Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Descoberta do ano: Inter depende de Damião

01 de agosto de 2011 10

Faltou Leandro Damião, sem ele o Inter não conseguiu vencer o Atlético Goianiense. O time colorado, logo, é dependente de Damião. Puxa, mas esta é a descoberta mais fenomenal do século! É claro que o Inter depende do seu mais valorizado produto, tão óbvio quanto não ter um substituto à altura, pronto. Quem tem? O Inter alinha atacantes promissores como Delatorre e Lucas Roggia. Estes garotos, entretanto, precisam de tempo e sequência de jogos para que se ambientem ao mundo profissional e possam exercer todas as suas potencialidades. , recém contratado, é outra opção, mas eu não recomendaria demasiadas expectativas. Já era um atacante limitado quando jogava no Corinthians e a sua passagem pelo futebol europeu em nada recomenda. A realidade colorada está posta: Leandro Damião será vendido, agora ou em dezembro, é inevitável. Enquanto isso, o clube precisa preparar o seu substituto. É a única receita disponível.

Bookmark and Share

Comentários (10)

  • Fabio diz: 1 de agosto de 2011

    Se ainda tivesse Alecsandro e Rafael Sóbis, ou mesmo só um deles, ganhava fácil ontem. Faltou banco.

    Se somar os dois Jôs, esse novo e aquele outro que o Wianey dizia que era maravilhoso e que pelo jeito vai embora sem estrear, não dá um atacante de verdade.

  • Fabio diz: 1 de agosto de 2011

    Aliás, falando em Rafael Sóbis, que grupo tem o Fluminense, hem? Sóbis, Fred, Rafael Moura, Deco, Martinuccio. O Abel vai se atrapalhar todo com tantas opções! :-D

  • Milton diz: 1 de agosto de 2011

    A falta de alas que cheguem à linha de fundo e façam cruzamentos é um problema cronico do Inter que acaba queimando muitos atacantes. Damião poderia ser o maior artilheiro do Brasil se jogasse em times como Santos, Fluminense ou Flamengo que possuem jogadas pelos flancos. Kleber e Nei afunilam demais as jogadas o que facilita para as retrancas adversárias. Sai treinador, entra treinador e o problema continua. Com Oscar até melhora um pouco porém o ideal seria ter alas que abastecessem os atacantes pelas pontas. Agora, essa de ressuscitar o Mathias é dose para mamute. Estão afrontando a inteligencia da torcida colorada. Já basta termos de aturar o irregular Nei.

  • Colorado Paranagua diz: 1 de agosto de 2011

    Nem tanto Wianey. Precisamos que os técnicos instruam os jogadores de meio a tocar bem a bola sim, mas para a frente. No toque de bola no meio campo, o jogador SEMPRE procura alguém atrás para tocar a bola. Chegam a fazer tabelinhas no meio de campo. Esse toque não poderia ser para frente? Até o Muriel participou dos toquezinhos sem objetivo. Isso é ridículo. Se o Sr. Osmar Loss pretende instruir seus jogadores neste sentido, que volte pro seu lugar imediatamente! Não acredito que D’Alessandro, Tinga e outros não tenham capacidade para furar um bloqueio de times da categoria do Atlético-GO.

  • Ari da Silva diz: 1 de agosto de 2011

    Wianey, nós gremista soubemos quem é esse ingrato que fez que nem porco que comeu e virou o cocho. Não precisa a Gaúcha falar tanto em criatura venceu o criador por favor respeite nossa dor. de gremista ele segue a vida dele.

  • osorio maturana diz: 1 de agosto de 2011

    Ainda bem que o Inter depende de alguém e se vender será por muito dinheiro. Já no tradicional adversário, não há dependência de ninguém, sai um e entra outro e continua na mesma, ou seja, nada acontece !!! E ainda assim, joga o pior – Vitor-Vitor-Vitor.

  • marçal bitencourt diz: 1 de agosto de 2011

    Caro comentarista, quantos gols o tal de Damião, o endeusado pela imprensa fez no campeonato nacional? Dizer que o Inter depende do Damião, é tripudiar sobre os demais jogadores do time, dentre eles, D’Alessandro, Oscar, Zé Roberto e outros.Damião, a exemplo de outro endeusado pela imprensa o tal de Taysson, é goleador de campeonato regional; são jogadores normais e nada, mas nada mais que isto. O Inter estaria melhor servido se tivesse ficado com o Sobis ou com o Alecsandro, não tenho dúvida. Se presidente fosse eu do Inter,( graças a Deus não sou) venderia de imediato o Damião pelos pretensos 16 milhoes que algum insano está oferecendo, se é que esta proposta procede. Na segunda janela, no inicio do ano que vem, valerá bem menos que isto.Com este dinheiro poderia o Inter amenizar o oceânico déficit mensal que ora lhe aflige.

  • alan diz: 1 de agosto de 2011

    Wianey, sensibilidade, inteligencia ñ faz mal a ninguem, mesmo q em pequenas doses homeopáticas. quem ñ sabia q o atl. de goias jogaria na retranca, ainda mais aqui no sul, q a dupla grenal sabe muito bem sobre as retrancas do camp. gaucho. só ligo a tv qdo começa o jogo, antes fico na gaucha e qdo saiu a escalação, meu filho mais velho esbravejou.powwwwww, é “migué”, impossivel 1 atacante. veja, na defesa, se colocar o manga tava bom, ñ haveria ataque adversário, mas dai pra frente, me perdoe o sr osmar loss, brochante. matias (gozado, voltou o carvalho!!!!!!!!!!), é irritar a torcida, 3 volantes é esquizofrenia e um atacante, sem experiência ainda é a loucura total pra fechar o domigo. ahhhhhh, tem ainda a mania dos treinadores: troca após os 40 min……….ñ entendo. era simples, e, q poderia ñ dar certo, mas simples. tinga e glaydson ou elton..fechou. d’le e andrezinho, mais próximos…fechou e no ataque joão paulo e delatorre..pronto. no decorrer do jogo, opções como a entrada do lucas, do jô e tamos conversados. nem o damião sózinho resolve…………………me responde wianey, pq 99% dos treinadores são iguais e mais, ficam ricos????

  • Ronaldo diz: 1 de agosto de 2011

    Wianey, essa política estabelecida pela diretoria desde Fernando Carvalho de ter que vender um jogador por ano, tem que ser melhor explicada. Porque essa diretoria não procura novas patrocinios para aumentar a receita do clube e não precisar vender jogadores para cobrir os déficits do clube. A Penalty fez uma proposta de pagar sete milhões (por quatro anos) por ano a mais do que paga a Reebok. Esta proposta foi engavetada pelo presidente. Esta situação é grave. Que interesse tem esta diretoria em manter a Rebook. Sete milhões a mais por ano, significaria 28 milhões em quatro anos (tempo do contrato). Poderia segurar Damião. ISSO PROVA QUE EXISTEM COISAS ESCUSAS DENTRO DO INTER, QUE QUANDO VIER A TONA PODE SER TARDE. OS TORCEDORES TEM QUE COBRAR ISSO. ESSA POLÍTICA DE VENDER JOGADORES É MUITO ESTRANHA TEM ALGO ESCONDIDO AÍ. HOJE O SANTOS RECUSOU 100 MILHÕES DE REAIS POR NEYMAR. ENTÃO PORQUE O INTER NÃO PODE SEGURAR DAMIÃO?????

  • Mário Luiz diz: 2 de agosto de 2011

    Caro Wianey: fosse a dependência de Damião o único problema do Inter a solução não seria difícil. Mas é muito pior. Faz tempo o time não tem lateral pela direita, do outro lado Kleber é instável, bola aérea cria pânico no meio da zaga e o meio de campo se perde naquele excesso de toques, a maioria para trás. O Inter não tem jogadas agudas, que quebrem os efeitos de retrancas como daquele adversário medíocre como foi domingo o Atlético GO. A verdade é que o time voltou da Europa com o moral lá em cima, mas continua com o futebol lá em baixo. O resumo da ópera é que as contratações desse ano foram equivocadas e chegar ao final do Brasileiro pelo meio da tabela será um grande lucro.

Envie seu Comentário