Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Lana Del Rey"

Tracks Volume #35

23 de março de 2012 0

White HillsYou Dream You See
Acid rock cru, puro, rascante, sem enfeites e com solo de guitarra metálica. Isso é You Dream You See, a áspera e seca faixa do White Hills. O vídeo em PB tem um glamour decadente totalmente excelente. O disco Frying On This Rock foi lançado ontem.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CeremonyAdult
Muito bom o clipe de Adult, faixa furiosa da banda de hardcore punk californiana Ceremony. No vídeo, a típica dona de casa norte-americana do pós-guerra encontra seu mundinho particular (e bem mais excitante) no subterrâneo de sua casa. Classe.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DiveGeist
Shoegaze de veia psicodélica, com muitos ecos, reverberações e linhas de guitarra formando túneis de som dos quais é impossível escapar. Sensacional. Quem curte Jesus and Mary Chain e My Bloody Valentine vai se ligar.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The CribsCome On, Be A No One
Os caras do Cribs liberaram o vídeo Come On, Be A No One, feito com imagens de shows. Nom som, rock. Simples assim.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Keep Shelly in AthensOur Own Dream
A faixa do duo grego Keep Shelly in Athens é um dream pop com vocais etéreos e concepção elegante. Tipo space rock místico. Você escutou Our Own Dream nas Tracks 12.

Keep Shelly in Athens – Our Own Dream from Thanasis Tsimpinis on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CreepoidDream Out
A banda Creepoid, da Filadélfia, abusa do psych-rock viajandão, que vai da calmaria sonora a guitarras melancólicas intensas numa espécie de sobreposição sônica de Cowboy Junkies, Mogwai e Sonic Youth. O resultado é um pós-rock melódico ruidoso e nada melodramático. Nota 10. Dream Out está no álbum debut Horse Heaven.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dante Vs ZombiesNatural Disaster
Dante Vs Zombies define seu som como spaghetti western jungle pop, mas em Natural Disaster você escutará um indie rock básico, no limiar entre garage, glam e new wave, porém sem afetações exageradas. A banda foi formada há pouco tempo por Dante White-Aliano, ex-Detroit Cobras. O disco debut, BUH, será lançado dia 10 de abril. Escute Natural Disaster e ouça outras faixas no Facebook.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

TanlinesAll of Me
Poderia ser um episódio de Fringe, mas é o novo clipe do Tanlines, para a (fraquinha) música All of Me. A crítica social-midiática gerou um vídeo curioso, mas não muito inovador. Mesmo assim ganhou o clipe WTF! da semana.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Marilyn MansonNo Reflection
Marilyn Manson liberou No Reflection, faixa do seu oitavo álbum, Born Villain, o primeiro desde The High End of Low (2009). O disco terá participação do ator Johnny Depp na música You’re So Vain. O lançamento deve ocorrer no dia 1º de maio. No Reflection não traz novidades.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

DiploExpress Yourself
OMG! Você sabe, muito antes do porno funk carioca e dos bailes da periferia do Rio onde rola de tudo (mesmo!) havia as b-girls do hip hop porn e a figura femme fatale do gangsta rap. Essa mulherada se joga mesmo. Procure e veja os vídeos. Mas não sei se neles você verá tanta celulite num mesmo clipe quanto em Express Yourself, do Diplo. O som você escutou nas Tracks 32. Abaixo, o vídeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Major LazerSpring 2012 UK/EU Tour Promo
E tem mais Diplo na área. Ele e Switch lançaram esse vídeo pra promover a nova turnê do Major Lazer pela Europa e pelos Estados Unidos. O teaser tem como trilha Get Free, faixa calminha que conta com Amber Coffman, do Dirty Projectors, no vocal e que não dá nem pista sobre a loucura que é o som dos caras. O último (e ótimo) vídeo do Major Lazer, para a música Original Don, você viu nas Tracks 24.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ModeselektorBerlin [ft. Miss Platinum]
O excelente techno break Berlin, do Modeselektor, ganhou essa animação maluquinha que se passa na imprenscindível capital alemã.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ItalCulture Clubs
Party on!

ITAL – ‘Culture Clubs’ live in Cleveland Nov 2011 from Aurora Halal on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Miike SnowThe Wave
Nem é novidade, mas está aqui pra constar: o novo clipe do Miike Snow segue a história que teve início com o bizarro vídeo de Paddling Out e se aproxima esteticamente do primeiro single do novo disco, Devil’s Work .

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix

Lana Del Rey – Blue Jeans (D/R/U/G/S Remix)
Lana Del Rey deve ser a cantora mais remixada dos últimos meses. São várias as reconfigurações para suas músicas – com alguns resultados bem cretinos. No entanto, D/R/U/G/S recriou Blue Jeans de forma genial, remodelando a canção, reutilizando vocais e refazendo a estrutura da faixa para erguer algo totalmente novo. Club beat etéreo perfeito pra tocar em qualquer warming digno.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SantigoldDisparate Youth (The 2 Bears Remix)
Excelente remix de 2 Bears para a música Disparate Youth, da Santigold. Breakbeats espertos com pé no jungle de mínima rotação, arranjo elegante e clima misterioso. O single Disparate Youth estará no disco Master Of My Make-Believe. A versão oficial do som você ouviu nas Tracks 33.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

KorallrevenSa Sa Samoa (Elite Gymnastics Remix)
Lembra daquele jungle hardcore ácido que Elite Gymnastics criou pro remix de Sa Sa Samoa, do Korallreven? Você escutou nas Tracks 34… Então… agora saiu o clipe! Tão vintage quanto o som. Quem viveu a virada eletrônica dos 80 pros 90 (eu entro nessa) vai curtir muito!! Atenção às citações dos superclubes Haçienda, Paradise Garage, Muzic Box (pedra fundamental do house de Chicago), Velfarre, Labyrinth e Baia Degli Angeli. And remember: hardcore will never die!

わめく▷ ⎛VISUAL⎠ from ELITE GYMNASTICS on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CanyonsWhen I See You Again (Nick Zinner Remix)
Nick Zinner, um dos gênios do Yeah Yeah Yeahs, criou uma delicada trama de piano e cordas em clima light house music para a faixa When I See You Again, do Canyons. Groove leve pro chill-in.


Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34

Tracks Volume #32

17 de fevereiro de 2012 0

The DrumsDays
Os caras do The Drums, donos de dois dos meus discos preferidos tanto em 2010 quanto em 2011, apresentaram Days ao vivo no Jimmy Fallon. Foi massa! O clipe da música, com participação da modelo transexual Amanda Lepore, também acaba de ser lançado. Days está em Portamento (2011) e The Drums estará de volta à América do Sul em abril. Tragam para Porto Alegre, pelo amor de Deus! The Drums, você sabe, é tipo Smiths + Cure + Joy Division + surf music + 50′s rock melancólico em uma banda só. É tipo perfeito! Só não cancelem depois alegando problemas de logística!!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Black KeysBBC Radio 1 Live Lounge
Black Keys tocou no Maida Vale Studios para o programa do Zane Lowe na BBC Radio One. How cool is that?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lee RanaldoOff the Wall
Longe do Sonic Youth, Lee Ranaldo dá vazão as suas composições mais íntimas. Em Off the Wall, o músico monta um frame simples e eficaz não apenas de seu momento atual, mas também dos Estados Unidos como um todo.

Lee Ranaldo OFF THE WALL Official Video from Lee Ranaldo on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Hooded FangClap
Psychedelic pop-rock sessentista maluquinho, com vocal manero e alma festiva. Excelente pra chutar a cadeira e dançar na sala!

Hooded Fang – Clap by HoodedFang

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

K-HolesRats
O punk guitar noise Rats, da banda de mulheres K-Holes, de NY, é visceral e contagiante. Cuidado para não bater com a cabeça contra a parede! A faixa estará no disco Dismania, marcado para 1º de maio.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ChromaticsInto The Black
Chromatics, a banda indie rock lo-fi que você conheceu nas Tracks 18, liberou o vídeo de Into The Black, segundo single do disco Kill For Love. Into The Black é, na verdade, um cover muito livre de Hey Hey, My My, do super ícone rock Neil Young. O vídeo é assinado por Alberto Rossini, o atual rei dos clipes vintage.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lana Del Rey x Lizzy GrantNo Kung Fu Demo 2007
Depois do lançamento do irregular Born To Die, caiu na rede No Kung Fu, o EP demo de Lizzy Grant (aka Lana Del Rey) gravado em 2007 antes do lançamento de Kill Kill (2009). São faixas lo-fi bem no estilo Cat Power, mostrando Lizzy/Lana em busca de identidade, mas serviram para o produtor David Kahne decidir trabalhar com a cantora. No Kung Fu está abaixo, na íntegra, com imagens do clássico Bonequinha de Luxo (1961).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Gay BladesJust Kids
O duo nova-iorquino The Gay Blades se declara trash pop, mas a singela faixa Just Kids não dá nem sinal disso. Baladinha indie gostosa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RhyeOpen
O duo Rhye criou a música mais delicada e sexy lançada até agora em 2012.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

TwerpsThrough the Day
Gostosa baladinha indie guitar. Mas é provável que você se esqueça dela ao fim destas Tracks.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Black BananasTV Trouble
Black Bananas lançou o clipe WTF! da semana e eu nem preciso dizer porquê. Total NSFW.

A Danny Perez Video: Black Bananas “TV Trouble” from Drag City on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

DiploExpress Yourself feat. Nicky Da B
Diplo, um dos preferidos do Volume EVER, se supera novamente. A faixa Express Yourself é uma pancada eletrônica que ultrapassa o Miami bass com auxílio de electro breaks, hip-hop feelings, beats supersônicos supervelozes superespertos e o vocal manero de Nicky Da B. Really fucking sick! O EP Express Yourself sai em breve. O trash é que o áudio do SoundCloud ainda está bloqueado para embed. Para escutar, clicabaixo!

Escute Express Yourself aqui

A última jogada de Diplo havia sido o clipe supercool da música supercool Original Don, do Major Lazer (você viu nas Tracks 24)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

iamamiwhoamiSever
iamamiwhoami, o projeto eletrônico da cantora e compositora sueca Jonna Lee, lançou mais uma peça de vídeoarte enigmática com música incrível. Desta vez, com um novo personagem: um ser peludo amigo. iamamiwhoami lançará o álbum audiovisual Kin no dia 11 de junho. Se você perdeu os outros vídeos do projeto pule no no Youtube.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Labyrinth EarAmber
O duo eletrônico Labyrinth Ear pode alterar suas trilhas entre trip hops viajandões, houses contidos e ambients fofos, mas o vocal doce é sempre o mesmo. A faixa Amber, que ganhou este lindo clipe, está no recém-lançado EP Apparitions.

Labyrinth Ear – Amber from oof video on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ScubaThe Hope
The Hope é uma excelente composição funky-groovy eletrônica futurista de aura robótica que realinha a genética sonora de mestres como Kraftwerk, Orbital e Underworld a partir do dubstep e do garage. Scuba é o projeto do DJ e produtor Paul Rose, que bombou em 2010 com o lançamento do disco Triangulation. The Hope está no álbum Personality, que acaba de ser lançado. Olho nele! Mais faixas no Facebook.

SCUBA – THE HOPE (official video) from Hotflush Recordings on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Sun GlittersHigh
Ambient denso, hipnótico e charmoso composto por loops e vocais extraterrestres. A faixa do Sun Glitters, que está no EP High, ganhou este lindo clipe.

Sun Glitters – “High” from stereogum on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ReidVer
O que dizer de uma faixa quando ela é perfeita?

Ver by REID

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Gorillaz x James Murphy x Andre 3000 – Preview de DoYaThang
30 segundos da parceria deles pro projeto Three Artists, One Song da Converse.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Roxy MusicLove Is the Drug (Todd Terje Disco Dub)
O norueguês Todd Terje atualizou Love Is the Drug, do Roxy Music. O som ficou foda e o clipe, bem legal!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Foster The PeopleDon’t Stop (St. Lucia Remix)
Jean-Philip Grobler, aka St. Lucia, é um músico sul-africano que conseguiu deixar o som de Foster The People ainda mais pra cima. Mas a real é que, a não ser pelo sax, não há muita diferença do remix pro original.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YuksekOff The Wall (Brodinski Remix)
Brodinski eletrifica o electropop Off The Wall, de Yuksek.


Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31

Show do The Rapture define o M/E/C/A Festival 2012

30 de janeiro de 2012 6

Fotos: Rodrigo Esper

Atualizado às 12h30min

O show do Rapture foi o grande momento do M/E/C/A Festival 2012, realizado sábado passado em Xangri-lá, no litoral gaúcho. O pós-punk suingado da banda nova-iorquina foi tão marcante que acabou sobressaindo-se entre os outros grandes nomes da segunda edição do evento, como o CSS e Mayer Hawthorne. Já a banda norte-americana Penguin Prison surpreendeu apresentando um electro-pop-rock alternativo e orgânico.

The Rapture recria o pós-punk elaborando estruturas sonoras complexas a partir de linhas de guitarras cheias de groove, bateria suingada e teclados sintéticos que têm raiz no disco-funk setentista e no new wave dos 80. Em 1999, com o álbum Mirror, a banda praticamente alicerçou os fundamentos do disco-punk, gênero que viria a tomar conta de grande parte do cenário indie no início dos anos 2000. A aguda voz de Luke Jenner, que lembra a de Robert Smith em alguns momentos, ajuda a compor esse quadro peculiar que, ao vivo, ganha cores vívidas.

A banda foi econômica na duração do show no M/E/C/A, mas esbanjou em termos de qualidade musical. A afinação perfeita, a execução excepcional das composições e o comprometimento total dos músicos com a apresentação eram evidentes. Se por um lado houve pouco contato direto com a plateia, por outro a banda mostrou completo respeito pelo público ao exibir um repertório composto por algumas das faixas mais importantes do mundinho independente neste início de milênio.

Entre os grandes momentos do show estiveram o início, com o balanço de In the Grace of Your Love, a épica Sail Away, e duas dobradinhas legais. Uma delas foi Whoo! Alright Yeah… Uh Huh, com clima psycho-disco baseado em groove de guitarra e em agogô, instrumento que fez a ligação direta da faixa com o super hino indie House of Jealous Lovers, absolutamente genial ao vivo (veja acima). A outra dobradinha foi Olio (o primeiro hit da banda, do disco de estreia, Mirror) + Come Back to Me, a ótima faixa de alma marselhesa (meio francesa, meio grega), que está no último disco da banda.

Já as meninas do CSS mostraram que sobrevivem muito bem no palco sem o mentor Adriano Cintra. Mataram a pau reproduzindo com diversão, energia e muito peso várias das loucurinhas irônicas que gravaram e lançaram nos seus três discos desde 2006 – o cru, sujo e vital Cansei de Ser Sexy, o genérico e difuso Donkey e o elaborado La Liberación. Foi um show muito rock, com um senso artsy punk bem pegado e muito mais acentuado do que o de outras três apresentações da banda que vi no passado.

Lovefoxxx, Ana Rezende, Luiza Sá e Carol Parra (mais baterista e baixista de apoio) se superaram em faixas antigas como Art Bitch, Bezzi, Let’s Reggae All Night, Left Behind, Off the Hook e em novas composições, tipo La Liberación, I Love You (ótima ao vivo!), City Grrrl, Hits Me like a Rock. A-La-La, uma das melhores músicas feitas nos anos 2000, foi o ponto alto. Senti falta de outras duas clássicas do disco debut: as bizarras Meeting Paris Hilton e Ódio, ódio, ódio, Sorry, C., faixas que remetem à pré-história electro rock do CSS. O teste de palco sem Adriano Cintra foi superado facilmente. Agora, é esperar o próximo disco e ver como as garotas se saem em estúdio sem ele.

Mayer Hawthorne, que costuma fazer shows suingados, privilegiando o groove e a harmonia das composições dos discos A Strange Arrangement e How Do You Do, pode ter se sentido prejudicado por um deslize de escalação e pelo som baixo. Hawthorne se apresentou depois do Rapture, quando o ideal seria antes, já que a banda nova-iorquina tem um espetáculo claramente mais agitado e dançante do que o dele.

Sendo assim, Hawthorne e banda tiveram que se acomodar entre uma plateia ainda eletrizada pelo grupo liderado por Luke Jenner. Apesar disso, o neo soul atenuante do músico norte-americano não teve dificuldades para encontrar espaço entre o público. O carisma do cantor e o poder das músicas interpretadas pela sua sempre afiada banda foram suficientes para domar a audiência. Apesar da boa qualidade geral do show, a apresentação foi linear e não chegou a ser marcante. Leia entrevista com Hawthorne aqui.

Bem ao contrário de Penguin Prison, banda de electro-pop-rock alternativo do novato produtor , instrumentista e vocalista Chris Glover. No palco, os músicos surpreenderam ao apostar em altas doses de groove criadas por guitarra, baixo e teclado. Sendo uma das duas bandas de abertura o festival, o grupo tocou para pouca gente – assim como Wannabe Jalva, que peguei já no final. Depois de um início lento, o show do Penguin Prison pegou ritmo e foi melhorando gradativa e consideravelmente. O ponto máximo foi com o excelente cover de Blue Jeans, de Lana Del Rey. Não vi Breakbot nem The Twelves.

O M/E/C/A Festival 2012 acabou definido não só pelo poder sonoro do Rapture, apesar da explosiva apresentação do CSS e do show revelador do Penguin Prison, mas também pela boa qualidade sonora. O novo local, uma espécie de anfiteatro natural dentro de uma fazenda, garantiu uma boa acústica para os shows.

>>>>> Mais The Rapture
>>>>> Mais CSS
>>>>> Mais Mayer Hawthorne
>>>>> M/E/C/A Festival 2011

>>>>> Mais M/E/C/A Festival

Tracks Volume #29

20 de janeiro de 2012 0

Hello EchoDisconnect Me
Saiu o melhor clipe do ano até agora: Disconnect Me, da banda californiana Hello Echo. Uma viagem aquático-espacial só possível pelo realismo mágico urbano criado na produção. A visão de mundo do personagem, desconectada da realidade após uma ruptura, fica bem evidente no roteiro, nas cenas, no figurino e na fotografia do clipe. O resultado é uma perfeita visão cinematográfica sobre essa incrível balada cheia de harmonia, gently guitars (acústicas e elétricas – estas no final) e desolação. Atenção para o céu nas imagens. A faixa está no disco Hello. A banda tem como influências Built To Spill, Modest Mouse, Pavement, Pixies e outras figuras do indie rock, mas não estranhe se Disconnect Me te fizer lembrar baladas de artistas bem mais pop, como Jack Johnson e Ben Harper. Escute outras músicas da banda no Facebook.

Hello Echo – Disconnect Me – Official Video from Hello Echo on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Sleigh BellsComeback Kid
Depois de terem lançado a fantástica Born To Lose (ouça nas Tracks 25), o duo Sleigh Bells liberou mais uma pancadinha heavy-electrorock. Comeback Kid segue a linha “guitarras cortantes espalhadas sobre drum machine”. O destaque, como sempre, é para o vocal fofo de Alexis Krauss, que contrasta legal com o peso sujo da trilha. Comeback Kid estará no novo disco do duo, o megaesperado Reign Of Terror, marcado para 21 de fevereiro.

Comeback Kid by Sleigh Bells

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Loney DearLoney Blues
Fantasma urbano transita pela cidade no clipe de Loney Blues, baladinha indie orquestral de Loney Dear.

Loney Dear – “Loney Blues” from stereogum on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Arcade FireAustin City Limits
O portal do canal de TV PBS publicou o show do Arcade Fire no projeto Austin City Limits. Tem músicas clássicas como Rebellion (Lies) e faixas do disco The Suburbs. O vídeo abaixo deve ficar online até 11 de fevereiro.

Watch Arcade Fire on PBS. See more from Austin City Limits.
Tem vários outros vídeos de artistas ao vivo no PBS, como Sonic Youth, The National, Jeff Bridges, The Decemberists, Black Keys e Mumford & Sons neste link http://www.pbs.org/search/?q=austin+city+limits&mediatype=Video

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cloud NothingsNo Sentiment
O indie rock dissonante No Sentiment, da banda de Dylan Baldi, é claramente inspirado em Nirvana, inclusive nos vocais. O disco Attack on Memory tem produção de Steve Albini, o que explica muita coisa. O resultado é bom.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Unknown Mortal OrchestraThought Ballune
Bad trip psicotrópica no clipe WTF! da semana, para a música Thought Ballune, da banda Unknown Mortal Orchestra. Bolinho aditivado é isso ae! No som, indie rock leve com base no pop dos anos 60s e toques de krautrock.

UMO – Thought Ballune from Jordan Blady on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BleachedSearching Through the Past
Você escutou Searching Through the Past, do duo de garotas Bleached, nas Tracks 19. O som é um excitante indie rock psicodélico com alma 50′s e veia punk. Agora, saiu clipe, fraco.

BLEACHED – SEARCHING THROUGH THE PAST from Molly Schiot on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Light AsylumSkull Fuct
New Order feelings (e sample) na faixa Skull Fuct, do Light Asylum. Darkwave nervoso, com beats sincopados, vocal forte e muuuuitos teclados. O clipe assinado por Emilxa Xuryłowicz e Cezary Zacharewicz é realmente incrível. Vale cada segundo! A faixa está no EP In Tension. O disco do Light Asylum deve sair neste ano.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Air Tycoon – Los Angeles
O produtor eletrônico norte-americano Air Tycoon dá show na música Los Angeles. Vocal melancólico em loop, toneladas de samples e beats em guerra entre o downtempo e o uptempo. A faixa (abaixo) não está no disco Fuck Everything I’m God, que você escuta na sequência. Air Tycoon cita o trio de witch house Salem e o gênio eletrônico AraabMUZIK (você conheceu nas Tracks 12) como influências. Credenciais aceitas, basta dar o play.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Labyrinth EarHumble Bones
OMG! Dance pop sintético em nível máximo, com vocal etéreo, muito groove e alma disco-dark oitentista.

Labyrinth Ear // Humble Bones from Feel Good Lost on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SantigoldBig Mouth
Batucada digital estilo bagaça na volta de Santigold com a faixa Big Mouth. Ideal pra quem (como eu) curte Diplo, M.I.A., Major Lazer e Die Antwoord. O download da música rola no site oficial.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Big PinkSomebody That I Used to Know (Gotye cover BBC Live Lounge)
Espetacular cover indie-eletrônico-roots, com alta personalidade, feito pelo The Big Pink para a música Somebody That I Used to Know, do Gotye. Vale MUITO o play.

The Big Pink – “Somebody That I Used to Know” (Gotye cover BBC Live Lounge) by TheNJUnderground

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Porcelain RaftStrange Weekend
Strange Weekend, o disco de estreia do produtor eletrônico italiano Mauro Remiddi, aka Porcelain Raft, será lançado no dia 23 de janeiro, mas ele já liberou o streaming. No geral, são faixas calmas, com boa carga emotiva. Você já havia escutado músicas de Porcelain Raft nas Tracks 19 e 22.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Azealia BanksNEEDSUMLUV
Nova querinha do hypeland, Azealia ganhou uma força do produtor Machinedrum e lançou NEEDSUMLUV, um hip hop leve, pop e dançante, revitalizado pelo new R&B e por beats eletrônicos desvinculados da obviedade do rap. Groove garantido.

NEEDSUMLUV (SXLND) by Azealia Banks

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix

Grinderman Bellringer Blues (Nick Zinner Remix)
Very sick esse remix de Nick Zinner para Bellringer Blues, do Grinderman, a finada banda do Nick Cave. A faixa está no disco de remixes Grinderman 2 RMX.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

AlunaGeorgeYou Know You Like It (Riton Rerub)
Esse remix assinado por Riton Rerub para a música You Know You Like It, do duo britânico AlunaGeorge, está pronto pra festa. Party on!

Na seman passada, nas Tracks 28, você escutou o remix de AlunaGeorge para Born To Die, da Lana Del Rey.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Buddy HollySlippin’ and Slidin’ (Jacques Renault Remix)
Jacques Renault remodelou completamente a singela Slippin’ and Slidin’, balada rock famosa na voz de Buddy Holly. Puristas do rock, mantenham-se longe.

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28

Tracks Volume #28

13 de janeiro de 2012 0

Royal BathsBlack Sheep
A psicodelia rock sessentista com acento dark contemporâneo da banda Royal Baths está diretamente ligada a Jefferson Airplane, Doors, Tom Waits, Velvet Underground, Jesus and Mary Chain e Interpol. Em Black Sheep, as reverberações guitarrísticas ácidas são garantidas. A poesia urbana e o vocal dopado também. O clipe é simples e cai como uma luva pro som.

Royal Baths – Black Sheep from Royal Baths on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

My Best FiendCracking Eggs
A banda de Nova York My Best Fiend criou uma sinfonia noisy dissonante e robusta, recheada por guitarras distorcidas e bateria pulsante, nesta Cracking Eggs. A faixa faz a linha space rock psicodélico. Começa calma e termina de forma catártica, implorando um replay. Nota 10. Ideal pra quem curte Spiritualized, Explosions in the Sky e Mogwai. Por muito pouco não roubou da banda Royal Baths a posição de destaque das Tracks desta semana. Tem mais sons de My Best Fiend no site oficial e no selo Warp.

My Best Fiend – Cracking Eggs by mybestfiend

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The KillsThe Last Goodbye
Allison Mosshart e Jamie Hince passam todo o clipe da balada triste The Last Goodbye dentro de uma cabine de fotos instantâneas trabalhando caras, bocas e cabelos. É bem chato. A direção é da atriz Samantha Morton. O vídeo lembra aquele clipe de Hang You From the Heavens, da banda The Dead Weather (Jack White + Allison Mosshart + amigos), mas não tem o mesmo (bom) resultado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

A Place To Bury StrangersSo Far Away
O clipe de A Place To Bury Strangers para a música So Far Away foi feito com Instagrams e outras ferramentas online. Imagens vintage tipo Polaroid bem editadas na batida do som. O EP Onwards To The Wall sai dia 07 de fevereiro.

A Place to Bury Strangers “So Far Away” from Secretly Jag on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Caged AnimalsAll The Beautiful Things In The World
O delicioso psycho-indie da banda Caged Animals chega a níveis extremos de dream pop com guitarras etéreas na faixa All The Beautiful Things In The World, que ganhou um clipe vintage cheio de garotas nuas nadando no mar e correndo em campos floridos. Inocência voyer de uma época que não volta mais.

Caged Animals – “All The Beautiful Things In The World” from stereogum on Vimeo.
Escute outras faixas de Caged Animals neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FriendsI’m His Girl e A Thing Like This
A banda Friends, uma das preferidas do Volume da novíssima geração, apresentou uma versão mais “limpa” da ótima música I’m His Girl e a nova faixa A Thing Like This na BBC Radio 1. O disco de estreia dos nova-iorquinos sai no verão gringo. Confira a participação deles na rádio britânica no player abaixo. E lembre: você viu o excelente clipe I’m His Girl nas Tracks 18 e o vídeo de Friend Crush nas Tracks 4.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Arctic MonkeysBlack Treacle
E segue o road movie videoclíptico norte-americano do Arctic Monkeys, tendo o baterista Matt Helders como ator principal e, dessa vez, com o vocalista Alex Turner participando das cenas. Os clipes anteriores nesse clima foram The Hellcat Spangled Shalalala (Tracks 4), Suck It And See (Tracks 14) e Evil Twin (aqui).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Way YesImportant
Indie pop melódico de alma roots, cheio de percussão linha world beat + guitarra nítida e compassada, com inspiração em Paul Simon, Talking Heads, Vampire Weekend e Animal Collective. O EP da banda Way Yes sai dia 27 de março.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Avalanche CityLove Love Love
Aqui, o indie pop é bem mais acessível do que o da banda Way Yes na faixa acima. O combo do músico Dave Baxter fez uma balada folk fofa, de fácil digestão, com refrão grudento e apelo radiofônico. Sabe música pra propaganda de carro no verão? Tipo assim.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Prince RamaSummer Of Love
Nesta Summer Of Love, o duo Prince Rama faz um som psicodélico experimental hipnótico com traços indianos. Somente pra quem curte o lado B da música.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Black DicePigs
O clipe WTF! da semana vai para Black Dice. Não vou comentar.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Litanic Mask – demos
O duo norte-americano de electro-goth introspectivo Litanic Mask ainda não lançou nem EP nem disco, mas liberou essas demos abaixo. É um som denso, cheio de synths gélidos e ambientações lúgubres, ideal pra um dia chuvoso como o de hoje aqui em Porto Alegre, mas EVITE escutar se você apresenta o mínimo traço de depressão :) Eu avisei…

LITANIC MASK -/-/– DEMO–\-\- by litanic mask

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

Nicolas Jaar - With Just One Glance ft. Scout LaRue
Quem curte James Blake vai amar Nicolas Jaar, dono de um minimal auto-intitulado “blue-wave”. Um dos seus primeiros singles conta com o vocal da Scout LaRue Willis, filha de Demi Moore e Bruce Willis.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Dances With White GirlsIt’s About The House (Cubic Zirconia Remix)
Muito bom esse remix electro-funky-tech-house de Cubic Zirconia para a música It’s About The House, de Dances With White Girls. Festa forte em apenas 4 minutos de som.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lana Del ReyBorn To Die (AlunaGeorge Remix)
O duo britânico AlunaGeorge fez um remix intrincado e disconexo para Born To Die, de Lana Del Rey. IDM light com um pé no slow dance e outro no pop autoral.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27

Tracks Volume #26

23 de dezembro de 2011 0

Lana Del ReyOff To The Races
Off To The Races é um R&B hipster atualizado por beats eletrônicos que criam um certo clima tenso. No entanto, os vocais girlie, alternados entre jazzy e curtos trechos de rap/spoken word, ajudam a dissipar qualquer peso excessivo. O resultado é bom. Apesar de ser muito mais ‘séria’ e épica, a música faz lembrar o lembra o clima cool de Kinda out of luck. No vídeo, três etapas. Na primeira, há uma compilação de filmes trash sexploitetion anos 70/80. Mulherada de shortinho carregando metralhadoras e kicking ass dos caras todos (fazendo a linha do clássico Faster, Pussycat! Kill! Kill!). Sexo, tiros e morte. Depois, LA nos dias de hoje. Em seguida, uma mixagem referencial às avessas entre as duas fases anteriores, com gostosas armadas se divertindo com sorvetes na Costa Oeste atual. Depois do megalomaníaco clipe de Born To Die, foi legal ver algo menos ostentatório. Off To The Races está no disco Born To Die, marcado para janeiro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DOMDamn
De volta ao indie lo-fi dos anos 90 com a banda DOM tocando a deliciosa Damn no projeto Stereogum x W Hotel Suite Session. A faixa está no EP Family Of Love.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

James BlakeA Case of You (Joni Mitchell Cover)
A linda atriz Rebecca Hall, de Vicky Cristina Barcelona e Frost/Nixon, é captada em vários estados emocionais dentro de um quarto no clipe de A Case Of You, cover de Joni Mitchell lançado por James Blake no EP Enough Thunder. O disco de estreia de Blake foi um dos meus escolhidos na seleção dos melhores do ano da Itapema FM. Veja a lista completa e comentada neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

LCD SoundsystemLive Alone (Franz Ferdinand Cover)
O cover de Live Alone, do Franz Ferdinand, lançado há tempos pelo LCD Soundsystem na compilação do Record Store Day, é muito mais lento e funkeado do que a versão original. Groove nada óbvio. O clipe saiu apenas agora e registra cenas incríveis de Nova York.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

OupaIt’s Rough (Smog Cover)
O vídeo WTF! da semana ficou com o dream pop triste e guitarrístico de Oupa no cover da música It’s Rough, do Smog. O vídeo assinado por Porcelain Raft cita O Mágico de Oz (1939) e tem psicodelia caleidoscópica fractal (elemento também utilizado pelo The Horrors em I Can See Through You, por Carter Tanton em Fake Pretend, Panda Bear em You Can Count on Me e até Yo La Tengo em Here To Fall, entre outros). Na música, o sadcore lo-fi deu espaço a uma lisergia indie cheia de reverberações. Massa.

Oupa – It’s Rough from Boiled Egg on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Anthony GreenBig Mistake
Som perfeito pra uma trip pelo Oeste norte-americano. Vocal rasgado, groove rock e tonalidades muito nítidas. Big Mistake está em Beautiful Things, segundo disco do músico.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Matthew DearHeadcage
David Bowie electro-feelings na incrível Headcage, de Matthew Dear. Synths, beats e vocais espiralados em harmonia perfeita. Muito funky, muito groove e muita personalidade. O EP Headcage sai em janeiro.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25

Tracks Volume #18

28 de outubro de 2011 0

M83Midnight City
Nada menos do que espetacular este clipe da banda francesa de indie electronic e ambient M83, liderada por Anthony Gonzalez e Nicolas Fromageau, para a música Midnight City. No limite entre o introspectivo e o exuberante, a faixa ganha ares cinematográficos e paranormais na direção de Fleur & Manu. Timing perfeito com o remake da animação japa cult Akira (leia sobre isso  aqui e aqui).

M83 – Midnight City from naiverecords on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

We Were Promised JetpacksHuman Error
Bebedeira, muita festa, gente linda se pegando, entrando em crise, e se acabando geral na noite gringa neste clipe da música Human Error, da banda escocesa We Were Promised Jetpacks. O som é nota 10. Fast dirty rock como se o mundo fosse acabar hoje. E é nisso que o diretor Michael Sherrington deve ter pensado na hora de criar o vídeo. Imperdível.

We Were Promised Jetpacks – “Human Error” from stereogum on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jane’s AddictionUnderground
Guitarreira glitter-laser em pleno Late Show With David Letterman. O que mais dizer sobre eles além de “mestres”?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Mazzy StarCommon Burn
A banda Mazzy Star é um dos grandes nomes do dream pop psicodélico dos anos 90, e está há 15 anos sem lançar um disco de inéditas. Agora, no dia 31 de outubro, eles lançam o single Common Burn, uma faixa muito calma, com guitarra etérea próxima ao country e o vocal-sonho de Hope Sandoval. Lembra muito alguns momentos do Cowboy Junkies. O novo disco deve sair em 2012.

Mazzy Star – Common Burn by weallwantsome1
O single vem com o b-side Lay Myself Down, que você escuta no Pitchfork.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nada SurfWhen I Was Young
A nova do Nada Surf, When I Was Young, que estará no disco The Stars Are Indifferent To Astronomy, previsto para o início de 2012, começa acústica e ganha corpo e peso aos poucos. Som legal, sem firulas.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The HorrorsI Can See Through You
Quem acompanha o Volume há algum tempo sabe que eu curto MUITO Horrors. A ótima I Can See Through You toca geral nas rádios gringas, e há poucos dias saiu esse clipe caleidoscópico maneraço. Veja abaixo e leia mais sobre a banda neste link

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Guided By VoicesThe Unsinkable Fats Domino
Os heróis do indie 90 voltam com o single The Unsinkable Fats Domino, que virá com o lado-B We Won’t Apologize For the Human Race no dia 22/11. O som é puro rock lo-fi tradicional do Guided By Voices, nem mais nem menos. As faixas estarão em Let’s Go Eat the Factory, disco marcado para 01/01/2012.

Escute The Unsinkable Fats Domino aqui

> Faça o download do som no site da Matador

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FriendsI’m His Girl
A melhor homenagem/referência aos anos 80 que eu vejo em anos, autêntica e discreta. A faixa I’m His Girl tem origem onde o indie rock encontra o hip hop cool nova-iorquino. O clipe é pura volta a um passado ghetto street não muito distante. Saudades de NY. Saudades, saudades, saudaaaaadeeeeeeeees! A banda Friends você conheceu nas Tracks #4.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lana Del ReyVideo Games (Live)
Lana, Lana, Lana… você me mata. O vídeo de Video Games você viu faz tempo nas Tracks #11. Agora, veja ao vivo.

Você pode ver Blue Jeans, também ao vivo no Premises, neste link. E abaixo, Lana quando ainda era Lizzy Grant cantando Kill Kill, do EP homônimo lançado em 2009 -> e já com a mesma estética retrô-sexy-acabada. Marilyn Monroe feelings. Cool.

Mais uma antiga: a jazzy The End of the World, também de Kill Kill, ao vivo em NY em 2008. E ainda tem gente achando que Lana é fake. Por Deus!

Bom, ela no Jools Holland você já deve ter visto (aqui). Rolou quando eu estava em férias. E no último dia 24, Lana ganhou o prêmio Next Big Thing da revista Q. No vídeo abaixo, gravado após a premiação, a cantora fala sobre o sucesso de Video Games, carreira, a produção do primeiro disco (está pela metade, deve sair em janeiro), hype e críticas.

Ok, ok, chega de Lana Del Rey por hoje! Mas se você quiser saber mais, pula neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Chromatics - Kill For Love
Rockinho lo-fi sincero, delicioso, com base em sintetizadores e vocal-veludo. Me lembrou Still Corners, que você escutou nas Tracks 12. O disco homônimo, Kill For Love, sai em janeiro pelo selo Italians Do It Better.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Orbital - Never
Se você sentia falta do Orbital, um dos duos mais importantes da música eletrônica dos 90, que não lançava nada desde Blue Album (2004), agora já tem motivo pra comemorar. Eles acabam de liberar a nova faixa, Never, com um clipe bem legal e muito simples: uma viagem muitíssimo bem editada pelas ruas de Londres, na linha Open Your Eyes, do Snow Patrol (veja aqui). Conhece Londres? Não? Então aproveita e dá um rolê por lá com o Orbital! Saudades de Londres. Saudades, saudades, saudaaaaadeeeeeeeees! E o ponto de fuga das imagens???? Quase sempre fixo! Massa! A música? Ambient techno cool, que é o que eles melhor sabem fazer. Play it loud!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Anika - Yang Yang e No one’s there
Tô chapado com o som da alemã Anika. Bom para quem curte experimentações pós-punk-eletrônicas gélidas e fantasmagóricas. Anika vive entre Berlim e Bristol e é parceira de Geoff Barrow (Portishead e Beak>), o que por si só já diz muito. Saudades de Berlim. Saudades, saudades, saudaaaaadeeeeeeeees! Ela é tipo como se Nico, Beth Gibbons e Karin Dreijer Andersson (aka Fever Ray) fossem uma única pessoa que cantasse no Stereolab com produção de Trent Reznor fase How To Destroy Angels. Muito confuso? Então te liga na definição do MySpace dela pro som: uneasy easy listening. Ahan! Ah, Yang Yang é um cover de Yoko Ono.

Escute o disco na íntegra:

Se você não consegue ver o embed acima clique aqui para escutar o álbum.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Stay+Fever
Clipe pesado, meio baixo astral, e bem mais trash do que o da música Human Error, da banda We Were Promised Jetpacks, que você viu acima. Faz a linha Smack My Bitch Up, do Prodigy. Noite forte dá nisso… De qualquer forma, a música de Stay+ é muito boa. Começa calma e segue para um synth poderoso, dançante, com beats acelerados. Nas palavras dele, é “fictional dance” – seja lá o que isso quer dizer. Veja o clipe de Fever abaixo e um set de remixes na sequência, com destaque para a incrível remistura de You’re A Woman, do Death From Above 1979.

Ouça um EP de remixes:


Se não consegue ver o embed de remixes acima, clicaqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jesse RuinsA Bookshelf Sinks Into The Sand
Pancada electro-industrial das boas criada por Jesse Ruins. As outras faixas do EP (Inner Ambient, Sofija e Dream Analysis) são bem mais calmas, estilo bedroom-pop. Ouça A Bookshelf Sinks Into The Sand abaixo e as outras três neste link

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

Lissi Dancefloor DisasterPop Musiiic
O Lissi Dancefloor Disaster é um experimento de electro pop indie sueco numa perfeita mistura da atitude do Le Tigre com os toques sombrios da banda The Knife. Formado por Josefin Lindh e Johan Tilli, eles cultuam o “art pop movement”: música pop com mensagens engajadas em prol da arte e da música. A banda, dona da deliciosa track 8-bit Oh My God (veja aqui) lançou ontem seu primeiro EP, As We Plz. A primeira faixa deste trabalho se chama Pop Musiiic, uma canção realmente digna de um hit do Le Tigre. É um pop enérgico, com vocais e temática intensos e loopings viciantes.

Lissi Dancefloor Disaster – Pop Musiiic by Lissi Dancefloor Disaster

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix

Noel Gallagher’s High Flying BirdsLet The Lord Shine A Light On Me (UNKLE Remix)
E segue a avalanche de material novo do Noel. Depois de singles e vídeos (veja aqui), agora caiu na rede esse remix bacaninha assinado pelo supercult UNKLE. É legal, mas nada mais que isso. Mais Noel Gallagher’s High Flying Birds aqui

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cut Copy Tour Mix Pt2Noise In My Head
Cut Copy liberou esse mix para bombar a turnê mundial que passou pelo Brasil. Mas eu sou retardado e não vi isso antes do show deles em Porto Alegre. Dããã! Leia sobre o show em POA neste post.

Cut Copy Tour Mix Pt2 – Noise In My Head by cutcopymusic


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Little BootsShake Until Your Heart Breaks
O mixtape lançado por Little Boots tem Metronomy na abertura, Classix, Oh Land e mais. Ótimo chill in com final incrível – a própria Shake Until Your Heart Breaks, que deve ser o próximo lançamento dela.

SHAKE UNTIL YOUR HEART BREAKS MIXTAPE by LittleBoots

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Death Cab For CutieSome Boys (RAC Maury Mix)

Death Cab for Cutie – Some Boys [RAC Maury Mix] by Death Cab for Cutie

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10
> Tracks #11
> Tracks #12
> Tracks #13
> Tracks #14
> Tracks #15

> Tracks #16
> Tracks #17

Tracks Volume #13

09 de setembro de 2011 0

YuckCousin Corona
O disco de estreia da banda de Londres, homônimo, será relançado com 18 faixas em outubro. São 12 originais e 6 B-sides. Guitarras rascantes, dissonantes, reverberando ambientações chapadas e vocais dopados. A nova, Cousin Corona, aproxima o som dos caras ao indie rock norte-americano de Pixies, Dinosaur Jr., Sonic Youth, Meat Puppets, Pavement e Guided By Voices.

Cousin Corona by Yuck

Em Rubber, um sinfonia ruidosa, cheia de microfonias e interferências, com bateria convulcionada ao bom estilo de Mogwai e Explosions In The Sky.

YUCK – Rubber from Michael Roy on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lana Del ReyBlue Jeans
Acaba de sair o vídeo de Blue Jeans, o B-side do single Video Games, da nova musa Lana Del Rey, que você conheceu nas Tracks #11. Na canção, Lana reforça seu alcance vocal, indo do grave sedoso a um doce agudo. O vídeo segue a tradicional colagem de imagens. O lançamento do single rola dia 09 de outubro. Leia uma entrevista com Lana no Pitchfork.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Wild FlagRomance
A banda formada por instrumentistas que tocam com Stephen Malkmus, Quasi, The Minders, Sleater-Kinney e Helium lançaram o clipe de Romance. Rock cru, alto astral, com traços leves de psychobilly, riot grrrl e bubblegum rock. No clipe, elas leem um livro sobre Henry Rollins e avacalham The Suburbs, do Arcade Fire.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BattlesMy Machines (ft. Gary Numan)
Gary Numan canta para a banda de rock experimental Battles neste incrível clipe feito pro Creators Project.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Black LipsFamily Tree
OMG! Lá vem o Black Lips aloprando de novo!! Depois do clipe maluco para New Direction (veja nas Tracks #6), a banda norte-americana de garage-punk-bluesy toca o terror no clipe de Family Tree. Se tem medinho veja em casa, e não no trabalho :)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

WilcoBorn Alone
Wilco novo, vida nova.
O disco The Whole Love sai dia 27 de setembro.
Já fiz um vídeo parecido com este:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

MemoryhouseEP The Years

The Years, o EP do duo canadense Memoryhouse, composto por Evan Abeele e Denise Nouvion, saiu em 2010 e agora ganha versão reloaded pela Sub Pop. Também está online, abaixo. Composições tranquilas, etéreas, vaporosas, com vocais de sonho. Dream pop adorável – muito menos pop e beeeeeeem mais dream, diga-se. Essa nova edição vem com as novas Modern, Normal e Quiet America.

Memoryhouse – The Years EP by subpop

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FanfarloReplicate
A banda britânica Fanfarlo sempre cita como referências Broken Social Scene, Olivia Tremor Control, Belle & Sebastian e Sufjan Stevens, mas sempre acaba comparada ao Arcade Fire. O grupo vem gravando o sucessor do disco de estreia, Reservoir (2009), há algum tempo. Agora, eles liberaram o clipe do primeiro single, Replicate, uma composição marcada por violinos. O novo disco, ainda sem nome, sai no início de 2012.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Youth LagoonMontana
Belíssimo clipe da música Montana, lançada em The Year of Hibernation, o disco des estreia do Youth Lagoon. Poesia visual de guerra. Existe isso? Não sei. Mas não importa. Direção primorosa de Tyler T Williams.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Soft MoonTotal Decay
Luis Vasquez é de San Francisco. Assina suas músicas como The Soft Moon. O disco de estreia, homônimo, saiu no final de 2010. O novo EP, Total Decay, acaba de ser lançado. Pós-punk fantasmagórico, from hell, com traços de EBM nervoso. Ouça a faixa Total decay abaixo e escute outras no Facebook.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

S.C.U.M.Whitechapel
Nick Cave encontra Bret Anderson, Joy Division e Depeche Mode no single Whitechapel, da banda inglesa S.C.U.M. (a sigla refere-se ao manifesto feminista Society for Cutting Up Men, de Valerie Solanas). Nesse caso, o pós-punk tem outra pegada, mais pop, harmônica e dançante. Bem menos sisuda do que o som de The Soft Moon (acima), mas ainda assim zunindo forte baixo, bateria e sintetizadores. O clipe é muito bom, com técnicas de teatro de sombras que criam um ambiente expressionista bem iluminado.

S.C.U.M: Whitechapel on Nowness.com.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RöyksoppShores of Easy e In This Shirt
O duo norueguês Röyksopp liberou duas novas músicas há pouco tempo. O nome diz tudo: Shores of Easy é uma viagem instrumental de 14 minutos por uma paisagem tranquila, leve, límpida. O bicho só pega (bem pegado) ali pelos 7’30”. A faixa havia sido apresentada ao vivo na rádio KCRW, de LA, e agora está no site da dupla. Dê o play e esqueça seus problemas.

In This Shirt é um remix de 11 minutos com vocal para a música da banda londrina The Irrepressibles. A faixa é um pouco mais antiga, mas igualmente bela.

> Baixe as duas faixas no site do Röyksopp.

HEALTHGoth Star (Pictureplane Cover)
Health (você conheceu neste post) coverizou Goth Star, do Pictureplane. Ficou legal. Ouça abaixo, e a original aqui).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Red Bull Music AcademyRevolutions In Sound
Chora: The Red Bull Music Academy vai realizar o festival Revolutions In Sound DENTRO do London Eye. O line-up de bandas e DJs será distribuído entre as 30 cápsulas da roda-gigante. E a música de cada cápsula terá streaming online. Saiba mais aqui e veja o vídeo abaixo:

Red Bull Music Academy World Tour: Amplifying local scenes beyond the beat from Red Bull Music Academy on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Serial KillazSend Dem

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

SBTRKTPharaohs
SBTRKT (Subtract) é a face mascarada de Aaron Jerome, DJ, produtor e remixer que já trabalhou com Mark Ronson e M.I.A. O cara tem anos de estrada. Agora, escondendo o rosto, ganha visibilidade. O single de estreia do disco foi Wild Fire, com participação da Yukimi Nagano, da banda Little Dragon. No último dia 07 ele lançou a deliciosa Pharaohs, com vocal da Roses Gabor.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10
> Tracks #11
> Tracks #12

Tracks Volume #11

26 de agosto de 2011 1

Lana Del ReyVideo Games
Da série “mulheres no vocal”: Lana Del Rey é como a cantora e compositora Lizzy Grant prefere ser chamada. Direto de NY, Lana emite esta Video Games, uma balada pop nostálgica, sexy e triste, orquestrada em piano e cordas. Tipo amor aos pedaços. Totally heartbreaking. A música é tão bela quanto algumas preciosidades de Fiona Apple ou Tori Amos. A letra é genial, a voz é um veludo e ela, lindíssima. O clipe é também perfeito. Uma versão dele, por sinal, foi removida da internet por uso indevido de imagens. Lana já definiu a si própria como “gangsta Nancy Sinatra” e suas músicas como “Hollywood sadcore”. Impossível descrever melhor.

Aqui, na ótima Kinda Outta Luck, Lana apresenta uma pequena tragédia de mulher fatal:

Lana me pegou. Estou completamente apaixonado. O single sai dia 10 de outubro. Ficha 1 aqui!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

James Blake & Bon IverFall Creek Boys Choir
Nada menos do que genial a experimentação indie-folk-eletrônica-desconstrutiva do músico James Blake e da banda Bon Iver, de Justin Vernon. Etéro, sombrio, melancólico, visionário, sentimental, livre de amarras. Mas é um som restrito a quem transita nos becos mais escuros do Lado B da música pop até de olhos vendados. Fall Creek Boys Choir estará disponível para download no iTunes na segunda-feira (29).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Arctic MonkeysDon Valley Bowl Trailer
Prediletos do Volume, os caras do Arctic Monkeys liberaram este trailer com imagens de shows feitos em Sheffield. As gravações devem virar um DVD ao vivo. Suck It And See, quarto álbum de estúdio, saiu em junho. A nova turnê mundial deve começar em outubro. A banda anunciou que não deve voltar aos estúdios até 2013. O clipe de The Hellcat Spangled Shalalala você viu nas Tracks #4. Veja o trailer abaixo:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Covergirl - Paris Burns
Orientados pelo pós-punk inglês, esses britânicos têm um senso eletrônico disco-punk formidável, que lembra o espírito do Klaxons. Talvez você nem lembre deles amanhã, mas hoje vale a pena escutar.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The War On DrugsCome To The City
Tem uma ambientação épica, com teclados, guitarras e bateria em rotação contínua. A voz de Adam Granduciel aproxima a música Come To The City ao clássico rock americano e a criadores como Bob Dylan e Bruce Springsteen, mas com um senso folk etéreo mais aguçado. O disco da banda The War On Drugs, Slave Ambient, já saiu.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Clap Your Hands Say YeahHysterical
O novo disco do Clap Your Hands Say Yeah, Hysterical, sai agora em setembro. Enquanto isso, fique com o teaser.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

No Ceremony – Hurtlove
A faixa Hurtlove, do No Ceremony, você lembra, foi destaque das Tracks #9. Na época tinha apenas o mp3. O clipe saiu há poucos dias.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tiësto - Maximal Crazy
Diz que Tiësto está fechando sua turnê pelos festivais do verão europeu com esta Maximal Crazy. O single deve ser lançado em breve por seu próprio selo, Musical Freedom. Mais: na próxima semana ele lança In The Booth, uma série de episódios produzidos para a web. Serão quinze capítulos. Em cada um deles, o DJ vai mostrar a sua vida na estrada, em clubes e em festivais. O material estará no site www.tiesto.com.


Tiësto – Maximal Crazy (Original Mix) by Hypetrak

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Skrillex - Right Here
Caiu na rede a versão oficial de Right Here, o novo som do novo gênio do dubstep, Skrillex. Mas assim como vazou, foi removido. Achei essa versão SoundClaud e, abaixo, o vídeo de um show realizado em julho.

Skrillex – Right Here (Original Mix) by pakistar

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BBQ - show em Porto Alegre
Mark Sultan, aka BBQ, volta a Porto Alegre para um show neste domingo, dia 28, às 18h, no Santander Cultural. Ingressos a R$ 10,00. O bluseiro roquenrrol se apresenta sozinho com bateria e guitarra. O cara já lançou mais de 20 discos. Parte do repertório ele apresentou na capital gaúcha em 2004, no Ocidente, em um show com Jazzie & os Vendidos, a banda formada por Clarah Averbuck e ex-integrantes dos Sellouts (grupo paulistano de garage punk). O show foi muito massa, mas tinha pouca gente.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

Gotye - Somebody That I Used To Know
É do australiano Gotye a ótima Somebody That I Used To Know, com sample do brasileiro Luiz Bonfá tocando Seville e com participação da neozelandesa Kimbra. Com letra excelente e um clipe simples e bonito, o single já atingiu o topo das paradas australianas. A música está no terceiro álbum do cara, Making Mirrors, que saiu no último dia 19. O álbum ainda tem outra inspiração brasileira: na faixa I Feel Better, ele sampleia Aquarela do Brasil, de Ary Barroso.


> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10