump DJs. O site.

The Great Escape: Kasabian, British Sea Power, The Black Lips, The Big Pink, Holy Fuck, Little Boots, The Chapman Family, Passion Pit, Lightspeed Champion, Metronomy, The Handsome Family, Future Of The Left, Johnny Foreigner, Danananakroyd, The Joy Formidable, Chew Lips, To The Bones , Kasms , Your Twenties, Esser, Pulled Apart By Horses, The Soft Pack, Cage The Elephant and Kissy Sellout, The Pipettes, VV Brown, Lets Wrestle, Official Secrets Act, Televised Crimewave, Golden Silvers, Ben Kweller, Beth Jeans Houghton, Micachu and the Shapes, The Invisible, Ox. Eagle. Lion. Man., It Hugs Back, Screaming Tea Party, Artefacts for Space Travel, Vivian Girls, The Pains of Being Pure of Heart, The Miserable Rich, Woodpigeon e muitos outros. Os shows rolam de 14 a 16 de maior em Brighton. Veja o site.

Eden Sessions: em julho, com Razorlight, Kasabian, Oasis e The Kooks. Visite o site.

Green Man Festival: de 21 a 23 de agosto, em Wales, com British Sea Power, Bon Iver, Wilco, Wooden Ships, Peggy Sue e 6 Day Riot. Site.

Oxegen: de 10 a 12 de julho, na Irlanda, com The Killers, Snow Patrol, Kings of Leon, Blur, Manic Street Preachers, TV On The Radio, The Game, Crookers, Of Montreal e Friendly Fires. Veja o site.

Cornbury Festival: em Oxfordshire, dias 11 e 12 de julho, com Scouting For Girls, Sugababes, Pretenders, Joe Jackson, The Magic Numbers, Imelda May, Teddy Thomson, Sharleen Spiteri, Eddi Reader, The Damned, Shortwave Set, Dodgy, I Am Kloot, Boy Least Likely To, Amy Lavere, Kingsize 5, The Love Trousers, Relay, Peatbog Fairies, Mary Coughlan, Coute Diomboulou, Stornowa, 3 Daft Monkeys, Laura & The Tears e Ava Leigh. Vá no site.

>>>>> Festivais europeus anunciam line-up (fevereiro)

Postado por Danilo Fantinel

Programa coloca público dentro do Abbey Road

19 de abril de 2008 0

Divulgação
O canal pago Sony Entertainment Television estréia neste sábado, às 20h, o Live From Abbey Road. O programa colocará os telespectadores nos bastidores do estúdio mais famoso da indústria fonográfica.

O estúdio inglês, você sabe, foi o local onde surgiram alguns dos álbuns mais importantes da história da música, de bandas como Beatles e Pink Floyd. Coldplay também gravou lá – talvez para a banda obter alguma inspiração mais elevada…

A cada episódio, três artistas de variados gêneros musicais se revezarão interpretando clássicos, covers ou apresentando músicas inéditas. Além disso, o programa terá entrevistas e exibição de material exclusivo dos arquivos do estúdio. Gravado em 35 mm, o Live From Abbey Road não terá apresentadores nem platéia.

Entre os convidados estão Massive Attack, Primal Scream, Kasabian, Killers, Gnarls Barkley, Red Hot Chili Peppers, Jamiroquai, Damien Rice, Corinne Bailey Rae, Iron Maiden, Norah Jones, Snow Patrol, Paul Simon, Norah Jones, entre outros.

Serão 12 episódios de uma hora de duração. Haverá reprise à meia-noite (sempre de sábado para domingo). Parece legal, hein?

Postado por Danilo