Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Acreditem: Inter Grande vetou Piffero e Fernando Carvalho

26 de outubro de 2010 26


Quando se trata de política, o Internacional pode se transformar em uma massaroca indigesta e incompreensível. Sábado à noite, foi uma destas ocasiões. A reunião que quase resultou na candidatura de Vitório Piffero foi implodida horas depois pelas lideranças do Movimento Inter Grande, ao qual pertencem, acreditem, o atual presidente e o vice de futebol.

Foi assim: os parlamentares que promoveram o encontro, propuseram que Piffero fosse candidato a mais uma reeleição. Este apresentou duas condições: que Giovanni Luigi e Pedro Afatato concordassem em retirar as suas candidaturas e que Fernando Carvalho aceitasse continuar dirigindo o futebol colorado. Imediatamente, o deputado Beto Albuquerque telefonou para Luigi e obteve deste plena concordância. Ibsen Pinheiro encarregou-se de falar com Afatato, obtendo idêntico resultado. Superada esta condição, faltava  Fernando Carvalho aceitar sua permanência no futebol, exigência atendida na hora.

Tudo acertado, Piffero anunciaria sua candidatura quando voltasse da Suíça. E gastaram mais algum tempo fazendo planos para a nova gestão. Na manhã seguinte, uma comissão de integrantes do Inter Grande compareceu à residência de Vitório Piffero, fazendo-o recuar da decisão tomada horas antes. Indiretamente, a própria corrente política de Piffero e Carvalho estava vetando a continuidade dos dois dirigentes mais vitoriosos da historia do Inter. Podem acreditar porque é verdade, por mais absurdo que pareça.

Bookmark and Share

Comentários (26)

  • Eduardo diz: 26 de outubro de 2010

    Poxa Wianey, entendi essa atitude como uma altivez de nosso presidente, não teria cabimento uma “re-reeleição”.
    O processo democratico tem que seguir, temos que valorizar a instituição, não as pessoas, como diria o grande Mario Quintana.: Eles passarão…

  • Sérgio Berlotto Jr diz: 26 de outubro de 2010

    Esteve claro, desde sempre, a vontade de TODOS, de pôr a mão no “pote de ouro” !
    Todos querem ser presidente do Inter, agora que ele está realmente seguindo sua “senda de vitórias” !
    Hô ganância viu !
    Se todos se juntassem e se organizassem, sairiam cada vez mais vitoriosos… mas vão acabar é quebrando todo o lado político ( e se bobear, financeiro também ) do Inter !

    O INTER não é 2 ou 3, ou 5, ou seja lá quantos forem… o INTER é 1 somente, é O CAMPEÃO ! é O DONO DA AMÉRICA !

  • Luiz Fernando diz: 26 de outubro de 2010

    Eterno será sempre o clube. Nós Colorados, somos transitórios. O clube precisa seguir sua vida. Seria muito simplista imaginar, que o Inter só obterá vitórias com Fernando Carvalho e Vitório. o Internacional é uma instituição centenária e continuará a existir mesmo depois que a atual diretoria não esteja mais nesse “plano”. Um clube vencedor, não apenas forja jogadores, mas também dirigentes. E nesse momento de crescimento, também precisamos agregar novos gestores no clube e profissionalizar a administração da instituição. E para cumprir este importante papel, Giovanni Luigi é o nome mais indicado.

  • Julio.Colorado em Sampa diz: 26 de outubro de 2010

    Não se trata de vetar ou não vetar. Basta ler os Estatutos do Inter.

    A reeleição seria um “Golpe de Estado”. Seria o mesmo que um Presidente da República pleitear um terceiro mandato…Enfim, rasgar a Constituição.

    Só quem é a favor de golpes apoiaria essa idéia estapafurdia.

  • Felipe diz: 26 de outubro de 2010

    Com base em que argumento eles vetaram isso, Wianey? Esclareça-nos

  • euclides mariani diz: 27 de outubro de 2010

    WIANEY, voces reporteres são engraçados, se ele aceita vão criticar que isso é oportunismo, golpe, etc.etc.etc. se ele não aceita com o é o caso voce escreve pode acreditar é verdade por mais absurdo que pareça, assim é facil fazer jornalismo se erra como no caso do arbitro no grenal, põe uma nota e pede desculpa, quero ver voce juntar o leite derramado.
    Wianey, embora não concorde com o que dizes, respeito sua opinião e o direite de dizeres.

  • COLORADO EU SOU — George Bernard Shaw diz: 27 de outubro de 2010

    “A democracia muitas vezes significa o poder nas mãos de uma maioria incompetente.”

    Prefiro a autocracia de uma minoria competente (situação) do que a democracia de uma maioria incompetente (mudança drástica).

    OU…

    “A democracia constitui necessariamente um despotismo, porquanto estabelece um poder executivo CONTRÁRIO à vontade geral. Sendo possível que todos decidam contra um cuja opinião possa diferir, a vontade de todos não é por tanto a de todos, o qual é contraditório e oposto à liberdade.” (Immanuel Kant)

    Me entendeu!?

  • LÊ diz: 27 de outubro de 2010

    ALÔ gREMISTADA, COMPAREM A CHAVE DO MUNDIAL FIFA COM A CHAVE DO TAL DE “MUNDIAL DE DOIS CONTINENTES” DE VOCÊS:

    http://wp.kzuka.com.br/blogcolorado/files/2010/10/Sem-título.jpg

    ABRAÇOS DE UM FELIZ CAMPEÃO DE TUDO (menos second division) QUE TEM A LEMBRANÇA VIVA DA CONQUISTA, ASSISTIU, VIU E REVIU EM DVD SEU TIME SER CAMPEÃO MUNDIAL, MEU SOBRINHO DE 9 ANOS TAMBÉM VIU E ATÉ NA PASSEATA FOI COMIGO… HAHAHAHA… DIFERENTE DOS DVDs DE VOCÊS…

    FICA JONAS, FICA RENATO, FICA SOUZA…BORGES… ELES FICAM E O DINHEIRO SE VAI!

    VAMO VAMO INTER!

    ABU DHABI. . . DÁ BI!

  • Luciano diz: 27 de outubro de 2010

    Esclarece pra gente, Wianey. Quem vetou e por que vetou? Como está só cria dúvidas…

  • Anderson Poester diz: 29 de outubro de 2010

    O complemento/esclarecimento desta postagem está no blog do Pedro Ernesto. Vale a pena ler. http://migre.me/1QgU9

  • RoyMustang diz: 29 de outubro de 2010

    O estatuto do clube não permite uma re-reeleição, com acordo ou sem acordo isso não poderia ter seguido adiante.

  • Eunice Magalhães diz: 29 de outubro de 2010

    SERÁ MESMO QUE O INTER SEDIÁRA JOGOS DA COPA DO MUNDO? ESTARÁ COMO MINISTRO DOS ESPORTES ESTE SENHOR? SE A CONSTRUÇÃO DA ARENA DO GRÊMIO CUMPRIR TODOS OS PRAZOS, DIFICILMENTE NÃO DEIXARÁ DE ACONTECER NOVA AVALIAÇÃO. TODOS NÓS CONHECEMOS OS POLÍTICOS E A POLÍTICA ESPORTIVA.

  • homero felipe diz: 29 de outubro de 2010

    sou contra golpe,em qualquer situação,eles ja se acham donos do clube,só faltava esta agora,um golpe para continuarem no poder,mas se o estatuto permite,ai eu retiro o q disse.
    o meu gde medo,é q luigi seja presidente,porque como diretor de futebol,ele foi uma catastofe,tanto q tiveram q trazer carvalho para salvar,as suas lambanças,como as pessoas tem memoria curta,luigi é um incompetente,assim como asmuz e a famila zachia,q simplesmente quase acabaram com o clube.
    alias eu queria fazer uma pergunta,foram os gremistas ou os colorados,q elegeram o zachia,se bém q deve ter sido os colorados,porque assim tiraram aquela améba do clube,mas colocaram na politica,não sei o q é pior

  • Alvaro Luiz Krug diz: 31 de outubro de 2010

    Caro Wianey,
    A política é um detalhe. O que me preocupa, e isto não ouço em lugar algum, poer exemplo; Goleiro: Dá medo, de uma hora p/ outra a casa pode cair. Defesa: pesada e lerda(prazo de validade vencida) Giuliano: errando passes algum tempo. Guinazu: previsivel em seu passes e não finaliza ao gol. Alecsandro: Parece emburrado e preguiçoso. Resumindo, um time com goleiro”estranho defesa lenta meio de campo enseradeira ataque emburrado. Salva o DÁlesandro. Desculpe o asunto totalmento fora da questão política. Abraço aqui de MS.

  • carlos donato diz: 1 de novembro de 2010

    Caro Wianey
    Até quando´nós, os colorados, teremos que aguentar o amadorismo ou “esquema de empresário” da Diretoria do Inter.
    Me de uma única justificativa viável para se manter Renan no gol, com falhas gritantes em todos os juogos;
    Indio que já foi um bom zagueiro, mas hoje não tem mais a minima condição de ser titular de um time da primeira divisão, ainda mais de um postulante ao tiutulo mundial;
    Wilson Matias, talvéz como segundo volante seja até razoável, mas jamais como primeiro volante, pois não sabe marcar, é atabolhado, lerdo e se limita a dar passes laterais;
    Alecsandro e Edu, aqui uno as duas inutilidades, os uynicos atacantes que conheço que ao receberam lançamento em profundidade, ou dominam de canela devolvendo ao defensor, ou recuam a jogada.
    Resumindo, com estas figuras, pela primeira vez não teremos uma final entre uma equipe eropeia e uma sul americana. Não ha a melnor possibilidade.
    Abraços

  • Rafael Gremista diz: 4 de novembro de 2010

    Wianey, lembro de um post seu nesse blog durante o 1º turno do campeonato brasileiro sobre as estatísticas comparativas de público e renda dos jogos em que a dupla Gre-nal foi mandante. Poderia atualizar essa informação? Grato.

  • rafael n. barbosa diz: 6 de novembro de 2010

    é 37:00 do primeiro tempo 2×0 atletico e o alecssandro nao esta?
    a ultima partida boa q o giuliano fez foi comtra o sao paulo d la para ca nunca mais jogou e ninguem fala nada e como c nao pudessem. jogamos com menos um faz hora mas o culpado e o alecssandro.

  • marcos quevedo diz: 8 de novembro de 2010

    E aí Wianey,tá de férias?!
    abraço.

  • ALCF diz: 10 de novembro de 2010

    Wianey:
    Como Colorado, não esqueci a campanha incitada por Paulo Santana, que tomou conta do cenário nacional, para que o gremio permitisse a vitoria do Flamengo, barrando-nos a conquista do campeonaro brasileiro. Os gestos produzidos com os braços e leitura labial do reserva que me nego citar o nome, pedindo aos companheiros que não chutassem mais ao gol adversário foi revoltante, foi realmente injustificável tamanha traição para com o povo gaúcho. Preteriram o título aos gaúchos para os cariocas.
    Chegou agora a nossa vez. ENTREGA INTER PARA O BOTAFOGO

  • marcos quevedo diz: 10 de novembro de 2010

    E aí,,tá de férias,ou não?

  • Laonik diz: 16 de novembro de 2010

    Acho que Fernando Carvalho não é maior que o centenário InTeR, pois precisamos ver como outro dirigem o Inter esta direção já teve tempo e conquistou quase tudo, não esqueçam que nunca como nos ultomos seis anos tivemos tão perto de ser campeão brasileiro e sempre eles arrumam uma desculpa para não chegarmos a titulo nacional, vejam só.
    2005 foi o Edilson, 2006 fomos campeões da Libertadores, 2007 eramos um time a ser batido, 2008 a Sulamericana, 2009 o Grêmio e 2010 novamente a Libertadores, pois bem porque não planejaram melhor este ano dando oprtunidades para um time B bem preparado e com alguns reforços e um tecnico com ambição seriamos campeões, dando ao time principal a Libertadores e o Mundial e alguns jogos do Brasileirão para eles disputarem, não esquecendo tambem nestes ultimos anos os erros de contratações absurdas.

  • Ari Dias diz: 17 de novembro de 2010

    Alô Wianey! Seu blog não está sendo mais atualizado? Foi descontinuado? Seria interessante informar os seus internautas sobre sua ausência, não? Abs.

  • Eucario Schneider diz: 18 de novembro de 2010

    Wianey, quero falar do Douglas. Há alguns anos, quendo ele estava no São Caetano, eu achava que o Gremio deveria contratá-lo. Hoje ele está no meu time. Mas o considero decepcionante. Na seleção ele enrgou o jogo. No Gremio ele faz isso em quase todos os jogos: perde bolas e arma contra-ataques; não cerca, sequer, o adversário; nas faltas e escanteios não alcança a grande área. O primeiro defensor sempre intercepta suas cobranças.
    O pior, é que o Renato enche sua bola e o mantém permanentemente no time.
    Wianey, será que eu sou louco a ponto de ver tantas deficiênicas num jogador que até, as vezes, é escolhido o melhor em campo?

  • Jonatan diz: 19 de novembro de 2010

    Até concordo q o Inter nao seja 1, 2 ou 3….. mas uma coisa tem q se dita: Foram eles quem levantarao o Internacional. Por mim esses dois podem ficar aí até morrer. Sao os dirigentes mais competentes q eu já vi num clube de futebol.

    A democracia é importante, concordo, mas se tratando de resultados, esses dois sao insuperaveis. Fizeram do Inter de um time decadente á um time q é respeitado no mundo inteiro. Ganhando os titulos mais importantes do planeta.

    Se essa comissao do Inter Grande q fez o Vitorio recuar se importasse di verdade com o bem do colorado, eles nao teriam feito isso. Só pensam em dinheiro mesmo.

  • garcia diz: 20 de novembro de 2010

    Fatos: Carvalho foi o maior dirigente do Inter em todos os tempos, depois Balvée. e Piffero. Não fosse Carvalho e Piffero o INTER NÃO SERIA nem perto do que é hoje, e pior ainda recordando o período tenebroso décadas de 80 e 90 . E como sofremos. De 2002, quando Carvalho trouxe nosso orgulho resgatou nossa estima e não podemos ser cegos ‘a realidade. CARVALHO e PIFFERO maiores ganhadores de titulos do Inter em todos os tempos, .TITULOS Mais IMPORTANTES . Sem Carvalho acaba a alma, e volta a incógnita., Temo que a queda é inevitavel . PIFFERO não quis , de fato não quis. Ninguem o demoveria de ser Reeeleito se quisesse . teria novamente mais de 90% dos votos . OBRIGADO PIFFERO, OBRIGADOIGADO CARVALHO por estes 8 anos inesquecives do que é realmente fazer um CLUBE GRANDE E MUITO GRANDE. Assim Luigie ganha , mas s

  • Delmar Santos diz: 23 de novembro de 2010

    O que vai pesar nesta eleição é o que a torcida tá “vendo” e a direção atual “não está vendo”. Por exemplo, possivelmente vamos levar EDU para o mundial (erro)… RENAN é o goleiro inquestionável (erro)… ROTH não admite tirar do time o “espetacular mathias” (erro)… vai botar o JULIANO na reserva (erro)… e aí meu… precisa mais… a torcida só tem uma voz e vai ser nas eleições… está na cara … ESCANCARADO que hoje as pseudo titularidades no time principal do INTER são impostas politicamente… se é pela direção ou pelo técnico ninguém sabe… o certo é que não dá mais para aguentar… DE-LHE AFATATO… SÓ ASSIM O INTER VAI OUVIR NOVAMENTE NÓS TORCEDORES… QUE EFETIVAMENTE SOMOS OS REAIS “DONOS” DO GLORIOSO COLORADO.

Envie seu Comentário