Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de fevereiro 2011

MINHA NETA FAZ 2 ANOS

17 de fevereiro de 2011 0

ANA LAURA SÓ ALEGRIAE o tempo, que não para, nos trouxe até os dois anos de minha neta num piscar de olhos!

Não vou usar o cliche: “parece que foi ontem que aquele ser tão pequeninho nasceu…”, mas é verdade que o tempo passa depressa demais e é preciso aproveitar o máximo que se pode os momentos que  trazem tantas alegrias e encantamento.

Minha neta proporciona-me estes momentos.

Está começando a formar frases e a falar tudo e é muito bonitinho escutar aquele toco de gente aprendendo a se comunicar, a expressar suas idéias.

Pois, pasmem! Com dois anos as crianças já têm suas próprias idéias e muita personalidade.

Comparo minha neta com os meus filhos e sobrinhos mais novos e fico impressionada com a diferença.

Fala-se em crianças índigo, crianças que já chegam muito mais preparadas neste mundo.

Teorias à parte, a realidade é que realmente a percepção e o desenvolvimento intelectual das nossas crianças de um e dois anos hoje é muito mais evoluída.

ANA LAURA NA PRAIA“Ah! Tá!” – “Shimmm” – “Eu facho, eu, eu! – “Vovó também”! – “Aninha que faz!” “Vem, vovó! Junto!” (E lá vai a vovó atrás dela.) – “Ti mamo, vovó!” (Tradução: Te amo!) – “Eu ajudo!” (Quando estou cozinhando e ela quer mexer a massa para o bolo.) “Não consigo! Ajuda, vovó!”

Tudo isso não tem preço!

Dá  para entender os poetas e o filósofos que falam que a verdadeira felicidade está nas pequenas coisas do dia-a-dia.

Ana Laura está fazendo dois anos, mas nós, que convivemos com ela, é que merecemos os parabéns e as congratulações por ter a felicidade de conviver com ela todos os dias.

Mais uma vez termino dizendo que ser vovó é tudo de bom!

 2 ANOS DA MINHA NETINHA ANA LAURA

VOVÓ RECEBE MÉRITO CARDEAL SCHERER

02 de fevereiro de 2011 0

Ontem foi uma daquelas datas de guardar no coração, para relembrar mais tarde, quando a depressão ou o desânimo –  aquelas visitas não desejadas que insistem em bater na nossa porta nos momentos mais inconvenientes – quiserem tomar conta do nosso astral, da nossa vontade.

RECEBENDO O MÉRITO CARDEAL SCHERER Fui agraciada com o mérito Cardeal Scherer, descrito no site da       Arquidiocese de Porto Alegre como “conferido a pessoas e entidades     que realizaram relevantes serviços prestados ao povo de Deus”.

Ter o seu trabalho e sua dedicação reconhecidos é um sentimento   muito bom. Assim como foi um afago carinhoso ao coração, as          pessoas que se fizeram presentes naquele momento.

Nunca trabalhei esperando receber um prêmio, mas ele é bem-vindo, não é mesmo?

No trabalho que faço, sempre tive em vista valorizar a dedicação e o esforço das pessoas. É necessário!

Li, nestes dias de férias, um artigo falando sobre reinventar-se. Esta qualidade é importante para enfrentar todos os desafios que os tempos de hoje oferecem. Como tenho tido mais tempo, tenho também visto mais os noticiários e não sei se isto realmente é bom. É uma carga maciça de elementos depressivos! Só desastres de todos os tipos… E essa idéia de finais de tempo começam a agigantar-se dentro de nossa cabeça. E o pior é que a idéia maior fica: não tem mais jeito, não adianta mais nada!

E quem pensa deste jeito o que faz? Deprime-se, entra em pânico, perde a esperança…

E o resultado? Entrega os pontos.

Por isso, aprender a reinventar-se a cada dia é a qualidade mais necessária destes tempos “tenebrosos” que enfrentamos.

Descobrir novas maneiras de enfrentar as dificuldades.

Descobrir novos olhares sobre a realidade, novas maneiras de ser e de agir diante dos desafios.

Entregar os pontos? Jamais! Perder a esperança? Nunca!

Foi por isso que um certo dia um homem esteve aqui. Tinha o olhar mais belo que já existiu. E veio para ensinar-nos a mais bela das lições: o amor é a resposta para todos os problemas. Ele não permite que a desesperança tome conta de nosso coração, pois uma das características principais do amor é a confiança.

Este tem sido um slogan em minha vida: nunca cansar de confiar no amor! E continuar sempre espalhando a esperança e a alegria de viver!

Que este “Homem” continue me iluminando para que possa continuar realizando a minha missão!

Meu coração está muito agradecido pelo reconhecimento recebido através deste  mérito!