Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Onde começaram as mágoas que Dunga carrega

09 de setembro de 2009 35

Silvia Izquierdo, AP

Engana-se quem pensa que o ressentimento de Dunga começa com a campanha desastrosa da Seleção Brasileira, em 1990, quando o fracasso brasileiro foi classificado como efeito da “Era Dunga”, uma grossa injustiça. Mas, não foi naquele momento que despontaram as mágoas de Dunga. Foi muito antes, quando recém fora promovido da equipe júnior do Inter. Em certo momento, pressionado por críticas descabidas para um garoto, Dunga reagiu:

— Ainda vou vestir a camisa da Seleção Brasileira — garantiu.

Nem preciso lembrar a repercussão de tão ousada manifestação. Riram de Dunga, escarneceram, zombaram, gargalharam sobre o seu atrevimento. Eu era um repórter emergente. Diante da declaração e os seus efeitos, lembro que fui tomado de perplexidade. Teria sido um exagero cometido pelo jogador? Haveria procedência na reação que brotava de parte da imprensa? Mas seria crime hediondo que um jovem programasse o seu futuro?

O tempo passou, e Dunga, com esforço e paciência, foi construindo o seu destino. Saiu pelos caminhos do mundo e, por onde passava, conquistava respeito e admiração. Mas, como estava longe do Brasil, não incomodava seus detratores. Convinha-lhes fazer-se de surdos. Que o “brucutú” fizesse a sua carreira longe do artístico futebol brasileiro. A trégua acabou quando Dunga foi convocado. Para os seus adversários, uma afronta inaceitável. Como é que aquele “quebrador de bola” se atrevia a figurar na maior seleção do mundo? Veio o fracasso naquela Copa e trataram de enterrar aquele que foi eleito, criminosamente, como o símbolo da derrota. Mas, quando se trata de Dunga, nada acaba sem que ele decida acabar. Quatro anos depois, lá estava ele, erguendo a taça, o Capitão do Tetra. O título concedeu-lhe anistia? Ora, seria preciso que tivessem 10% da grandeza de Dunga.

De 1994 para cá, Dunga encaminhou o encerramento da sua carreira de jogador, não sem antes salvar o Internacional do rebaixamento e, uma vez mais, ser desrespeitado e ofendido por maus dirigentes que passaram pelo Beira-Rio.

Dunga, treinador da Seleção Brasileira, é capítulo em desenvolvimento. Cessaram as críticas, ensacaram o conceito de que não era treinador e, por esta razão, não poderia comandar a Seleção. As vitórias calaram os perseguidores de Dunga. Mas não pensem que eles se aposentaram. Estão, simplesmente, à espreita, torcendo por um tropeço para voltar a atacar. Dunga sabe disso. Por isto, deixa verter nas entrevistas o azedume das suas mágoas. Talvez não devesse . Mas, quem se atreve a negar-lhe o direito de resposta?

Postado por Wianey

Bookmark and Share

Comentários (35)

  • adelqui santos diz: 9 de setembro de 2009

    Prezado Latino americano, vejo com certo exagero seu comentário, primeiro por que pra ser tetra campeão ele não jogou sozinho, segundo por salvar o INTER da segundona ele recebia salário e terceiro convocou Nilmar e Kleber somente pra ajudar o corinthians na final da copa do Brasil…………..OK.

  • ISAFAN SILVA diz: 9 de setembro de 2009

    Caro Jornalista como não tenho talento pra expressar atravez da escrita um sentimento, faço minhas suas palavras, parabens pelo otimo texto em relação ao Grande Dunga, referencia de dignidade e persistencia.

  • Kauê diz: 9 de setembro de 2009

    Melhor coisa que tu já escreveu aqui Vianey. O Dunga vai nos levar a mais um título de Copa do Mundo. Sou fã desse cara. Abraço!

  • Reynaldo Bastos diz: 9 de setembro de 2009

    Como jogador de sucesso que foi, apesar da mediocridade técnica, Dunga deve sua carreira ao empresário Juan Figer. Foi ele que mandou tirar Bernardo da seleção para colocar o gaúcho nos tempos do técnico Carlos Alberto Silva. Sim, nos anos 80 já havia esquema de convocação de jogadores. Esta simples mudança de nomes levou Dunga para a Udinese e de lá para outras plagas. Afinado com o poder, não foi difícil para ele se manter na seleção como jogador e agora como técnico.

  • homero felipe diz: 9 de setembro de 2009

    não acho q ser estúpido e mau educado,seja direito de resposta,grandesa se mostra se mostra justamente agindo de forma diferente,da q dunga age,vc não precisa andar abraçado com quem t criticava,mas pedir q profissionais sejam demitidos porque o criticam,não é direito de resposta,é mau caratismo puro e comportamento rasteiro,fici enojado qdo vejo,treinadores como dunga,muricy,luxemburgo e outros,serem estúpidos,porque uma simples pergunta os desagrada,e tem quem defenda este tipo de comportament

  • Pedro Lapinscki Junior diz: 9 de setembro de 2009

    Los invictos atacam novamente. Qdo o Muricy dá respostas ríspidas, ele é mau humorado e talicoisa. Qdo é o Dunga, é pq ele está dando resposta pros críticos. Como é difícil ser comentarista assim… Sempre temos uma teoria pra justificar nossa tese. Nem q precisemos enquadrar os fatos à nossa tese na marra.

  • Jonatan diz: 9 de setembro de 2009

    Dunga pra mim é um exemplo de superação dentro de campo. Com um futebol muitas vezes pouco vistoso, calou seus críticos conquistando o Tetra. Nunca vou esquecer daquele gol marcado contra o Palmeiras que nos livrou da segundona. Dunga é um ídolo colorado e deveria ser, por méritos, um ídolo nacional. Falar na Seleção é muito fácil: apesar das convocações inexplicáveis já feitas (Cássio ex-Grêmio)se firmou e implantou uma mecânica de jogo que apenas a Espanha em nível mundial pode superar.

  • carlos eduardo santos da silva diz: 9 de setembro de 2009

    Ola Wianey Carlet moro em floripa, mas sou Gaucho de São Lourenco do Sul e acompanho diariamente seu blog, escrevo so para te dizer que sou seu fã voce é atual e aborda tudo que comentas com muita imparcialidade que é muito dificil encontrar, e esclarece muitas duvidas como as atitudes do dunga com a imprensa a novela do fernandão com fernando carvalho e outro asuntos q abordas todos os dias eu me surprendo com o q escreve, é muito bom ler seu blog um abracao deu um colorado q é seu fã………

  • LUCIANO PAULO GIACHINI diz: 9 de setembro de 2009

    Bom dia Wianey, Dunga tem sim todo o direito de ser azedo como você disse, principalmente com a imprenssa do centro do país. Antes criticavam o técnico, porém ele provou em campo entender de futebol. Agora começam a criticar o homem, como fez o Sr. Juca Kfouri na Folha de SP. esta semana e o Sr. Neto em seu blog no UOL. Como são urubus essa gente?

  • Januário Rebelatto diz: 9 de setembro de 2009

    PARABÉNS DUNGA, VOCÊ FOI E SEMPRE SERÁ UM VENCEDOR, ENQUANTO QUE MUITA GENTE FICA SÓ CRITICANDO, VOCÊ TRABALHA E MOSTRA PARA O MUNDO COMO SE DEVE FAZER.
    ABÇS.

  • Daniel Xavier diz: 9 de setembro de 2009

    Wianey! com a sabedoria de sempre fez um retrato de nosso capitão e treinador Dunga.
    Estava assistindo um programa esportivo na tv à cabo e consegui já enxergar essas raposas velhas que não entende nada de futebol muito menos o que é superação, é isso que o Dunga mostrou e mostra a cada dia que a seleção brasileira vence seus adversários.
    Dunga é um exemplo para nós brasileiros desconhecidos,que mesmo que ninguem aposte em nós.Temos que apostar.
    Dunga é e carne e osso não de PVC.

  • André Luiz diz: 9 de setembro de 2009

    Tens razão Wianey. Sou colorado desde quando me conheço como gente e até hoje não aceito a forma como se deu a saida do Dunga do Beira-rio. Se o Fernandão esta chorando por causa de um e-mail, o Dunga teria razão para odiar todos que vestem vermelho.
    É o problema das preferências que não dão lugar a competência. É o problema do pré-conceito.
    Admiro o Dunga pois foi um atleta (muito mais que jogador de futebol) aprendeu a desenvolver suas virtudes ao longo da carreira. Parabéns ao Dunga!

  • Rafael diz: 9 de setembro de 2009

    “…não sem antes salvar o Internacional do rebaixamento…”

    Caro Wianey, esqueceu de dizer que salvou, mas foi um dos principais responsáveis pela campanha sofível se arrastando em campo como um ex atleta que era à época, a direção seguinte fez o que tinha que fazer, rescindiu o contrato dele.
    abraços

  • J. Pinheiro diz: 9 de setembro de 2009

    A imprensa, no geral, diz o que quer, faz o que quer e como quer, sem a mínima ética, mas fica furiosa quando tem o troco. Sentem-se atingidos e atacados o bando de safados que seguram um microfone ou escrevem algumas besteiras em jornais ou revistas. São como deuses, intocáveis, acima da sociedade e do respeito ao ser humando. Um dia isso tem que acabar e a imprensa, então, vai ser feita por homens como o Dunga.

  • JO diz: 9 de setembro de 2009

    A GREMISTADA TEM UMA INVEJA DO DUNGA PORQUE SENTE QUE ELE NA SELEÇÃO SERÁ COMO O INTER:IGUAL NUNCA HOUVE!!

  • gremista da palhoça diz: 9 de setembro de 2009

    Não sei comentar sobre o tempo do Dunga jogador, mas desta fase de treinador sei direitinho que o Wianey não pode posar de santinho. Ele foi um crítico voraz e cruel do Dunga até pouquinho tempo atrás. Agora vem querer se passar de defensor e etc e tal. Que isso!!!

  • Jonatan diz: 9 de setembro de 2009

    Dunga: símbolo e orgulho ijuiense!!!

    Um Abraço Wianey!!

  • A CULPA É DA PRÓPRIA IMPRENSA diz: 9 de setembro de 2009

    Caro Wianey, o teu relato, a tua análise, apenas confirma, desnuda, a índole da imprensa, que é feita por pessoas desqualificadas, é feita por tipos sem a mínima idéia da sua função social e, nem de longe, fazem noção do que é ética. A imprensa, com raras exceções, é composta de pessoas que vivem como vermes: só se sentem bem e mostram alguma destresa na lama, no lodo, no esgoto. São pessoas que não constroem nada e se julgam deuses por poderem manipular os incautos. São seres vis, pessoinhas.

  • Luiz Carlos Pauli diz: 9 de setembro de 2009

    WIANEY…..sempre acreditei no DUNGA. Tanto que temos em nosso estabelecimento, um enorme banner com a foto dele e meu sobrinho. Foi em 2001, quando muitos me perguntaram o motivo desse banner e eu falei….”o Dunga ainda vai ser técnico da seleção…. acertei…o banner tá lá até hoje para quem quiser ver.

  • fabian diz: 9 de setembro de 2009

    “Dunga é gaúcho e não desiste nunca”. Daria uma ótima propaganda.

  • Mauricio Todeschini diz: 9 de setembro de 2009

    Dunga é a maior prova de que um técnico mediano pode se dar bem na Seleção Brasileira. Afinal, ele não tinha nenhuma experiência e não passa a sensação de ser um gênio da tática, nem da preleção. É só não atrapalhar. Em exemplo clubístico, vejam o Marcelo Rospide, que com bem menos jogos que o consagrado Paulo Autuori, venceu 2 jogos fora de casa. Técnico tem muito nome, mas são poucos os que fazem milagres: FELIPÃO, MANO MENEZES, MURICY, LUXEMBURGO. Não passa daí.

  • Marcelo diz: 10 de setembro de 2009

    Dunga é mais um motivo de orgulho para o povo gaúcho! É honesto, batalhador, tem caráter, cara limpa, semblante sério, corajoso e aguerrido. Adoro ver o Dunga mostrar ao Brasil como é que age um legítimo homem gaúcho. Sou COLORADO e me orgulho disso, e de ter nascido na terra de homens como Felipão e Dunga. Sirvam nossas façanhas, de modelo à toda terra !!!

  • Gabriel diz: 9 de setembro de 2009

    concordo com quase tudo… no Inter foi um fiasco, foi o que seria com o Fernandão… colocado no time titular na marra… tá certo, ele fez o gol contra o palmeiras, mas tb ajudou a deixar o Inter naquela situação ridícula…

  • Tarcis diz: 9 de setembro de 2009

    Queria muito que este texto chegasse aos cronistas esportivos do centro do país. Parabéns, Wianey.

  • Alvaro diz: 9 de setembro de 2009

    Até que enfim um mais censato, que “remendou” parte do azedume de grande parte da imprensa lusitana, como o blog do Zini. Quem quer ter uma amostra clara do que o povo pensa de DUNGA leia os comentários no blog do Zini, que tomou bem na ponta do nariz.

  • Rose e Rafael – Colorados diz: 9 de setembro de 2009

    Boa matéria! Adorei ver o Dunga na entrevista mostrando que não é trouxa e que não se deixa levar por falsos que agora querem dar tapinha em suas costas. Certíssimo Dunga, torço por ele, grande colorado, injustiçado pela diretoria assim como I10 e F9, mas sempre decidido, jamais duvidem de Dunga, ele é um obstinado e a dúvida é o combustível para provar que “sim ele pode” alcançar os objetivos que ele quiser. Parabéns Dunga, continue sendo este Guerreiro dos Pampas.

  • Luiz Schneider diz: 9 de setembro de 2009

    Continuam as asneiras ditas a brocha gorda!!! Eu nunca vi o Dunga com mérito algum para ser o treinador da seleção que por sinal não faz nenhuma diferença num país que tem tanta coisa séria para se preocupar!!! O Dunga é o perfeito mané que o Ricardo Eterno Teixeira precisa para o cargo e nada mais!!!!

  • Aldebaran diz: 9 de setembro de 2009

    O que o Dunga está fazendo é afrontando a imprensa através de trabalho e seriedade. A torcida está em sua maioria, pelas manifestações que vejo, do lado dele, e a imprensa está se vendo desprestigiada e sem lastro quando “queima”. Quem está criticando o fato dele ser azedo nas entrevistas, na verdade está com receio pq as pessoas estão criando empatia com ele, estão se colocando no lugar do Dunga, entendendo que ouve coisas ofensivas e depois ganha tapinhas nas costas das mesmas pessoas.

  • Augusto diz: 9 de setembro de 2009

    Como é facil fazer comentários depois dos jogos e vitórias, lembro-me muito bem de ver toda a imprensa brasileira sentando o Paú no Dunga, pq não tinha conhecimento suficiente para ser o técnico da seleção, e agora é só elogios, desta mesma imprenssa que ontem estava criticando. Desta maneira é muito facil ser um jornalista esportivo.
    Um abraço a todos.
    DA-LHE DUNGA TU ÉS COLORADO E ACIMA DE TUDO GAÚCHO.

  • miguel diz: 10 de setembro de 2009

    TAMBEM CRITIQUEI MAS A RESPOSTA DEFINITIVA VIRA COM O CAMPEONATO MUNDIAL O BRASIL SERÁ CAMPEÃO DA PRÓXIMA COPA DO MUNDO SANDRO VAI ESTAR LÁ E TAL VEZ SEJAS TITULAR
    AI NÃO SOBRARAS MAIS CRITICOS PARA ENCHER A PACIENCIA DO DUNGA

  • Vitor Hugo Machado da Silveira diz: 9 de setembro de 2009

    É aquela velha história Wianey, quem bate se esquece, mas quem apanha nunca se esquece. Palavras de Dunga mesmo…

  • Elias Mangueira Lopes diz: 9 de setembro de 2009

    me atrevo a dizer que será o maior treinador que essa seleção já viu… poucas vezes vi um time com tanta vontade de vencer, parabéns Dunga vc tá fazendo um enorme favor ao povo brasileiro, resgatando a paixão pela seleção…

  • Juliano diz: 9 de setembro de 2009

    Depois de tudo que disseram pra ele, tem mais é que ser assim mesmo. A imprensa brasileira é muito despreparada mesmo.

  • Roberto Soares diz: 9 de setembro de 2009

    Eu fui um dos que previu que um dia o Dunga jogaria na seleção, quando ainda jogava no Inter, fiz a mesma previsão em relação ao Lúcio também quando começou no Inter, tenho testemunhas disto. Não me enganei, acho que é porque sei que um jogador pra ser vencedor precisa muito mais do que técnica, precisa ter acima de tudo personalidade e bom carater, e estes dois têm de sobra. Quer outra previsão: O Pato não vai vingar na seleção, pois não tem personalidade e o Dunga já viu isto.

  • Jota diz: 9 de setembro de 2009

    Concordo com tudo. Dunga é um VENCEDOR no melhor sentido da palavra. E vejo que alguns aqui no blog, não entendem a diferença entre “críticas” e “perseguição”. E mais: quem “crítica qnd perde” e “elogia qnd ganha”, tem q fazer isso no mesmo tom. Senão não vale.

Envie seu Comentário