Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Inter em São Paulo em confronto permanente

18 de junho de 2010 18

Em 2006, antes da decisão da Taça Libertadores da América, o Inter descobriu que o São Paulo tramava fazer um contrato tampão com o centroavante Ricardo Oliveira para, assim, utilizá-lo nos jogos decisivos contra o Inter. Fernando Carvalho deixou “vazar” para a imprensa que o Inter estava preparado para protestar nos tribunais. O São Paulo assustou-se com a ameaça e não escalou o grande atacante. O Inter acabou sendo campeão da competição.

O São Paulo daria o troco quando o Inter negociava a contratação do zagueiro Miranda. O clube paulista Morumbi atravessou o negócio e desviou Miranda para o Morumbi. Não fez diferente quando Fernando Carvalho tentava trazer Dagoberto para o Beira-Rio. Agora, é o Inter que volta a atacar. Do meia-atacante Oscar, 18 anos, falam-se maravilhas. O São Paulo cochilou e o jogador acabou desembarcando no Beira-Rio, nesta quinta-feira.

Neste confronto permanente, desde 2006, Inter e São Paulo estão empatados. Ninguém imagine que a guerra vá parar por aí. Mas, é preciso admitir que o clube paulista não tem escrúpulo algum quando se trata de levar para o Morumbi algum jogador que esteja sendo negociado com outro clube. Os são-paulinos se atravessam, mesmo. O Inter decidiu encarar a briga. Não é uma situação, eticamente, recomendável. Porém, tratando-se do São Paulo, não se pode enfrentá-lo com flores. No round pelo garoto Oscar, o Inter saiu-se vencedor. Mas a luta entre os dois clubes continua.

Bookmark and Share

Comentários (18)

  • Guilherme diz: 18 de junho de 2010

    agoira tem essa briga da janela, que pode dar mais uma vitoria ao glorioso colorado!

  • Cláudio diz: 18 de junho de 2010

    É sempre conveniente criticar só um lado e passar a mão sob o outro. Isso se chama bairrismo Wianey.
    O Inter tá agindo sem ética alguma, assim como quando aliciou o jogador da base do Gremio (Lucas Severo) e a imprensa silenciou. Por que será?

  • beto diz: 18 de junho de 2010

    QUE VENHAM, NOSSOS FREGUESES, O Q É DELES TA GUARDADO, COM ROTH E TUDO, VAMOS DALHE……………. FORÇA INTER

  • Telmo Curcio Filho diz: 18 de junho de 2010

    Espero que a “mandinga” funcione e a gente ganhe do São Paulo novamente!
    Abraços.

  • Diogo diz: 18 de junho de 2010

    Este cara tem a cara do Dracula e é conhecido com Vampiro Carvalho, sugador do sangue alheio. Mas cravarão um Roth
    no coração dele e a torcida ainda o vai enxotar do Beira Rio

  • ricardo nh diz: 18 de junho de 2010

    Briga de dois times sem escrúpulos. Que só ganham pelo tapetão…

    (Nacional URU em 2006, antecipação da janela 2010… o inter aprendeu direitinho)

    VERGONHA

  • Jonas diz: 18 de junho de 2010

    Some o caso Oscar ao caso Celso Roth, e ao dos garotos roubados da base do Grêmio, e verás qual é a equipe mais anti-ética do sul do país.

    Querem ser tricolores! Tentaram usar camisa dourada, tentaram contratar os ídolos gremistaws e agora querem imitar a postura nada apropriada do São Paulo.

  • Carlos Alberto Rathunde diz: 18 de junho de 2010

    Na verdade, caro Wianey, isso é assim desde que inventaram concorrência. Sempre houve e haverá disputas entre potências parelhas. Sadia briga com Perdigão (ou brigava), Ipiranga com Petrobras, Inter com São Paulo. Já o grêmio….

  • Thanos diz: 18 de junho de 2010

    puts vai começar outra novelinha Global… agora o Inter tem um garoto virtuoso q o Celso Roth vai deixar no banco e humilhar na frente dos repórteres como sub trama, junto com o enrredo do 3x5x2 e do Roth perdedor… q venha um 2º semestre bem chatoooooooooo com as mesmas discuções q a imprensa gaucha adora… na moral futebol tah muito chato…. mas é o q temos para fazer neste brasil de novela, futebol, carnaval e big brother…

  • saul diz: 18 de junho de 2010

    Ética exemplar destes dirigentes. Tem gente que vibra. Gente mesquinha e de pensamento pequeno. Depois querem reclamar dos politicos. Futebol é diversao mas está no submundo da hipocrisia do ser humano. Legal não quer dizer moral mas há quem goste e chame isto de “vitória”.

  • Lazo diz: 18 de junho de 2010

    O São tem fama de atravessar os negócios de todos, tanto que há queixas de diversos clubes contra o São Paulo, por ter se atravessado em sempre que um clube está em negociação com algum jogador.

  • Marcelo diz: 18 de junho de 2010

    E o zagueiro Dalton, do Fluminense? Esse o Inter tbm quer roubar. E ai? Tá dando troco no coitado do Flu porquê?

    Tem cada disculpa pra defender a falta de ética Colorada…

    http://wp.clicrbs.com.br/duplaexplosiva/2010/06/18/daltonoscar-a-pastinha-de-fernando-carvalho/?topo=13,1,1,,,2

  • Carlos diz: 18 de junho de 2010

    Você esqeuceu que o SP tentou tirar o Guinazu do Inter no começo do ano!!!!!

  • Edo Amaral diz: 18 de junho de 2010

    Só se pode esperar isso dos dois maiores clubes brasileiros. Essa disputa é pra quem pode não pra quem quer. Entendeu o que eu quero dizer? É que vocês da azenha só tem de ficar assistindo essa disputa entre os dois maiores clubes brasileiros.

  • Luiz diz: 18 de junho de 2010

    Que bobagem…ficar brigando por jogador (este tal de Oscar) que, em anos de São Paulo nunca se firmou..se fosse tão bom assim já teria jogado no time titular e tomado a posição..perda de tempo..como foi perda de tempo com Marinho, Tiago Humberto, Ronaldo, Arilson, etc…todos viraram come e dorme no Beira-Rio…Tem é que trazer jogador afirmado, pronto…apostar nestas “promessas” que nunca se afirmaram nos outros times e FURADA!!! Direção entreguista e perdedora.

  • Marcos Royer diz: 18 de junho de 2010

    Futebol e ética não combinam. Inter e ética também não. Qualquer clube seria a mesma coisa. Como sempre, o rapaz latino americano é limitado em suas análises.

  • Rodrigo R. diz: 18 de junho de 2010

    Wianey, antes de cair no velho coitadismo gaudério e chororô provinciano contra o malvado “Centro do País”, instituição do mal a qual gaúchos comedores de mortadela e arrotadores de caviar atribuem sua decadência em todas as áreas, inclusive o futebol, lembre que em relação a Ricardo Oliveira, em 2006, o jogador, emprestado pelo Bétis ao São Paulo retornou à Espanha antes da final do Beira-Rio porque ele tinha contrato até 10 de agosto, mas a Conmebol mexeu ma competição, adiou a decisão para 16 de agosto, negando ao São Paulo a possibilidade de fazer um novo contrato com o atacante e, sequer, rever as datas do torneio. E a intransigência do Bétis, se comenta, tem relação com a contratação de Sóbis junto ao Inter; que dificultaria para o São Paulo, ajudando tecnicamente o Inter que, em troca, facilitaria a negociação de Sóbis. Quanto às contratações de Dagoberto e Miranda, vais culpar o São Paulo por ter feito melhores propostas? Bairrismo é dose!

  • oiram diz: 22 de junho de 2010

    Quando se trata de Inter o Sr. Wianey é incoerência pura.

Envie seu Comentário