Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Com Glaydson, Inter é 80% fora do Beira-Rio

05 de outubro de 2010 20

A estatística deve ser vista, sempre, dentro de alguns limites. Entretanto, é inegável que os números revelam, quase sempre, um irretorquível fato. É o caso de Glaydson, em jogos longe de casa. Das cinco vitórias obtidas pelo Inter longe de casa, Glaydson esteve no time em quatro delas:

16/06 – Goiás 2 x 3 Inter
14/07 – Guarani 0 x 3 Inter
25/08 – Avaí 0 x 1 Inter
16/09 -  São Paulo 1 x 3 Inter

Com Glaydson, portanto, o Inter teve 80% de aproveitamento nas vitórias fora do Beira-Rio. Não pode ter sido por acaso. Quem lembra estes números é o torcenauta Bruno Junqueira, da TXT Assessoria de Comunicação. Valeu, Bruno.

Bookmark and Share

Comentários (20)

  • JV SALSA(DÃO) diz: 5 de outubro de 2010

    AINDA QUEREM EMPURRAR GUELA ABAIXO O “ESPETÁCULAR”.
    FALA SÉRIO DIRETORIA,ACHO QUE ROTH NÃO É DESPROVIDO
    DE INTELIGÊNCIA E NEM UM CARA SEM VISÃO.SERÁ QUE ELES
    LEEM JORNAL E ACOMPANHAM OS FATOS???JÁ NÃO CHEGA O
    EDU ATRASANDO O INTER???

  • papai eh o maior diz: 5 de outubro de 2010

    Para mim este cara é melhor do que WMatias. Mas ainda naõ convenceu muito.

  • Carlos diz: 5 de outubro de 2010

    Isto que o Derley não jogou.

  • Joao Batista diz: 5 de outubro de 2010

    Até que enfim alguem viu isso, isso já vem acontecendo a muito tempo..Glaydson vem pedindo passagem pela elegancia como joga e pela saida de bola, sempre com objetividade e rapidez…Temos que aceitar que hoje o meio campo do Inter hoje é Glaydson e Wilson Matias….com eles dois a bola sai mais redonda e com objetividade…

    Celso Roth, os numeros estão ai e temos que aceitar isso….

    Abraços,
    Joao Batista

  • luis diz: 5 de outubro de 2010

    E com o Gabriel o Grêmio é 100% fora de casa…

  • Vinicius Bittencourt diz: 5 de outubro de 2010

    É Wianey, isso é pra comprovar que o Wilson Mathias não é primeiro volante, não acho até que ele seja mal jogador, apenas está na posição errada.

    Abraços

  • Rodrigo Colorado diz: 5 de outubro de 2010

    Wianey, peço que reveja as estatísticas:

    Se o Glaydson esteve em apenas esses 4 jogos que o Inter venceu fora, então COM GLAYDSON O INTER É 100% FORA DE CASA;

    Se o Glaydson esteve em mais jogos, onde o Inter não venceu, então pode-se dizer que GLAYDSON ESTEVE EM 80% DAS VITÓRIAS DO INTER FORA DE CASA;

    Para o Inter ser 80% com Glaydson fora de casa, ele teria que ter jogado mais uma partida, e essa teria que ser uma derrota.

  • Bruno Augusto diz: 5 de outubro de 2010

    Respeito os números e a superstição do torcedor que os enviou, mas não creio que provem coisa alguma.
    Esse mesmo argumento foi utilizado em favor do Perdigão a certo tempo atrás.
    O Glaydson merece ser titular pelo simples fato de ser/estar melhor do que o Matias.

  • Fernando diz: 5 de outubro de 2010

    Wianey, tu estás invertendo a estatística. Se o Glaydson jogou em quatro partidas fora e o Inter ganhou todas, o aproveitamento do Inter com Glaydson é 100%.

  • Gilberto Jasper diz: 5 de outubro de 2010

    Lamentavelmente o Gleydson não tem grife, nem foi trazido de fora a peso de ouro, nem classificado de espetacular, fenomemal ou maravilhoso. Na lateral ou no meio não importa: a regularidade e eficiÊncia do guri são visíveis. É difícil compreender determinados esquemasque o Roth inventa para deixá-lo na reserva. Teve um erro contra o Corinthians e quase crucificaram o piá. Outros – como Wilson Mathias, que deixou o Inter com 10 jogadores várias vezes – ainda não justificaram o alto investimento Deixa o guri jogar!
    GILBERTO JASPER
    Porto Alegre

  • Emerson Torres diz: 5 de outubro de 2010

    Wianey.

    Destes jogos que o Glaydson jogou quantos o D’alessandro estava em campo?
    Te pergunto isso por que vi uma estatistica no globo.com que com o D’alessandro o aproveitamento do Inter é de Campeão (75%) e sem ele de rebaixado (39%).

    Com todo o respeito, mas se estes jogos que o Glaydson jogou o D’alessandro jogou também a estatistica está viciada. A não ser que achamos que o desempenho do Inter foi melhor por causa do Glaydson e não do D’alessandro?

  • sidnei diz: 5 de outubro de 2010

    verifique apenas se ele substituiu guinazu ou vilson mathias, creio que o primeiro anda novamente com o cacoete de correr sem tino, abrindo espaços a suas costas como costumava no tempo do fossati.

  • Leonardo Rech Dalpiaz diz: 5 de outubro de 2010

    Apenas lembrando que de aproveitamento nesse caso, teria que levar em conta os jogos disputados e os pontos obtidos e não apenas considerar as vitórias. Dessa forma, também podemos dizer que Vitor esteve em 100% das vitórias do Grêmio, tanto em casa quanto fora (pego apenas um jogador mas acredito que esse dado aconteça com muitos outros tanto no Grêmio quanto no Inter) e esses números de nada valem. Os jogos em que Glaydson participou fora de casa pelo Inter foram os seguintes:

    29/09 – Palmeiras 2 x 0 Inter
    22/09 – Atletico-PR 2 x 0 Inter
    16/09 – São Paulo 1 x 3 Inter
    01/09 – Vitória 0 x 0 Inter
    25/08 – Avaí 0 x 1 Inter
    15/08 – Fluminense 3 x 0 Inter
    14/07 – Guarani 0 x 3 Inter
    03/06 – Corinthians 2 x 0 Inter
    16/06 – Goiás 2 x 3 Inter

    Logo, 4 vitórias, 1 empate e 4 derrotas. 13 pontos em 27 disputados o que significa menos de 50% de aproveitamento. Isso sim é aproveitamento. Pegar apenas as vitórias para constatar que um jogador está presente é apenas “maquiar” os dados. Eu não vejo nenhuma utilidade para esse levantamento.

  • Alex Ruiz diz: 5 de outubro de 2010

    Teu raciocínio tá errado: se o Glaydson jogou 4 partidas fora com o Inter, e ganhou as 4 – “Com Glaydson, Inter é 100% fora do Beira-Rio”.

  • Fernando diz: 5 de outubro de 2010

    Quem conhece futebol, observa um jogador em 2 ou 3 jogos e pode defini-lo. É pacífico q Mathias não é 1º volante (tem, inclusive, características de armador). Ta´mbém é óbvio q Glaydson é limitado, mas pode atuar como fixo no time do Inter pq o time é muito bom. Cometi um suicídio ao sair do estádio quando o Coríntians empatou pq o time estava jogando demais. O Guina e o Dalessandro gastaram a bola, mas quando chegava no ataque, morria nos pés do Giuliano ou do Damião. Saí do campo, o Roth trocou os dois e transformou o jogo num espetáculo. O Roth sabe tudo de futebol. Eu sou um mero torcedor, mas torcedor também conhece quem joga.
    Abraços, Wianey.

  • Marcelo Colorado diz: 5 de outubro de 2010

    Tens razão Wianey….
    O Glaydson é nome pra 1ªfunção…..chega de experimentos, o W Mathias e o Guiña são da 2ª e o resto é blábláblá….
    VAMOS CELSO, ACORDA E RUMO AO TÍTULO!

  • patricia camargo neves diz: 5 de outubro de 2010

    só o nosso querido técncico celso roth que não vê isso. aliás, onde está o roth da libertadores ?

  • Chiesa diz: 5 de outubro de 2010

    pra ser palhaço soh falta o nariz hein!

    Poxa vida, eh as mesmas estatisticas dos jogos em que o DAlessandro jogou, po WIANEY!

    /estou sem acentos/

  • Jair diz: 6 de outubro de 2010

    Wianey, queria saber duas coisas: em que posição ele jogou essas partidas (pq as vezes ele é lateral) e qual foi a partida que ele perdeu. Além disso, qual o aproveitamento dele como primeiro volante no beira rio?

  • Ronaldo diz: 7 de outubro de 2010

    dançou a estatistica ontem….continuo dizendo que o melhor volante no beira rio é o derley…ele joga com vontade igual q o Sandro.

Envie seu Comentário