Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2007

Até breve

13 de dezembro de 2007 26

Meu amigo Luiz Zini Pires/Ricardo Chaves
Bem, como ninguém é de ferro, este blogueiro também não é. Vamos dar uma paradinha até o início de janeiro.

Mas ninguém pense que o futebol vai ficar de lado. Pelo contrário. A partir de amanhã, 14 de dezembro, começa a figurar na capa de zerohora.com o blog de um sujeito muito legal, um dos jornalistas brasileiros mais bem informados sobre futebol internacional e atentíssimo observador das coisas nossas. Para completar, ele é editor do caderno Cultura de Zero Hora.

É o Luiz Zini Pires, que já está abrilhantando a minha coluna em ZH impressa. O único problema é que, quando eu voltar, vocês sentirão falta dele na capa. Vou pedir ao Zini para caprichar, pero no mucho.

Para todos os torcenautas, meus amigos, desejo um Natal pleno de alegria e ótimo Reveillon. Que seja abençoado o próximo ano de todos nós. Votos que estendo a Michele Iracet e Paulo Germano, meus parceiros queridos deste blog.

Até breve, pessoal!

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Supersábado colorado

13 de dezembro de 2007 18

Ricardo Duarte, Banco de Dados - 17/12/2006
No próximo dia 15, o Supersábado, programa da Rádio Gaúcha que vai ao ar às 8h30min, vai relembrar o título mundial conquistado pelo Inter, em 2006.

Apresentado por este blogueiro e por Gabrieli Chanas, a atração terá a presença do então presidente Fernando Carvalho, sorteio de brindes e entrevistas com personagens da conquista. Além, claro, de uma trilha sonora especial e a narração de momentos decisivos da partida contra o Barcelona.

O ouvinte, torcedor colorado, pode gravar sua mensagem de amor ao Inter por meio do telefone 3299-2614. O programa vai reproduzir as melhores.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Melhores da dupla

13 de dezembro de 2007 16

E chegamos ao fim da nossa enquete. Foi muito legal a participação dos torcenautas. Descontados poucos deslizes, foi preciso muita atenção para anular votos repetidos, a maioria entendeu a proposta.

Nesta última votação, algumas anotações:

- Um torcenauta, Willian, votou quatro vezes. Grande democrata! Adora votar, pelo jeito.

- Outro, registrou esta frase: %22Tem cada pesquisa imbecil%22. E votou duas vezes, no mesmo post imbecil.

- E ainda teve que indicasse Rogério Ceni e Breno como craque e revelação… da dupla Gre-Nal.

No mais, foi tudo muito bem. Este blogueiro agradece a participação de todos. Vamos ao resultado final:

A dupla de atacantes mais votada foi Nilmar e Iarley. Menos votados da lista: Jonas e Adriano. As duas seleções ficaram assim formadas:

SELEÇÃO PRINCIPAL: Renan; Bustos, Willian, Teco e Bruno Telles; Eduardo Costa, Gavilán, Diego Souza e Fernandão; Nilmar e Iarley.

A %22OUTRA%22 SELEÇÃO: Clemer; Patrício, Índio, Pereira e Rubens Cardoso; Adilson ou Magal, Ji-Paraná ou Labarthe, Luciano Henrique e Kelly; Jonas e Adriano.

A supremacia de jogadores gremistas na Seleção Principal se explica, certamente, pela comparação das campanhas dos dois times, em 2007.

O Inter, no papel, teve melhor time e melhor grupo de jogadores. Na prática, entretanto, deu Grêmio. Não se discutem fatos.

Para treinador da SELEÇÃO PRINCIPAL foi eleito Mano Manezes. O treinador da %22OUTRA%22 SELEÇÃO foi Abel Braga.

Na escolha do craque e da revelação de 2007, os torcenautas votaram livremente, sem lista de indicações. O resultado:

REVELAÇÃO DO ANO: Carlos Eduardo

CRAQUE DO ANO: Alexandre Pato

Muito obrigado pela colaboração de todos.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Bases que sustentam

12 de dezembro de 2007 19

Sidnei: a prata do Inter/Ricardo Duarte
Na entrevista coletiva que concedeu nesta quarta-feira, Vagner Mancini garantiu que vai apostar nas categorias de base do Grêmio. Sem ser original, mas demonstrando conhecimento da realidade do futebol brasileiro, Mancini destacou que está na formação e promoção de jogadores a salvação dos clubes.

Tem inteira razão. Vamos esperar para ver como se dará este aproveitamento. No Inter, entretanto, não se percebe a mesma disposição. Tomemos o time que termina a temporada, supostamente titular: Renan; Orozco, Sidnei e Marcão; Wellington Monteiro, Edinho, Magrão, Fernandão e Guiñazu; Nilmar e Iarley.

São pratas da casa cujos direitos federativos pertencem ao Inter Renan, Sidnei e Edinho. Sidnei, dos três, é o que poderia ser negociado, dentro de algum tempo, com boas possibilidades de faturamento. Entretanto, é do conhecimento geral que o garoto está apenas guardando o lugar para Sorondo.

Roger poderia ser um produto valioso mas, para desenvolver o seu potencial, precisaria contar com a simpatia e o interesse do treinador. Garotos como Roger dependem de confiança, segurança, apoio. Não parece ser o caso. Então, quem o Inter venderá em 2008, já que persiste um déficit financeiro anual que só pode ser coberto com venda de jogadores?

O Grêmio, igualmente, terá que encontrar nas suas categorias de base alguma promessa para negociá-la, no ano que vem. Neste momento, não desponta nenhuma.

Não existe outra saída. Ou a dupla Gre-Nal revela um ou dois grandes jogadores por ano, ou o rombo financeiro cresce. E o resultado, já se conhece.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Grêmio contra Grêmio

12 de dezembro de 2007 21

Reprodução
A CBF divulgou a rodada inicial da Copa do Brasil 2008. Ao Internacional caberá enfrentar o Nacional da Paraíba, e o Grêmio terá pela frente o Jaciara, do Mato Grosso.

Tudo bem, clubes desconhecidos na Copa do Brasil é fato rotineiro. Porém, no caso do adversário do Grêmio destaca-se uma peculiaridade que o torcenauta descobrirá ao primeiro olhar. Observe o escudo do Jaciara.

É isso mesmo. As cores são do Grêmio e os traços do escudo reproduzem o distintivo gremista. Se alguém pesquisar a origem deste clube descobrirá, certamente, que foi fundado por colonizadores gaúchos. E gremistas, evidentemente.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Cinco milhões

12 de dezembro de 2007 15

Lucas e Carlos Eduardo: R$ 31 milhões/Jefferson Botega e Mauro Vieira, Banco de Dados
Está divulgado que o Grêmio destinará cerca de R$ 5 milhões para investimentos no futebol.

Este montante sairá dos R$ 31 milhões obtidos com as vendas de Carlos Eduardo e Lucas e que foram desbloqueados pelo Banco Central. Aliás, a liberação conseguida pelo Grêmio só atinge R$ 14,4 milhões, referentes à venda de Lucas. Os restantes R$ 17,5 milhões, relativos à negociação de Carlos Eduardo, continuam bloqueados.

O Grêmio oferecerá o estádio Olímpico em garantia para as suas dívidas fiscais. Mas o que importa, no momento, é que existe dinheiro para investir. Com criatividade, trabalho e competência, é possível começar um bom time com R$ 5 milhões. Eu escrevi COMEÇAR.

Mesmo assim, garanto que a torcida gremista recebe esta notícia como alento para o desânimo dos últimos dias.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Abel absolvido

12 de dezembro de 2007 4

Abel se irritou com a repetição tripla do pênalti/Weimer Carvalho, VipComm, BD - 02/12/2007
Abel Braga foi absolvido. O STJD entendeu, corretamente, que o treinador do Inter não foi desrespeitoso e nem ofendeu o árbitro Djalma Beltrami. O episódio oferece, pelos menos, duas lições:

> As reclamações que levaram Abel ao tribunal não fariam sentido se o Inter estivesse disposto a %22entregar%22 o jogo para o Goiás, como denunciou o presidente do Corinthians.

> Se Abel Braga, como declarou, não quer voltar ao STJD tão cedo, basta que não se aproxime mais ou dirija a palavra aos árbitros. Nem para cumprimentar, por eventual bom trabalho.

Se todos, no futebol, fizessem apenas a sua parte — jogador jogando, treinador treinando e árbitro apitando — cairia dramaticamente o trabalho nos tribunais.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Contratações

12 de dezembro de 2007 27

O Grêmio anunciou a contratação do goleiro Ricardo, do Caxias. Não é um nome para levar a torcida ao delírio, longe disso. Mas, é um profissional experiente, qualificado, já foi escolhido o melhor goleiro do Gauchão e, importante, não se importará em ser reserva. Não criará caso. A escolha foi acertada.

Se o Grêmio quisesse um goleiro para ser titular, o nome não seria este. Mas, para compor o grupo e não criar instabilidade para o garoto, Marcelo Grohe, é quase uma escolha ideal. E por falar em contratações, se o Grêmio confirmar Soares e Peter, o seu ataque para 2008 será bem melhor do que o de 2007.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Seleções da dupla

12 de dezembro de 2007 176

Quem são os melhores atacantes?/Banco de Dados ZH
O resultado da eleição dos meias foi quase uma obviedade. Deu Diego Souza, com ampla maioria de votos, e Fernandão. Tcheco foi o terceiro mais votado. E Roger, com 62 votos, surpreendeu mostrando que desfruta de bom prestígio. Luciano Henrique e Kelly, claro, não foram votados.

Agora, as duas seleções, PRINCIPAL e a %22OUTRA%22 estão assim formadas:

A PRINCIPAL: Renan; Bustos, Willian, Teco e Bruno Telles; Eduardo Costa, Gavilán, Diego Souza e Fernandão.

A %22OUTRA%22: Clemer; Patrício, Índio, Pereira e Rubens Cardoso; Adilson ou Magal, Ji-Paraná ou Labarthe, Luciano Henrique e Kelly.

Considerações

- Alguns torcenautas reclamar a preterição de Guiñazu em favor de Gavilán. Realmente, Guiñazu foi prejudicado porque foi colocado para jogar em várias posições. O argentino terminou o ano jogando como ala-esquerda. Não foram este blogueiro ou os torcenautas que o escalaram para executar tantas funções.

- Outros eleitores chiaram porque desejavam votar em Alex como meia. Este concorda e até escreveu dezenas de vezes que Alex, na lateral-ala, era um desperdício. Nestas posições ele não joga, absolutamente, nada. Porém, foi na defesa que ele mais jogou, este ano. E, de novo, não foram o blogueiro e os torcenautas que o escalaram neste setor.

- Houve quem quisesse votar em Fernandão como atacante e ele estava classificado como meia. Ora, é o próprio Fernandão quem não quer jogar no ataque, lembram? Neste caso, se Abel Braga o escala no meio-campo – meia-atacante – não será este blog que irá contrariar o jogador e o seu treinador, concordam?

- Por fim, colorados inconformados com o rumo da enquete partiram para a simplificação justificando a presença majoritária de jogadores gremistas, até agora, por que este blog seria %22feito para gremistas%22.

Ah é? E sob que argumentos? Se, que assim pensa, usasse uma pequena parcela dos seus neurônios para refletir, descobriria facilmente que este é um argumento infantilóide, no mínimo. Poderia começar buscando respostas para estas singelas perguntas: Quem ganhou o Gauchão? Quem foi vice-campeão da Libertadores? Quem fez melhor campanha no Brasileirão? Quem contratou Gallo e a sua política de usar uma escalação diferente para cada jogo? Quem escalou Alex na lateral? Quem não definiu a posição de Guiñazu?

O Inter, no papel, teve melhor time e grupo do que o Grêmio, sem dúvida. No campo, entretanto, Mano Menezes atravessou o ano com time e esquema tático definidos e mantidos e, assim, fez melhor campanha. Esta enquete está sendo muito interessante para mostrar os motivos pelos quais equipes com jogadores modestos podem funcionar melhor do que outras com jogadores mais qualificados.

Por fim, quem elegeu Renan? Apenas colorados? E quais seriam os donos dos votos dados a Diego Souza e Fernandão, jogadores de equipes diferentes?

Pensar não provoca erisipela e nem queda de cabelos, não é verdade?

ÚLTIMA ETAPA: Falta, apenas, escolher a dupla de atacantes, o craque do campeonato, a revelação e o treinador. Os atacantes:

NILMAR

ADRIANO

IARLEY

TUTA

MARCEL

JONAS

O torcenauta deve escolher dois atacantes e acrescentar o seu craque, a revelação e o treinador, Mano Menezes, Abel Braga ou Alexandre Gallo. Vamos lá?

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Dinheiro à vista

11 de dezembro de 2007 22

Carlos Eduardo/Genaro Joner, Banco de Dados - 31/05/2007
Aleluia! O Grêmio conseguiu, finalmente, levantar o bloqueio no Banco Central que impedia o ingresso nos cofres do clube dos mais de R$ 32 milhões referentes às vendas de Lucas e Carlos Eduardo.

E, o que deve fazer a torcida sorrir, boa parte desta dinheirama será aplicada na formação de um bom time para a próxima temporada. É por esta razão que se torna difícil entender ou adivinhar as razões que podem levar o Grêmio a liberar William em troca de uma velha dívida com o Corinthians.

Deve existir algum motivo que ainda não foi esclarecido e que deveria ser exposto, para que não fique a impressão de que o Grêmio não está projetando adequadamente 2008. Não se perde, impunemente, um zagueiro com a qualidade e a liderança de William.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Abel zangado

11 de dezembro de 2007 17

Irritação inaceitável/Fernando Gomes, Banco de Dados - 25/11/2007
Às vezes, parece que o profissionalismo só se expressa na hora da renovação de contrato, naquele momento em que o servidor coloca na mesa as suas pretensões financeiras e demais exigências.

É inaceitável que Abel Braga tenha se irritado com Giovanni Luigi porque o dirigente vetou as participações de Fernandão, Nilmar e Renan na brincadeirinha inventada por Messi e Ronaldinho Gaúcho, marcada para o interior da Argentina. Ora, um jogo amistoso, entre amigos, no dia marcado pelo Inter para a reapresentação dos seus profissionais.

Luigi só liberou Abel para treinar o time dos Amigos de Ronaldinho, mas o treinador, surpreendentemente, ficou zangadinho com a decisão. É o que indica a sua declaração, dada nesta terça-feira:

— Não sei se eu vou, parece que houve má vontade, os jogadores foram vetados. Pena, porque o jogo daria muita visibilidade.

Incrível! O Inter fez o seu planejamento, dividiu as férias, projetou todas as suas atividades minuciosamente para chegar em boas condições físicas para o torneio de Dubai e não comprometer a pré-temporada do time.

Mas, inexplicavelmente, o treinador gostaria que o clube, além de liberá-lo, liberasse alguns jogadores importantes para um joguinho mixuruca, atrasando os trabalhos de reciclagem física em, pelo menos, 24 horas.

Realmente, este é o tipo de profissionalismo difícil de se entender. Visibilidade? Ora, nada tornará o Inter mais visível do que uma boa participação no torneio de Dubai.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Ala ou lateral

11 de dezembro de 2007 10

Granja: saindo ou não, Inter precisa de reforço/Valdir Friolin
Continua a lenga-lenga envolvendo Elder Granja e a necessidade que o Internacional teria de contratar outro jogador para a posição.

Com relação à permanência do jogador no Beira-Rio, cabe ao clube e a Granja decidir. Mas, se o Inter desistir de Elder Granja, será uma decisão quase indiscutível. Qualquer empresário sabe que é importante medir a relação entre custo e benefício, em qualquer empreendimento. Neste caso, os custos arcados pelo Inter já superam, com larga folga, os benefícios proporcionados pelo jogador.

Porém, mesmo que Granja fique, ainda assim estará aberta a necessidade de contratar mais uma jogador para a posição. É neste ponto que surge uma inevitável questão: o Inter deve contratar um lateral ou um meio-campista com aptidões para ser ala?

Se Abel Braga vai adotar o esquema tático com três zagueiros, então não seria recomendável que o Inter contratasse um lateral. Exemplo claro da diferença se encontra no lado esquerdo defensivo do Inter. Com três zagueiros, foi Guiñazu quem tornou eficiente o esquema, jogando como ala. Não pode ser diferente no lado direito.

Escalar um lateral que não saiba compor o meio-campo seria desequilibrar o time. Então, antes de contratar, o Inter deve consultar Abel sobre os seus planos táticos para 2008. Negligenciar esta conversa seria se expor ao risco de jogar dinheiro pela janela.

O Inter terá o 3-5-2 ou o 4-4-2? Qual esquema tático prefere o torcenauta colorado?

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Grande perda

11 de dezembro de 2007 104

William: um grande jogador para quitar dívida?/Jefferson Botega
Até o momento em que este post foi escrito, não estava definida e confirmada a transferência do zagueiro William para o Corinthians. Mas tudo indica que o Grêmio poderá liberar este jogador para pagar uma dívida de US$ 1 milhão junto ao clube paulista, pela contratação do zagueiro Nenê — quem lembra? — em 2000.

Quanto tempo ainda será necessário para que o Grêmio liquide a montanha de dívidas deixadas por administrações irresponsáveis e megalomaníacas? Não contar com William em 2008 seria uma perda de proporções ainda impensáveis. Além de bom zagueiro, William é importante por sua liderança e comportamento exemplar.

Mas sempre é possível que o zagueiro prefira ficar na Série A em vez de disputar a Segundona, metido no caldeirão corintiano. Este blog tem certeza de que haveria forte reação da torcida gremista se a perda de William se consumar. Ou não?

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Autoridade

11 de dezembro de 2007 18

Luigi: ciente de suas atribuições/Ricardo Duarte
Giovanni Luigi já foi contestado por alegada tibieza de autoridade. Um equívoco. Quem conhece o dirigente colorado sabe que por trás do seu discurso macio e gentil está o temperamento forte de um homem organizado e ciente das suas atribuições.

Prova-o a sua decisão em não liberar Fernandão e Renan, entre outros jogadores, para o jogo festivo do dia 26 de dezembro, em Buenos Aires, entre os Amigos de Ronaldinho e os Amigos de Messi. Nesta data, todos se apresentam, no Beira-Rio, para início da temporada e preparação para o Torneio de Dubai.

Se o período já é considerado pequeno para a reciclagem física pela qual todos deverão passar, perder um dia de trabalhos em função de um jogo de brincadeira seria inaceitável. Giovanni disse não e apenas concordou que Abel Braga vá à Argentina para dirigir o time dos Amigos de Ronaldinho.

A ausência do treinador não trará prejuízo algum, já que todos se reapresentam às 17h do dia 26 e, no dia seguinte, passam por avaliações médicas e físicas. Luigi manda, sim senhor. Quem duvidar, que tente desafiar a sua autoridade.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Descaso

11 de dezembro de 2007 71

Hugo de Léon com a taça. Será que não valeu?/Banco de Dados ZH
Não dá para entender que, enquanto os gremistas defendem o título conquistado em 1983, no Japão, o clube ignora, olimpicamente, a data. Não fossem as iniciativas de conselheiros, como Paulo Pierreti, e o dia de hoje passaria sem destaque.

A imprensa registra, timidamente, a data em que o Grêmio derrotou o Hamburgo e voltou para Porto Alegre festejando a condição de primeiro clube gaúcho campeão mundial interclubes. Mas, como exigir da imprensa consideração que nem o Grêmio, enquanto instituição, dá ao episódio? Afinal, o clube se declara campeão do mundo ou partilha a opinião dos colorados de que o título é fajuto?

Não é o que pensa este blogueiro, mas é o que parece pensar o Grêmio.

Anualmente, o clube comemora com um jantar a conquista do Campeonato Farroupilha, uma disputa citadina. O título da Série B, em 2005, é relembrado com euforia e foi adotado pelo Grêmio como a conquista mais relevante da história do clube.

Se não está havendo uma inversão de valores, então está faltando uma explicação convincente para o Grêmio festejar o título da segunda divisão brasileira como sendo mais importante do que o Mundial Interclubes. O conselheiro Pirreti tem boa posição sobre a discussão:

- Nossa comemoração precisa ser oficializada.

Antes não tínhamos concorrência. Para festejar a data, este grupo de conselheiros e outros torcedores elaboraram um modesto programa. Os gremistas foram convidados a espocar foguetes, a partir das 7 horas da manhã.

No meio da manhã, por iniciativa do vereador Brasinha, um bolo de 150 quilos estaria sendo oferecido, na Esquina Democrática, para torcedores gremistas que estivessem vestindo camiseta do clube.

No final da tarde, os campeões mundiais Mazzaropi, Paulo César Magalhães, Paulo Roberto e Tarciso concederão autógrafos na loja Grêmio Mania, no Olímpico. E, às 19 horas, foi programada uma carreata que irá do Olímpico até a avenida Goethe.

É pouco, considerando a grandeza da data. Mas, melhor do que nada, o que aconteceria se dependesse do clube. Os colorados, na próxima semana, lembrarão o título conquistado diante do Barcelona com extenso programa de comemorações.

Postado por Wianey

Bookmark and Share