Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Trio defensivo

22 de fevereiro de 2008 23

Orozco: a primeira vítima de uma falha mecânica na equipe/Valdir Friolin, Banco de Dados - 01/02/2008
Abel Braga vem repetindo o esquema tático com três zagueiros, e a decisão é saudável, já que favorece o entrosamento da equipe.

Guiñazu, principalmente, e Wellington Monteiro são os avalistas da proposta, porque os dois alas garantem que o meio-campo não fique reduzido a um trio, situação que caracteriza inferioridade numérica em relação à maioria dos times. Mesmo assim, o sistema defensivo tem sido pressionado em quase todos os jogos, evidenciando que algo não está bem ajustado.

Não é difícil identificar a causa da dificuldade. Para não perder compactação, é indispensável que os três zagueiros não joguem muito recuados. Quando acontece, abre-se um espaço maior do que o desejável no meio-campo, por onde transita o adversário. Os dois stoppers, Sidney e Marcão, deveriam jogar bem projetados, próximos ao grande círculo do campo, tendo um pouco atrás o líbero, Orozco.

Como o trio está posicionado muito atrás, o Inter vem dando aos seus adversários os espaços que o 3-5-2 deveria eliminar pela presença de cinco jogadores no meio-campo, mas não elimina pelo distanciamento dos zagueiros do restante da equipe. É apenas um detalhe, mas fundamental para o bom funcionamento do esquema.

Não se deve confundir, porém, jogar projetado com arrancadas de zagueiros que acabam no ataque. São coisas diferentes. O tema é árido, quase não tem graça. Mas é um detalhe mecânico que faz a diferença. Se esta falha não for corrigida, logo começarão a ser %22fritados%22 jogadores que, sem culpa, serão responsabilizados pelos dissabores de campo. Aliás, o processo de fritura já começou por Orozco.

Mas mesmo com esta correção e outros aprimoramentos possíveis, cabe questionar:

O 3-5-2 É RECOMENDÁVEL PARA O DISPUTAR O GAUCHÃO, ONDE OS ADVERSÁRIOS SÃO, QUASE SEMPRE, MAIS FRACOS?

Com a palavra, os torcenautas colorados.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (23)

  • GUSTAVO NUNES diz: 22 de fevereiro de 2008

    Acredito que este sistema deva ser testado sob todas as condições, inclusive no gauchão. Porém, um time que joga no 3-5-2, inevitavelmente esgota este modelo prematuramente, principalmente quando em qualidade de jogadores no meio-campo. O Inter deveria contratar um lateral-esquerdo e se preparar para uma transição para o 4-4-2.

  • Rafael diz: 22 de fevereiro de 2008

    Reiterando o que já foi levantado em outros posts, venho manifestar meu profundo pesar com a escalação do Edinho. Por mais esforçado que ele seja, não consigo entender por que um time que joga com 3 zagueiros e três volantes (Magrão, WM ae Guinazu) ainda precisa de um jogador que só saiba marcar. Precisamos de vida no meio campo!!! Não podemos ficar reféns somente da inspiração do Alex! Ficou bem evidente que, quando o Alex está mal ou fora do time o Inter cai absurdamente de produção.

  • Neuri Hartmann diz: 22 de fevereiro de 2008

    Wianey.

    Muito sensato teu comentário acerca da da “fritada” que o Abelão vem submetendo alguns jogadores da equipe principal. O Orozco é um bom jogador, não é brilhante, mas supre as necessidades primeiras do time. O mesmo não se pode dizer de Edinho, que está longe de ser um jogador de futebol. Não sabe passar, chutar, cabecear e o desarme é na base da porrrada, diferentemente de jogadores com Guiñazu e Magrão que jogam duro mas de forma leal. Tira Edinho, escala um jogador mais qualificado.

  • Marco Aurélio Castaldo Andrade diz: 22 de fevereiro de 2008

    Wianey, desculpe o off-topic, mas há uma ilegalidade que salta aos olhos, é revoltante. Se ninguém, nem pessoa, nem empresa ou nenhuma outra entidade pode receber dinheiro do governo ou estatais se tiver débitos com o INSS ou a RF, COMO PODE O FLAMENGO RECEBER PATROCÍNIO DA PETROBRÁS SE DEVE 180 MILHÕES PARA O INSS?

  • Carlos diz: 22 de fevereiro de 2008

    Acho que o Dani Morais é o melhor zagueiro do Inter, enquanto o Sorondo tá machucado

  • TRÍPLICE COROA E CAMPEÃO MUNDIAL FIFA diz: 22 de fevereiro de 2008

    NÃO SOU FÃ DO ESQUEMA COM TRÊS ZAGUEIROS E LEMBRO QUE O INTER GANHOU DO SÃO PAULO NA FINAL NO MORUMBI E DO BARCELONA COM DOIS ZAGUEIROS, JOGANDO COM TRÊS, A IMPRESSÃO QUE DÁ É QUE NENHUM ASSUME A RESPONSABILIDADE DE IR PRA BOLA, ESPERANDO PELO OUTRO, FOI ASSIM QUE O SÃO LUIZ FEZ TORCA DE PASSES DE CABEÇA NA PEQUENHA ÁREA E TODOS FICARAM ASSISTINDO.

  • Thiago Reckziegel diz: 22 de fevereiro de 2008

    Sandro??

  • Paulo Adil diz: 24 de fevereiro de 2008

    Sobre o 3-5-2, do inter, acho um assunto chato. Quem vê o time jogando percebe que o time se defende com 9 e ataca com 8 ou 9. Então, nada de 3-5-2. É um carrossel, como já disseram alguns jornalistas, onde todos atacam (menos um ou dois zagueiros de espera) e todos defender (menos o Yarlei). É um carrossel, sim, porque o Monteiro, o Guiña, o Magrão, o Fernandão e o Alex jogam em todos os lados do campo. O Edinho cobre a subida de um dos zagueiros. O Yarlei é o único que não recua.

  • Marcelo diz: 24 de fevereiro de 2008

    Considero que o time com 3 zagueiros, 4 volantes, 2 meias e um atancante seja demais defensivo para jogar contra os times do interior do RS. Ganhamos a Libertadores em SP e o Mundo com apenas 2 zagueiros. Para que mudar? Os zagueiros tem sido destaque ofensivo porque não tem muito que defender. É melhor um atacante a mais. Não tem porque sofrer, é só amassar os adversários. Viva o Rolo Compressor.

  • silvio jaime fernandes diz: 22 de fevereiro de 2008

    Em outras palavras Wianey, eu venho sendo repetitivo em afirmar que o problema da zaga do Inter é de POSICIONAMENTO. Isto se corrige com treinamentos insistentes.Este teu comentário está correto,o que leva o torcedor a criticar o jogador e não o conjunto. Daí tantas besteiras e ofensas serem dirigidas aos atletas. É bom que o ABEL leia com atenção esta matéria e não deixe em “fria” os seus comandados.

  • marcelo guilherme meireles de souza diz: 22 de fevereiro de 2008

    O TIME DO INTER MAIS UMA VEZ ESTÁ MAL ESCALADO.A GRANDE VERDADE É QUE O ÉDINHO TEM QUE SER RESERVA COM WELLINTON NA PRIMEIRA FUNÇAO E BUSTOS NA DIREITA.MAS COMO O INTER VIROU UMA AÇÃO ENTRE AMIGOS AS COISAS FICARAM ASSIM COMO ESTÁ. A FINAL POR QUE BUSTO FOI CONTRATADO?E A DIREÇAO ASSISTE TUDO ISSO SEM FAZER NADA.O INTER DEVERIA APOSTAR EM PAULO PORTO TREINADOR QUE A TRES ANOS FAZ GRANDES CAMPANHAS NO INTERIOR.

  • Zé diz: 22 de fevereiro de 2008

    Pra mim as falhas iniciam pelo posicionamento sempre deficiente do Sidney, que acabam estourando no líbero, aliás em cruzamentos para a área o Sidney também perde todas, ele é muito afoito, me faz recordar aquele zagueiro dos anos 70, o Gardel, era só tamanho e vontade.

  • João Pedro Vaz diz: 22 de fevereiro de 2008

    Olha, desde o fim do ano passado o Inter vem jogando bem com os trio na zaga! Mas para gaúchão e jogando em casa, creio que o Marcão deveria ir para a lateral-esquerda, fazendo o 4-4-2. Com Edinho, Magrão, Guinazu e alex no meio. Nilmar e Fernandão! zaga com W.Monteiro, Sidney e Índio (Sorondo quando se recuperar)

    abraçoo e dalheee Colorado!!

  • Ary Jose diz: 23 de fevereiro de 2008

    Ouvi uma entrevista do Abel ontem, na qual ele falou exatamente o que o Sr escreveu. Acredito então, que dois grandes conhecedores de futebol como o Abel e o Sr Wianey detectaram o problena do Inter mais ou menos ao mesmo tempo, ou um copiou o outro.

  • nelson diz: 23 de fevereiro de 2008

    É bom que todos nós colorados não nos iludamos muito para 2008. Eis os fatos:
    - o time não tem regularidade;
    - a defesa não é confiável;
    - Fernandão não está bem;
    - os reservas são regulares;e
    - o timinho da Azenha, que começou o ano com o rótulo de ruim, ainda não perdeu e tem mais pontos que o colorado.

  • Rafael Germano diz: 23 de fevereiro de 2008

    Acho que o time esta bem, só aproximar zaga e meio campo para fechar os espaços do meio, e tem outra, quando o Nilmar voltar as jogadas acontecem mais atras e é usada a velocidade do garoto.

  • Alexandre Burmann diz: 22 de fevereiro de 2008

    Ao meu ver, Inter está jogando no 442. Marcão é lateral. Guinazu é meia. Welington tá na outra lateral. Talvez com alguma variação, mas a base é essa.

  • JOÃO CARLOS BREMER diz: 22 de fevereiro de 2008

    Tanto quanto a mobilidade a versatilidade dos jogadores torna-se imprescindível.Neste quesito quem destoa,sendo em minha opinião nosso ponto fraco,é o Edinho.Não tem tempo de bola e pouca velocidade para a cobertura chegando sempre atrasado e invariavelmente comete faltas dispensáveis.É só verificar quantos desarmes ele faz por jogo.Construção de jogadas nem pensar.Precisa dar uma chance ao Sandro pois ele tem mobilidade,velocidade,bom desarme e chute,além de jogar e fazer jogar.

  • Marcelo diz: 22 de fevereiro de 2008

    Muito bem observada a questão do posicionamento. Concordo que o Orozco esteja sendo prejudicado pelo fato de ser o líbero. Mas ainda assim, é preciso que ele melhore em alguns aspectos, como a bola aérea e o excesso de faltas. E na minha opinião o esquema deve ser mantido 3-5-2, pois o Gauchão é preparativo para as demais competições, nas quais este formato será eficaz. O Inter tem que chegar no Brasileiro com o esquema preciso feito um relógio suíço. Quanto menos mexer, melhor.

  • Rafael diz: 22 de fevereiro de 2008

    Concordo com o Alexandre Burmamn,
    O Inter está e sempre teve jogando com o Marcão na lateral e o Guinazu de volante/meia pela esquerda.
    O meio do Inter é um losango com Magrão pela direita e o Guinazu pela esquerda.
    Não entendo como que tem pessoas que dizem que o Guinazu é ala. O Guina não chega nunca na linha de fundo, ele sempre joga pelo meio campo.

  • Gabriel Lopes diz: 22 de fevereiro de 2008

    Mas, aí, Wianey, é necessário ter um líbero rápido, por trás dos stoppers, o que o Orozco não é. Melhor seria uma formação com Sidnei de líbero e Índio de stopper, enquanto Sorondo não volta. Aliás, Danny Moraes também fica melhor de stopper.

  • rodrigo diz: 22 de fevereiro de 2008

    1) 3-5-2 é um esquema burro.

    2) o orozco é limitadíssimo (embora só agora os grandes entendidosa estejam percebendo)

    3) mais uma vez, está se inventando uma teoria furada pra justificar um fato.

  • Régis Mathias diz: 22 de fevereiro de 2008

    Com relação ao Neuri Hartmann.
    Concordo que o Edinho tem suas deficiencias e acredito que ele esta no seu limite, e será dificil melhorar.
    Mas vc lembra do lance do penalti contra o Inter SM na primeira rodada?
    O Edinho nao estava, e entraram a dribles na nossa area. Infelizmente precisamos de alguem de força no meio, principalmente para o gauchão.
    E podem anotar ai, em pouco tempo a zaga terá o Indio e o Dany moraes no lugar do sidnei e orozco.

Envie seu Comentário