Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Odone já inclui Renato nos planos para 2011

22 de outubro de 2010 6

Paulo Odone assumirá o comando do Grêmio cinco dias após o último jogo da temporada. Nada que o impeça, entretanto, de antecipar o início do seu projeto. Ontem à noite, no Show dos Esportes, programa apresentado pelo narrador Pedro Ernesto Denardin, Odone reafirmou suas ambições para o próximo biênio – o título mundial é a maior delas – mas, pela primeira vez, inclui Renato nas suas projeções para o Departamento de Futebol.

Até então, Odone vinha protelando qualquer tendência mas nesta entrevista afirmou seu entusiasmo pelo trabalho de Renato e quando falou na próxima temporada, inclui o atual treinador. É possível que o presidente eleito do Grêmio, estrategicamente, prefira não demonstrar interesse na recontratação de Renato pois, acima dos vínculos profundos existentes entre o profissional e o clube, existirá uma negociação financeira. Renato ganha em torno de R$ 270 mil mensais e pessoas próximas a ele garantem que ele deseja um aumento substancial nos seus ganhos.

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Antonio Magalhaes diz: 22 de outubro de 2010

    Hahahahah já ganha tudo isso e quer mais, heheheh muito legal esta dupla vai afundar os segundinos hahahaha.

  • jeferson diz: 22 de outubro de 2010

    presidente estamos contigo quando o sr assumir me tornarei sócio!!!
    nao posso ser sócio de um time cujo presidente fica quase dois meses esperando um treinador e pior demite dois treinadores em meio a competiçoes fundamentais para o ano!
    detestava o celso roth mas para que esperar tanto outro treinador.
    detestava o silas mas tinha que atirar o renato no fogo?porque nao deixaram o silas jogar contra o goias e demitilo talves tivesse ganho para salvar a pele!

  • Felipe diz: 22 de outubro de 2010

    “Renato ganha em torno de R$ 270 mil mensais”

    São por absurdos como esse que deixei de acompanhar o futebol em 2005.

    Milhares estudam, obtêm títulos de mestres e doutores e, mesmo assim, ganham, quando muito, 3% deste valor.

    Já os “futebolistas” mal sabem assinar o próprio nome e ganham esta barbaridade…

    Não é inveja, é indignação.

  • Soares diz: 22 de outubro de 2010

    Li que o presidente Paulo Odone em sua entrevista teceu comentários sobre o plantel do Gremio e sobre novas contratações. Na minha opinião falou demais, o que me parece ser uma característica dos mandatários do tricolor. Suas avaliações sobre alguns jogadores e/ou posições da equipe são, no mínimo inoportunas. Alguém tem que falar para o Odone e sua equipe que em “boca fechada não entra moscas” ou que “o segredo é a alma dos negócios”.

  • Hugo diz: 22 de outubro de 2010

    Espero que o Odone se dê conta que dessa vez, ao contrário de 2005, em que precisou “descobrir” um Mano Menezes, em face da experiência fracassada com o De Leon, desta vez isso é desnecessário devido ao que o Renato já mostrou.
    E, como raposa matreira (no bom sentido) da política, ele sabe que se repetir o episódio Wagner Mancini, ainda mais em cima da figura do Renato, seria pedir para ver no dia seguinte, os muros do Olímpico pichados com: VOLTA KOFF!!!

  • Carlos diz: 22 de outubro de 2010

    Novidade!

Envie seu Comentário