Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Timemania

19 de fevereiro de 2008 14

Koff: na ponta do processo/Daniel Marenco, Banco de Dados - 26/11/2007
Os clubes devem, o governo quer receber e os clubes não conseguem pagar as suas dívidas. A Timemania é a mais genial solução já encontrada para resolver o impasse.

Os clubes, historicamente, eram explorados pelo governo, que utilizava as suas grifes em loterias esportivas sem nada pagar. Imaginem alguém utilizar a marca Adidas, por exemplo, para ganhar dinheiro sem pagar nada aos detentores da grife.

No caso da Timemania, o governo paga pela cessão dos escudos dos clubes e, como é credor, ficará com o dinheiro até que as dívidas sejam saldadas. Além de ser satisfatório para os cofres públicos, parte do dinheiro arrecadado com a nova loteria será destinado para as secretarias de Esporte dos Estados, instituições de alta relevância social, esportes amadores etc.

O gaúcho Fábio Koff esteve na ponta do processo, desde o início, representando os clubes.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (14)

  • Colorado em Dubai porque nao cai diz: 19 de fevereiro de 2008

    Tá bom, Wianey. Mas os criminosos culpados permanecem aprontando. Quem vai prender os culpados?
    Logo será necessaria a Timemania 2.
    Por favor. Acorda ou viaja!

  • Filipe diz: 20 de fevereiro de 2008

    Caro Wianey, perfeito o teu post. Agora os comentários…Tem gente que prefere até financiar o crime organizado (jogo do `bixo`) do que apostar em uma loteria que destina parte da verba para sanar as dívidas dos clubes. Mas vale lembrar que não são apenas os clubes os beneficiados.Parte da arrecadação vai tb p/ o fundo peninteciario nacional entre outras diversas destinações. eu acho q quem prefere jogar no bixo deve procurar noticias sobre o carnaval do RJ que é destino de sua `fézinha`. Abçs

  • Ivan colorado diz: 20 de fevereiro de 2008

    Que beleza… enquanto empresas sérias pagam toneladas de impostos a maracutaia politiqueira inventa uma loteria pra salvar os clubes. E agora? Clubes com uma dívida onstro como a do Flamengo estão em vantagem aos que pagam? Pra que pagar impostos? Como diz o Juca Kfouri: vamos parar de pagar, fazer um bando e ir chorar uma loteria em Brasília.

  • João Antonio diz: 20 de fevereiro de 2008

    Bom dia!!!! Que horror!Vergonhoso mais esse espetáculo de enriquecimento autorizado, não é segredo pra ninguém a quantidade de dinheiro que cerca o futebol, grandes transações mediadas por empresários,treinadores e cartolas, valores astronômicos pagos aos clubes pela tv, alta grana dos anunciantes, publicidade. Toda essa dinheirama e ainda uma loteria pra tapar os buracos deixados pelas administrações que não saldam as dívidas com o erário público. Abraços!

  • alcides diz: 20 de fevereiro de 2008

    Pelo menos vai ajudar os times que sempre estão na pior, por causa de seus diretores irresponsaveis, com suas administrações equivocadas e fora da realidade.
    O futebol é interessante, os times são instituições organizadas com seus estatutos seus conselhos, executivo, deliberativo e fiscal, mas ninguem fiscaliza nada e a torcida que paga tudo na verdade paga o Pato.
    Esta na hora do Ministério Publico começar a defender o direito do povo e ficalizar tudo, mas não pode ser engavetado.

  • alcides diz: 20 de fevereiro de 2008

    Vou fazer minha parte para ajudar o Grêmio vou apostar, o que não entendo é porque fazer algo tão complicado.
    Sera que fica melhor para fraudarem como as outras loterias que sempre abafam qualquer tipo de auditoria nelas.

  • alcides diz: 20 de fevereiro de 2008

    bem vamos aguardar e torcer para que tudo de certo, são dividas e mais dividas para serem pagas

  • silvio jaime fernandes diz: 20 de fevereiro de 2008

    Honestamente Wianey, tudo que tem vindo deste governo como solução mágica é “desconfiável”. Em tese a Timemania é uma ajuda muito grande aos Clubes.Mas quem estará pagando a “conta” dos descalabros cometidos pelos dirigintes, seremos nós os torcedores. Prefiro continuar fazendo minha “fézinha” no jogo do bixo.

  • Carlos Alberto Viegas diz: 19 de fevereiro de 2008

    Se parte do dinheiro não for para pagar as despesas da familia Lula, é uma excelente idéia.

  • alcides diz: 19 de fevereiro de 2008

    A idéia é maravilhosa, mas porque não doar a loteria esportiva para os clubes.
    Porque se faz uma loteria tão complicada assim!
    Vamos simplificar as coisas e é claro os times tem direitos sobre suas marcas até bem pouco tempo diziam que as passagens de aviões do campeonato brasileiro era paga pela loteria esportiva.
    Wianey quantos os times brasileiros ganham com a esportiva e porque eles não cobram seus direitos judicialmente!

  • Julio César Cardoso diz: 19 de fevereiro de 2008

    Não é medida genial.É medida imoral.
    Somente um País,governado por um irresponsável,no afã de conquistar votos dos cartolas do futebol e de seus amigos em futuros pleitos,pode ter a irresponsabilidade de prorrogar,de pai para filho,dívidas fiscais de clubes de futebol,que continuam a pagar salários fora da realidade brasileira.O cidadão comum não tem direito a essa mamata.
    É mais uma nefasta loteria para afundar o bolso do iludido trabalhador.Este País não é sério.E ainda se elogia Timemani

  • Marcelo diz: 20 de fevereiro de 2008

    É uma solução genial para o brasileiro típico, que se acha “esperto”. Incentiva a sonegação. Ao invés de soluções mágicas, precisamos é de coisas sérias e duradouras como: prender os estelionatários e revisar as leis tributárias. Essa cultura de os fins justificarem os meios é uma das razões de sermos um País viralata. Tuda acaba em Pizzamania…

  • mario santos diz: 21 de fevereiro de 2008

    AO PABLO COLORADO..CREIO QUE TU NUNCA VISTE RESULTADO DE PESQUISAS SOBRE MAIOR TORCIDA DO RS,(TODAS AS PESQUISAS)ALÉM DISSO,MELHOR ESTÁDIO E MAIOR MÉDIA DE PÚBLICO ACHO MUITO DISCUTÍVEL;UM ABRAÇO;

  • Paulo Wolff diz: 20 de fevereiro de 2008

    Grande sacada do Dr. Fabio Koff. Sou Colorado mas admiro este grande administrador. Soh temos similar no INTER na pessoa do ainda mais genial Dr. Fernando Carvalho.

Envie seu Comentário