Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ainda Rincón

14 de fevereiro de 2008 46

Andrezinho: confiança de Abel e da direção/Adriana Franciosi
Não sei por que tantos colorados se irritaram porque este blog debitou o desvio de Diogo Rincón para o Corinthians na conta de Abel Braga.

O treinador do Inter, realmente, mostrou frieza e desinteresse pelo jogador que, como qualquer outro, não exigiu titularidade mas gostaria, certamente, de ter as mesmas oportunidades para jogar. A atitude de Abel sugeriu que Diogo Rincón teria muitas dificuldades, no Beira-Rio. A postura correta seria dizer que o atacante seria observado e, demonstrando qualidades, jogaria.

Abel espantou, sim, Rincón do Beira-Rio, escrevi, disse e repito. O que não disse e nem escrevi foi que Abel estava errado. A frase do treinador, publicada nesta quinta-feira em reportagem de Zero Hora sobre o assunto, é definitiva:

— Andrezinho é fantástico para o que queremos da equipe e do conjunto.

Portanto, Diogo Rincón não teria lugar no time, está claro. Desconfio que, no Beira-Rio, tenham cometido um grande erro. Rincón, no Inter, já era um goleador. No Dínamo Kiev, marcou gols em doses industriais. Acho que o Corinthians conquistou um reforço de considerável importância.

Quanto ao fato de Giovanni Luigi ter declarado que vetaria a contratação de Diogo Rincón, é apenas a reedição da fábula das uvas, que estão sempre verdes se longe do alcance da mão. Luigi só se manifestou depois que o Corinthians já havia vencido a concorrência.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (46)

  • Rafael diz: 15 de fevereiro de 2008

    Wianey,
    Também ouvi a entrevista do Abel e concordo que o comentário deve ter influenciado na não contratação do Jogador… Espero que o discurso do Luigi seja só externo,e internamente tenha havido pelo menos uma “advertência” ao treinador…

  • Rodrigo diz: 14 de fevereiro de 2008

    Po Wianey, bola fora de novo! A grande maioria dos torcedores apoiou a decisao da direcao. Pagar um alto salario para deixa-lo no banco? Se e para trazer um jogador de grupo, que aposte em outros menos bem sucedidos e com menos idade. Acho que estas fazendo uma avaliacao muito simplista da nao contratacao deste atleta creditando tudo na conta do Abel. Qual o salario dele? Por qto tempo de contrato? Se ele quisesse mesmo vir para o Inter, teria vindo. Preferiu os $$ do

  • Glênio Sarmento diz: 14 de fevereiro de 2008

    Tá Wianey, chega desse assunto. A entrevista do Abel não motivou a não vinda do Rincon. Ponto final. Este é o segundo post infeliz sobre o assunto.

  • Marcelo Morem diz: 14 de fevereiro de 2008

    Caio, se o torcedor não puder acreditar no treinador campeão da América e do Mundo, vai acreditar em quem? Problemas todo time tem, como tinha aquele que foi vencedor em 2006. Ou tu não lembras das roscas do Fabiano Eller quando chegou, nem do Edinho e o Fabinho batendo cabeça na frente da área? A gente não pode se iludir, é verdade, mas temos time sim!

  • http://Humberto Orcy da Silva diz: 14 de fevereiro de 2008

    Acho que desta vez o amigo está equivocado, pois o Diogo viria por empréstimo até ofinal do ano e talvez nem jogasse,pois do meio para a frente temos excesso de jogadores e além disso o salário não deve ser baixo.

  • Luzardo diz: 15 de fevereiro de 2008

    O Afonsão fazia gols em `quantidades industriais` na Holanda e provavelmente não seria solução para o Inter. O campeonato da Ucrania não é parametro para nada, ele teria que mostrar serviço ao chegar aqui. Outra, nenhum de nós assitiu a uma partida do Rincon em seis anos. Não é crime o Abel ter dito que não o conhecia. Alguém sabe como ele joga, hoje? Se o Rincon ficou magoadinho pelo Abel não ter dito que ele seria titular absoluto, que vá jogar a Série B mesmo.

  • Luzardo diz: 15 de fevereiro de 2008

    Sem querer ser chato mas:
    frase 1) O que não disse e nem escrevi foi que Abel estava errado.
    frase 2) Desconfio que, no Beira-Rio, tenham cometido um grande erro.

    Não entenda como patrulha, mas ficou meio contraditório. Abraço.

  • Marcelo diz: 14 de fevereiro de 2008

    Wianey, me diga uma coisa do histórico do Andrezinho que seja pior do que o histórico do Rincon. Ambos foram formados em grande clubes, jogaram nas seleções de base, saíram cedo para mercados pouco expressivos, lá ganharam títulos e se consagraram. São muito semelhantes em história, logo não devem ter grandes diferenças como jogadores. Talvez o Inter não tenha tido uma postura pública adequada, mas jogador por jogador ainda quero ver o Andrezinho em 3 partidas seguidas. Depois se discute.

  • Antonio diz: 14 de fevereiro de 2008

    Prezado Wianey, tenho críticas pontuais ao Abel. Deixar o Vargas no banco, insistir com o Michel quase “até de goleiro”, manter o Alex na lateral, sobrepor Edinho e Monteiro e por aí vai…Mas cá entre nós, acreditar que o Rincón não veio por que o Abel disse o que disse? Pega leve Wianey! Tu sabes melhor que nós leitores que nos bastidores existem fatos que vão parar na mídia.

  • Fernando diz: 14 de fevereiro de 2008

    Se o Wianey diz que o Abel tem “bruxos” (post das 12h39m), por que não posso dizer que o Diogo Rincón é um auto-bruxo – quando o próprio Rincón dizia não ter interesse em disputar posição, mas apenas em vir para ser titular? Por que razão não posso dizer que o apoio do Wianey a um jogador que diz tal coisa mostra que o ele também é bruxo, só que um bruxo do Wianey em vez de um bruxo do Abel? Certo ou errado, só estou usando a mesma linguagem auto-assertiva da qual o Wianey usa e abusa.

  • Douglas Campos diz: 14 de fevereiro de 2008

    Wianey, vc é um dos melhores comentaristas esportivos do Brasil, pela seus comentários de inigualável precisão cirurgica . Mas, devemos cojitar que um grande time passa pela qualidade do grupo e também pela importância dada aos jogadores pelo técnico. Não podemos deixar de salientar que em 2006 tinhamos um time titular de muita qualidade, e um banco de jogadores medianos, que deram uma excelente resposta em todas as situações, pois contavam com a confiança de seu técnico. Ainda é cedo mudar.

  • Rafael Dorneles diz: 14 de fevereiro de 2008

    Caro Wianey: é impressionante como você está sempre com a razão, não admitindo jamais que proferiste uma equivocada opinião. Infeliz post novamente amigão. Impossível estarmos todos errados e só você certo. De qualquer forma, respeito sua opinião. Abraços.

  • Fernando diz: 14 de fevereiro de 2008

    “Eu não estou voltando da Ucrânia para ficar no banco de reservas ou disputar posição”. A frase é do Diogo Rincón numa matéria do clicEsportes. E se temos de eleger titulares absolutos, então que sejam nossos campeões do mundo. Duvida que o Rincón tenha dito isso? Vá para http://www.clicesporte.com.br, clique em Notícias, no alto à esquerda, e procure uma notícia do dia 12 às 21h33m com a chamada “Inter – Nível do grupo colorado pode levar Diogo Rincón para o Corinthians”.

  • Emerson Ricardo Cesa diz: 14 de fevereiro de 2008

    Wianey, saberia informar qual é o salário pretendido pelo Diogo? Não seria este o motivo do desinteresse por parte do Inter? Os clubes do centro do país sempre estão dispostos a bancar altos salários por treinadores e jogadores…

  • MARCELO VIEIRA diz: 15 de fevereiro de 2008

    WIANEY, VOCÊ ESTÁ ERRADO! SEU POST FOI INFELIZ. NA MINHA OPINIÃO O ABEL NÃO FALOU NADA DEMAIS. SERÁ QUE É DIFICIL ENTENDER QUE PARA SE TER UM GRANDE TIME TAMBÉM É PRECISO UNIÃO DO GRUPO E MOTIVAÇÃO? POIS É, O ABEL TEM COMANDO E FEZ ISSO PARA DAR CRÉDITO AOS JOGADORES DA POSIÇÃO DO RINCÓN. ISSO MOSTRA CONFIANÇA DO TREINADOR E O RESULTADO DISSO É O EMPENHO DE SEUS JOGADORES. WIANEY, FALE MAIS DO GRÊMIO LÁ TEM MUITOS PROBLEMAS!!! SINTO MUITO, RSRSRS

  • caio do rio diz: 14 de fevereiro de 2008

    Essa direção e esse treinador não dão motivos para que acreditemos neles. O discurso continua igual ao do ano passado. Mas a verdade é que o time está com problemas pelo menos nas laterais e no meio-campo. Não dá pra se iludir com goleadas sobre o Brasil e o Zequinha. Falta o pulso forte e a vontade de vencer do Fernando Carvalho. E um maior critério nas contratações. Só resta torcer muito.

  • Silvio diz: 14 de fevereiro de 2008

    O Diogo tem uma dívida com o colorado, nos tirou das finais no último brasileirão que particpou, ná época com Rochemback e Leandro Guerreiro (perna de pau!). Ele errou um dos gols mais incríveis lá em e Minas onde o time do Inter do Zé Mário deu um SHOW de bola no Cruzeiro e idolatrado Luis Felipe Sscolari. Ele e o Guerreiro entregaram o jogo!
    Chega de promessas, que nos deu título e foi da Base foi o Sóbis, esse é rei no Beira-Rio!

  • Silvio Alano diz: 14 de fevereiro de 2008

    Para lembra do Diogo Ricón, segue a página da web, do gol incrível que nos tirou das semifinais de 2000 contra o Cruzeiro. Tem mai é que jogar nos Gambá com o Mano Menezes e Dentinho…

  • EDUARDO diz: 14 de fevereiro de 2008

    Dou aqui o nome de pelo menos três jogadores melhores que este Andrezinho: Ricardinho (que já esteve no inter), Canindé e Souza, aquele que foi do Corinthinas e esteve no América de Natal ano passado. Aliás, no América porque tem um péssimo empresário. Para quem só tem o Roger para reserva das meias, o Inter poderia buscar qualquer um dos três que teria melhor resposta, com certeza.

  • Clóvis A. Cervi diz: 14 de fevereiro de 2008

    Te larguei de mão, Wianey. Será que o Abel estaria certo se concordasse com o atleta, apesar de não saber nada dele? Será que a imprensa toda ficaria satisfeita se viesse o Rincon e fosse eterno banco, ou nem isto, por estar em fase irregular? Por quê não ficaste feliz com a ida do mesmo para o lado de teu guru? Afinal, o Mano não é a “nata” dos treinadores? Larga só um pouquinho o pé do Abel. Afinal, títulos não lhe falta, logo, um pouco de crédito não lhe faria mal nenhum.

  • Felipe Lemons Moreira diz: 14 de fevereiro de 2008

    Sinceramente não me lembro de tantos gols assim do Diogo quando jogava no Inter. Me lembro de vários que ela errava, como um sem goleiro num jogo decisivo contra o Cruzeiro. O Inter precisa é de outro ala esquerdo, pois o ramón nem pra ser reserva serve. No meio e ataque já tem várias opções.

  • antônio carlos tarragô giordano diz: 15 de fevereiro de 2008

    Wianey o Corínthians que como o grêmio estão sempre em crise, pois são times que frequentam ou frequentaram a segundona, precisam de jogadores como Diogo Rincon mais do que o Inter de Abel e Pifero, mas eu concordo com você que esta foi uma grande (mais uma) burrada desta Direção que há poucos dias eu havia elogiado. Não só Diogo como Fabio Rochembach que vai acabar indo para o outro time em crise permanente. Eu gostaria de ver o Inter contratando como time grande que é e não apenas para testes.

  • antônio carlos tarragô giordano diz: 15 de fevereiro de 2008

    Desculpem-me os colorados como eu que acreditam em milagres mas para mim o Inter só terá o tal plantel qualificado quando contratar mais uns dois ou tres jogadores de qualidade indiscutível, principalmente para o ataque e para o meio de campo. Explico: o Adriano que foi tão badalado até agora não mostrou nada mais do que uma vontade de jogar sozinho, que irrita qualquer torcedor. Mas isto não seria problema se ele não fosse tão limitado tecnicamente. Ah! e é preciso também um bom lateral.

  • Carlos Henrique Trindade diz: 14 de fevereiro de 2008

    É, faltou humildade Wianey… ou não leste a entrevista dele para a globo.com? Nela, dizia que não queria disputar posição ou ir para o banco. Digo e repito: fez BEM o Abelão, jogador assim o Inter não precisa. E quando esteve por aqui não foi nada de extraordinário. Se fosse o Sobis, te daria toda a razão.

  • Colorado 18 diz: 14 de fevereiro de 2008

    Não adianta discutir Wianey, é certo que o Diogo Rincon seria um acréscimo pro time, mas sinceramente não gostei da história dele querer chegar como titular, sugeriu falta de ambição do jogador em disputar posição. E se o Abel disse tudo isso prá testar a reação do jogador?? Rincon rodou no teste.

  • Fernando diz: 14 de fevereiro de 2008

    Olhaí, “Eu não estou voltando da Ucrânia para ficar no banco de reservas ou disputar posição”, disse Rincón na matéria do clicEsportes do dia 12/02 às 21h33m. Com essa atitude o Rincón não interessa; ele que tinha de fazer como o Andrezinho e esperar pacientemente a sua vez. Aliás, entre os bruxos do Abel, campeões do mundo, e um auto-bruxo que se julga titular indiscutível antes de ser contratado, fico 100% com os primeiros.

  • ZECA diz: 15 de fevereiro de 2008

    O Mano Menezes ganhou mais uma do Abel. O Inter deixou de contratar uma certeza (Diogo Rincón) para ir atrás de um desconhecido (Andrézinho). Esta diretoria do Inter consegue complicar as coisas fáceis. Inter: 2007 o ano que ainda não acabou. E vamos ter que aturar essa Diretoria em 2009. É brincadeira!

  • VALERIO MIRANDA diz: 14 de fevereiro de 2008

    CARO WIANEY,ISSO MOSTRA COMO OS TECNICOS SAO TRATADOS HJ,COMO GERENTES DE FUTEBOL,DECIDEM PELO CLUBE,E AS VEZES MELAM UM BOM NEGOCIO PARA O CLUBE.SO QUE DEPOIS VAO EMBORA E ALGUNS DEIXAM PREJUIZOS FINANCEIROS AS VEZES IRRECUPERAVEIS PARA A ENTIDADE.

  • Pedro diz: 14 de fevereiro de 2008

    UM DETALHE: o Abelão É PANELEIRO, isso é certo. Mas no caso do Rincon (que nunca me entusiasmou muito), considere: se ele tivesse receio de “disputar posição”, usar o Abel como bode expiatório seria o ideal pra ele.

  • Marcelo Gomes diz: 14 de fevereiro de 2008

    Sou Colorado e concordo plenamente contigo.
    Abel tem todo direito de ter a opinião que quiser sobre qualquer jogador, assim como qualquer pessoa pode discordar (ou não) delas.

    Concordar que o Rincón não traria acréscimo ao grupo é uma coisa, ignorar que ele não veio porque o Abel deu a entender isto é outra completamente diferente.

    Eu já acho que seria um excelente acréscimo, nem que fosse pra fazer sombra a Alex e Andrézinho.

  • Pedro diz: 14 de fevereiro de 2008

    Mais uma coisa: uma das últimas coisas que lembro do Diogo é a discussão pública dele com o Ivo Wortmann. Tá, o Ivo substituiu ele depois de colocá-lo no jogo no intervalo (ERA RESERVA!); a atitude do Ivo foi amplamente questionavel, mas o Rincon tornou a bronca pública, chamando o treinador de louco ao vivo. Não teria isso pesado no comentário do Abel?

  • Ary Jose diz: 14 de fevereiro de 2008

    Em um programa de rádio, na mesma emissora que o Sr trabalha, ouvi uma entrevista do Sr Rincon.Ele foi muito claro:Iria escolher um clube no qual ele chegasse e fosse titular sem precisar disputar posição. Talvez eu seja muito ingênuo por acreditar no que o jogador disse, mas que ouvi, ouvi, ou então estou ficando esquizofrênico e ouvindo vozes.

  • CARLOS ROBERTO KLIPPEL diz: 14 de fevereiro de 2008

    Olha Wianey, tens toda a razão…não há diretor de futebol atuante no Beira Rio, o Abelão manda e desmanda…Não há comparação entre D. Rincon e Andrezinho, pq este Andrezinho até agora não mostrou nada, e não há refer~encias anteriores dele. Já o D. Rincon sim, conhecemos, jogador/goleador. Mas o que se esperar mais desta direção fracassada?

  • Leonardo Raupp diz: 14 de fevereiro de 2008

    Depois do jogo enter inter e juventude em que o Wianey disso no inicio do jogo que a escalação do Abel estava correta, e no fim do jogo meteu a maior corneta na mesma escalação eu larguei de mão, é perseguição contra o Abel.

  • Marco Antonio diz: 14 de fevereiro de 2008

    Como quase sempre com relação ao INTER, você está errado Senhor Wianey. O que afastou Rincon do Internacional foi a sua entrevista alguns dias atrás dizendo que voltaria ao Brasil e viria para ser titular. Quem sabe na vaga de Fernandão ou de Nilmar? Te encherga Diogo Rincon. Tua bola é pra Ucrânia. Nunca jogou nada aqui no Inter. Não achas Senhor Wianey? Achava isso quando ele estava aqui. Ou se esqueceu?

  • Gil Vicente diz: 14 de fevereiro de 2008

    Santa ingenuidade…Tá na cara que o famoso craque do super campeonato ucaraniano, Diogo Rincón,ficou com medo da concorrência. Para jogar no inter é preciso mostrar futebol.
    À propósito, jamais esquecerei o gol pedido no campeonato brasileiro de 1997 contra o Cruzeiro do Felipão, sem goleiro..
    Vai jogar a Segundona: pé-frio!!!

  • bernardo faria diz: 14 de fevereiro de 2008

    Caro Wianey, o Rincon nao veio para o colorado por causa de dinheiro e midia. nao foi por causa da direcao colorada. Ele sabia que seria terceiro reserva e teria que conquistar, batalhar e suar para ser titular, Rincon nao queria isso, queria titularidade na base do carteiraco, isso no inter nao acontece tu tens que ter credito para ser titular no colorado, esta filosofia pode ou nao ser errada mas eh a do Inter e eu apoio ela incondicionalmente pois nao sou corneteiro e ponto final.

  • JOSÉ FERNANDO CARDOSO diz: 14 de fevereiro de 2008

    Wianey, aprecio muito tuas opiniões sobre futebol e respeito-as mesmo quando não concordo – o que é raro. É certo que o ABEL produz reiteradas bizarrices no TIME do INTER, assim como é clara a bruxaria no GIGANTE. Mas dizer que o cara espantou o jogador … Se ele é craque na Europa há seis anos, cadê a segurança de vir aqui e ralar (e por que não apareceu nenhum grande europeu interessado nele?). Ele sisse, sim “abri mão de muitas coisas coisa pra voltar e não gostaria de ser banco”. (SEGUE)

  • Colorado diz: 14 de fevereiro de 2008

    Como assima atitude correta seria dizer que o jogador seria observado e se estivesse bem jogaria? O cara nem foi contratado, pq o Abel diria que ele seria observado. Além do mais vc disse que o Abel estava protegendo os bruxinhos,então eu pergunto : Pq o Clemer esta no banco, pq o Indio esta no banco, pq o Iarley é banco ( até o nilmar se machucar)… acho que uma das grandes virtudes do Abel é saber conduzir o grupo e isso deveria ser reconhecido.

  • JOsÉ FERNANDO CARDOSO diz: 14 de fevereiro de 2008

    (CONT.) Outra: quando saiu, em 2002, já tinha 22 anos, 4 de profissional (subiu em 98 com LÚCIO, Fábio Pinto, Claiton e outros) e AINDA não tava afirmado, foi só com Ivo Wortmann que jogou mais (e retribuiu chamando-o de louco num jogo que foi substituído – se não aceitava ficar de fora à época, que dirá hoje com toda a marra de 6 anos de Europa)! Mais: craque na Ucrânia é uma coisa – mas quando seu time entra na Champion`s, é saco de pancadas! O INTER mostrou grandeza em não aceitar carteiraço!

  • GUILHERME diz: 14 de fevereiro de 2008

    QUEM ESPANTOU O RINCON FOI A FORTE CONCORRENCIA E A FALTA DELE ACREDITAR NO FUTEBOL DELE NÃO A FRASE DO ABEL. COMO É QUE ELE VAI FALAR QUE UM JOGADOR QUE NEM ESTA CERTO COM O CLUBE VAI JOGAR , CRIANDO UMA INSTABILIDADE NO GRUPO ATUAL , SABENDO QUE A NEGOCIAÇÃO NÃO ESTAVA CERTA. SINCERAMENTE ESSA HISTÓRIA DE TODOS PROBLEMAS DO INTER SEREM RESP. DO ABEL E OS MERITOS NUNCA JÁ CANSOU. ESTA EVIDENTE QUE ISSO É PEGAÇÃO DE PÉ COMO OCORREU COM O MURICY.

  • campeão fifa! diz: 14 de fevereiro de 2008

    wianey,larga o pé do abel. a propósito o gremio já não devia ter um time mais arrumado ? pq não pega no pé do mancini?

  • Luciano Feltrin diz: 14 de fevereiro de 2008

    Peraí, Wianey! Sai no próprio Clicesportes a seguinte declaração do Rincón: “– (…)Eu não estou voltando da Ucrânia para ficar no banco de reservas ou disputar posição. No Corinthians eu teria a vantagem de chegar e assumir a titularidade logo de cara. (…) – disse Diogo Rincón.”. Se isso não é exigir titularidade, o que é? E ninguém pode chegar querendo impôr titularidade. É um baita jogador, mas tá certo o Abel em preservar o grupo…

  • Paulo diz: 15 de fevereiro de 2008

    Caro Wianei,
    Mais um comentário criticando um técnico colorado, o que já é hábito de sua parte. Se você demonstrasse 50% da boa vontade com os treinadores tricolores para os colorados já seria muito. Sinceramente, quanta parcialidade. Do Grêmio, destaca os pontos positivos, do Inter os negativos!
    Um abraço de um colorado convicto a um comentarista gremista não assumido.
    PS.: se ti tiverem coragem publique este comentário.

  • Luciano Feltrin diz: 14 de fevereiro de 2008

    Tá no Clicesportes: “– O Inter tem um grupo muito forte e fechado, como o próprio técnico Abel Braga falou. Eu não estou voltando da Ucrânia para ficar no banco de reservas ou disputar posição. No Corinthians eu teria a vantagem de chegar e assumir a titularidade logo de cara. Tenho que estudar isto ainda – disse Diogo Rincón.” Isso é carteiraço!

  • Gabriel Santos diz: 14 de fevereiro de 2008

    Não vejo tantas credenciais assim no diogo…e ele nunca foi artilheiro no inter quero, que se possivel…tu peça ao Cléber para que traga os numeros dele, gostaria de embasamento na tua teoria do “ARTILHEIRO“.

Envie seu Comentário