Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de setembro 2007

Pênaltis

30 de setembro de 2007 24

Tanto no Beira-Rio quanto no Alfredo Jaconi, aconteceram lances de área em que Grêmio e Inter reclamaram de pênaltis não marcados pela arbitragem.

Algumas queixas foram infundadas, mas pelo menos de dois erros graves das arbitragens, um em cada estádio, a dupla Gre-Nal esteve certa em protestar.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Duelo regional

30 de setembro de 2007 11

Diego Souza foi o autor do segundo gol gremista/Daniela Xu
O Juventude esgotou todos os seus recursos técnicos, físicos e emocionais na tentativa de terminar com a sina de perder para o Grêmio. Encarou, lutou, desperdiçou chances de marcar gols mas, mais uma vez, se impôs a superioridade do Grêmio.

Ninguém esperava que Tcheco ficasse no banco de reservas e Ânderson Pico entrasse em seu lugar. Pois ele foi um dos destaques positivos do jogo. Só não conseguiu superar Sandro Goiano. Com a vitória, o Grêmio aprofundou raízes na terceira posição e se manteve na disputa por vaga na Libertadores.

No final do jogo, torcedores gremistas, ouvidos na Gaúcha, festejavam, sem constrangimentos, mais uma vitória %22sobre a nossa filial%22, foi o que disseram.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Quase traição

30 de setembro de 2007 21

Ao tentar afastar a bola, Edinho fez gol contra/Arivaldo Chaves
O Inter não mereceu a derrota.

Não perderia, provavelmente, se não fosse a expulsão de Índio, aos 22 minutos da etapa inicial. Foi quase uma traição do zagueiro ao esforço extraordinário que o time fazia e continuou fazendo, dobradamente, até o final. Mas, foi fatal aquela expulsão.

Se já era tarefa dificílima enfrentar o São Paulo em condições iguais, com 10 jogadores desde a metade do primeiro tempo, o time colorado exauriu suas forças e começou a ceder, aos 28 minutos da etapa derradeira, quando Edinho, puro azar, fez contra o gol de empate. Magrão tinha saído, cansado, três minutos antes.

Aos 33 minutos, o baixinho Borges fez de cabeça na posição de Edinho, que fora recuado para a zaga após a expulsão de Índio. A torcida que quase lotou o Beira-Rio não se entregou, nem o time, que só não empatou porque Rogério Ceni fez uma assombrosa defesa em chute de Fernandão. Guiñazu foi o destaque do jogo.

Se Abel Braga quiser, descobriu a formação do meio-campo: Edinho, Welington Monteiro, Magrão e Guiñazu. Esta formação garantiu um combate equilibrado contra o futuro campeão do Brasil.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Gols da Dupla

29 de setembro de 2007 5

Daniel Marenco

PARA OS GREMISTAS

Para alegria dos gremistas, aí vai um gol do saudoso Lúcio, o quarto na goleada de 4 a 1 sobre o Juventude, na final do Gauchão deste ano.

O jogo foi realizado no estádio Olímpico. Domingo, os dois times voltam a se enfrentar, desta vez na Serra, estádio Alfredo Jaconi.

PARA OS COLORADOS

E para que os colorados não percam a esperança, o blog reproduz o gol de Tinga, na partida em que o Inter foi campeão da Libertadores.

O jogo foi contra o São Paulo, no Beira-Rio, ano passado. Domingo, eles voltam a se enfrentar, na casa dos colorados.


Ouça o gol de Tinga

Ouça o gol de Lúcio

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Acabou

28 de setembro de 2007 5

Se os torcedores do Juventude comparecerem, beleza/Jefferson Botega, Banco de Dados - 01/03/2006
Não existem mais ingressos disponíveis para a torcida do Grêmio. Os 1,5 mil bilhetes enviados pelo Juventude foram adquiridos em poucas horas.

Tomara que a %22papada%22 consiga ocupar todos os espaços restantes do Alfredo Jaconi. Seria incompreensível se o estádio não lotasse e milhares de torcedores gremistas deixassem de ir ao jogo por falta de ingressos. A não ser que o Juventude não esteja precisando de dinheiro.

Aliás, a dupla Gre-Nal deve estar com os cofres empanturrados, porque nos dois Gre-Nais não lotaram os seus estádios, reservando poucos ingressos para as torcidas visitantes.

Esta semana recebi um e-mail de um torcedor do Juventude, garantindo que o seu clube não precisava mais da torcida Gre-Nal para lotar o Jaconi. Ah é? Então como se explica a baixa média de público, a menor do campeonato, nos jogos em que o Ju é mandante?

Estou torcendo para que não se repitam, domingo, apenas os 5.280 torcedores juventudistas que têm ido, em média, aos jogos do seu time.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Duelo

28 de setembro de 2007 9

Abel garante: vai com tudo contra o São Paulo/Ricardo Duarte
Abel Braga não deixa por menos: o Inter vai para o jogo contra o São Paulo como quem encara um duelo, expressão usada pelo treinador colorado.

Abel garante que o Inter vai %22marcar muito o adversário%22. Como os treinamentos foram fechados, ninguém sabe qual será a escalação do time. Presume-se que o meio-campo possa ser formado com Edinho, Welington Monteiro, Magrão e Guiñazu. Quatro volantes? Claro que não.

Magrão e Guiñazu, na primeira função do meio, são verdadeiros fracassos. Ambos jogam na terceira e quarta posições do setor. Só porque todos marcam, alguns mais e outros um pouco menos, não significa que sejam volantes defensivos.

Esta formação permitiria, inclusive, que Magrão pudesse flutuar mais livremente na intermediária adversária. E, também, que Fernandão não se obrigasse a recuar tanto, como aconteceu contra o Atlético Mineiro. Formação defensiva? Não creio. Prudente, talvez.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Grêmio ameaçado

28 de setembro de 2007 16

Olímpico poderá ficar vazio/Mauro Vieira
Durante a tarde desta sexta-feira, o procurador do STJD denunciou o Grêmio e o assunto é grave. Segundo a súmula do o Gre-Nal, objetos e bombas foram atirados para dentro do gramado pela torcida do Grêmio.

A pena para este tipo de transgressão é perda do mando de campo de um a 10 jogos. O julgamento estaria marcado para segunda-feira, mas acho que esta data não está certa, haja vista que o Grêmio tem direito a um período legal para construir a sua defesa. Porém, seja em que data for, o STJD não tem sido generoso com denúncias desta natureza.

Seria catastrófico se o Grêmio perdesse o mando de campo nesta reta final do campeonato, quando jogar em casa significaria grande vantagem para quem está brigando por vaga na Libertadores. Quando é que estes torcedores desmiolados aprenderão que jogar objetos no gramado prejudica, exclusivamente, o seu clube? Será que tais gênios conseguem assoviar e lavar as mãos, ao mesmo tempo?

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Cartas marcadas

28 de setembro de 2007 13

Não durou 24 horas a impressão positiva de que o STJD pudesse estar seriamente decidido a investigar as declarações de Alberto Dualib que comprometeram o título de 2005.

Esta manhã, o relator do inquérito aberto pelo tribunal esclareceu com todas as letras que se houver punição ela recairá apenas sobre o falastrão ex-presidente corinthiano. Em todas as cartas deste joguinho proposto pelo STJD está marcado que nada poderá acontecer ao clube.

Punir o dirigente e absolver o clube? Ora, mas Dualib representava a si mesmo ou o Corinthians? Não participo da idéia colorada de que o título deveria ser transferido para o Beira-Rio. Assim como jogos não devem ser anulados e repetidos, resultados de campo são intocáveis. Questão de coerência.

Agora, se forem encontradas irregularidades, é óbvio que as conseqüências deveriam recair sobre o clube paulista. Talvez até perdendo o título, e o troféu voltando para a CBF. Está descaradamente claro que o presidente do STJD, que é também conselheiro do Corinthians, não está interessado em apurar coisa alguma mas, somente, proteger o seu clube e, se for possível, punir o seu adversário político, Alberto Dualib.

Diante destes malcheirosos fatos, só resta torcer para que o Corinthians, clube que se valeu de dinheiro podre, receba o justo castigo por caminho diverso, sendo rebaixado por sua própria incompetência.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Você decide

28 de setembro de 2007 41

E aí? Quem será que ganha?/Mauro Vieira, Banco de Dados - 01/07/2007
Nesta sexta-feira, o país parou para perguntar:

Quem matou Thaís?

Este blogueiro não se inclui no seleto segmento dos politicamente corretos que, por conseqüência, se deliciam falando mal de novelas e tudo o que for do agrado popular. São as pessoas autodenominadas %22de bom gosto%22. Nesta eu passo.

Mas, o que eu gostaria de propor aos caros torcenautas é uma questãozinha bem atual. Diga-me, o que você prefere:

a) O drible da foca?
b) Os dribles da Marta?

A minha escolha está contida em dois conceitos: o drible da foca é próprio de circo. Os dribles da Marta são coisas do futebol. Mas, o que interessa, mesmo, é saber a opinião de quem honra este blog com a sua visita.

 Vamos lá? Qual é a sua preferência? Você decide.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Previsões

28 de setembro de 2007 5

O Juventude, já há algum tempo, garante que não precisa mais da torcida da dupla Gre-Nal para lotar o seu estádio. Neste Brasileiro, contudo, o clube caxiense tem a menor média de público, entre todos os participantes, em jogos realizados no Alfredo Jaconi.

Domingo, será uma boa oportunidade para se ver se o Juventude enche o seu estádio, mesmo, sem precisar da torcida visitante. No Inter, os dirigentes apostam em 40 mil colorados, domingo, contra o São Paulo.

É difícil acreditar que tanta gente vá ao jogo, considerando a decepcionante campanha que o Intes está fazendo. Entretanto, não convém esquecer de que se trata de um grande jogo, aindas existe uma tênue possibilidade de o Inter seguir postulando vaga na Libertadores e os associados, quase 50 mil, têm ingresso assegurado.

Não sei se haverá 40 mil no jogo, mas não tenho dúvida de que o público será grandioso.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Medidas diferentes

28 de setembro de 2007 22

É impossível negar ao torcedor colorado o direito de comparar os julgamentos de Dodô e Marcão.


Proffoto, Divulgação, Banco de Dados – 01/05/2006

O primeiro, jogador do Botafogo, foi condenado por uso de substância química proibida mas, em segundo julgamento, absolvido.

Marcão, atleta colorado, recebeu 120 dias por ter usado uma substância condenada, alegadamente para frear a queda de cabelos. Ontem, julgando recurso do Inter, o tribunal manteve a pena.


Foto: Valdir Friolin

Ainda que os dois casos sejam separados por suas particularidades, parece definitivo que o STJD fez uso de uma medida para Dodô e outra para Marcão.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Intimação inútil

28 de setembro de 2007 6

Márcio Rezende de Freitas: terá algo novo?/Mauro Vieira, Banco de Dados - 20/11/2005
Rubens Aprobatto, presidente do STJD e conselheiro do Corinthians, decidiu convocar o ex-árbitro Márcio Rezende para depor no tribunal sobre o jogo entre Inter e Corinthians, pelo Brasileirão de 2005.

Nesta partida, realizada em São Paulo, Márcio Rezende deixou de marcar um pênalti cometido pelo goleiro Fábio Costa sobre Tinga e ainda expulsou o atacante colorado.

A falta foi assustadoramente clara e se o pênalti tivesse sido marcado e o Inter convertido em gol, o desfecho daquele campeonato poderia ter apontado o Inter campeão. Esta é a história envolvendo o árbitro.

O Brasil inteiro flagrou o seu erro e ele próprio reconheceu, mais tarde, que tinha se equivocada. Mas, o que Márcio Rezende poderá acrescentar ao que já se sabe? Será que alguém imagina o árbitro, no STJD, confessando que prejudicou o Inter, deliberadamente? É claro que isto não vai acontecer.

A sua convocação é, portanto, inútil. Aprobatto está, visivelmente, jogando para a torcida. A sua condição de cartola corinthiano recomendaria que ele se afastasse deste caso. Mas, como Renan Calheiros, no Senado, Aprobatto escolheu ficar.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Cautela e canja

27 de setembro de 2007 3

O STJD vai investigar as declarações de Alberto Dualib. O ex-presidente do Corinthians, em conversa telefônica que foi gravada pela Polícia Federal, afirma que o título conquistado pelo seu clube, em 2005, %22foi roubado%22 e o Inter deveria ter sido o campeão.

O presidente do tribunal é, também, conselheiro corinthiano. Ele se cobriria de suspeita se não determinasse a abertura de inquérito. A decisão, porém, não deve produzir demasiadas expectativas. O próprio Internacional está mantendo uma postura prudente, pois é quase certo que Dualib, quando for ouvido pelo STJD, dirá que o Corinthians foi beneficiado pela anulação dos jogos e nada além disso.

Considerando, claro, que o cartola compareça ao STJD para ser ouvido. Pessoalmente, duvido que Dualib aceite a convocação. Mas, mesmo que ocorra o contrário, é provável que nada acrescente ao caso. O que poderá resultar em novidade são as gravações da PF que serão ouvidas pelo relator indicado. Se aparecer alguma declaração indicando, clara e objetivamente, que houve fraude, suborno ou coisa do gênero, aí sim o inquérito poderá desaguar em um processo com conseqüências para o Corinthians.

Por enquanto, convém que seja observada a máxima popular segundo a qual %22cautela e canja de galinha nunca fizeram mal a ninguém.%22

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Premiação

27 de setembro de 2007 9

A informação saiu agora, mas a decisão está tomada faz tempo: confirmando-se a conquista de vaga para disputar a próxima Libertadores da América, o Grêmio pagará aos seus jogadores, a título de premiação, R$ 800 mil.

E os profissionais resolveram que este valor será dividido entre eles, de acordo com o número de jogos disputados por cada um. O %22bicho%22 prometido pela direção é quase insignificante se comparado aos ganhos que o Grêmio desfrutará com verbas de televisão, bilheteria, movimentação social, patrocínios etc.

Disputar a Libertadores é garantir no orçamento do clube importante acréscimo financeiro. Túlio Macedo, o responsável pelas finanças do Grêmio, exulta diante da possibilidade de uma nova participação na competição Sul-Americana.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Competição importante, sim

27 de setembro de 2007 12

O São Paulo, derrotando o Boca Juniors no Morumbi classificou-se para as semi-finais da Copa Sul-Americana.

Na véspera do primeiro jogo, em Buenos Aires, o treinador Muricy Ramalho anunciou que pretendia escalar uma equipe formada por reservas, em Buenos Aires. A direção do clube, imediatamente, baixou uma ordem: o treinador deveria escalar todos os titulares disponíveis. Diferentemente do que acontecia quando treinou o Inter, Muricy obedeceu.

Os dirigentes são-paulinos sabiam o que estavam fazendo. A Copa Sul-Americana, embora hierarquicamente menor que a Libertadores, tem a sua importância. Além dos ganhos financeiros que proporciona, é uma competição internacional. Vencê-la significa exposição positiva na vitrine mundial, valorização do clube e de seus jogadores e prestígio.

Não se justifica que um clube de futebol ingresse em uma competição sem a disposição de disputar o título utilizando todos os seus recursos. Em Porto Alegre, porém, prevalece o péssimo hábito de desmerecer a Copa Sul-Americana, definindo-a com a Série B da Libertadores.

Não deixa de ser estranho, já que um dos títulos mais comemorados nos últimos anos foi justamente o da Série B do Brasileirão. A Copa Sul-Americana tem importância e valor, sim senhor. O exemplo do São Paulo está comprovando.

Postado por Wianey

Bookmark and Share