Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O vôlei tem mais ética que o futebol

13 de outubro de 2010 16

O Brasil ganhou o Campeonato Mundial de Vôlei masculino mas título ficou marcado, definitivamente, pela “entregada” diante da Bulgaria. Não foram poucas as críticas endereçadas ao Brasil por ter facilitado a vitória dos búlgaros e, assim, pegado um grupo menos difícil na sequência da competição.

O treinador da Seleção Argentina, nona colocada, chegou a classificar a atitude brasileira como uma palhaçada. É interessante constatar que deslizes éticos no vôlei recebem reprovação que não acontece no futebol. Neste esporte, times facilitam suas próprias derrotas sem que haja forte recriminação. E se alguém fala em ética, é considerado moralista e digno de chacotas.

O vôlei, definitivamente, tem mais ética do que o futebol.

Bookmark and Share

Comentários (16)

  • ELTON HAEFLIGER diz: 13 de outubro de 2010

    Depois de vencer a Itália (anfitriã) e Cuba, constatamos

    que o Brasil poderia ter vencido qualquer time. Não precisava

    “entregar”. Mas não condeno a atitude. Quem fez a fórmula?

  • evandro diz: 13 de outubro de 2010

    Sabe Wianey, as coisas aqui no Brasil são complicadas. Quando alguém fala uma verdade sobre a hipocrisia do brasileiro, todo mundo mete bomba no caboclo, veja pelas urnas, maioria dos deputados e senadores e gevernantes tem algum podre em sua ficha corrida, mesmo assim foram reeleitos e eleitos; Quanto ao esporte mesma coisa, ora, tinhamos um treinador machucado devido a cirurgia, tinhamos vários jogadores com lesão e cansados da maratona de jogos, daí entregaram um jogo para facilitara vida, o regulamento permitia tal situação, evitando viagens e maior desgaste, daí todo mundo senta a pua na seleção brasileira de volei que ganhou tudo na última decada. É o fim da picada, ganharam tudo em uma decada e daí falam que eles não tem ética, é brincadeira!! Só no Brasil!!

  • homero felipe diz: 13 de outubro de 2010

    qualquer um q entrega um jogo,seja em q esporte for,não tem moral pra mais nada, a seleção brasileira de volei,só não ta sendo escunlhambada,porque q ganhou,qdo se ganha,tudo sai na urina,se tivesse perdido pra cuba,(e eu torci mto pra perder)eles desembarcariam no brasil escondidos,mas como ganharam,ta cheio de mau carater,justificando a atitude rasteira e nojenta da seleção,se perde os mesmos,tariam descendo a lenha na seleção,se o volei tinha mais ética,(segundo a tua opinião),q vive do futebol,mas fala mau todos os dias,esta ética,acabou no dia da atitude indigna do sr bernardinho,q se quer apareceu na coletiva,mas como eu disse ganhou,e como para a maioria das pessoas,os fins justificam os meios,ta tudo justificado,só q agora sabemos,eles não são tão éticos assim!!

  • Rodrigo Golin Fernandes diz: 13 de outubro de 2010

    Boa tarde, Wianey,

    Não achei lugar para enviar está mensagem, então estou repassando aqui para você. Renan completa 100 jogos e Tinga, se jogar, também.

    Abraço.

  • ana diz: 13 de outubro de 2010

    Quando uma certa seleção de futebol entregou um jogo por 6 a 0, em prol de uma outra seleção, ocasionando a eliminação do Brasil, não foi falta de ética? Esses argentinos não valem nada e agora vêm falar besteira.

  • CATIMBA CAIU!!! diz: 13 de outubro de 2010

    Com certeza! Os jogadores do vôlei apenas se utilizaram da fórmula (mal feita, porém conhecida pelos competidores) para ‘facilitar’ sua conquista; inclusive, ninguém comenta que os adversários da anfitriã (Itália) eram fraquíssimos, ‘por acaso’.

    Mas, no futebol, há ENTREGAS que prejudicam os outros competidores, tal qual as que ocorreram em 2009 nos jogos Curintias X Flamengo e Flamengo X Grêmio. Isso sim, é ENTREGAR na maior FALTA DE ÉTICA do esporte, deliberadamente, para prejudicar terceiros. Mas, daí… como favorece clubes queridos da mídia monopolizante do país, ninguém comenta com ênfase.

    Pior que isso, só quando anulam jogos e dão pontos para UM TIME apenas… mas, isso não aconteceu no Brasil, é claro.

  • Alex diz: 13 de outubro de 2010

    Os culpados por todo esse rolo, foram os organizadores do regulamento. Se um regulamento permite q uma equipe se beneficie com uma derrota, essa equipe tem o direito de perder se assim desejar. Ninguém é bobo de querer se prejudicar. Culpa do regulamento.

  • Faleiro diz: 13 de outubro de 2010

    Wianey, essa fui obrigado a comentar! Na minha modesta opinião, não existe mais ético, menos ético. Ou é honesto, ou não é. Acontece, que a culpa nem seria do Brasil, e sim da fórmula do torneio, abrindo brechas para suspeitar de resultados combinados ou de entrega de jogo. O Brasil foi antiético sim, e justificar que fez o que qualquer outra seleção faria para escapar de um adversário mais forte, é errado. Porém, qualquer seleção do mundo que criticou o Brasil, é hipocrisia. Amo o esporte, todas modalidades, acompanho até “campeonato de bolinha de gude”, mas a hipocrisia no esporte, me deixa irritado.
    Grande abraço!
    Max Faleiro
    Florianópolis – SC

  • Luiz Oliveira diz: 13 de outubro de 2010

    Grande Wianey !!! Isso mesmo, tem gente que prega moral de cueca e não vê que no esporte numero um do pais é que falta etica de verdade, porque muitos lá no centro do pais que falam isso , simplesmente esquecem 2005 e a palhaçada que aconteceu e pra eles não esta manchado e valeu.

  • Geraldo colorado diz: 13 de outubro de 2010

    Não considero que a seleção brasileira de volei tenha faltado com a ética ao perder para a Bulgária. Em primeiro lugar a seleção jogou para beneficiar a si própria. O intuito primordial não foi prejudicar ou auxiliar outra equipe na competição. É antiético escolher o caminho rumo a um título? Penso que não. Agora, concordo contigo, Wianey: no futebol há muita falta de ética e ninguém reclama. O que dizer quando dois jogadores adversários ao disputar a bola, vêem esta sair pela lateral, e imediatamente os dois levantam o braço solicitado cobrança de lateral a favor de sua equipe? E quando há gol de mão? Algum torcedor reclama de falta de ética pelo infrator quando o gol é a favor ao seu time? Todos querem vencer. Há muita demagogia no mundo!

  • Nilton diz: 13 de outubro de 2010

    Parabéns! Temos q nos preocupar em questionar os regulamentos das competições, assim evitaremos estes constrangimentos. Vamos deixar a hipocrisia bem distante. A torcida se delicia com títulos.

  • Heitor diz: 13 de outubro de 2010

    Será que no esporte as cifras aumentam proporcionalmente quanto a ética diminui???

  • FRANCISCO CORREA diz: 13 de outubro de 2010

    EU DISCORDO. ENTREGADA COMO ESTA DO VOLEI, EU NÃO VIA DESDE AQUELE JOGO RIDÍCULO ENTRE GREMIO E JUVENTUDE, LEMBRAM?

  • Hugo diz: 14 de outubro de 2010

    Assino embaixo. Mas faço uma ressalva: só queria saber se no dia em o vôlei tiver a popularidade do futebol, com a exposição que o futebol tem e lidesse com a quantidade de dinheiro que rola no futebol, se as coisas continuariam assim.

  • Alex diz: 14 de outubro de 2010

    Nada mais do que choradeira dos perdedores.

    A itália “esquematizou” tudo a seu favor nesse campeonato. A resposta foi essa.
    Volei Brasileiro é um exemplo de DISCIPLINA e VENCEDOR.

    Isso sim, que o volei é muito mais DISCIPLINADO que o futebol, isso é.

  • Rafael Ávila diz: 14 de outubro de 2010

    Apoio a decisão de perder aquele jogo e não considero falta de ética. O que houve foi um regulamento mal elaborado, que beneficiava a seleção italiana, o Brasil estava com vários problemas e foi correto buscar o melhor caminho para atingir o que importa que é ser campeão. Tenho muito orgulho da seleção brasileira de vôlei, são exemplo.

Envie seu Comentário