Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "rock"

Dia Mundial do Rock: os 13 piores covers já feitos na música

13 de julho de 2012 9

Neste dia 13, Dia Mundial do Rock, o Volume pega a contramão da história e publica 13 dos piores covers já feitos na música! *r*

> E para uma celebração rock de verdade, confira os discos essenciais escolhidos pelo Cagê e pelo Porã no blog da Itapema.

Take thatSmells like Teen Spirit (Nirvana)

Candy FlipStrawberry Fields Forever (Bealtes)

Hilary DuffMy Generation (The Who)

Celine Dion & AnastaciaYou Shook Me All Night Long (AC/DC)

Paul YoungLove Will Tear Us Apart (Joy Division)

Jamie CullumHigh & Dry (Radiohead)

Robbie WilliamsSong 2 (Blur)

George MichaelTrue Faith (New Order)

Simple MindsSign O’ The Times (Prince)

Jonas BrothersTake On Me (A-ha)

MikaTeardrop (Massive Attack)

Limp BizkitFaith (George Michael)

Big & RichFight For Your Right To Party (Beastie Boys)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

E entre artistas brasileiros, fora do top 13, a medalha de ouro vai para Sandy:

SandyBad (Michael Jackson)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Mais Rock:

> Especial: confira a linha do tempo do rock dos anos 50 aos 2000

> blog do Grings
> blog Rock and Blues

Alabama Shakes apresenta Hang Loose ao vivo e libera bonus track

28 de maio de 2012 0

O blues rock sulista cheio de soul e vitalidade de Hang Loose, do Alabama Shakes, ecoou no Studio Q, em Toronto. A banda ao vivo é ainda mais surpreendente do que no álbum. As canções têm vida em disco e eles, alma ‘no palco’. Heath Fogg e a genial Brittany Howard mandam bem nas guitarras. E poder vocal dela é furioso. Um híbrido radical de Ella Fitzgerald, Mick Jagger e Jack White.

O clipe de Hold On sai há algum tempo:

Abaixo, Hold On e a explosiva bonus track Heavy Chevy, que não está no disco Boys & Girls:

Aqui tem uma entrevista em áudio com a banda e aqui, o Rock and Blues do Cagê, que destacou Boys & Girls na edição do dia 13.

Show do Pearl Jam em Porto Alegre foi rock em estado de arte

12 de novembro de 2011 40

Atualizado dia 14.11, 12h

Fotos: Jean Schwarz


O show do Pearl Jam Porto Alegre ontem, 11.11.11, foi um espetáculo de rock em estado de arte. Uma das bandas mais coesas do mundo, o grupo de Seattle encerrou a turnê brasileira repassando boa parte de seu repertório de 20 anos de estrada em aproximadamente 2h40min de música – o show mais extenso do giro nacional.

Como se dissesse que não queria ir embora do Brasil, o Pearl Jam abriu a noite com Why Go. E, sabendo que não poderia ficar, encerrou o segundo e último bis com Yellow Ledbetter e seu refrão “I don’t wanna stay”.

Entre o início e o final, a banda apresentou um setlist gigante no Estádio do Zequinha, abrangendo as diversas fases pelas quais os músicos passaram. Assim como a longa discografia, a lista de músicas transitou entre rock puro, grunge, hardcore, hard rock, metal, punk e baladas pop, com mais ou menos intensidade.

Durante todo o show, a banda se entregou ao público sem amarras, mas também sem exageros. Discretos, focados na música e na parceria com os cerca de 20 mil fãs, os caras mostraram que rock’n’roll se faz mais com guitarras, baixo e bateria do que com estrelismo vazio de rock star. It’s all about music, it’s all about art.

Houve momentos grandiosos, como a interpretação visceral na voz rouca de Eddie Vedder, os solos de guitarra verborrágicos de Mike McCready (no melhor estilo Neil Young/Jimmy Page, como em Alive, já no fim do show) e a bateria marcante de Matt Cameron.

Também houve tempo para intervenções de Eddie em um português cômico e adorável, parabéns coletivo a sua mulher, Jill, que estava de aniversário ontem, homenagem à Johnny Ramone, fãs no palco e a tradicional louvação ao público brasileiro: “Este é o nosso último show no Brasil. Foram shows incríveis. Agora vamos lembrar que o público brasileiro é o melhor do mundo”.

Entre os muitos pontos altos da apresentação estiveram Do the Evolution, Got Some, Even Flow, Black, Daughter, Just Breathe, The Fixer, Oceans (de arrepiar), Given to Fly, Light Years, Better Man, Wishlist, I Belive in Miracles (cover dos Ramones), e a parte final com Rearview Mirror (totalmente inesquecível), Last Kiss, Jeremy, Alive, Rockin’ in the Free World (cover da obra de arte de Neil Young) e Indifference. Resultado? Galera vibrando, braços ao alto e garganta ardendo!

Seis anos após sua primeira passagem por Porto Alegre, o Pearl Jam fez indiscutivelmente um dos shows do ano na cidade. Uma noite rock histórica neste histórico 11.11.11. E a banda prometeu voltar em breve. Que seja no 12.12.12!

Setlist

Why Go

Do The Evolution

Severed Hand

Corduroy

Got Some

Low Light

Given To Fly

Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town

Even Flow

Unthought Known

Present Tense

Daughter/Blitzkrieg Bog (cover dos Ramones)/It’s Okay

1/2 Full

Wishlist

Rats

State Of Love And Trust

Black


Bis 1

Just Breathe (para Jill)

Oceans

Comatose

Light Years

I Believe In Miracles (cover dos Ramones)

The Fixer

Rearviewmirror


Bis 2

Last Kiss (cover de Wayne Cochran)

Betterman/Save It For Later (cover de The English Beat)

Crazy Mary (cover de Victoria Williams)

Jeremy

Alive

Rockin’ In The Free World (cover de Neil Young)

Indifference

Yellow Ledbetter/Little Wing-Hendrix


> A imprensa foi proibida de gravar vídeos. Veja o show em POA no Youtube. Agora, o Pearl Jam segue para a Argentina, Chile, Peru, Costa Rica e México.

> Mais fotos do show em POA clicadas pelo Fábio Codevila

> Mais Pearl Jam

R.E.M. encerra atividades

21 de setembro de 2011 27

Atualizado às 15h26min

Uma nota publicada no site oficial do R.E.M. indica que a banda encerrou suas atividades após 31 anos de estrada e mais de 15 discos de estúdio. Neste link do site (que ficou fora do ar por alguns minutos nesta tarde), os integrantes publicaram que se afastam “com um grande senso de gratidão, finalidade e de surpresa com tudo que alcançamos”. Leia parte do comunicado:

“To our Fans and Friends: As R.E.M., and as lifelong friends and co-conspirators, we have decided to call it a day as a band. We walk away with a great sense of gratitude, of finality, and of astonishment at all we have accomplished. To anyone who ever felt touched by our music, our deepest thanks for listening.”


O grupo foi formado em 1980, em Athens, nos EUA, por Michael Stipe, Peter Buck, Mike Mills e Bill Berry (que deixou a banda em 1997). Tornou-se uma das mais importantes bandas de college rock e rock alternativo norte-americano durante os anos anos 80 e, após o sucesso do disco Out of Time, de 1991, conquistou fama mundial, entrando para o primeiro time de bandas de rock. O álbum recente foi Collapse into now, lançado em março deste ano.

Vi dois shows (um do disco Up, em 2001, no Rock in Rio, e outro de Accelerate, em 2008, em Porto Alegre). Apresentações impecáveis de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. Farão muita falta.

> Leia sobre o show em POA em 2008

> Mais R.E.M.

Tributo a Buddy Holly já está online

21 de junho de 2011 1

Rave On, o esperado tributo a Buddy Holly lançado pela NPR, já está online. A homenagem à lenda do rockabilly, que faria 75 anos em setembro, reúne um time absurdo: de Black Keys a Paul McCartney, passando por Lou Reed, Patti Smith, Fiona Apple, Modest Mouse, Julian Casablancas e She & Him.

Ouça Rave On Buddy Holly aqui

São 19 faixas incríveis, que atualizam o som de Buddy sem descaracterizar a inocência e o romantismo das criações do roqueiro. As preciosas versões de Paul McCartney (It’s So Easy), Florence and The Machine (Not Fade Away), Cee Lo Green (You’re So Square Baby, I Don’t Care), Jenny O (I’m Gonna Love You Too), Justin Townes Earle (Maybe Baby) e Lou Reed (Peggy Sue) são imperdíveis.

Tracklist:

Dearest -The Black Keys
Every Day – Fiona Apple & Jon Brion
It’s So Easy – Paul McCartney
Not Fade Away – Florence + The Machine
(You’re So Square) Baby, I Don’t Care – Cee Lo Green
Crying, Waiting, Hoping – Karen Elson
Rave On – Julian Casablancas
I’m Gonna Love You Too - Jenny O.
Maybe Baby – Justin Townes Earle
Oh Boy – She & Him
Changing All Those Changes – Nick Lowe
Words Of Love – Patti Smith
True Love Ways – My Morning Jacket
That’ll Be The Day – Modest Mouse
Well All Right – Kid Rock
Heartbeat – The Detroit Cobras
Peggy Sue – Lou Reed
Peggy Sue Got Married – John Doe
Raining In My Heart – Graham Nash

Buddy morreu em 1959, aos 22 anos, em um acidente de avião do qual também foram vítimas Ritchie Valens e J.P. “The Big Bopper” Richardson.

Dia, mês, ano

07 de abril de 2011 0


Para momentos de fúria, raiva, stress, depressão e síndrome do pânico, recomendo a banda canadense porrada DD/MM/YYYY. Art rock abstrato, cerebral, ruidoso, desconexo e tenso ideal para despenhadeiros pessoais, histerias coletivas e catarses diárias.

Os caras tocam na primeira edição do festival I’ll Be Your Mirror, ligado ao All Tomorrow’s Parties, em julho, em Londres, com Portishead, PJ Harvey, Grinderman, Beak>, Doom, Liars, Caribou, Swans, Beach House, Godspeed You! Black Emperor e mais.

>>>>> Mais DD/MM/YYYY

Miami Horror libera remix e pode tocar em POA

08 de fevereiro de 2011 0

A banda indie eletrônica Miami Horror, de Melbourne, liberou um remix prog-psychedelic para a faixa I Look To You, do álbum Illumination. A nova versão da faixa tem vocal da cantora Kimbra e foi assinada por LUCID//STREAM.

Além disso, saiu um megamix de 27 minutos com as melhores partes do álbum. A produção é de Benjamin Vanguarde e Aaron Shanahan – dois dos caras do Miami Horror. Escute aqui!

E há alguns dias o Vitor, megamaster do Beco, disse no Twitter que a banda toca em Porto Alegre em abril. Seria dia 05. O show ainda não foi totalmente confirmado, mas vai ser massa se rolar.

Mais Miami Horror no SoundCloud e no site oficial.

Who da fuck are you?

04 de novembro de 2010 0

Com que roupa?

28 de outubro de 2010 0

Referências pop? Sim, a gente gosta! E os caras do Moxy Creative sabem disso. Depois de terem lançado os cartazes com ilustrações dos óculos de alguns dos maiores nomes da cultura de massa (Woody Allen, Buddy Holly, John Lennon, Johnny Depp, Yves Saint Laurent, Elvis Costello, Terry Richardson, Andy Warhol, Truman Capote…), de filmes e de terem feito uma série comemorativa à Copa do Mundo de 2010, o coletivo lançou cartazes legais reproduzindo o estilo propagado por 20 dos grandes ícones da música.

Veja todos cartazes abaixo ou ampliados aqui no site do Moxy.

> Dica do parceirão @MarcosTesser.

Arcade Fire – Ready To Start

23 de agosto de 2010 0

Queria ter publicado  o vídeo de Ready To Start, do Arcade Fire, na semana passada, mas faltou tempo. Segue agora.

>>>>> Mais Arcade Fire