Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 6 agosto 2009

Contratações que o Grêmio poderá fazer

06 de agosto de 2009 35

Por enquanto, são apenas interesses, cogitações, mas se os nomes de jogadores que estão no noticiário como contratações que o Grêmio deseja fazer, é possível afirmar que o time se reforçará significativamente, se as pretensões se tornarem realidade.

A volta de Felipe Mattioni seria uma benção para Paulo Autuori, que lida com tórrida escassez de opções para a lateral-direita. E a vinda de Leandro, atacante, combinaria com o estilo de jogador que os gremistas apreciam. Lutador, participativo e razoável finalizador, Leandro seria um belo acréscimo de qualidade. Falta, apenas, que as cogitações se transformem em transações realizadas.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Fernandão não seguiu exemplo de Falcão

06 de agosto de 2009 135

Mauro Vieira, Banco de Dados - 16/03/2009

Não se discute que Fernandão foi o grande líder colorado nas maiores e mais importantes conquistas do Internacional. Tampouco se questiona que Falcão foi o maior ídolo e craque da história do Inter. Para não dizer, o melhor jogador que já vestiu a camiseta vermelha.

Ambos deixaram o Inter sob forte consternação dos colorados. A diferença, está na volta. Falcão voltou para o Brasil e desembarcou no Morumbi. Não forçou retorno para o Inter, não provocou crise alguma. Sequer se ofereceu para voltar, criando constrangimentos para o clube que o revelou. Não é o que está acontecendo com Fernandão.

O grande capitão não apenas forçou o seu retorno para o Beira-Rio com o fez sob a pretensão que sua volta lotaria o aeroporto e ele entraria no time, naturalmente. Respeito opiniões contrárias mas acho que seria um erro a sua repatriação. Fernandão já arrastava a bunda, meses antes de se transferir para o Catar. Penso, também, que a vaidade foi má conselheira de Fernandão. Está falando demais, atacando demais, se achando demais. Teve saída igual a de Falcão mas a volta, quanta diferença.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Garotos trocam o Olímpico pelo Beira-Rio

06 de agosto de 2009 29

Éder Aleixo na época em que jogava no Grêmio/Divulgação

Não perguntem se Henrique, de 15 anos, Murilo, de 16, Diego, de 15 e Fabinho, de 13, são garotos promissores. Não tenho a menor idéia. Jamais ouvi falar deste quarteto, embora seja irrelevante, pois só se conhece jogadores tão jovens quando estes disputam competições importantes pelas seleções amadoras da CBF. Mas, o que têm estes quatro garotos que mereça destaque? Simples, todos eles integravam a equipe juvenil do Grêmio e se transferiram para o Beira-Rio.

Informa-se que pertenciam ao Vespasiano, clube cujo proprietário é Eder Aleixo, ex-ponteiro-esquerdo do Grêmio e da Seleção, que os havia colocado no Grêmio e, por falta de pagamento, resolveu levá-los para o Inter. Está noticia que o Inter pagará pelos “passes” dos quatro, menos de R$ 200 mil. Enquanto não mostrarem se valem o investimento e a ação do Inter, permanecerá como fato singular a troca de clubes. Apenas isso.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Inter não joga duas e permanece no g-4, por pontos

06 de agosto de 2009 17

Taison e Bolivar embarcando para competir na Copa Suruga/Diego Vara, Banco de Dados - 31/07/2009

Para cumprir o compromisso pela Copa Suruga, o Internacional deixou de disputar duas partidas pelo Brasileirão. Seria normal que, voltando para o Brasil, estivesse alijado do G-4. Entretanto, os resultados, até agora, não foram danosos aos interesses do Inter, pelo contrário.

Esta noite, dois jogos afetarão, diretamente, os objetivos do colorado: Palmeiras x Grêmio e Barueri x Vitória. O Inter, pensando no título, gostaria que o Grêmio vencesse e o Vitória fosse derrotado. Se estes resultados acontecerem, o Inter desembarcará em Porto Alegre, amanhã, desfrutando a possibilidade matemática de, cumpridos os dois jogos que têm a menos, ficar apenas um ponto atrás do líder, o Palmeiras. E, dividindo a mesma pontuação com o Grêmio, podendo ultrapassar o rival com um simples empate em um dos dois jogos que não disputou.

Enquanto o Inter, em número de jogos, não emparelhar com os demais times, a situação permanecerá confortável. Mas, mesmo com a defasagem de dois jogos, a equipe de Tite poderá permanecer no G-4, por pontos ganhos. Assim:

O Grêmio, vencendo o Palmeiras, esta noite, somará os mesmos 27 pontos ganhos que têm o Inter.

O Vitória, derrotando o Barueri, em São Paulo, também chegará aos 27 pontos ganhos.

Na próxima rodada, o Grêmio joga com o Barueri, fora do Olímpico, o Vitória joga com Fluminense, na Bahia, e o Inter receberá o Sport. A tendência, por jogarem em casa, favorece vitórias de Inter e Vitória. Neste caso, considerando que o Grêmio vença esta noite e perca para o Barueri, ou vice-versa, O Inter fecharia a próxima rodada empatado com o Vitória, em pontos.

Na rodada seguinte, O Inter terá pela frente o Santo André, em São Paulo, o Vitória joga com o Goiás, em Goiânia e o Grêmio recebe o Flamengo, no Olímpico. Levando em conta uma certa lógica da competição, vencem anfitriões e perdem visitantes, o Inter voltaria a ter a companhia do Grêmio, na pontuação. Mas, continuaria com dois jogos a menos.

Resumindo: dificilmente o Inter deixará o G-4, até cumprir o mesmo número de jogos que os demais. Falando, apenas, em pontos. Os outros critérios, sabe-se, são muito voláteis. Merecerão melhor consideração nas últimas rodadas do campeonato.

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Dois tanques verdes ameaçam o Grêmio

06 de agosto de 2009 18

Nelson Antoine e Giuliano Gomes, AE

O jogo desta noite, em São Paulo, permite projetar colisões de enormes proporções. Quando a bola começar a rolar, dois tanques verdes rumarão contra a defesa gremista com ímpeto homicida. Estes dois poderosos artefatos de guerra têm nome: Obina e Diego Souza.

A fortaleza física de ambos combina com experiência, arrojo e boa competência. A artilharia de ambos é respeitável. Atacam por terra e, principalmente, pelo ar. A bola alta deverá ser a principal arma palmeirense. Mas, em se tratando de Diego Souza, ele é uma ameaça que ataca vindo de trás, por todos os lados, protegendo a bola com a sua imponente figura e investindo com respeitável qualificação técnica.

O sistema defensivo gremista terá que trabalhar muito para conter Obina e Diego Souza. E, duvido que consiga fazê-lo sem cometer faltas. Se tentarem barrar os dois tanques verdes apenas visando a bola, dificilmente o Palmeiras deixará de marcar gols em Victor.

Postado por Wianey

Bookmark and Share