Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Reconstrução

09 de junho de 2008 25

Derrota no Canindé não mostrou problemas novos/Divulgação

Não poderia haver injustiça maior e pior avaliação do que debitar a nova derrota do Inter na conta de Guto Ferreira. Seria injusto porque o treinador interino nada pode fazer além de tomar decisões interinas.

E, ainda assim, sem a garantia de que será ouvido e acatado pelos jogadores. Mas, seria uma péssima avaliação ignorar que os problemas apresentados pelo Inter, no Canindé, fossem uma desagradável novidade.

Ora, eles se repetem desde o ano passado. Esquemas táticos que se alteram implodem qualquer time. Não poder repetir escalações é circunstância que se reitera em todos as equipes. Este problema minora muito quando são definidos os substitutos e as escolhas não modificam a formatação do time.

No Inter, só para exemplificar, as indefinições táticas são tantas que ainda há quem pense que o Inter jogue no sistema 3-5-2 quando, na verdade, é apenas um 4-4-2 que não funciona porque as atribuições básicas de cada função não são cumpridas. Explico: laterais que mais atacam do que marcam, volantes induzidos a avançar sempre, como se marcar e armar não fossem as suas principais tarefas e, até, meias que deveriam participar do labor operário e são orientados a atacar, exclusivamente.

O Inter se defende mal, o meio-campo, mesmo com todos os seus titulares, não preenche as suas atribuições e o ataque, bem, o ataque está reduzido a um pobre coitado, obrigado a se movimentar entre três ou quatro defensores adversários, sem qualquer presença solidária de seus companheiros.

O Inter vaza na sua defesa, é insuficiente no meio-campo e não funciona no ataque. Não tem jogadas pelos flancos, triangulações é coisa estranha no Beira-Rio, jogadas ensaiadas é ficção e se alguém falar em aproximações estará provocando briga.

O Inter tem um time sub-treinado, este é o diagnóstico que deve ser feito, mesmo que signifique riscos que poucos se atrevam a encarar.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (25)

  • Fernando diz: 9 de junho de 2008

    Nossa! Pelo analise do Profeta Wianey, temos que mandar o time inteiro embora e refaze-lo. Estranho!? Até pouco tempo o time tinha bons laterais, fartura de zagueiro um ataque positivo (até o inicio do brasileiro já tinha marcado quase 60 gols na temperoda) um meia difenciado (Alex). Nós colorados já estamos acostumados com os comentários da imprensa azul. Continuo acreditando no INTER, basta lembrar que nos dois anos que o SPFC ganhou o brasileiro, figurou entre os rebaixados. EU ACREDITO!!!

  • Vitor Hugo Rinter diz: 9 de junho de 2008

    Pois não é que o João (de Paris) acertou em cheio. Quando o Grêmio foi desclassificado do gauchão e da copa do Brasil, quase ninguém lembrou (inclusive a mídia) que, naquelas fases decisivas, o time foi perdendo vários e importantes jogadores por lesão. Mas até ali, era o melhor time do RS. Agora, tudo voltou ao normal e reforços estão vindo ainda. Com o Inter repete-se o ano passado: apontado como um dos três melhores do Brasil, só faz fiasco. Arrogância e soberba têm preço…

  • diogo marcelo prade diz: 10 de junho de 2008

    bah!Não sei se é a direção, se técnico ou falta dele ou se é falta de vontade dos atletas.O que sei é estou revoltado, indignado com tanta incompetência.E o Centenário,o orgulho colorado(no sentido de luta,garra nas pelejas)???

  • ANGELITA FEIJÓ diz: 9 de junho de 2008

    E O PIOR E VER GENTE QUERENDO MANDAR EMBORA O FERNANDÃO,QUE NEM JOGA HA DUAS PARTIDAS,O ALEX,JA VI QUE NÃO QUEREM MAIS O GUINAZÚ,O RENAN TA NO MESMO NIVEL DO CLEMER,O LATERAL NÃO PRESTA….QUE TRISTEZA É VER GENTE QUE NÃO ENTENDE NADA DE FUTEBOL E ABRIR A BOCA PRA FALAR BESTEIRA…O PROBLEMA É LÁ EM CIMA,SE É QUE VCS NÃO VIRAM.SÓ LÁ.FORA LUIGI/PIFFERO.

  • Nei diz: 9 de junho de 2008

    Voltando a palpitar no teu espaço, acho que você tem sido bem clarividente nas ponderações a respeito de meu time. Por isso já defendi o Roth. É preciso equilibrio e sensatez até no futebol, senão se perde. Mas a passionalidade é impressionante até entre gremistas, que se pudessem mandavam o Roth embora. Portanto, que venha o Tite, que não tem arroubos táticos do Abel, que aliás, eu também apreciei quando acertou.

  • GUSTAVO NUNES diz: 9 de junho de 2008

    Perfeito Wianey, só falta acrescentar a péssima preparação física do time

  • Glênio Sarmento diz: 9 de junho de 2008

    Já dei meu parecer. Wianey para treinador. Infelizmente a direção COLORADA não me dá ouvidos(ou não me lê, como seja).

  • márcio souza diz: 9 de junho de 2008

    O Abel foi embora há duas semanas e segue levando pau deste blogueiro, impressionante; sub-treinado, essa é boa. Ainda mais, o inter sendo analisado por alguém que não frequentou um treino do clube sequer neste meio tempo! Tenta comentar sobre outros personagens, temas; tenta, de repente tu consegue.

  • Paulo Barreto diz: 9 de junho de 2008

    Caro Wianey..
    Concordo em gênero, número e grau com suas colocações, e gostaria de acrescentar algumas impressões que tive ao assistir os últimos jogos do inter..
    Primeiramente, o preparo físico dos jogadores colorados é PÍFIO. Os jogadores adversários, e isso já ocorre há um certo tempo, são mais velozes e mais resistentes.
    Além disso, os em todos os jogos, os adversários se usaram do “abafa”, e sempre com sucesso.. Nossa saída de bola sob pressão é muito deficiente….

  • Paulo Barreto diz: 9 de junho de 2008

    ..E ainda cabe acrescentar os erros de marcação, especialmente do meio-campo. Muitas vezes os volantes tentam recuperar a bola tentando pressionar a saída de bola adversária, quase sepre sem sucesso, e comentendo faltas excessivas.Isso porque a pressão tem que ser exercida pelo time todo, de forma rápida e organizada, o que não ocorre em nosso time. Não fora raras as ocasiões, no jogo de ontem, e que haviam 3 ou 4 colorados perseguindo a bola.
    Espero tem contribuído
    Um grande abraço

  • joao benhur diz: 9 de junho de 2008

    Mas bah! Os vermelhos estão na parte vermelha da classificação. O Que há de errado nisso. Pior vai ser que no ano dos 100 eles vão descer para a terceira divisão, isso está evidente.

  • Fabio diz: 9 de junho de 2008

    As críticas ao Abel e sua “tchurma” são tão violentas que dão a impressão que os torcedores e o blogueiro lamentam o que aconteceu nos últimos anos, e preferiam que este pessoal não tivesse passado pelo Inter. Eu, que vivi os 25 anos de mediocridade entre 80 e 2005, acho que valeu a pena, mesmo que agora a situação não seja boa. Mas, claro, quem odeia Abel, Fernandão, Clemer, Iarley, etc, deve aproveitar para descarregar seu recalque agora, depois do que teve que engolir nos últimos anos…

  • Luiz Fernando diz: 9 de junho de 2008

    Tem que por o Orozco e o Bustos na zaga, e tirar o Guiñazu que não está jogando nada.

    Precisamos de um técnico disciplinador, Émerson Leão e a melhor pedida no momento

  • L Fernando diz: 9 de junho de 2008

    hOMEM, mas que jogo tu assiste? Laterais que avançam , volantes que atacam? Este não é o Inter que tenho visto onde ficam todos menos o nilmar da intermediaria para tras, numa pequenes constrangedora. Os laterais do Inter mal passam o meio de campo, e os volantes mal chegam na area adversaria. Este esquema é a tua politica de Jogo, mas como o esquema ta furado devido a pessima produção dos jogadores, que estão para la de devagar ,voce da um nó no leitor, dizendo o contrario. Maquiavélico

  • spencer diz: 9 de junho de 2008

    Agora o Wianey diz: “Inter vaza na sua defesa, é insuficiente no meio-campo e não funciona no ataque. Não tem jogadas pelos flancos, triangulações…” E quando o Inter goleava no gauchão, quando ganhou do Paraná por 5×1 e 8×1 no Juventude o mesmo Wianey dizia o quê? O esquema desde Dubai era 3-5-2, que se alternava com 4-4-2 porque dependendo da situação o Marcão virava lateral e vinha dando certo, ao menos quando jogavam os titulares. O Wianey esqueceu disso, ou antes esquecia de criticar?

  • Fabio diz: 9 de junho de 2008

    As críticas ao Abel e sua “tchurma” são tão violentas que dão a impressão que os torcedores e o blogueiro lamentam o que aconteceu nos últimos anos, e preferiam que este pessoal não tivesse passado pelo Inter. Eu, que vivi os 25 anos de mediocridade entre 80 e 2005, acho que valeu a pena, mesmo que agora a situação não seja boa. Mas, claro, quem odeia Abel, Fernandão, Clemer, Iarley, etc, deve aproveitar para descarregar seu recalque agora, depois do que teve que engolir nos últimos anos…

  • edivores luiz savian diz: 9 de junho de 2008

    Vianey voce esta certo em tudo o que fala so que certos colorados vivem como voce disse de ficçao,o cara veste a camiseta e ela faz o milagre da transformaçao todo jogador vira craque,sem garra, determinaçao e bola no pe da no que esta acontecendo.Nao tem esquema tatico,nao tem jogada ensaiada,e dificil ver tres quatro troca de passes seguidos.Pifero larga mao de ficar falando que fulano e tecnico identificado com gremio etc.contrate alguem que saiba arrumar, organizar,organizar um time.abraços.

  • Theo Cruz diz: 9 de junho de 2008

    Disse exatamente isso num post em tópico anterior. O que me é intrigante é o abandono daquele esquema que se celebrizou como “carrossel” (que mereceu até capa da Placar) assim que Nilmar voltou. Naquele esquema, caracterizado mormente por triangulações pelos lados do campo, o Inter conquistou o respaldo que lhe apontava como favorito na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Inexplicavelmente, aquele esquema foi abandonado e prol de aberrações como Alex no ataque e Adriano na ala. Inexplicável.

  • LUCIO MAURO diz: 9 de junho de 2008

    O INTER NÃO TEM É DIREÇÃO,NÃO ADIANTA ACHARMOS CULPADOS,POIS OS QUE OS CRÍTICOS ACHAVAM QUE ERAM JA FORAM(ABEL,YARLEI,E TANTOS OUTROS QUE NEM VOU CITAR…),FIZERAM AQUELA LAMBANÇA QUANDO CONTRATARAM O GALO,AGORA VÃO FAZER OUTRA,CONTRATANDO O TITE.HAJA PACIENCIA,E ESSE COLUNISTA AINDA ACHA QUE O PROBLEMA CONTINUA SENDO O ABEL….HAHAHA.E TEM GENTE QUE AINDA CONCORDA COM ELE.

  • Ivan diz: 9 de junho de 2008

    Só quero ver… ultimamente, circunstâncias ou não, tu só elogias técnicos da Azenha…

  • Alcindo diz: 9 de junho de 2008

    FOI SÓ A ARBITRAGEM PARAR DE AJUDAR QUE DESANDOU A MAIONESE. hehehehe

  • Joao diz: 9 de junho de 2008

    Tudo voltou ao normal no RS. Como eu falei um dia para os Colorados: Nada um dia apos o outro. Hoje o Gremio ta jogando o que, até entao, vinha fazendo no Gauchao na fase clssificatoria, onde foi o melhor time entre todos. Vieram as contusoes e o time se desentrosou e vieram os dois mau resultados, que resultaram na eliminaçao precoce do time tricolor no Gauchao e na Copa do Brasil. Uso esse espaço aqui pra dar um resposta aos colorados, respeitem o Gremio, melhor time do RS.

  • ALBERTO JUNIOR diz: 9 de junho de 2008

    INFELIZMENTE ESSE É O TEU DIAGNÓSTICO,NÃO DE 90% DA TORCIDA COLORADA QUE SABE QUE O GRANDE PROBLEMA DO INTER FOI E SERÁ ESSA DIREÇÃO INCOMPETENTE.FOI INCOMPETENTE JA UMA VEZ QUANDO CHAMOU GALO PATA TREINAR O INTER,VAI SER INCOMPETENTE DE NOVO CONTRATANDO TITE…FORA AQUELA BOLA FORA QUANDO MANDOU YARLEI EMBORA DAQUELE JEITO.ENTÃO NÃO TEM MAIS O QUE FALAR,TEMOS QUE COMEÇAR A PROVIDENCIAR A SAÍDA DESTES SUJEITOS,A LIMPA TEM É QUE COMEÇAR POR ELES,O RESTO É BESTEIRA…

  • silvio jaime fernandes diz: 9 de junho de 2008

    DEFINITIVAMENTE:…os problemas do Inter não são pontuais. É DE GESTÃO. Ficar discutindo esquema tático, se depois que o Nilmar voltou os caras tão sacaneando ele. – O Renan tão solicitado por todos, é igual ao Clemer. – Guinazu desapareceu em campo.
    Será que ninguém “enxerga” isto?…
    Não existe espaço no futebol para “entreguistas”. Ficar xingando técnico e jogador, não leva à nada. O Brasil perdeu uma COPA GANHA, exatamente por falta de GESTÃO.

  • Neto diz: 9 de junho de 2008

    Bem como você queria, Wianey. Sem Abel, sem Fernandão, sem Iarley, com Adriano a formar dupla de ataque todo o 2º tempo com o Nilmar… Uma maravilha. Você e mais alguns devem estar realizados.

Envie seu Comentário