Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Escurinho, Alcindo e Galocha contra o diabetes

22 de abril de 2009 6

Alcindo Martha de Freitas, lendário centroavante gremista/Mauro Vieira

Entre as ditas doenças silenciosas, o diabetes está entre as mais traiçoeiras. Não produz sintomas e a pessoa normalmente só descobre que adquiriu esta enfermidade por acaso. Muitas vezes quando já é tarde demais.

Escurinho amputou parte da sua perna direita e enfrenta problemas renais e de visão. Sérgio Galocha, faz algum tempo, também passou pelo doloroso processo da amputação. Sabe-se agora que Alcindo Martha de Freitas, o lendário centroavante gremista, está enfrentando o mesmo problema, já tendo perdido a capacidade visual do olho esquerdo.

Comecei a conviver com o diabetes quando o meu sogro perdeu parte do pé e mais tarde parte das duas pernas. Acabou morrendo cego e parcialmente surdo. Há alguns anos, quando tratava de um problema vascular, descobri que havia desenvolvido o diabetes. A insulina já é parceira antiga do Paulo Sant`Ana e a cada momento descubro que um amigo ou parente tornou-se diabético.

Acho que já passou a hora de as autoridades de saúde deflagrarem uma campanha de esclarecimento sobre o diabetes. Esta doença já se transformou em uma epidemia nacional. As pessoas estão doentes e não sabem. É possível prevenir e detectar o diabetes até com alguma facilidade e manter a doença sob controle. Mas antes é preciso saber que ela já faz parte das nossas vidas.

Além de alertar a população, o Ministério da Saúde deveria estimular o desenvolvimento de equipamentos mais baratos para o controle diário da taxa glicêmica. Hoje, alguém que confira uma vez por dia a sua taxa de glicose, gastará em torno de R$ 60 mensais, apenas na aquisição de lâminas de controle. Acrescente-se o valor de um equipamento de aferição que seja confiável e os medicamentos necessários para o controle do diabetes e teremos uma respeitável despesa contínua. Sem considerar, claro, que o diabetes quase sempre se manifesta quando as pessoas já estão gastando em exames médicos periódicos, medicamentos para controle da pressão arterial, colesterol, triglicerídios, etc.

Ah, existem vários tipos de diabetes, mas a maioria pode ser controlada com controle alimentar e caminhadas. Antes, porém, é indispensável uma campanha institucional para alertar e esclarecer a população sobre o diabetes. Assim como se faz (fazia) com relação a aids.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Rato diz: 22 de abril de 2009

    Bonitas palavras Wianey. Descobri minha diabete a 3 anos, mas só este ano consegui controlar melhor o problema. Concordo que há falta de informação por parte do governo e da iniciativa privada. Eu gasto uma pequena fortuna mensalmente, e acredito que deveria haver maior incentivo/assistência aos diabeticos. Eu acho que poderia ter um desconto nas academias por exemplo, pois por experiencia propia, sei que é fundamental ao controle do diabetes. Poderia haver tb entrevista com atletas diabeticos

  • Amarildo Rodrigues Esteves diz: 23 de abril de 2009

    Wianey! há pouco mais de dois meses perdi um irmao,entao com 47 anos,vitimado por um cancer de pancreas,que segundo os medicos deve ter se originado primeiro pelo diabetes,depois pancreatite cronica. A imprensa tem um papel importante nisso tambem. Nao esperemos só pelo governo. A RBS poderia encampar a campanha de esclarecimento sobre esta tao presente em nosso dia-dia.

  • zeca diz: 22 de abril de 2009

    Wianey, é muito triste a gente que é torcedor ver nossos ídolos nessa situação. Como a maioria dos jogadores vem de origem humilde, seria interessante que os clubes fizessem um trabalho de conscientização junto aos jogadores, pois a juventude não é eterna. Prevenir sempre. Contar com o Governo nunca, pois seus integrantes só sabem tirar proveito de seus cargos para enriquecerem às custas da miséria do povo.

  • LEANDRO diz: 22 de abril de 2009

    “CASO WALTER”

    Wianey, sabe por que o Walter foi relacionado para concentrar e depois retirado da lista e substituido pelo Tales Cunha?

    É incrivel, o Walter quando joga entra bem e não fica nem no banco???

  • Elisiane Choynowski diz: 22 de abril de 2009

    Hoje estamos vivenciando nossos ídolos passando por problemas tão graves,espero que nossos governantes se sensibilizem, realizando campanhas que alertem a população para esta doença.Escurinho,Alcindo,Sergio vcs sempre foram ídolos nos gramados, agora serão ídolos mais uma vez ,pela coragem.Essa luta não pode ser só de vcs!!!FORÇA

  • Jorjão diz: 23 de abril de 2009

    Caro Ícone dos comentaristas esportivos do Brasil! Ao ler materia da Yahoo, como faço diariamente, deparei com este título:
    Insatisfeito, Souza gostaria de mais holofotes no Grêmio – 21 de Abril de 2009 19:21.
    Ora é fácil o time do Grêmio ser novamente iluminado por holofotes, é só eles os jagadores, se empenharem mais nos jogos e fazerem aquilo para que são pagos, jogar e ganhar como o Inter esta fazendo. Se eles fizerem isso com certeza estarão na midia novamente. E eu sou gremista. Abraço.

Envie seu Comentário