Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Treino aberto

27 de fevereiro de 2008 12

Roth cobra do time: a imprensa é testemunha/Arivaldo Chaves
Mano Menezes, uma vez por semana, treina o Corinthians com portões fechados. Em São Paulo, os clássicos se repetem com muita freqüência, o que justifica os cuidados do treinador. Mas, ainda assim é diferente do que acontecia quando Mano treinava o Grêmio.

Os treinamentos eram, quase sempre, fechados, mesmo quando antecediam jogos contra adversários inexpressivos. Celso Roth, por enquanto, não está adotando esta política. Anunciou que o fará em ocasiões especiais, o que é razoável. No treinamento de ontem, os repórteres ouviram Celso reclamar dos defensores pelas seguidas falhas defensivas em cobranças de faltas:

— É uma vergonha, vocês já levaram três ou quatro gols — bronqueou Roth.

Se o treinamento estivesse acontecendo com portões fechados, ninguém saberia que o treinador do Grêmio está preocupado com a sua defesa e treinando para corrigir os erros. A divulgação, por isso, é saudável e, até, recomendável. E, sem prejuízo algum para o Grêmio.

Quem garante que, se os treinamentos fossem secretos e o Grêmio seguisse tendo problemas neste tipo de jogadas, que não se cobrariam providências do treinador? Assim, fica todo o mundo sabendo que as correções estão sendo buscadas. Bom para todos.

Aliás, os repórteres que fazem cobertura das atividades diárias do Grêmio comentam que Roth tem sido cordial e prestativo. Por enquanto, pertence ao passado aquele clima de animosidade permanente que envolvia as relações entre o treinador e a imprensa.

Quem ganhava com aquele convívio tempestuoso? Ninguém, absolutamente ninguém.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (12)

  • Vinicius Peraça diz: 27 de fevereiro de 2008

    Não consigo achar explicação pra essa bronca que alguns da imprensa têm com os treinamentos fechados. Acho perfeitamente aceitável e, até, recomendável. Durante os treinos é que podem, e devem, ser preparadas as jogadas que serão usadas para surpreender os adversários. Portanto, nada mais normal que os treinadores não queiram mostrar. Essas reclamações sobre treinos fechados cheiram muito mais a implicância do que crítica construtiva.

  • Guilherme N. diz: 27 de fevereiro de 2008

    O Wianey, gosto de ti, mas muda o discurso. Só vocês da imprensa acham que treino fechado é ruim, porque deixa vocês sem notícias para dar. O Gremio ganhou o gauchao 2006 com treinos secretos nas finais. Vamos falar de outras coisas, da Deborah Secco, por exemplo…

  • CASSIANO ZAPANI ROMAN diz: 27 de fevereiro de 2008

    CARO Wianey, Se eu fosse treinador de algum clube de futebol eu faria todos os treinos fechados. Sabe pq?
    Se tiver que dar um puxão de orelha em um jogador eu daria da minha maneira firme, não teria imprensa pra dizer que eu era um grosso e não sabia treinar. Então o que se passa dentro da minha casa somente a minha família sabe. Não tem q os vizinhos ficarem sabendo. Hora não, uma equipe de futebol não é uma família se eu fosse um treinador eu me considerava como um pai.

    Pense bem… ante

  • silvio jaime fernandes diz: 28 de fevereiro de 2008

    Como os jornalistas se magoam por pouca coisa.Ora porque o treinador dá o treino com o campo fechado para a imprensa, ora porque é mal educado nas entrevistas. Jornalista “bom” tem que “fuçar” atrás de noticias e não comentar treino.

  • Roberto diz: 27 de fevereiro de 2008

    Até onde eu vi, nao lembro de nenhum técnico de futebol falando para jornalista: escreve assim, escreve assado.

    Se uns acham que treino fechado é melhor, ok, se outros acham que nao, tambem ta OK, cada um trabalha como acha melhor.

  • Roberto diz: 27 de fevereiro de 2008

    Wianey, o simples fato de treinar o time já indica que o treinador está procurando corrigir erros, entre outras coisas. Agora, certamente não favorece o Grêmio entregar aos adversários a informação de que o próprio Roth está preocupado com erros da zaga nas bolas altas. Adivinha o que o adversário vai fazer durante o jogo?

  • Augusto Langer diz: 27 de fevereiro de 2008

    Acho que para nós, torcedores, não faz falta alguma o treino aberto. Esta é uma questão exclusivamente imprensa-treinador.
    O Mano conseguiu tirar leite de pedra por 3 anos no Grêmio fazendo treinos fechados.
    Esta implicância com o Mano é antiga e já nem vale mais a pena, até porque ele já está em outro clube e estado.

  • felipe diz: 28 de fevereiro de 2008

    É que lá em sumpaulo, se o Mano não babar ovo para a imprensa, eles já derrubam o Mano. Então, o treino tem que ser aberto. E tem mais coisas que o Mano não fazia aqui e que vai ter que fazer lá.

  • Thiago Rosa Figueiró diz: 27 de fevereiro de 2008

    Nem sempre as críticas podem ser feitas na presença de todos. Isso pode derrubar um grupo.

  • Sandro diz: 27 de fevereiro de 2008

    Wianey, não vejo problema algum nos treinos fechados. Com certeza, os treinos fechados são muito mais produtivos do que os abertos. Muita pose para tietagem, para as fotos dos fotógrafos, medo de erro e ser cornetiado pela imprensa e assim por diante. Portanto, acho que seria interessante pararem com essa implicância de que treino fechado é o “cúmulo”.

  • Moro diz: 27 de fevereiro de 2008

    Caro wianey os treinos fechados deveriam ser sempre, isso de treino aberto é pra vcs da imprensa ter oq falar MANO MENEZES ERA O CARA tava nem aí pra vcs da imprensa para oq iam fala ou não fechava os portões e BRASIL…… quero ve até aonde o rotch vai fica com essa frescura de portão aberto “entregando” as deficiencias do time para os adversarios verem até quando vai durar a brincadeira dele…………..

  • Fritz diz: 27 de fevereiro de 2008

    Com um monte de PANGARÉ desses…Porque treino fechado….

Envie seu Comentário