Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bustos ou Monteiro?

11 de fevereiro de 2008 33

Dúvida tática/Fernando Gomes e Valdir Friolin
O Inter trouxe de Pelotas, consagrado, o %22modelo Dubai%22. É assim que o time deve jogar, falaram todos: dirigentes, treinador e jogadores. Certíssimo.

O tal modelo, entretanto, não se mostra apenas pela escalação de três zagueiros ou pela qualidade técnica de Guiñazu e Magrão, jogadores ausentes na derrota para o Juventude. Basicamente, o esquema funciona pela densidade que Wellington Monteiro e Guiñazu dão ao meio-campo.

Contra o Brasil, o argentino nem precisou, quase, dedicar-se à marcar na ala. Marcão se encarregou de fazer a dupla função de zagueiro e ala. Wellington Monteiro, entretanto, foi um volante deslocado para o lado direito e, sempre que foi necessário, movimentou-se pela zona central do campo. Não é por outra razão que Abel Braga vacila em substituí-lo por Bustos.

O colombiano é lateral puro. Para que jogue, será indispensável que Sidnei repita Marcão, pelo lado direito. O garoto tem velocidade para realizar a dupla tarefa, mas terá vocação, também? Esta é uma questão tática aberta que recebe maior atenção do treinador e de quem vê no funcionamento coletivo a principal qualidade de um time. Mesmo assim, não são poucos os colorados que desejam ver Bustos na equipe, talvez pela sua aptidão em cobrar faltas.

Os torcenautas colorados deste blog, escalam Bustos ou Wellington Monteiro?

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (33)

  • Rafael Mourales diz: 11 de fevereiro de 2008

    Pelo futebol que os jogadores em questão estão apresentando, O Monteiro vai para o meio com o Guiñazu e o Bustos fica na sua na lateral. O Edinho assistirá o jogo da casa mata. É simples, não tem invenção. Quando é feito um feijão com arroz bem temperado ninguém fica com fome e todos repetem.

  • Juliano diz: 11 de fevereiro de 2008

    Dúvida cruel Wianey!! Sorte de quem tem esse “problema” pra resolver. Mas acho que a qualidade da bola parada do Bustos vai favorecê-lo. Triste deve ser ter que optar entre o Paulo Sérgio “Cafuzinho” e um moleque de 18 anos sem grande cartaz.

  • Daniel Silveira diz: 13 de fevereiro de 2008

    A escalação de um ou outro jogador depende muito do adversário, feliz é o Inter em ter tantas opções no plantel. Tanto Bustos como WM terão suas grandes oportunidades, vai depender da cabeça do Abel em saber usa-los.

  • Diego diz: 11 de fevereiro de 2008

    Acho que vale a pena testar, já que estamos no Campeonato Gaúcho, para ver o que é melhor. Depois com a Copa do Brasil e Brasileirão não se pode vacilar.

  • http://homero felipe diz: 12 de fevereiro de 2008

    a bola parada decide gde parte dos jogos,um jogador assim é impresindiveel,o monteiro só é craque no inter,nunca foi titular em time gde algum,é um enganador,segundo volante pra meu gosto é como lucas,desarma chega na frente,e faz gols,como ala o monteiro não cruza uma bola certa,mas dizem que é um gde jogador,não pra meu gosto.

  • Igor diz: 11 de fevereiro de 2008

    chutar cachorro morto, ou time desintereçado é facil
    por que nao fizeram isso com o JUVENTUDE?

  • Bruno diz: 11 de fevereiro de 2008

    Bustos sem duvidas… mas gostaria de ver o Edinho no banco e o WM jogando de volante, já que Edinho anda quebrando a bola mais que o normal

  • mauri kirch diz: 12 de fevereiro de 2008

    eu gostaria de ver o inter no -442 com renam,bustos,indio,sidnei e marcao de lateral.monteiro,guina,magrao e alex, na frente fernandao e nilmar. acho que o monteiro ja mostrou no inter que é melhor que o edinho no meio- nao faz tantas faltas e acerta os passes.

  • Colorado, colorado nada vai nos separar…. diz: 11 de fevereiro de 2008

    Eu escalaria o Bustos e colocaria o Monteiro por uma briga como volante uma vez que Edinho caiu de produção talvez deixar Edinho no banco um jogo vai fazer ele acordar… já na direita acredito mais no ìndio marcando alí no lugar do Sidnei com o Orozco e Marcão dando liberdade para o bustos na direita e Alex na esquerda nas jogadas de linha de fundo com o Guina, Magrão no meio distribuindo as jogadas… com aquela pegada o INTER é o melhor do Brasil hoje !!!

  • Renato diz: 11 de fevereiro de 2008

    Wianey, para resolver este dilema é preciso escalar o Índio na zaga. Ele faz muito bem, pela direita, o que o Marcão faz pela esquerda. Eu tiraria o Orozco, que me parece inseguro e sem velocidade. Wellington é bom jogador, mas deve disputar posição no meio-campo. Talvez num esquema 4-4-2. O time seria Renan, Bustos, Índio, Marcão e Guinazu; Edinho, Wellington, Magrão e Alex, Yarley e Fernandão.

  • Antonio diz: 11 de fevereiro de 2008

    Penso que no momento deveria disputar posição com Edinho.Quando o Monteiro chegou no Inter em 2006, se não me engano vindo do Caxias, apresentou um ótimo futebol jogando de volante de contenção,quase um terceiro zagueiro. É ali que rende melhor,seu passe é melhor do que do Edinho e é tão bom marcador quanto ele porém menos faltoso. Na ala ou substituindo Magrão como meia de ligação é um jogador.

  • PAI ETERNO EM GRENAIS, 19 A MAIS. diz: 11 de fevereiro de 2008

    Na minha opinião, não existe muito esta coisa de reserva, é só se lembrarem que dos 3 gols do inter no mundial, 2 foram marcados por jogadores que estavam no banco.
    é só terem um bom revesamento.

  • Rafael Welter diz: 11 de fevereiro de 2008

    Caro Wianey, não seria Índio esse zagueiro com vocaçãopara cobrir a lateral? O “Marcão” do lado direito? []´s

  • Diego De Los Santos diz: 12 de fevereiro de 2008

    O ideal seria se Índio pudesse repetir no lado direito o que Marcão faz no lado esquerdo (sobraria Orozco), mas tenho dúvidas se o Índio voltará a ser o mesmo de outros tempos…

  • Israel Silva diz: 11 de fevereiro de 2008

    Só uma correção, Guiñazu é argentino não paraguaio. Ele veio do libertad, este sim um time paraguaio.

    []´s

  • Rogeriio diz: 11 de fevereiro de 2008

    So uma coisa nao me agrada no time do inter..Orozco nao merece ser titular,o INDIO é que deve ser titular…

  • jose luiz gomes diz: 11 de fevereiro de 2008

    não vejo porque da ansiedade em usar bustos, se é prá cobrar faltas, tem o alex eximio cobrador, e com welinton monteiro temos um meiocampista usando a ala, lembram da argentina que usou pela primeira vez esse sistema com alas ocupando os flancos, deixem o bustos como opção de mudança de esquema…..

  • André M. diz: 11 de fevereiro de 2008

    O que me preocupa não é a dúvida entre Bustos ou Monteiro. O que me preocupa é a queda de produção do time EM GERAL, quando falta o Guiñazu. Admiro o jogador e exulto sua contratação, porém, não gosto de times dependentes de um ou alguns jogadores. Se eu fosse diretor de futebol, me preocuparia em encontrar e contratar (ou promover da categoria de base) um substituto à altura do argentino. O time como está hoje me serve, com Monteiro ou Bustos, tendo o Guiñazu sempre a disposição.

  • Roseno Serra diz: 11 de fevereiro de 2008

    Wianey. Todas as jogadas de perigo do Brasil nasceram nas costas do W.M, ele entra pro meio e o time fica embolado. Se pegar um treinador mais tatico, certamente ele abrira alguem nos lados,e vai acontecer como contra o Juventude o time fica sem jogada de flancos e amarrado tentando entrar pelo meio. O W.M não tem velocidade para jogar pelo lado do campo. Se o Bustos não der resposta, que se traga outro da posição, ou o Inter não tem grandeza para isso e tem que ficar improvisando.

  • gerson yamin diz: 11 de fevereiro de 2008

    Eu escalaria o bustos na ala e o Welinton Monteiro de violante e sacaria do time o Edinho que não passa de um troglodita…a zaga está muito bem, não dá para mexer….acho que Sorondo fica na reserva quando voltar…e no ataque não seim porque Abel insiste com Gil…tem que botar o Adriano para jogar…

  • raul gabe diz: 11 de fevereiro de 2008

    Eu gostaria de ver o time jogar nun 4-4-2 con o bustos na lateral,vi ele jogar pela seleção colombiana e ele jogou uma enormidade,o w monteiro joga no meio de campo o fica na reserva,eu preferia ele no lugar do edinho que so da pancada,na metade das jogadas dele e con falta.un abraço a todos colorados.

  • Brunno Bonelli diz: 11 de fevereiro de 2008

    Enquanto o Monteiro está jogando bem, mantenho ele até porque não podem ser escalados 3 estrangeiros no time titular certo? Enquanto Sorondo não volta, Orozco não pode sair da zaga, e Guinazu é incontestavel!

    ps. O “paraguaio” que não precisou se preocupar com a marcação na ala que tu te referes no texto, seria o ARGENTINO Guiñazu?

  • Marcos diz: 11 de fevereiro de 2008

    Eu acho que bustos dara melhor resposta que Wellinton, que para mim é o jogador mais fraco do time. É só olhar para ver que ele não sabe marcar, só cerca e não da o bote para tirar a bola do adversário. E ontem jogou uma partida um pouco melhor por ter a sombra do Bustos e também porque quase todo o time foi bem. Sobre Igor de POA que fala de cachorro morto pergunto a ele o que é o time do Novo Hanburgo e o do 15.

  • Guilherme diz: 11 de fevereiro de 2008

    Eu tiro o Guina e boto o Bustos!! Hahahahahahaha! Ta loco, me mata logo. Brincadeiras à parte: Acho que o W.M. tá rendendo bem na ala, porém eu acho que o Inter não precisa jogar com improvisações. Gosto mto do Edinho, mas analisando hoje, friamente, ele tá abaixo do que pode. Se o W.M. botar na cabeça que pode jogar mto (como jogou contra o Barça) como volante, eu tiro o Ed, W.M. volante, e Bustos lat (como disse o Bruno aqui). Enquanto o xerife não volta pra zaga. Abr!!

  • Julio Fleck diz: 11 de fevereiro de 2008

    Wianey, lá vem você com esta história de quem deve jogar. Isso não importa, tem dias que o melhor jogador não joga nada, ou o adversário esta marcando muito bem. O Abel deve manter este esquema e deixar o time com Wellington Monteiro, quando ele estiver mal, colocar o Bustos, mas isso TANTO FAZ!

  • Fabio Sune diz: 11 de fevereiro de 2008

    Acredito que a escalação do Bustos não deverá alterar a forma de jogo da equipe, visto que a grande vocação de bustos são as manobras ofensivas. Com boa dose de entrosamento poderemos ter um lado direito de extrema efetividade como já podemso observar no lado esquerdo.

  • Paulo Roberto diz: 11 de fevereiro de 2008

    Caro Wianey, eu que queria tanto ser do contra, mas parece que penso na mesma linha da maioria. Gostaria de ver o Monteiro disputando posição no meio, primeiro ou segundo volante. Ele marca bem e tem um toque finíssimo. Respeito muito Edinho, mas ele teria sombra. Não me agrada o que considero indefinição, nas duas alas (ou laterais). Mas agora já estou mudando de assunto…

  • Rafael Dreher diz: 11 de fevereiro de 2008

    Wianey, Guiñazu é argentino…

  • Marcelo diz: 11 de fevereiro de 2008

    Acho que precisamos ver o Bustos jogar uma partida inteira pelo menos com o time nesta formação e escalação. Quase não vi ele jogando, mas ele me parece mais um lateral do que um ala. Acho que o Abel também não viu o suficiente, por isso a dúvida. Assim sendo, por enquanto o Monteiro é meu titular. Mas, de fato, é uma questão tática em aberto.

  • Marcelo diz: 11 de fevereiro de 2008

    O meu time joga no 4-4-2, com BUSTOS na direita e MARCÃO na esquerda, com Sorondo e Sidnei na zaga. Puramente simples, até pq o Marcão está funcionando melhor como lateral que zagueiro.

  • edgar da rocha diz: 11 de fevereiro de 2008

    Eu prefiro o Bustos por que o W.Monteiro nao faz nada em campo , faz que joga e nao joga se e que tu me entendes.

  • Fabio diz: 11 de fevereiro de 2008

    Para mim, por enquando W. Monteiro é titular. Bustos vai ter que provar nos treinos e nas chances que tiver que pode conquistar a vaga. Acho errado que se critique o Abel por não escalar imediatamente o Bustos. Não podemos esquecer que ele terminou o ano na reserva do Patrício. Engraçado que alguns que tanto criticam o Abel por causa do Bustos só tinham elogios para o Mano…

  • silvio jaime fernandes diz: 11 de fevereiro de 2008

    Um bom time se forma a partir das opções que o treinador tem no banco. Bustos ou W.Monteiro são alternativas para “mudar” taticamente o time durante o jogo.Vimos isto ontem. Na zaga, pela quantidade e qualidade do plantel,o Inter também tem alternativas para o 4-4-2 ou o 3-5-2. Cabe ao treinador a leitura do jogo do adversário para adaptar o time. O resto é preferencia da torcida por este ou aquele jogador. AH…também da midia.

Envie seu Comentário