Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de junho 2011

Renato não é o único culpado

30 de junho de 2011 68

Ainda não foi oficializada a saída de Renato. Tudo indica, entretanto, que cairá a comissão técnica e os dirigentes do futebol gremista. Seria uma investida avassaladora de Paulo Odone sobre o futebol. O Grêmio está jogando nada, inatacável verdade. Causas? Renato tem sua parcela de responsabilidade quando inventa esquemas táticos, mantém Lúcio no meio-campo e não fixa Saimon na defesa. Também deve responder pela precária organização da equipe que não mostra eficiência coletiva, jogadas ensaiadas e alto desperdício nas bolas paradas. Mas não se esgotam nestas questões as causas da decadência gremista. Gabriel, Douglas e Lúcio estão tão mal que o time inteiro sofre com a péssima fase do trio. As lesões afastaram André Lima por quase quatro meses. O emergente Leandro também foi parado por lesão. E ainda existe a necessidade de alguns reforços que não foram contratados. As culpas pela queda gremista têm outras causas, além do treinador. Inclusive a falta de dinheiro para contratar.

CORREÇÃO – Este blog publicou, ontem, que o presidente do Conselho Deliberativo gremista, Raul Régis de Freitas Lima, “engavetara” o processo que envolvia um conselheiro, envolvido em briga nas arquibancadas do Olímpico. Na verdade, Raul Regis só “engavetou” a informação de que o caso fora julgado e o brigão punido com suspensão de seis meses. O dirigente justificou-se dizendo que não gosta de liberar este tipo de informação. Errado. Foi um caso público e, como tal, deveria ter sido informado a opinião pública o seu desfecho. Preservar a imagem do Conselho Deliberativo do clube é essencial. O silêncio apenas sugeria impunidade. De qualquer maneira, é bom saber que o caso terminou com a devida punição. Não dá mais para conviver com a arruaça nas arquibancadas.

Bookmark and Share

Manifesto de uma gremista aflita

29 de junho de 2011 14

Palavra de torcenauta:

“Caro Wianey, lembro que publicou em teu Blog dia 18 de março deste ano, um texto de minha autoria, senti uma enorme satisfação quando o vi, e hoje resolvi ler ele novamente e me saltou a ultima frase dele : “Existem problemas, e não são poucos, mais há pergunta que fica em minha cabeça: Serão eles resolvidos em tempo?”. Pois hoje querido Wianey, temos a resposta! Não eles não foram, eles apenas pioraram de uma maneira mais mascarada, pois não existe mais a tão amada Libertadores, nós a perdemos, e o Campeonato Gaúcho escorregou de uma maneira dolorosa entre nossas mãos. E agora o que sentir quando tratam o Campeonato Brasileiro desta maneira?

Pobre do Lins que deve se sentir pior do que eu quando é escalado ao time, porque ele entende que não é tecnicamente capaz. O que pensar sobre o Douglas então, que era para ser o cérebro da equipe e é apenas um jogador que pouco rende? O que gritar quando o jovem Fernando, erra passes, perde bolas e ainda é expulso? Desespero-me ainda Wianey, a olhar para os outros jogadores, os que ainda buscam algo como Mário Fernandes, Marcelo Grohe, Saimon e o mais esforçado entre ele, o Capitão Rochemback, e vê-los tomados pela incompetência e falta de interesse dos demais jogadores.

Não posso deixar de citar nossa gloriosa direção, ah Wianey, admito que ainda sonho com o Ronaldinho, sim, ainda tenho pesadelos com a palhaçada que a nós foi apresentada, aos mil e um preparativos, esquecendo de Jonas, de reforços, penso sobre isso a cada derrota, quando tempo perdido, que má administração, estou espantada com a direção de Odone.

Por fim, vou falar da minha maior dor, meu ídolo Renato, está me desconcertando, nas entrevistas ele se diz tranqüilo, enquanto eu aqui estou procurando manter a sanidade em relação a esse time, tenho pensado sobre a escalação, não sei se alguém ainda lembra, mas temos um Argentino pouco aproveitado no Grêmio, o Escudero, creio que quase ninguém se lembra dele, pois para Renato, ele não existe.”

Bookmark and Share

O engavetador tricolor

29 de junho de 2011 13

O primeiro jogo do Grêmio pelo Gauchão foi marcado por uma briga generalizada nas arquibancadas do estádio Olímpico. Surpreendentemente, fotos do episódio mostraram dois conselheiros gremistas como protagonistas do conflito. Considerei, e sigo considerando, um comportamento inaceitável para integrantes do órgão mais importante do Grêmio. Várias vezes cobrei providências de Raul Régis de Freitas Lima, presidente do Conselho gremista. Dele obtive uma resposta: “Não estou aí para execrar ninguém. Estamos processando uma investigação para apurar fatos e responsabilidades. Depois, sim, tomaremos as providências cabíveis”. Pois bem, o Gauchão terminou, faz tempo, e nenhuma providência foi informada. Tudo indica que o assunto foi parar no fundo de uma gaveta de Raul Régis. Lamentável. Confesso que não acreditei na conversa das “investigações”, mas se impunha esperar. Sei, hoje, que o presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio integra a seleta galeria nacional dos “engavetadores”, como acontece na Procuradoria Geral da República, Congresso Nacional e muitos outros espaços da vida pública nacional. Faço este registro apenas para que Raul Régis não se divirta pensando que o tempo deleta tudo.

Bookmark and Share

Sem invenções, Grêmio pronto para vencer

29 de junho de 2011 6

Desta vez Renato Portaluppi não inventará três zagueiros e um único atacante. Esta noite, contra o Avaí, ressurge o bom e eficiente 4-4-2, esquema tático que rendeu os melhores resultados, desde que Renato assumiu. Mas, a melhor novidade é, mesmo, o retorno de André Lima, jogando ao lado de Leandro. Não se deve esperar uma atuação especial do centroavante que permaneceu inativo desde o mês de março. Mesmo assim, o time terá um centroavante de verdade. Leandro também está voltando, embora tenha jogado parte da última partida. É qualidade no ataque. O Grêmio, portanto, está pronto para vencer o Avaí, lanterna do Brasileiro. Não se deve desconsiderar a possibilidade de goleada.

Bookmark and Share

Arena gremista, o exemplo que não pegou

28 de junho de 2011 21

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, está impaciente com as indefinições burocráticas que travam as obras do Itaquerão. Ontem, declarou que se o contrato com a empreiteira não for assinado nos próximos dias, o estádio não sai e São Paulo ficará fora da Copa 2014. Desde já, entretanto, está definido que a arena corintiana terá custo aproximado de R$ 650 milhões a R$ 800 milhões. Os demais estádios que estão sendo construídos levarão valores aproximados a este, ou mais.

A pergunta que ninguém responde, pelo contrário, faz questão de ignorar, é esta: por que a arena do Grêmio, padrão FIFA, não custará mais do que R$ 400 milhões e todos os estádios que estão sendo erguidos para a Copa do Mundo custarão, no mínimo, o dobro, cada um? Aliás, nem é preciso responder o que todo o mundo já sabe. Na arena do Grêmio, não entra dinheiro público. É uma iniciativa privada. É uma realidade nauseante, mas que passa batida porque o povo brasileiro está anestesiado. Faleceu qualquer vestígio de espírito crítico. Deixamo-nos roubar sem reagir. Como bois que seguem, cabeça baixa, pelo brete rumo a martelada fatal. Triste, muito triste.

Bookmark and Share

O Grêmio piorou

28 de junho de 2011 13

Uma maré de lesões, carências, declínios técnicos e ideológicos está tirando o sono dos gremistas. Já não é possível indicar o que chegou primeiro, se a decadência técnica de vários jogadores ou as idéias perturbadoras de Renato Portaluppi. Estão em péssima fase nada menos do que Gabriel, Lúcio e Douglas. As lesões de Leandro e André Lima castraram o ataque e a lateral-esquerda segue sendo uma verdadeira chaga aberta no time. A todos estes problemas acrescentem-se as instabilidades que vêm sendo provocadas pelo treinador. Renato , inexplicavelmente, não manteve Saimon na defesa, um erro incompreensível. Poderia qualificar a lateral-esquerda com Lúcio mas prefere manter o jogador na meia, onde está comprometendo desde o início da temporada. O parco aproveitamento de Escudero é outra atitude que a torcida gremista não entende. Para completar o quadro de confusões, vem alterando o esquema tático, sempre resgatando o que não deu certo. Por que Lins e não Viçosa? Por que apenas um atacante? E, de repente, três zagueiros? Está faltando uma voz forte que ponha ordem no galinheiro. O Grêmio está crescendo como cola de cavalo: para baixo.

Bookmark and Share

O Barcelona quer levar Oscar por mixaria

28 de junho de 2011 11

Está noticiado e com fontes de informação esclarecidas, que o Barcelona observa Oscar e estaria disposto a desembolsar 14 milhões de euros para levar o meia colorado. A multa rescisória estabelecida em contrato é de 30 milhões de euros. Não acredito que o Internacional cederá a esta primeira investida do Barcelona. Oscar possui potencialidades que farão dele, dentro de alguns meses, em um dos mais cobiçados jogadores do futebol brasileiro. Os 14 milhões oferecidos pelo Barcelona são mixaria perto que o garoto valerá, até dezembro. É possível que o Inter não consiga vender o seu jovem craque pelos 30 milhões fixados. Mas, parece claro que o seu verdadeiro preço não será inferior a 20 milhões de euros, em pouco tempo. Basta que o Inter não se curve, apressadamente, ante os espanhóis.

Bookmark and Share

Falcão firmou o passo

27 de junho de 2011 13

Como qualquer treinador, Falcão assumiu no Inter precisando cumprir etapas. O primeiro passo era conquistar o vestiário. Parece que foi bem sucedido. Depois, impunha-se que vendesse sua proposta. Esta é uma fase que requer tempo e habilidade, até a completa assimilação do projeto. É possível que o jogo contra o Figueirense tenha sido a demonstração de que o time comprou as ideias do treinador e, mais importante, está disposto a acatá-las. Falcão, visivelmente, firmou o passo.

Bookmark and Share

Acho que Douglas quer ir embora

27 de junho de 2011 34

Não pode haver outra explicação: Douglas, por razões que só ele conhece, não quer mais jogar no Grêmio e não economiza atitudes que conduzem a esta conclusão. Embora seja o jogador de melhor nível técnico do elenco, é também o que mais erra passes. Pior, oferece contra-ataques aos adversários, em todos os jogos. Nega-se, a marcar, ignorando que Messi, o melhor jogador do planeta, marca com a disposição de um estivador. Conclusões a gola rarearam tanto, que é difícil lembrar a última vez que Douglas ameaçou o adversário. Sendo assim, se não ataca, não arma e ainda premia os adversários com passes errados, Douglas se transformou em um peso adicional que o time precisa carregar. O meia joga mais, muito mais. Mas, como a cada partida joga menos, cabe suspeitar de que deseja ir embora.

Bookmark and Share

Desespero toma conta de gremistas

27 de junho de 2011 28


Este blog registra algumas manifestações de torcenautas gremistas que expressam as apreensões do momento:

“Sou sócio do Grêmio desde 19/05/2005 sob a matrícula de 58896. Preciso de respostas para algumas questões que pouco ou quase nada vejo tocarem em nossa imprensa local, e outras nem tanto.
Vamos lá:

1- Que “diabos” faz o Lins no grupo do Grêmio em pleno (quase) mês de julho? Será que não viram que ele sequer tem condições de vestir a camiseta do Grêmio? Ele passa 90 minutos sem arrematar a gol!!!!!
2- O que está acontecendo que Escudero não inicia uma partida? Ele sempre quando entra no decorrer dos jogos é muito melhor que os que estão jogando!!!!
3- Lins é muito ruim, Viçosa também é, Clementino idem, o Róberson é fraco, mas todos  fazem mais gols e, por que são preteridos?
4- Rafael Marques é só o que resta de Imortal no time do Grêmio, desde que foi contratado está para ir embora e sempre “ressuscita”. Saimon não é melhor?
5- O que há com o Fernando que na seleção Sub20 joga e no Grêmio até agora nada? Não tá na hora de sentar ele no banco?
6- Desde o ano passado perdemos Jonas, André Lima por lesão e Borges e quem trouxemos? Com uma Libertadores para disputar, é ridículo que esta direção não enxerga que precisamos de atacante!
7- Não parece que estas mudanças de esquema constantes no time não é uma provocação de Renato para com a Direção? Se não for isso, Renato está fora, até meu filho de 7 meses sabe que qualquer esporte e aprendizado é continuidade, repetição, treino, etc
8- Uma questão que ninguém vai me explicar, eu acho. O que houve com Vinícius Pacheco? Ele é pior que estes que estão aí? Se não fosse ele, passaríamos um vexame igual ao do Corinthians na LA2011.
9- A queda de rendimento de Douglas, Lúcio, Gabriel e William Magrão; não é um sintoma de problemas táticos?
10- Parafraseando Renato em Agosto de 2010: “O que fizeram com meu Grêmio?”

Um abração,
Adilson Kim
sócio do Grêmio desde 19/05/2005 sob a matrícula de 58896”.


Mais este torcenauta tricolor:

“Caro Wianey, li seu blog e concordo plenamente. Assistimos ao mesmo jogo, ruinzinho por sinal.

Aliás, este tem sido o jogo do meu Grêmio. Encolhido,  desorganizado, pequeno…

Me perdoe,  a imprensa esportiva  “tá dando mole” pro Renato.

Tenho respeito pelo Ídolo, mas como treinador…Humm!!!

O Renato sofre de uma doença “de chamar para si as atenções”. A impressão que passa é que seu umbigo é o Grêmio.

Durante a semana ele é o centro das atenções no Grêmio (no aspecto negativo).

No final de Semana… de novo. Até quando vai escalar mal.

Não tive a oportunidade de ver o mesmo time jogando 2 partidas.

É sempre muita improvisação.

A torcida “cabeça” já sabia do resultado com o Botafogo. Foi assim com o São Paulo.

É assim desde o início do ano, mesmo no gauchão.  Portanto fazem 6 meses que este é o time. Sem desculpa.

Acho que o tempo do Renato se esgotou. Não vê quem não quer.

A zona do rebaixamento está mais próximo do que a zona da libertadores.

A luz amarela é pouco. Nem os novos irão salvar se Renato continuar querendo ser o centro das atenções do Grêmio.

Deus… nos acuda.

Tudo de novo.

Será isso a Imortalidade?

Até mais

Paulo Bernardi

Balneário Camboriú”.

E este…


“Wianey, escrevo estas poucas palavras por que não sei mais o que fazer para o meu filho continuar torcendo pelo Grêmio, não adianta mais eu mostrar o DVD “INACREDITÁVEL”, ele não aguenta mais, e nem mostrar o super site da nova Arena do Grêmio, ele quer um time não um estádio novo.

Meu filho se chama Gabriel, tem 8 anos e não conseguiu ainda comemorar um título expressivo, e pelo jeito vai continuar não conseguindo comemorar um. Hoje a tarde durante o jogo ele me fez uma pergunta que não consegui responder: “Pai, será que o Grêmio vai perder de novo?, respondi, “não sei filho”. A minha vontade naquela hora era ir na Delegacia de Policia e registrar queixa contra a direção tricolor, o Sr. Vicente Martins tem que ser enquadrado no código 171, ou ele tem que rever o seu Oculista, hoje a tarde ele deu uma entrevista para a Radio Gaucha, dizendo que esta pensando na possibilidade de não contratar mais nenhum jogador pois o grupo é bom, bom uma ova Sr. Martins, meu filho de 8 anos sabe o grupo não é bom. Esses cidadãos estão tirando do meu filho a alegria que ele tem pelo seu clube do coração, ele chora de soluçar quando o Gremio perde, e olha que anda chorando muito, tenho pena do meu guri. Tem alguns jogadores que deveriam ver meu filho chorando pra ver o quanto dói pra uma criança de 8 anos perder por causa da falta de vontade deles. O Douglas não quer marcar, quer jogar com a bola no pé, lhe peço em qual pé? ele perde a maioria das jogadas, é muita petulancia dele dizer que só joga com a bola no pé. Notícia da semana passada ” o Gremio é o time menos faltoso do campeonato” queria que fosse ao contrário, prefiro um bando de pernas de pau que tem vontade, do que alguns pernas de pau no meio da gurizada que não estão nem aí pra nós.

Por favor diretores do Grêmio, não sejam mais hipócritas, o Lins, não serve pra o Grêmio, se o Renato gosta dele, o problema é do Renato, nós não queremos ele no time, duvido que o Argentino (não sei o que tem que o Renato não coloca o Escudero pra jogar) joga menos que talentoso Lins. O Gabriel é um grande lateral, só se for no banco de reservas. O Lucio não ta jogando nada. Ainda que a gurizada salva um pouco, senão estavamos pior ainda.

Wianey, me ajuda por favor, lhe peço encarecidamente, você tem mais poder do que eu, eu mando inumeros e-mails para o Gremio e ninguem me responde. Ajude-me a salvar meu filho, quero que ele tenha as alegrias que tive com o time do Gremio dos anos 90, ele merece. Não podemos ficar só ficar feliz quando nosso coirmão perde um título ou um jogo. Sinceramente não sei mais o que fazer.

Vamos lançar uma campanha junto a torcida do Grêmio pra comprar óculos para os diretores do Grêmio. Pois eles estão enxergando pouco o time.

Será que se o Sr. enviar este e-mail para a Direção do Gremio eles vão responder alguma coisa? Mas não quero ser enrolado pois não quero enrolar meu filho, quero respostas objetivas, concretas e verdadeiras. Meu filho e todas as crianças que ainda insistem em torcer pelo Gremio merecem um time que tenha garra, vontade, humildade. Se o Sr. ler meu e-mail vou ficar muito agradecido.  De um pai desesperado,

Atenciosamente

Diego Renato Schons
RTC Logistica e Transportes Ltda
Filial Erechim”

Bookmark and Share

Aparece o time de Falcão

27 de junho de 2011 16


Começou a aparecer o time de Falcão: rápido, compactado, ofensivo. E, falsamente importante, Falcão nem precisou ficar berrando e saracoteando a beira do gramado. Defesa adiantada, articuladores recuando, marcando e avançando em alta velocidade, a equipe começou a reproduzir o que Falcão vem pregando desde que assumiu o comando do time colorado. Juan, definitivamente, deu segurança a defesa. O meio-campo teve bom trabalho defensivo de Guiñazú e Tinga e ótimas participações de Oscar e D´Alessandro. Grande atuação do Inter. Um time não se forma do dia para a noite. Em silêncio, Falcão está moldando a equipe de acordo com as suas idéias.

Bookmark and Share

Grêmio piora a cada jogo

26 de junho de 2011 56

Não se cobre de Lins o que o atacante não pode dar. As cobranças devem recair sobre quem poderia dar e pouco ou nada está dando, casos de Douglas, Lúcio e Gabriel. Renato, consciente da péssima fase dos seus principais jogadores, projetou o Grêmio com um esquema tático original: montinho atrás, montão no meio e nada na frente. Esperava, amontoando seis jogadores diante de três zagueiros e atrás de apenas um atacante, conter o Botafogo e, quem sabe, trazer um ponto do Engenhão. Poderia, até, ter vencido o jogo se a incompetência não tivesse prevalecido nas três vezes em que Fernando, Lúcio e Willian Magrão estiveram diante do gol botafoguense e fracassaram. O Grêmio acabou perdendo e despencando na tabela.

Fernando (saudades do Adilson) não consegue entre profissionais repetir o que faz quando joga entre garotos. Erra passes em doses industriais. Lúcio e Gabriel deveriam ser alas mas jogaram, sempre, por dentro. Os flancos foram abandonados. Quando Marquinhos se lesionou, a sorte ajudou Renato que acrescentou Roberson ao ataque, melhorando o rendimento do time. Insuficiente, porém, para alterar o destino do Grêmio, no Engenhão, que tem sido perder, sempre. A cada jogo, o Grêmio parece jogar menos.

Bookmark and Share

Ronaldinho Gaúcho virou caso de polícia

22 de junho de 2011 19


Quem vende um produto e não o entrega pratica estelionato. Constrange constatar que Ronaldinho Gaúcho cobra do Flamengo uma fortuna por serviços que não está entregando. Ele não seria obrigado a dar espetáculo cada vez que entra em campo, mas seria sua obrigação preparar-se adequadamente para oferecer o seu melhor possível.

As baladas, entretanto, parecem ser prioridade de Ronaldinho.

O “disque-dentuço”, criado pela torcida do Flamengo para denunciar as estripulias noturnas do jogador é a maneira mais melancólica para um craque encerrar a sua carreira.

Bookmark and Share

O super contrato de Gabriel

22 de junho de 2011 25

Não gosto de falar nos salários pagos aos jogadores de futebol. Eventualmente, porém, torna-se necessário para que o torcedor possa entender, claramente, a realidade do nosso futebol. Os clubes queixam-se da falta de dinheiro.

Todavia, quanto mais faturam, mais gastam.

Rafael Sobis, por exemplo, está deixando o Inter e um salário superior à R$ 400 mil mensais. Gabriel reformou o seu contrato com o Grêmio e ganhará R$ 12 milhões nos próximos três anos. São salários europeus e qualquer pessoa, com um mínimo de bom senso, diria que se trata de insensatez pagar salários desta monta, considerando-se a realidade brasileira. É mesmo.

Bookmark and Share

Falcão e Renato: casos iguais, efeitos diferentes

22 de junho de 2011 23


Quando Falcão declarou que sem reforços o Inter não disputaria o título, desabou um temporal sobre a cabeça do treinador colorado. Os dirigentes vieram a público para contestar Falcão e iniciou um processo de intrigas internas focadas no profissional.

Renato acaba de repetir Falcão, apenas usando outras palavras. Reclamou que já apresentou listas de reforços e intimou os dirigentes a providenciarem as contratações no exíguo prazo de dois dias. A repercussão está sendo mínima. Nenhuma crítica sobre Renato.

Este blogueiro tem para os dois casos a mesma posição. Tanto Falcão como Renato foram sinceros e fizeram uso de um direito inalienável. Se nada dizem e os maus resultados acontecem, eles é que acabarão responsabilizados. Os dois treinadores estão, portanto, certos.

Bookmark and Share