Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Grêmio poderia buscar laterais nos EUA

23 de junho de 2009 28

Fábio Santos (E) e Ruy são os laterais titulares do time do Grêmio/Arivaldo Chaves, BD - 23/01/2009
Paulo Autuori tem uma tese interessante sobre a falta de laterais no futebol brasileiro. Ele entende que a disseminação do 3-5-2 barrou a formação de novos laterais em favor de alas, que pouco marcam e apenas atacam, além de produzir outras deformações táticas. Sobre esta questão, laterais, o torcenauta Kleiton Semensatto da Costa, escreve relatando sua observação pessoal, muito oportuna:

“Caro Wianey

Após ler no teu texto do dia 20/06 que, mais uma vez, os alas do Grêmio não tiveram um desempenho satisfatório diante do Goiás, resolvi te escrever.

Neste final de semana pude acompanhar, pela Major League Soccer (a liga de futebol dos EUA), um bom pedaço do jogo entre San Jose Earthquakes e Los Angeles Galaxy. O San Jose venceu por 2 a 1, mas manteve-se na lanterna da Conferência Oeste; o Galaxy está apenas duas posições acima, com 3 pontos a mais que o San Jose. Os dois times mostraram um futebol sofrível, e seguramente ocupariam a metade de baixo da tabela do Brasileirão, caso o disputassem.

Mas algo me chamou a atenção na partida. Os jogadores que jogavam pelas laterais do campo (em ambas as equipes) faziam um movimento recorrente: recebiam a bola e, após um avanço em direção à linha de fundo, cruzavam para o meio da área. Faltavam bons cabeceadores, mas a bola frequentemente chegava lá. Wianey, consegues perceber? Os laterais do ÚLTIMO e do ANTEPENÚLTIMO colocados da Conferência Oeste da MLS sabem receber uma bola, dominar e cruzar pra área. Ruy e Fábio Santos não conseguem sequer fazê-lo com regularidade.

É tão difícil assim cruzar uma bola na área? O futebol norte-americano está tão à frente do brasileiro, para que os laterais de lá sejam imensamente mais qualificados que os nossos? Não acredito. Acredito, sim, em treinamento à exaustão, até que a ida à linha de fundo e o cruzamento para a área se tornem algo tão natural, mas tão natural, que nossos jogadores virem notícia pela quantidade de cruzamentos efetuados, e não pela dificuldade em fazer algo que – presume-se – é pré-requisito a qualquer lateral que se preze. Um abraço do Kleiton Semensatto da Costa”.

Confesso que não tenho acompanhado o campeonato norte-americano. Mas, diante da informação do Kleiton, prometo que tentarei desviar meus olhares para o futebol daquele país.

Postado por Wianey Carlet

Bookmark and Share

Comentários (28)

  • beto diz: 23 de junho de 2009

    Esquerda, eh uma questao de opiniao, acho o futebol dos EUA fraquissimo (moro em DC). Uma das piores ligas do mundo com marcacao fraca e infantil. Se achas que jogador faz o mesmo sob pressao, entao eh bom pararmos por ai. Pessoalmente acho que no 442 os laterais sao mais importantes como marcadores e por isso nao entendi bem a reelevancia do comentario posto. O F. Santos eh ainda um bom marcador, o Ruy nao. Thiego seria mais adequado pro jogo no Mineirao.

  • Marcelo diz: 23 de junho de 2009

    O que está acontecendo no Brasil é simples, laterais que se destacam pela habilidade são logo colocados para jogar como meias. Sobrando jogadores medianos para preencher a posição mais complexa do futebol, pois os laterais são os únicos jogadores que tem que defender e atacar ao mesmo tempo, correr de ponta a ponta do campo. Arce não sabia marcar, Roger não sabia cruzar e eram grandes laterais, cabe tambem ao técnico saber buscar o melhor de cada lateral.

  • Edu diz: 23 de junho de 2009

    E quem eram os marcadores destes laterais? Ser marcado por “ninguém” é tudo que qq jogador pediu a Deus né! Mas acho que o nível técnico dos laterais em geral é bem baixo. No Brasil não vejo nenhum que seja diferenciado, nem mesmo o André Santos do Corinthians e da Seleção.

  • César diz: 23 de junho de 2009

    Deformações!!!Vamos lá então.Os meias atacantes atuais ou meios campistas de 3ª ou 4ª função não entram mais na área do adversário.Sequer fazem a função de ligar o meio com o ataque.Lembra do Osvaldo, Tita ou Paulo Isidoro?Só para dar alguns exemplos.Onde eles estão?São tão ou mais importantes na compactação de um time do que qualquer dublê de lateral/ala.Falam que o futebol está veloz.Aonde?Um time com Tcheco, Souza e Maxi Lopes pode ser veloz?A execução de jogadas está aquém dos 40km/h…

  • Alex diz: 24 de junho de 2009

    É q no futebol brasileiro criou-se uma cultura de que ala só ataca e lateral só marca. Onde estão os grandes laterais de 10 anos atrás? Eles não eram alas, eram laterais. Podem até dizer q eram apenas laterais na “teoria”, mas se isso fosse verdade, vivemos com laterais “teóricos” há mto tempo. Arce e Roger eram laterais q sabiam apoiar. Branco, Luis Carlos Winck, tb. Os laterais de hoje, foram transformados quase que exclusivamente em terceiros zagueiros.

  • leandro andre maffessoni diz: 23 de junho de 2009

    caro wianey,fico me perguntando,como um jogador profissional, em qualquer posição que ele jogue,não consegue fazer um passe ou cruzamento com perfeição:os treinadores deveriam pegar estes atletas e colocalos,exaustivamente a treinar essas
    deficiencias.lembra do valdomiro? de tanto treinar se tornou um grande cruzador.
    um abraço!

  • cassio machado diz: 23 de junho de 2009

    Pelo amor de Deus olha ao ponto que o grêmio chegou estamos discutindo se os laterais do futebol americano não são melhores que os nossos, sem olhar os americanos já respondo que sim o Rui e um jogador de segunda linha e o Fabio Santos me desculpem mas o cara se borra todo quando a coisa aperta.
    Contra o cruzeiro so na raça coisa que so vejo em Herrera, Maxi, Adilsom.

  • paulo silva diz: 23 de junho de 2009

    Nos temos na base um lateral esquerdo de origem chama-se Bruno Collaço, atleta este que foi destaque em torneio recente na Itália.

  • giovani diz: 23 de junho de 2009

    Esse cara ta de brincadeira, ele tava vendo futebol americano eu acho, que isso.

  • beto diz: 23 de junho de 2009

    Em outras palavras, estamos (alguns) falando que tanto Ruy como Fabio Santos seriam as estrelas de seus times nos EUA. Eh absolutamente terrivel o futebol dos EUA. Marcacao primaria e infantil. A proposito, eu nao acho o F. Santos tao fraco quanto dizem, especialmente porque ele eh jovem e pode evoluir. Ja Ruy, de 30 anos…

  • Alex diz: 23 de junho de 2009

    Coitado do Maxi López com esses laterais do Grêmio. Imagina o Jardel sem o Róger e o Arce, não iria fazer gol nunca.

  • beto diz: 23 de junho de 2009

    Tem um problema muito serio nesse comentario: ele nao leva em conta a qualidade do adversario! Se ninguem me marcar, eu tambem vou a linha de fundo e cruzo. O Ruy tambem o fazio pelo Nautico. E Ruy tambem fora um dos melhores jogadores do Gremio no gauchao. Mas assim que os adversarios marcam melhor as dificuldades aparecem. Ou seja, eh bem provavel que esses jogadores nao conseguiriam fazer o mesmo contra adversarios mais qualificados. O problema nao era que os laterais nao sabiam marcar?

  • Marcelo Xavier diz: 23 de junho de 2009

    Sou do tempo (pelo menos, eu era) que lateral se fazia em casa. Deve ser piada, né? snt

  • ezequiel diz: 23 de junho de 2009

    ruy nao sabe cruzar, fabio santos nao sabe cruzar.
    joilson cruza um pco melhor, jadilson tb.
    até o Paulo Sergio cruzava melhor que o Ruy…
    só pra ver o nivel do nosso lateral direito.
    foi bem no gauchao? mas até eu iria bem no gauchao. vamo combinar, gauchao até jogador de terceira e quarta linha se destacam…

  • Fernando de Oliveira diz: 23 de junho de 2009

    Com certeza nossos laterais deveriam fazer mais cruzamentos (e com qualdiade) na área, pois, ao q tem demonstrado, o Maxi é um excelente cabeceador.

  • Anderson diz: 23 de junho de 2009

    A resposta é simples: lá, é TREINADO (a exaustão até) FUNDAMENTOS!

  • Esquerda diz: 23 de junho de 2009

    Parabens Kleiton, muito feliz seu comentário, e em relação ao amigo que fala que os laterais estão bem marcados e não conseguem cruzar, por favor me poupe amigo, os nossos laterais estão contantemente em condições de cruzar nas varias oportunidades que tem e ao invés disso os bagres armam contra ataques, sem fundamento pra esses bagres. coloquem os juniores se for preciso pois com os titulares são dois jogares amenos em campo. Fora Fabio santos e Ruy, a torcida não pode mais ver vcs em campo.

  • Guilhreme diz: 23 de junho de 2009

    Tem toda razão. Se nao cruzassem na área, nem JARDEL faria bol. Hoje temos um baita centroavante, mas nao temos laterais pra cruzam.
    RUMO AO TRI, NAO IMPORTA COMO!!!

  • luiz trias diz: 23 de junho de 2009

    é impresionante como os laterias do Gremio são péssimos, não sabem cruzar uma bola na área, isso tendo o Maxi Lópes que mostrou que sabe fazer gols de cabeça, não sabem aproveitar. Mas a culpa não é dos atletas e sim dos treinadores que até hoje não mandarom treinar até aprender. Não sabem, então vão aprender seus incompetentes.

  • França diz: 23 de junho de 2009

    Acredito que sejam mehores mesmo, só pelo fato de que os laterais do Gremio são simplesmente horríveis.

  • João diz: 23 de junho de 2009

    O GRÊMIO E O INTER, AINDA MAIS DEPOIS DO SHOW
    QUE DEU DANILO SILVA CONTRA CORINTIANS E FLAMENGO!!!

  • Bruno Tricolor diz: 23 de junho de 2009

    HSAIUHAIAUAIUIH… esse Kleiton deve ser um fanfarrão , com todo o respeito…. de repente retorna ao Olimpico o craque chileno Boceju…rssssss.

  • JOSE CARLOS diz: 23 de junho de 2009

    LEGAL,OS LATERAIS QUE TÍNHAMOS,TODOS DOS JUNIORES,MUITO MELHORES QUE ESTES QUATRO QUE ESTÃO AÍ,MANDAMOS EMBORA.ONDE ESTÃO BRUNO TELES,MATIONNE,SIMON E ATÉ ANDERSON PICO ERA MELHOR QUE ESTE FABIO SANTOS

  • JOSÉ CARLOS diz: 23 de junho de 2009

    TEM GENTE COM SAUDADES DO ARCE,ROGER E LÚCIO.MAS RECENTEMENTE TÍNHAMOS BRUNO TELES E ANDERSON PICO NA ESQUERDA,MATIONE E SAIMON NA DIREITA.TODOS ELES MELHORES DOS QUE AGORA ESTÃO NO OLÍMPICO.AINDA DIZIAM QUE PICO NÃO SABIA MARCAR,QUE BRUNO ERA INEXPERIENTE,MATINNE JÁ TAVA VENDIDO,POR ISTO NÃO O COLOCAVAM EM CAMPO E O SAIMON FOI REBAIXADO.

  • giovani diz: 23 de junho de 2009

    te confesso …nao da mais pra aguenta o ruim …quer dizer o rui …jadilson precisa assumir na esquerda urgente

  • André Rafael Muniz diz: 23 de junho de 2009

    SAUDADES DO ARCE E DO ROGER!!!!

  • Eder diz: 23 de junho de 2009

    Se os laterais daqui chegam à linha de fundo e cruzam na àrea, isso significa que os outros laterais, que deveriam estar marcando, não conseguem fazê-lo. Ou seja, um lateral daqui não consegue parar um jogador de defesa de um time daqui, que dira um atacante brasileiro.
    Em tempo: O futebol aqui nos EUA é muito fraco. Basicamente, alguns mexicanos em reta final, como Blanco, e outros jogadores com muito mais vontade do que capacidade.

  • Kleiton diz: 23 de junho de 2009

    Concordo que minha análise não considerou a marcação deficiente dos adversários, pessoal. Mas mesmo assim, na maior parte das vezes, Ruy e Fábio Santos só conseguem ser efetivos na linha de fundo quando cavam um escanteio…

Envie seu Comentário