Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 25 maio 2009

Iotti encarna Irmão Benildo e castiga o blogueiro

25 de maio de 2009 9

Iotti dá vida ao personagem Irmão Benildo/Júlio Cordeiro, BD - 29/10/2007
Durante a Festa do Vinho, no início do ano, em Bento Gonçalves, apresentei o programa Supersábado do local da festa. Recebi, como convidado, o nosso Iotti e com ele vieram os seus personagens impagáveis — Radicci, entre eles.

Lá pelas tantas, o Iotti anunciou que estava chegando o Irmão Benildo, personagem de um padre bipolar, engraçadíssimo. Quase explodi, rindo. Neste post, repasso a gravação do Iotti para que vocês, torcenautas, possam se divertir com a sua magnífica apresentação.

Ouça um trecho do programa

Postado por Wianey Carlet

Bookmark and Share

Inter se faz de leitão para mamar deitado

25 de maio de 2009 64

Tite está aplicando o /Mauro Vieira, BD - 18/01/2009
Este é um provérbio antigo equivalente a outros como “se fazer de morto para ganhar sapatos novos”, etc. Significa “esconder o jogo” o jogo para enganar o adversário.

Na Copa do Mundo de 2006, a seleção italiana era o próprio time que “se fazia de leitão para mamar deitado”. Começa os jogos recheada de volantes. Não saía da sua defesa. Os adversários batiam cabeça, trançavam pernas, se esgotavam tentando furar o bloqueio defensivo italiano. Nada conseguiam. Na etapa final, quando os rivais já começavam a mostrar sinais de desgaste, o treinador italiano dava o bote fatal: ora substituía um volante por um atacante, ora eram dois e quando os adversários se davam conta, a Itália estava vencendo e já não havia tempo nem tinham forças para reagir. No final da competição, lá estava a Itália erguendo o troféu de campeão.

Sei não, mas acho que Tite está aplicando o “golpe à italiana”. Assim foi pelo menos em Goiânia. O Inter atrás, se defendendo e no segundo tempo avançando, pressionando e saindo de campo vencedor. Nos jogos anteriores, também foi possível identificar igual comportamento. Pode ter sido acaso, pode. Mas, parece que não é. Ah, parece, mesmo!

Postado por Wianey Carlet

Bookmark and Share

A vida de Douglas Costa vai mudar

25 de maio de 2009 36

Tudo indica que com Autuori a vida de Douglas Costa (foto) vai mudar/Jefferson Botega
Domingo, contra o Botafogo, Paulo Autuori mandou Douglas Costa a campo no segundo tempo. O garoto entrou e o time gremista se modificou. Ficou mais agudo, ofensivo, inteligente. A jogada do segundo gol iniciou com cruzamento perfeito dele para o toque de calcanhar de Máxi Lopez e o arremate certeiro de Fábio Santos. No nascedouro do lance, portanto, jogada de Douglas Costa.

Muito antes de ser promovido para o grupo principal de jogadores, Douglas Costa já era visto, no Olímpico, como promessa de grande jogador. Lembro que Paulo Pelaipe, então diretor de futebol, previa que ali estaria uma reiteração de Ronaldinho Gaúcho.

Douglas cresceu, foi promovido, chamado para a Seleção Sub-20, voltou para o Olímpico e, então, desapareceu. Nenhuma explicação. Como os treinamentos, na maioria eram fechados, não se podia identificar as causas do ostracismo do garoto. Quando começaram as cobranças, passaram a vazar informações sem fonte autorizada. Douglas Costa estaria “mascarado”, não se esforçava nos treinamentos, etc. Tudo o que ninguém podia ver, apenas Celso Roth e os seus parceiros de comissão técnica. E como Douglas não seria louco para fazer a sua defesa, ficaram os “indícios” como causas definitivas para o seu aproveitamento nulo.

Tudo indica que com Autuori a vida de Douglas Costa vai mudar. O menino nasceu no dia 14 de setembro de 1990. Têm, portanto, 18 anos. Certamente ainda lhe falta aprender muitas coisas. Depende de conselhos, orientação. E, talvez, dos puxões de orelhas que podem ter faltado, alguns meses atrás. Aliás, teriam sido muito mais produtivos do que afastá-lo, simplesmente. Não se pode usar de extremo rigor e intransigência com um talento promissor, como Douglas Costa.

Quando um clube consegue revelar um jogador como Douglas, este se transforma em patrimônio valioso, capaz de ajudar o time e o tesoureiro, na hora de uma venda. Se, porém, ele é afastado sumariamente por qualquer razão, perdem todos: a equipe e o próprio clube.

Postado por Wianey Carlet

Bookmark and Share

O RS virou império dos indícios. Que chatice!

25 de maio de 2009 28

Diego Vara

O noticiário político tornou-se insuportável, nos últimos meses. É todo o mundo denunciando todo o mundo, ninguém provando coisa nenhuma (vontade de usar outra palavra) e um desfile de indícios que não acaba mais. Da Polícia Federal vazam indícios, do Ministério Público vazam indícios, do esgoto cloacal da Capital vazam indícios e provar, que é bom, nada. Há qualquer coisa de podre neste reino. Indícios, pelo menos, existem.

O futebol também vive dos seus indícios. Há indícios de que Paulo Autuori vai mudar o esquema tático do Grêmio, indícios de que Nilmar será vendido, indícios de que Douglas Costa será titular e indícios de que Bolívar só deixará a lateral-direita quando voltar para a França. Indícios, indícios, indícios.

Analistas esportivos, políticos e assemelhados estão se tornando especialistas em comentar indícios. Em outros tempos, seriam usadas palavras como fofocas, intrigas etc, para conceituar este tipo de situação.

O Grêmio viaja para Caracas, aonde enfrenta o time de igual nome. Há indícios de que Jadílson pagou castigo por não demonstrar bom espírito de grupo e, por esta razão, ficou fora do jogo contra o Botafogo. Mas, deverá viajar para a Venezuela. Há indícios…há indícios

São tantos os indícios infestando a vida gaúcha que deveria ser proposta a CPI dos Indícios. O próprio Brasileirão poderia ser substituído pela outorga do título antecipado porque existem consistentes indícios apontando para um eventual campeão. Arre!

Postado por Wianey

Bookmark and Share