Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Colorado não quer Inter “flamenguisado”

21 de outubro de 2010 5

“Dirigente dirige e torcedor torce”, a frase do presidente colorado, Vitório Piffero tem a força de sentença final. Não fosse assim, o clube informaria, com clareza, os seus mais de 100 mil sócios, sobre as alternativas, significados e conseqüências das opções para a revitalização do Beira-Rio. Uma consulta bem dirigida apontaria o caminho preferido dos “donos” verdadeiros do clube e evitaria angústias como a do torcenauta Miguel Carvalho, comum a uma infinidade de e-mails que têm chegado para o blog manifestando idênticas preocupações. O que diz o Miguel:

“Carlet

Votação : endividar o clube, comprometer suas receitas e seu  futuro  será rematada estupidez, voto contra.

O Inter cresceu em cima do legado de muitas gerações, agora mesmo lança mão dos Eucaliptos, tem patrimônio e não divida.

Receita de  patrimônio desmobilizado tem que ser usada na formação de outro patrimônio que produza renda, investimentos e não pode ser usada para enriquecer empresários e agentes de jogadores, mesmo os Sonda da vida , ou para enriquecer  jogadores medíocres como os que o Inter tem contratado a peso de ouro.

Sociedade com  Construtora ( s ) para desenvolver o potencial imobiliário da área que cerca o Beira Rio é a única alternativa palatável, afinal  ter  digamos 50% do que está planejado será muito mais do que ter 100% de nada como atualmente. Ter sócios não é mau negocio, creio que é inevitável. O futuro do Inter está no aproveitamento deste potencial e para isto precisa sócios na empreitada.

Mas, cuidado com Andrade Gutierrez, esta empreiteira faz parte das BIG FIVE que dominam a economia brasileira, estradas, aeroportos, base de submarinos, petróleo, siderurgia, barragens e geração de eletricidade, tudo é com eles mesmo e sempre com  financiamentos do BNDES. Certamente esta jogada é orquestrada.

A Diretoria do Internacional tem uma grande responsabilidade pela frente, um escorregão sufocará o crescimento do clube e poderá determinar de forma irreversível a sua “flamenguisação”.

M.Carvalho”.

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Allan diz: 21 de outubro de 2010

    Esse cara tá brincando. “ter sócios é inevitável”….
    Eu sou sócio e penso que o sócio tem que ter direito de participar das decisões sobre o futuro do Clube – acho até que essa participação deveria ser maior do que é.
    Meu voto irá para o candidato que não quiser aceitar as imposições da FIFA.

    Esse cara deve ser gremista. Pq não assina o textto???

  • Guilherme diz: 22 de outubro de 2010

    Eu penso parecido, não podemos só pq o Grêmio está fazendo a Arena com parceiros, e muitos irracionalmente (ou porque realmente pensam assim) ficaram cornetando, que não podemos cogitar esta hipotese. Ao gremio, só tinha esta alternativa, por isso foi escolhida. Ao inter, pelo que vejo, não deve se endividar. Tem que pegar seu projeto e executá-lo, se uma empreiteira quiser parceria, que seja para executar qualquer coisa que traga beneficios aos dois e que agregue ao projeto do inter. Assim o inter construiria um patrimonio maior, que traria mais receitas no futuro (e inicialmente, por uns bons anos, seria usufruida pela parceira) por construções e investimentos que não teria condição de fazer agora ou num médio prazo (se puder se organizar e puder investir num médio prazo, tem que colocar na ponta da caneta para ver o que vale a pena, em retorno financeiro). É simples, o problema é que deveria ser simples, como envolve dinheiro, politica do clube, ego, empreiteira, politica do país, como tudo no Brasil, acaba complicando.

  • jo diz: 22 de outubro de 2010

    Flamen eu não sei, mas guisado é o que guisadinhozu e seus companheiros vão virar nesse domingo. É a patrola tricolor pra cima deles, moendo de faca!

  • daniel diz: 22 de outubro de 2010

    tudo caminha pra isso , nao exioste um clube no brasil que nao esteja devendo horrores , o flamengo é muito mas exposto , se procurar acharemos dividas em todos eles .
    as vezes pra se conseguir manter jogador e ter conquistas os dirgentes fazem muitas burradas.
    tudo é questão de tempo e como a roda gira … o tempo vai dizer bem

  • Antonio Luiz Maciel diz: 22 de outubro de 2010

    Boa tarde.Infeliz foi o Piffero em dizer essa frase “dirigente dirige e torcedor torce”,muito infeliz.O torcedor tem o direito de ser informado o que esta acontecendo com o clube o qual ele paga a mensalidade e dependendo ainda paga ingresso.Tiara o torcedor pra ver onde o clube vai parar.Sou contra o Inter se endividar para ter sómente tres jogos da copa,e ficar se arrastando como esta onosso rival,matando cachorro a grito.Agora que temos uma estrutura firme e olhando um futuro promissor como agremiação futebolistica naõ podemos contrair dividas sómente porque a Fifa quer.A copa passa mas as dividas ficão.A construtora que apresentou um projeto deve ser escutada e analisado muito bem o projeto,pelo que li na imprenssa eles arcarião com tudo,o colorado ficaria com todas as receitas do futebol,ingressos e outras,enquanto a empresa ficaria administrando o que fosse contruido e melhorado no entorno do beira-rio,depois de determinado tempo devolveria tudo para o Inter.Acredito que assim seria melhor.E por favor,transmita por gentileza ao seu Vitório que o torcedor tem voz ativa sim e dele depende o clube.

Envie seu Comentário