Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Inter e D'ale: esperanças opostas

25 de janeiro de 2012 28

Internacional e D´Alessandro entram em campo, esta noite, unidos pelo mesmo objetivo: derrotar o Once Caldas.

As duas partes, entretanto, nutrem esperanças que se opõe. O jogador espera que o Shangai mantenha a sua proposta de 10 milhões de euros por um contrato de dois anos enquanto o Inter deseja que os chineses tenham esquecido Inter e D´Alessandro e vão cantar suas ofertas milionárias em outras freguesias.

Os interesses de ambos são inconciliáveis. Se o clube chinês fizer o que o Inter quer, D´Ale ficará inconformado porque a direção colorada rejeitou a primeira oferta. Se o oferecimento chinês for reiterado, ao Inter não restará outro caminho que não seja o de se conformar.

 Só não dá para entender por que o Inter ainda não ofereceu uma proposta de reajuste salarial, na tentativa de manter o seu jogador. Só ficar esperando pelo Shangai não parece ser a melhor posição.

Bookmark and Share

Comentários (28)

  • marcelo simoes diz: 25 de janeiro de 2012

    Wianey: não sei se o Inter fez proposta de reajuste salarial para o D’Ale, mas levando em consideração a lerdeza e incompetência do Luigi, ainda não deve ter feito.
    A situação é simples: ofereçam 600 mil mensais para o D’Ale e ele fica. A torcida, se o D’Ale se for, vai ficar irada com a direção, pois não contrataram como precisava o time e insistem com algumas nulidades como o Bolívar, queimando guris como o Cláudio Winck.
    Quero muito a permanância do D’Ale, mas acho difícil, pois a direção do Inter é muito ruim e devagar.

  • Pasa diz: 25 de janeiro de 2012

    Boa Tarde!
    O que vemos na mídia, é os grandes times trazendo investidores e convocando as torcidas para se unir e conseguir bons jogadores. No caso do D’Alessandro, seria para manter. A diretoria poderia ir atrás de um investidor que banque parte do salário do jogador fazendo assim, com que o mesmo tenho um salário confortável e não saia de Porto Alegre.
    Abraço.

  • Eduardo diz: 25 de janeiro de 2012

    Tu acha mesmo que o Inter ainda não ofereceu aumento salarial? Acha mesmo que dentro desse cenário o Inter não está se mexendo pra manter o jogador? Pela manhã um post teu tentando jogar a torcida contra o técnico, agora um post jogando a torcida contra a diretoria. Não tem o que postar, não posta nada Wianey… ou posta da azenha, lá eles parecem gostar de crise…

  • Carlos Xavier Rosa diz: 25 de janeiro de 2012

    Será que o Internacional já não fez essa oferta, sabichão ?
    Que certezas tu tem sobre esse assunto ?

  • Leandro diz: 25 de janeiro de 2012

    Wianey, acho interessante o Inter tratar como mérito e vantagem ter mantido a base do ano passado.
    O Corinthians foi campeão brasileiro e manteve a base. Parabéns.
    O Santos foi campeão da Libertadores e manteve a base. Excelente.
    O Inter fez aquele fiasco contra o Mazembe, ganhou o Gauchão esgoelado, caiu fora da Libertadores em uma derrota patética para o Perañol, ficou em sexto no Brasileirão, e manter a base é uma coisa boa ? Não entendo mais nada mesmo.

  • Márcio diz: 25 de janeiro de 2012

    Wianey, não é pq não houve divulgação nesse sentido que já se deve concluir que o Inter não fez ou não esteja preparando alguma proposta… Por tudo o que já se disse e escreveu a respeito da importância do D’alessandro para o bom funcionamento do time, com o agravante de que será difícil encontrar substitutos satisfatórios, acho muito improvável que o clube esteja simplesmente inerte torcendo para que os chineses esqueçam o assunto…
    Abraço

  • Antonio Leotte diz: 25 de janeiro de 2012

    D`Ale, é insubstituivel, e quando sair do inter, so quem tem à ganhar é o gremio, pois eles não vejam a hora de ver o D’Ale, indo embora.

  • João Carlos Paz de Oliveira diz: 25 de janeiro de 2012

    Wianey, acho que mesmo o negócio não se realize, o D’Ale fique numa boa, no início talvez ele quisesse ir, mas passado o tempo deu para pesar melhor os pós e contras, financeiramente é muito bom, mas tem outras variantes que contam muito num caso desse, família. Ir para China família quando falo digo (filhos) vão sofrer um retrocesso no seu desenvolvimento. O próprio D’Alessandro vai sofrer como o Conca sofre, num país de cultura, língua e outros costumes diversos aos nossos.
    Quanto á salários:
    - Na China são R$ 22.800.000,00 em dois anos;
    - No Inter ele tem vínculo até início de 2015, hoje ele recebe (+|-) R$ 350.000,00 X 36=12.600.000,00 o Internacional acena com um aumento salarial de 100% R$ 12.600.000,00 X 2 = 23.200.000,00
    Se isto é ruim, ficar jogando mais um ano para ganhar essa fortuna, ele não gosta de futebol.

  • João Carlos Paz de Oliveira diz: 25 de janeiro de 2012

    Erro: total é 25.200.000,00

  • MARCO ANTONIO GUIMARAES diz: 25 de janeiro de 2012

    Sou colorado que gostaria muito que o D’Ale ficasse no Beira Rio, até porque vai ser um problemão ele adaptar-se em um lugar onde não conhece o idioma, aqui ele está próximo dos seu país e os familiares estão plenamente adaptado em nosso estado. Mas por outro lado os investidores tem que ganhar o que foi investido, e é nessas oportunidades que todos ganham, mas TORÇO para que o D’Ale fique na aldeira.

  • Luis Marcon diz: 25 de janeiro de 2012

    BOA TARDE WIANEY.
    PODE NOS INFORMAR PORQUE O INTER NÃO FALOU NADA SOBRE A ASSINATURA COM A AG? A PRESIDENTE ESTÁ EM PORTO ALEGRE. OU VÃO ADIAR MAIS UMA VEZ?

  • João Faccio diz: 25 de janeiro de 2012

    A diretoria colorada esta esperando chegar a segunda proposta chinesa para fazer a proposta ao D’Ale. E ao meu ver estao pensando da maneira correta, pois vai que a proposta não chega, ou então, ela vem com um salário menor pro argentino.

  • guilherme diz: 25 de janeiro de 2012

    o inter é muito inteligente… criou uma parceria com outros clubes do planeta… um tirou o sandro, da seleção, a preço de banana… outro, o chines, quer tirar o maior craque do beira rio… o que estes clubes contribuiram para o inter?? Depois querem que eu acreditem que nossos dirigentes só querem participações das vendas dos nossos jogadores.

  • Leonardo diz: 25 de janeiro de 2012

    Quem foi que te disse que o Inter não ofereceu proposta de reajuste salarial?

  • Alceu Paranaguá diz: 25 de janeiro de 2012

    Se o D’Alessandro for embora, temos que contratar URGENTE um novo técnico. Nossos bons jogadores têm livrado o Dorival da degola. Na derrota para o Avenida (nunca havíamos perdido para esse time) deu prá ver que não temos ninguém no banco. Escalar Jô e Dellatorre é dose! E esse louco é capaz de querer utilizar alguns daqueles cabeças de bagre que entregaram a Copa São Paulo. Fora Dorival Júnior, enquanto é tempo!

  • Gilson diz: 25 de janeiro de 2012

    Wianey, Boa tarde,

    Quem te falou que o Inetr não fez proposta para ele?

  • Flavio diz: 25 de janeiro de 2012

    E como vc sabe que o Inter não ofereceu um aumento salarial?

  • Carlos Eduardo diz: 25 de janeiro de 2012

    Caro Wianey, apenas descordo do final de seu post, pois dá para entender completamente a decisão do Inter não ter oferecido uma proposta de reajuste salarial pelo simples fato de que o inter já trabalha com um teto definido para jogadores do naipe de D’alessandro. Se não me engano, ele e outros recebem cerca de R$ 350.000,00 mensais. Ora, isso já me parece mto bom e convenhamos, perfeitamente necessário para construir uma bela aposentadoria. Caso o inter reajustasse seu salário, poderia criar um jogo de egos no Beira-rio, com os demais jogadores querendo um reajuste tb, o que elevaria a folha salarial, que já não é pequena. Assim, a qualquer proposta que apaecesse, os jogadores poderiam pressionar por novos aumentos. Não é por aí, pois deve-se ter em mente que eles jogam num dos melhores e maiores clubes do país, recebem em dia, e contam com uma bela estrutura, bem como deve-se trabalhar com responsabilidade, como é o caso da diretoria colorada. Abraço.

  • OMAR diz: 25 de janeiro de 2012

    E tú tens certeza que a proposta não foi feita?

  • Márcio Camargo diz: 25 de janeiro de 2012

    Wianey , boa noite , gostaria de saber o que você acha que vai acontecer com o GREMIO este ano? mas seja sincero . E outra fala amanha no sala que sou representate comercial moro em Santa Maria , sou socio e tenho um monte de amigos e clientes que são tambem . sabe o que nós temos em comum , a contratação do GIULIANO , se esse cara não vier voce pode ter certeza que o GREMIO vai perder alguns socios aqui em SANTA MARIA . Um grande abraço sou seu fã e ouvinte do programa sala de redação.

  • rafael – santa maria rs diz: 25 de janeiro de 2012

    eu tb não entendo porque essa diretoria não manda o bolivar embora e reajusta o salario do D´ale

  • joao diz: 25 de janeiro de 2012

    QUARTA-FEIRA, 25 DE JANEIRO DE 2012
    Novela: A Semana Que (nunca) Vem!
    É incrível, mas mesmo quando nós do Blog #ForaBeiraRio já acreditávamos que a tal “Semana Que Vem” finalmente havia chego, após tanto alarde dos dirigentes colorados, dos políticos e da imprensa, aconteceu a mesma enrolação de um ano inteiro.

    A situação de Porto Alegre agora é a seguinte:
    O estádio sede da COPA do Mundo de 2014 ainda não tem obras, ainda não tem contrato assinado, ainda não tem cronograma, ainda não tem parceiros, e sequer tem prazo para reinício das obras. Já vimos este filme ano passado né?! Então, já podemos imaginar como vai acabar.

    Sabemos que nossos políticos são tão lerdos ou mais que o tal Luigi, são incompetentes, são omissos, e são coniventes com a estagnação da reforma do Beira Rio e com o consequente prejuízo para a cidade e o estado. Não precisa ser nenhum gênio para fazer a mesma previsão que fiz ano passado no primeiro texto deste Blog (Veja aqui).

    No último dia 23, o Secretário da Copa de Porto Alegre, Sr. João Bosco Vaz (@JoaoBoscoVaz), anunciava via Twitter que estava no Rio de Janeiro, mais precisamente na sede da FIFA, para se reunir com o SCI, Andrade Gutierrez e representantes da FIFA. Assunto: cronograma das obras do Remendão. Infelizmente só o que foi definido nesta reunião (ver esta notícia) é que não se sabe mais quando reiniciam as obras, e que o tal cronograma será entregue nas “Próximas Semanas” (lembram da novela da minuta né?). O que se diz desta reunião é que o clima foi tenso e de muita cobrança, mas o discurso externo é de que está tudo certo (assim como no caso da COPA das Confederações).

    Como se não bastasse tudo isso, surgem rumores de que este mesmo João Bosco Vaz, que deveria fazer de tudo para mostrar um bom trabalho para a FIFA e mostrar avanços nas obras da cidade, está tentando convencer a entidade a não visitar as obras da Arena do Grêmio em sua próxima visita à Porto Alegre (como se fosse possível esconder tamanha obra tão perto do aeroporto Salgado Filho). Se ele trouxer os inspetores da FIFA através do Catamarã, que parte de Guaíba até o centro da Capital, talvez consiga este feito, pois passaria longe do bairro Humaitá (há décadas esquecido pela prefeitura). Mas será que o Secretário João Bosco Vaz seria capaz de tamanha canalhice com seus conterrâneos? Tendo como base esta entrevista dada no dia 23/01/2012, antes da reunião na sede da FIFA, não é de se duvidar que o Secretário João Bosco Vaz faça questão de esconder a Arena, já que não é de hoje que o secretário GARANTE (assim como garantiu a Copa das Confederações na cidade) que a FIFA nunca falou em utilizar a Arena como estádio da Copa e que não existe plano B para POA.

    Mesmo que João Bosco Vaz não faça campanha anti-Arena, e mesmo que seja verdade: “a FIFA nunca falou em plano B”, o que este blog defende é que a postura da FIFA é consequência da intransigência, teimosia e incompetência da nossa SECOPA e demais autoridades envolvidas, que foram incapazes de sugerir alternativa ao ATRASADO Beira Rio, embora a alternativa existisse desde o segundo semestre de 2010. Tal alternativa está 50% pronta e com previsão de término (o mais importante) para novembro de 2012: a Arena do Grêmio.

    Em São Paulo, foi a FIFA que exigiu a construção do Itaquerão? Ou foi a prefeitura e o estado que se mobilizaram para buscar uma alternativa à recusa do São Paulo em reformar o Morumbi nos moldes da FIFA?
    O SCI não recusou a reforma, é verdade, mas jamais apresentou as garantias ou ofereceu alguma contrapartida para a comunidade. Enrolou-se na sua falta de planejamento e falta de convicção entre financiamento próprio e parceria. Nunca honrou os prazos e compromissos firmados com POA, RS, CBF e FIFA gerando prejuízo para nossa cidade e nosso estado. Está na hora de alguém dizer chega! Só me resta dizer: te vira João Bosco Vaz! Já perdemos a Copa das Confederações, perderemos também a Copa do Mundo?

    Bom, vou listar alguns políticos e seus respectivos perfis no Twitter. Todos foram responsáveis por Porto Alegre ter perdido a COPA das Confederações, e continuam colocando em risco a Copa do Mundo em Porto Alegre.

    Dilma Rousseff – Presidente – @PresidenteDilma – Até agora não achou uma brecha em sua agenda para participar da assinatura do tal contrato (será que nem ela acredita em seu clube do coração?)

    Tarso Genro – Governador – @tarsogenro – Foi “rápido” em pressionar a AG uma semana antes do corte da Copa das Confederações. Mas não vi o governador pressionar o SCI para apresentar as garantias necessárias. Se ele sugerisse um “orçamento participativo”, tenho certeza que a Arena seria o estádio sede! Também foi rápido em agilizar uma subestação elétrica de 15 milhões para o Beira-Rio e bairro Menino Deus, mas para o Humaitá não! O Grêmio e a OAS tiveram que desembolsar do próprio bolso.

    Kalil Sehbe – Secretário Estadual de Esporte – @KalilSehbe – Também participou da maioria das reuniões com o COL e com representantes da FIFA. Discreto, é verdade, se comprometeu muito menos que os outros (e eu não sei se isso é uma qualidade ou um defeito).

    João Bosco Vaz – Secretário da COPA (POA) – @JoaoBoscoVaz – O rei do otimismo. Tudo sempre estava garantido, mesmo que não houvesse assinatura alguma (nem a dele). Defende o Beira Rio como única opção de estádio sede para a cidade de POA com unhas e dentes, mesmo que o Prefeito tenha afirmado, depois do corte da Copa das Confederações, que a Arena seria utilizada caso o SCI não apresentasse as garantias do Beira Rio.

    José Fortunati – Prefeito – @josefortunati – Este é uma grande decepção!! Gremista e conselheiro do clube, afundou-se em sua suposta isenção. Discuti várias vezes com ele pelo Twitter sobre a falta de garantia e a COPA das Confederações, mas reiteradas vezes ele dizia que confiava plenamente nos dirigentes colorados. Depois de muito questioná-lo sobre isso, fui bloqueado!! Que grande democrata. Prestou um desserviço à sua cidade ao permitir sucessivas prorrogações de apresentação de garantias da reforma do Beira Rio, que culminaram com o corte da Copa das Confederações. Insiste em manter o Beira Rio, embora já tenha cogitado a utilização da Arena para a realização dos jogos. Continua sem receber as garantias do SCI que o estádio estará pronto, e mantém a cidade sob o risco de perder a Copa do Mundo.

    Não listaremos os deputados, pois entendemos que TODOS são responsáveis. Se não por ações e discursos enganadores, por omissão. Dão todo o suporte aos colorados, seja na aprovação de projetos, cedência de terrenos, verbas para obras do entorno, pressão política, etc. Tudo em nome da realização da COPA do Mundo (mesmo que a cidade e o estado não recebam contrapartida alguma do inter, nem o cumprimento dos prazos). Para a Arena do Grêmio são liberadas algumas migalhas, sendo que o Humaitá precisa de tanto ou mais obras viárias, pois a Arena é campo oficial de treinamento e o bairro carece muito destes investimentos.

    @EduPedra
    Artigo retirado do site:
    http://forabeirario.blogspot.com/2012/01/novela-semana-que-nunca-vem.html#comment-form

  • eliseu pinto da silva diz: 25 de janeiro de 2012

    Acho que esta questão do Dalessandro não é muito dificil de resolver, pois o argentino gosta daqui e do inter, o negocio é grana, assim se o inter não tem faça uma convocação a torcida aumentando 5 ou 6 reais mensal e de a ele assim ele ficara e tera o dinheiro. Gosto e acompanho teus comentarios tdos os dias sou teu fã desde os tempos do restaurante Velha Capital de Viamão que vinhas seguido saborear uma (Picanha Rio Grandednse) lembra? Bem na cinaleira na entrada da cidade. Um Abraço.

  • Jhony diz: 25 de janeiro de 2012

    Acho que o inter deveria não cobrir a proposta chinesa, mas sim chegar a um valor que faça o jogador em questão ficar interessado com o valor da proposta feita pelo inter

  • Luiz diz: 25 de janeiro de 2012

    Cara, tu é uma mala.
    Assisti o sala hoje, e novamente te vejo escorchando o Keni e puxando o saco do cacalo.
    Tu é puxa saco do Cacalo, aquele baixo nível.

  • CLOVIS diz: 26 de janeiro de 2012

    pelo andar da carruagem, apesar do apoio politico, poa corre o risco de ficar sem a copa por causa do inoperância dos gestores colorados, mesmo esse grupo de políticos jogando contra o grêmio, nossa arena ficara pronta no final de 2012, se não houver boicote politico, ela vai evitar que poa e o RS fiquem sem a copa, se depender do remendão, a copa 2014 ta na roça.

  • Luis Knob diz: 26 de janeiro de 2012

    Wianey, o Guiña que está no Inter desde 2007, não poderia se naturalizar Brasileiro? Pelo que vi na lei Brasileira, ele já cumpre todos os requisitos. Seria uma mão na roda para o Inter (e até para ele), assim poderiam jogar Dátolo, Guiña, Bolatti e D’Alessandro.

  • Luis Fernando Borba diz: 26 de janeiro de 2012

    Este comentário, exatamente no dia de um jogo importante para o Inter, foi extremamente inoportuno e tendencioso. E o pior é que não adiantou nada, pois o gringo jogou com a mesma categoria e a garra de sempre e não teve medo de admitir que ficou balançado pela proposta (Quem não ficaria?). Se ele ficar ótimo. E vai ficar com a cabeça voltada ao inter, que fez o seu grande futebol renascer. Se sair, será sempre lembrado pelas conquistas, pela dedicação extrema e pelo carinho com a torcida. Sairá como vencedor. Esse argentino quebrou muitas barreiras no Inter, atravessou momentos difíceis. Com certeza merece chegar onde chegou.

Envie seu Comentário