Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "neon"

Tracks Volume #22

25 de novembro de 2011 0

The VaccinesTiger Blood
The Vaccines, a melhor banda nova hoje, liberou o clipe de Tiger Blood, faixa produzida em parceria com o guitarrista Albert Hammond Jr., dos Strokes, e que estará em um single juntamente com a balada triste Wetsuit, do ótimo disco What Did You Expect from the Vaccines? O clipe não tem nada demais. O lance é o som mesmo. Rock inglês puro-sangue.

Você viu o clipe da música Norgaard, dos Vaccines, nas Tracks #4.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

WATERSBack To You
O white noise melódico da banda WATERS você conheceu nas Tracks 14. Indie rock agressivo, mas harmônico. Eu acredito no vocalista e líder Van Pierszalowski! O disco Out In The Light saiu dia 20 de setembro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


The Dear HunterWe’ve Got A Score To Settle
The Dear Hunter era o projeto paralelo de Casey Crescenzo quando ele tocava na banda The Receiving End of Sirens. Como o grupo acabou, Casey seguiu fazendo art rock no Dear Hunter. We’ve Got A Score To Settle está na compilação The Color Spectrum, que reúne 36 músicas distribuídas em nove EPs inspirados nas cores do espectro eletromagnético. Teorias físicas à parte, o som é foda. Lembra algumas coisas do Mars Volta. A faixa está no EP Red e foi gravada com integrantes da Manchester Orchestra.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Pujol Mayday
Róquenrrrrol do bom e clipe nonsense para a música Mayday, que está no EP Nasty, Brutish And Short. Aumenta o som!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Radio SoulwaxBatuta Discos
O duo belga 2 Many DJs lançou um set audiovisual de uma hora via Radio Soulwax só com músicas brasileiras e fotos das ruas de São Paulo. Tem faixas de medalhões como Caetano, Gil, Gal, Tom Zé, Jorge Ben Jor, Tim Maia e Mutantes e bandas e artistas obscuros como Mercenárias, Mister Sam, Som Imaginário e A Gota Suspensa, que deu origem à banda Metrô. Rola até Gretchen! Os caras do 2 Many DJs já vieram várias vezes ao Brasil. Nessas viagens, sempre vasculham lojas de discos. Acabaram montando um acervo gigante de som Brasil. Veja abaixo e saiba mais aqui.

Batuta Discos from Radio Soulwax on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SuunsRed Song
O quarteto canadense de indie eletronic lo-fi Suuns (ex-Zeroes) liberou este vídeo da música Red Song, estilo Andy Warhol’s films. O som é discreto, quase incidental, repleto de graves e ambientações lúgubres, e também é inspirado pela música concreta e pelo dark electro. Red Song está no disco Zeroes QC.

Suuns “Red Song” from Topher Manilla on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Porcelain RaftPut Me to Sleep
Lembra de Put Me to Sleep, a faixa-transe do italiano Mauro Remiddi, aka Porcelain Raft, que você escutou nas Tracks 19? Agora saiu o vídeo:

Put Me To Sleep from Porcelain Raft on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

M83Midnight City
O clipe de Midnight City você viu nas Tracks 18. A banda tocou o som no Jimmy Fallon, com direito a solo de sax inspirado.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

GonjasufiDemonchild
Clipe WTF! da semana. Bizarro.

Gonjasufi – Demonchild from Hydroshare.tv on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

AnonBite The Hand
Groovy beats com um pé no passado e outro no futuro. Se o seu chill-in não tem Bite The Hand ele está incompleto! Ouça a faixa abaixo e outras músicas no player seguinte.

Anon – Bite The Hand by Bad Panda Records

Swings & Roundabouts by anon_music

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Passport Green SunsetDam-Funk
Dam-Funk, músico de boogie funk de LA que parece uma síntese de Afrika Bambaataa, Stevie Wonder e Lionel Richtie, toca no Passport Green Sunset no Multipalco do Theatro São Pedro, em Porto Alegre. O projeto segue a temmmmdêmmmmmmmmcia gringa de festas day light em centros culturais, museus e galerias. Léo Felip (Pulp), Kahara (Neon) e Chaves (Disc-o-Nexo) completam o line-up. Além disso, rola intervenções do coletivo de arte Grite Poesias e video art com Bruno Borne e Ricardo Carioba. Das 16h às 22h, com entrada franca.

Dâm-Funk – Forever (Scion AV) from Scion A/V on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

The Ting TingsSilence (Bag Raiders Remix)
O duo já foi melhor, tanto na música quanto em vídeo. Hang It Up já tinha sido lamentável. Agora, forçaram a barra no hip rock oitentista.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Riva Starr & Fatboy Slim (feat. Beardyman)Get Naked (Dub Mix)
Saiu esse remix da faixa Get Naked, esforço coletivo de Riva Starr, Fatboy Slim e do beat boxer Beardyman. Boa bateria, vocoder (ou qq coisa) cool e vibe de pista. Massa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Gross MagicYesterdays
Depois de aparecer nas Tracks 4, Gross Magic volta ao Volume com a psicodelia shoegaze de Yesterdays. Guitarras distorcidas from hell + vocal melódico torto. A faixa estará no EP Teen Jamz.

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10
> Tracks #11
> Tracks #12
> Tracks #13
> Tracks #14
> Tracks #15
> Tracks #16
> Tracks #17
> Tracks #18
> Tracks #19
> Tracks #20
> Tracks #21

Tracks Volume #9

12 de agosto de 2011 0

No CeremonyHurtlove
Coisa boa a música Hurtlove, da banda No Ceremony. Vintage electronic cool temperado com piano e vocal gélido, mas meigo, com um leve e elegante efeito vocoder. A banda é novíssima. Ainda não há muitas informações sobre eles. Mas o som é bom pra quem curte experimentações na linha de Ladytron, Stereolab, Stereo Total, Avalanches, Air France, Pepe Deluxé, Cut Copy, Fantastic Plastic Machine. Eu tô viciado! A faixa tá no repeat há dias! Ouça já abaixo ou no site!

SuperHeavyMiracle Worker
Good vibrations multiculturais no primeiro clipe da banda SuperHeavy, formada por Mick Jagger, Joss Stone, Damian Marley, A. R. Rahman, Dave Stewart (do Eurythmics) e outros. A música é boa, mas o vídeo é muito fake. Muita produção impecável, muito filtro nas imagens, muita cor em cenários e figurinos, muito gente com muito estilo. Enfim, tudo muito plástico. O lance só fica um pouco mais verdadeiro ao final, quando tudo vira um show com captação de som ao vivo (ao menos parece… dá pra sentir uma alteração no áudio). O álbum homônimo sai no dia 19 de setembro.

Sigur RósInni
A banda pós-rock experimental/espacial/boreal prepara sua volta após o disco Með suð í eyrum við spilum endalaust (ou Med Sud I Eyrum Vid Spilum Endalaust), de 2008 . O vídeo Inni, postado no site do grupo islandês, mostra cenas de show, ruídos e música, hããã, incidental. Ainda não se sabe detalhes sobre o novo disco, ou mesmo se o material será um concert movie, doc ou DVD simples. Vamos aguardar… E quem lembra da incrível apresentação deles no Free Jazz Festival em 2001 (que também teve os ótimos Aphex Twin, Grandaddy, Belle & Sebastian e Roni Size & Reprazent), durante a turnê do álbum Ágætis Byrjun? Eu lembro! MUITO!


FeistHow Come You Never Go There
Acaba de sair a nova música da cantora Feist, How Come You Never Go There. A balada doce, com vocal aquecido, tem aura soul lo-fi delimitada por piano e guitarra. Uma delícia. O novo disco, Metals, sai dia 04 de outubro. Feist foi destaque das Tracks #6, quando ela liberou o primeiro de uma série de teasers que já estão sendo lançados no www.listentofeist.com e no canal FeistMusic do Youtube.


HellaYubacore
A banda californiana de noise rock Hella, do guitarrista Spencer Seim e do baterista Zach Hill, aposta tudo no caos sonoro com melodia. É um lance artsy mesmo. Dá um nervoso, mas é legal. Proibido para virgens em Lados B. O novo disco, Tripper, sai dia 20/08.


The NationalExile, Vilify
O Portal 2 fez um concurso de vídeos para a música Exile, Vilify, do National. A banda escolheu como vencedor o clipe abaixo. Muito bem filmado. And very sad. Perfeito pra música.


Alex WinstonVelvet Elvis
Lembra da música Velvet Elvis, de Alex Winston, destaque das Tracks #6? Naquela época só tinha um mp3 e um vídeo tosco ao vivo. O clipe saiu agora.


JusticeAudio, Video, Disco
O duo francês anunciou que o novo álbum, Audio, Video, Disco, sai dia 25 de outubro. Será o segundo registro de inéditas depois da estreia forte com . Xavier de Rosnay, parceiro de Gaspard Augé, disse que o material será “progressivo em proporções aceitáveis”. Menos mau. Progressivo é um saco! Participações: Ali Love, Morgan Phalen e Vincenzi Vendetta (todos nos vocais). O ótimo vídeo do single Civilization você viu aqui em maio.

The Sorry ShopThank You Come Again
Lembra de The Sorry Shop, a banda gaúcha que você ouviu primeiro nas Tracks #5? Eles acabaram de liberar o streaming e o download do EP Thank You Come Again. Indie rock com um pé no shoegaze e outro no dreampop. Não perde tempo e dá play ae!

Thank You Come Again by The Sorry Shop


A partir de hoje, o super @MarcosTesser, da área de marketing das rádios do Grupo RBS, começa a participar das Tracks do Volume. #ficaadica dele!

Flight FacilitiesForeign Language

O Flight Facilities é daquelas bandas que preferem permanecer anônimas e ainda confundem a galera afirmando no Facebook e MySpace que são de Trindade e Tobago. Mas a gente sabe que é uma dupla da Austrália. Os caras estrearam ano passado com o hit Crave You, considerado por vários blogs uma das mais dançantes músicas indies de 2010. Agora, eles chamaram a conterrânea Jess Higgs para lançar seu segundo single, a deliciosa Foreign Language. O clip, que é feito de cenas do filme Roller Boogie (1979), é puro groove anos 70. Uma disco music com roupagem super moderna, cheia de ginga, com vocais aveludados e dançantes.


Lazy KissFesta NEON
O duo Lazy Kiss, formado no começo do ano em Porto Alegre por Marco Kothe e Pedro Floriani, faz releituras variadas em minimal, soul, disco, italo house, house music, indie e rock para faixas de outros artistas. Eles farão seu primeiro live act na festa NEON, do Lucio Kahara e do Gabriel Cevallos, dia 13 de agosto, no Cabaret, em POA. Ingressos a R$ 25,00 ou R$ 15,00 com nome na lista até a 1h. Escute a versão deles para Twilight Galaxy, do Metric, abaixo e ouça mais no SoundCloud.

Lazy Kiss – Twilight Galaxy by Lazy Kiss

E o Lucio deu a letra: a NEON selecionou o produtor e DJ Munk (o cara por trás da Gomma Records) para ser um dos cinco participantes do concurso organizado pelo Goethe Institut, o Vote Festa. Se você está em Porto Alegre, Curitiba ou São Paulo e quer ver Munk na sua cidade, vote nele neste link. Conheça Munk abaixo:

Munk “Mis Labios” (OFFICIAL VIDEO) from Leroy Hanghofer on Vimeo.

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8

<!–[if !mso]>










Eletronixxxxxxxxxx

10 de dezembro de 2010 0

Duas notinhas eletrônicas legais:

O compositor e produtor musical gaúcho Rossano Snel, mente das mais brilhantes da novíssima geração eletrônica do Estado, está participando do The Creators Project Contest. O concurso reunirá três músicos dos Estados Unidos, do Reino Unido e do Brasil para colaborar na gravação de um EP em Nova York. Maneraço, hein?

O Rossano é poderoso. Cravou a música Nossa Conversa na trilha do filme BearCity, que estreou em NY recentemente, e que estará no Disco Virtual do Volume #2, que sai em breve aqui no blog.

O outro brasileiro concorrente é Ricardo de Almeida Jorge, de São Paulo. Também participam do concurso Darren Hanson e Eugene Derek Hong, de Los Angeles, Mau’lin (Gareth Sprey) e Aaron Audio, de Londres.

Você pode votar nos seus músicos favoritos neste link. MAS CORRA! A votação será encerrada no dia 13 de dezembro, na próxima segunda.

*

Mais: neste sábado rola a festa de 3 anos da NEON, a noite forte dos DJs Kahara e Cevallos. O convidado é o parisiense Antoine Harispuru, aka Golden Bug, que aos 14 anos já atucanava sua família e seu babá robô japonês Victor com uma bateria eletrônica Roland TB808, um sampler e discos de soul dos 70 e de electro-funk dos 80. O resultado sonoro é o mesmo que vai rolar em POA: uma disco-funk robotizada com italo basslines e synths cheios de groove.

Já passaram pela NEON Pantha du Prince, Ben Mono, Karsten John, Lopazz e Alex Murray-Leslie (Alemanha), Greg Wilson (Inglaterra), Bottin (Itália), Baris K (Turquia), Silver City (Argentina), Cássio Quaresma (Portugal)  + os brasileiros Boss in Drama, Database, JZK, Donatinho, Kassin, Leiloca Pantoja e o amigo Rossano Snel. A festa de 3 anos rola a partir das 23h no Cabaret! (Independência, 590, POA). Ingressos no local a R$ 15,00 até meia-noite com nome na lista, R$ 20,00 até 1h e R$ 25,00 depois. Envie seu nome até as 21h de sábado pelo site www.cabaretpoa.com.br.

>>>>> Mais Neon

Tron Legacy é espetacular

18 de novembro de 2010 1

Tron Legacy fucking rules! Bom, pelo menos visualmente.

Rolou nesta noite uma sessão especial 3D com 20 minutos de cenas do filme para imprensa e convidados em Porto Alegre. Foi o bastante para ver o excelente update coordenado pelo diretor Joseph Kosinski sobre a ficção científica visionária criada por Steven Lisberger em 1982.

No filme, Sam Flynn é enviado ao Grid, uma dimensão virtual high-tech gerenciada por programas de computador autoritários e games fatais onde seu pai, Kevin, encontra-se há 25 anos. Lá, Sam o reencontra, mas cai em uma perigosa rede de poder.

Kosinski aprimorou o conceito criado por Lisberger no Tron original, elaborando um universo cibernético asséptico em que cores neon reluzem sobre cenários obscuros, e no qual você jura que equipamentos, máquinas e armas futurísticas digitais são reais.

Como você já sabe, Daft Punk participa da trilha sonora e faz uma ponta no filme. Os franceses tocam durante uma festa em um clube. Em outro momento rola Sweet Dreams (Are Made of This), do Eurythmics.

A concepção visual de Tron Legacy é radical e elegante. Mas 20 minutos não bastam para saber se a história desenvolvida pela equipe de escritores liderada por Lisberger é mesmo boa. Espero que seja!

A Tron Night também rolou em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte.

>>>>> Mais Tron Legacy aqui

Setembro Negro * Damn Laser Vampires * Indie Hype Festival

27 de agosto de 2010 2

Tirando o atraso da semana:

O festival de metal extremo Setembro Negro trará a Porto Alegre os noruegueses do Gorgoroth e os belgas do Enthroned. Os shows rolam no dia 06/09, a partir das 18h, no Opinião. Ingressos antecipados a R$ 30,00 à venda nas lojas A Place (Voluntários da Pátria, 294, Loja 150) e Zeppelin (Mal. Floriano, 185, Loja 209) e na bilheteria do Opinião apenas no dia do festival, a partir das 16h, por R$ 35,00.

*

Damn Laser Vampires jogaram na rede uma versão de It Thing Hard-On, música do Cramps que está no supercult Big Beat From Badsville. O som estava gravado desde o ano passado, mas só foi liberado agora.

Baixe It Thing Hard-On vampirizada aqui e leia um texto do Ron Selistre publicado no Rock de Plástico.

*

Hoje rola a terceira edição da Broken Hearts Dance Clube especial I Hate U Bitch!, que intercala músicas dançáveis com baladinhas clássicas pra dar aquele amasso em quem NÃO É NEM FOI sua namorada(o). O lance é pra corações partidos, chutados e descartados à procura de alívio – ou vingança! Tocam Leandro Vignoli, Hector, Babi Mattivy (Mycool), Bê Alencastro e Tiago Gautier. É na Casa do Lado (República, 546), às 23h, por R$ 12,00 com nome na lista (via site www.casadolado.com.br) e R$ 15,00 sem nome.

*

E a Babi Mattivy também toca na volta da festa Mycool decaDANCE – Glow In The Dark, no dia 03/09, junto com Flávio Lerner, Rafael Honesto e Lúcia Baltar. Na Casa do Lado, R$ 12,00 para quem estiver com camiseta branca e R$ 18,00 pros outros. Mais: distribuição de canetinhas marca texto, tintas + gadgets neon para pichar a camiseta alheia! Mais infos no www.mycool.com.br/decadance.

*

Um dia depois, 04/09, rola a segunda edição do Indie Hype Festival com Monstro Motor, A Red So Deep e Electric Mind no Garagem Hermética (Barros Cassal, 386). O evento terá venda de LP e de camisetas do rock. Os primeiros 50 pagantes ganham um CD com as bandas que tocam na noite. Ingressos a R$ 10,00 até a meia-noite e R$ 12,00 depois. Confere um teaser do festival:

No calendário do Volume: Lobão, Marcelo Fruet & Os Cozinheiros, Alemão Ronaldo e mais!

Alex Murray-Leslie da Chicks on Speed tocará em POA dia 14/08

06 de agosto de 2010 1

Alex Murray-Leslie, do irreverente, irônico, incandescente e histérico trio feminino de electro rock Chicks on Speed , de Munique, é a guest DJ da NEON do dia 14 de agosto. MUITO BOM!

Quem curte o lance sabe que Chicks on Speed é, além de música, um coletivo de arte, moda e performance – um dos primeiros e mais ativos do electroclash. Alex leciona Fashion Performance e Música 2.0 no curso de pós-graduação em moda da Faculdade Pompeu Fabra, de Barcelona.

Em POA, além de tocar na NEON, a australiana gerenciará o workshop Objekt Instruments. A aula rola dia 17/08 no curso de moda do SENAC e deverá ser uma mixagem entre moda, música e arte, tendo a tecnologia como mínimo denominador comum. MAIS: Alex demonstrará o funcionamento do E-shoe, o primeiro sapato de salto alto-guitarra wireless do mundo. Mein Gott!

A festa dos residentes Cevallos e Kahara será no Cabaret (Av. Independência, 590). Ingressos a R$ 15 até a meia-noite com nome na lista e R$ 20 depois.

E o calendário de shows do Volume foi atualizado novamente: Vive La FêteDiablo Fuck Show, Apanhador Só (em São Leopoldo, POA e no Festival Morrostock em Sapiranga), Pata de ElefanteLautmusik + BadHoneys, Roberta CamposTiê, Darma Lóvers + Júlio Reny, Lítera + Canastra Suja, Locomotores, Charles MasterToy Dolls, Jello Biafra, Miike Snow, Green Day, Paul Di’Anno, One Love Festival Brasil com Alpha Blondy e The Gladiators, Peter Frampton, Black Eyed Peas e Angra. Confere:

Parceria Gruff Rhys + Tony da Gatorra está online

21 de julho de 2010 2

Divulgação

A insólita parceria entre Gruff Rhys e o gaúcho podicrê Tony da Gatorra já está online. Faz tempo que Gruff (Super Furry Animals e Neon Neon) ficou ligadaço no som da gatorra (sintetizador em forma de guitarra criado por Tony). Depois de conhecer o brasileiro, o convidou para lançar um álbum. The Terror Of Cosmic Loneliness será lançado em edição limitada em 26 de julho.

 

Diz que a dupla gravou o disco em cinco horas. Cada faixa foi registrada ao vivo. As melhores entraram no álbum, que teve produção de Kris Jenkins.

Há alguns dias, foi lançado o clipe da faixa In A House With No Mirrors (You`ll Never Get Old). Gruff e Tony farão uma turnê pelo Reino Unido agora no meio do ano.

O material varia entre experiências sonoras interessantes e arrojadas (como In A House…, Oh! Warra Hoo!, Ovni e 6868) e músicas um pouco mais ingênuas tanto na letra quanto na trilha (O que tu tem, Voz dos sem-terra, Rap de Verdade).

Tony Da Gattora Vs Gruff Rhys – The Terror of Cosmic Loneliness by TurnstileMusic

 

Postado por Danilo Fantinel

Moby em POA * Feeling so real

21 de abril de 2010 4

Moby durante show em POA/Félix Zucco

Atualizado às 16h

Foi genial (e não menos que isso) o show de Moby ontem à noite em Porto Alegre. Passados 17 anos desde sua primeira vinda à cidade, o norte-americano fez uma apresentação ainda mais espetacular do que aquela realizada em 1993, quando ainda era um ilustre desconhecido para a maior parte das pessoas. Neste 2010, Moby é um dos artistas mais importantes e influentes da música pop – e provou isso ao vivo.

Dominando palco, público e banda o músico, DJ e produtor nova-iorquino orquestrou uma ode à cultura eletrônica a partir de instrumentos acústicos (bateria, percussão, cordas) e de elementos digitais (teclados, seqüenciadores) making us feeling so real. Com guitarra em punho, o multinstrumentista tornou-se em um guitar hero clubber, transformando o Pepsi On Stage em uma rave urbana clássica, as we were in 93 naquele galpão velho da zona norte onde rolou a L&M Music.

Depois do climão sacro criado com a instrumental A seated night, do último álbum, Wait for Me, o show dá início a uma sequência absurda de hits: Extreme ways, Mistake, In my heart (linda, com Joy Grant perfeita no vocal), Bodyrock (explosiva), Go (atualizada e revitalizada), Why does my heart feel so bad?, Pale horses, Porcelain (dedicada a todos que estavam no local e precedida por um pedido de desculpas feito por Moby “por ser um americano ignorante que não sabe falar português” aliado a acordes de All Apologies, do Nirvana) e We are all made of stars (com o músico mandando ver na guitarra).

Na segunda metade do show, Lift me up e Natural Blues levantaram a galera, que cantou junto uma versão de Walk on the wild side (do Lou Reed; foi legal, mas achei deslocada no setlist). Também rolou um cover de Whole Lotta Love, do Led Zeppelin. Disco Lies e The stars (na mesma ordem em que aparecem em Last Night) fecharam o bloco.

O bis foi com In this world (mais um show dentro do show a cargo da vocalista), Honey e a urgente Feeling so real, promovendo uma total volta no tempo e uma grande homenagem aos early ravers de POA – uma época livre de playboys, pitboys, patricinhas eletrônicas, alpinistas sociais e paraquedistas da noite.

Ao final, uma crucificação simbólica do artista (Deus, fé e religião são temas frequentes na obra do músico) com direção de luz perfeita e alto grau de emoção. Se você não viu Moby na capital gaúcha em 93 tudo bem, ontem você viu algo muito mais inspirador e determinante. Forte candidato a show do ano na cidade!

A noite abriu com os DJs Ka-hara e Cevallos, da NEON, e com Mixhell. No encerramento, o povo se jogou com os DJs Landosystem e Chaves, da DISC-O-NEXO, e Schutz (I love discorock).

A turnê de Moby segue para Curitiba (hoje, dia 21), São Paulo (23) e Rio de Janeiro (24).

Vídeos: houve um erro no crédito das músicas. Os títulos corretos são os que estão escritos no post e não os que aparecem nas legendas das imagens. Correção em breve. Desculpae!

Extreme ways

Mistake

In my heart

>>>>> Leia e ouça uma entrevista com Moby

Postado por Danilo Fantinel

PROMO: Moby

06 de abril de 2010 2

Divulgação
Eae, quer ir de barbada no show do Moby em Porto Alegre no próximo dia 20? Então pula aqui para concorrer a ingressos!

Além do multi-instrumentista, DJ e produtor norte-americano, tocam Ka-hara, Cevallos (ambos da NEON) e Mixhell (os três abrindo a noite). Já Landosystem, Chaves (ambos da Disc-O-Nexo) e Schutz (I Love Discorock) fecham tudo.

A promo rola até o dia 16/04, sexta-feira, às 12h.

Mais infos sobre o show aqui.

Postado por Danilo Fantinel

Gorillaz lança clipe e nova música

02 de março de 2010 3

Cena do clipe de Stylo/Divulgação

Atualizado às 15h

Gorillaz lançou o vídeo de Stylo, faixa do novo álbum, Plastic Beach, que você já ouviu aqui. A música tem Mos Def e Bobby Womack nos vocais e o *road movie clip* tem participação especial de Bruce Willis. É manero, mas ainda não tem como embedar no blog. Confere aqui no youtube da banda.

E eles também liberaram aqui a faixa Superfast Jellyfish. É um mellow hip hop superfunk de cunho político (consumo excessivo… “the sea is radioactive”… etc.) com parceria de De La Soul e Gruff Rhys (Super Furry Animals/Neon Neon).

O disco será lançado dia 03 de março no Japão, dia 08 no Reino Unido e dia 09 nos Estados Unidos, mas o NPR está com o streaming de Plastic Beach na íntegra. Já escutei e é muito bom! Corre!

Também foi liberado aqui um minimix de Plastic Beach. Vc pode ouvir online ou baixar. E o site da banda tem mais material.

Gorillaz é o headliner do último dia do Coachella, dia 18 de abril.

Postado por Danilo Fantinel