Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

TRT paulista dá trabalho ao Inter

17 de maio de 2012 47

O Tribunal Regional do Trabalho, São Paulo, não admitiu o Inter como terceiro interessado na disputa envolvendo Oscar e o São Paulo. Não haveria nenhum motivo para perplexidade se o próprio TRT, no início do processo, não tivesse reconhecido que Oscar firmara contrato com o Inter quando estava liberado pela própria Justiça do Trabalho. Ora,  este fato faz do Inter um terceiro interessado. A decisão de ontem no TRT paulista evidencia apenas mais uma contradição daquele tribunal. Agora, o Inter terá que buscar o mesmo objetivo através de outra ação judicial. O TRT se esmera em dar trabalho aos advogados colorados. Na próxima semana, será julgado o habeas Corpus, no TST. Não se deve afastar a possibilidade de que seja cassado.

Se acontecer, Oscar ainda terá a liminar concedida pelo Corregedor do TST. O São Paulo terá que tentar a sua cassação. Para resumir o imbróglio: o TRT dá trabalho ao Inter e o TST faz o mesmo com o São Paulo. E o final desta história já é conhecido: o São Paulo deverá vencer o caso, quando o mérito for julgado. E, como Oscar não quer mais jogar no clube paulista, terá que indenizar o seu antigo empregador. Será momento de o TST estipular o valor da indenização. Recursos para cá e para lá são, na verdade, uma embromação desnecessária. Tudo já poderia estar resolvido com Oscar pagando ao São Paulo o que a Justiça do Trabalho decidisse.

Bookmark and Share

Comentários (47)

  • Futebol a Granel diz: 17 de maio de 2012

    Quando que o Wianey vai voltar a falar de futebol?

  • João ( Ctba ) diz: 17 de maio de 2012

    Muito simples: é so inter pagar os R$ 16.000.000,00 que o caso estara resolvido. O São Paulo tem inteira razão nesse imbroglio envolvendo o jogador Oscar, pois Oscar tem os direitos federativos ligados ao clube paulista. Isso é fato!
    Quando se quer determinado jogador, tem que pagar por ele ao seu clube de origem….

  • Simões diz: 17 de maio de 2012

    Sr.Wianey, até que enfim um comentário isento de paixões clubisticas,parabéns.Sou São Paulino e já postei outros comentários,pregando que a UNICA solução,seria o pagto.da multa.Que os torcedores do Inter não se preocupem,o jogador não voltará ao São Paulo,não ha LEI que o obrigue,mas convenhamos enquanto ele (Oscar) era um menino,va lá acreditar nesse empresario com atitudes dubias,mas agora?Ele já é um homem,e como tal deverá pautar suas decisões futuras,e se isso não acontecer,quem passará a correr RISCOS sera o Inter,poderá esse empresario tomar a MESMA atitude que tomou lá atras em 2009.

  • Simões diz: 17 de maio de 2012

    Por culpa exclusiva de seu empresario,Oscar em 2009 ajuizou(na verdade só assinou)ação rescisório contra seu empregador(São Paulo), alegando: salarios atrazados,NÃO deposito de F.G.T.S.,e no decorrer da ação provou-se que não era verdade.A verdade era a busca por aumento salarial,tanto que ficaram discutindo p/seis meses e o Clube achou que o atleta DEVERIA cumprir o que havia assinado.Agora,liminares e H,Cs pra lá,contra medidas pra cá,e no final a justiça deverá calcular a multa contratual e finalisar este processo,que cá pra nós,ja deu o que tinha de dar.Conclusão o jogador continuará no INTER,e o São Paulo receberá a multa.E ponto final.

  • Julio Cesar diz: 17 de maio de 2012

    O Simões está coberto de razão, o Oscar deve indenização ao SP. Entretanto, e sempre tem um, não vamos achar que o SP é vitima, póis ele nos últimos anos tem sido um dos maiores aliciadores do futebol brasileiro.

  • Tiago diz: 17 de maio de 2012

    João ( Ctba ), pq o Inter pagaria 16 milhões se a multa, pelo descrito no contrato, defini um valor entorno de 10 milhões?

    Simples seria ambos os lados respeitar o contrato, Oscar pagar a multa e o São Paulo aceitar o que está no contrato. Como não se tem acordo no valor, a justiça irá determinar e, provavelmente, este valor vai ficar entre 9 e 12 milhões…

  • Eduardo diz: 17 de maio de 2012

    O TST que estabeleça a multa e pronto, o Oscar vai ter que pagar alguma coisa e o SPFC não deverá receber o que ele pensa que tem direito.
    Seria melhor para o SPFC fazer um acordo com o Inter, vai ganhar mais do que o valor a ser estipulado pela justiça.

  • Leandro diz: 17 de maio de 2012

    Parabéns Wianey !!!!

    Até que enfim um comentário com alguma lucidez sobre a novela.

    Só não entendi essa pequena parte: “Não se deve afastar a possibilidade de que seja cassado.”

    É 1000% de certeza que esse habeas corpus ridículo será cassado. Está sendo dito, inclusive, que o ministro caputo será convocado a prestar esclarecimentos à corregedoria do TST sobre a aberração cometida. Bem feito. Não sabe ser imparcial…

    O Oscar voltará ao SP assim que o mérito for julgado, mesmo contra vontade. Por um simples motivo: nem Oscar nem inter tem o dinheiro para pagar a multa…

  • Eduardo dos Santos diz: 17 de maio de 2012

    Sou colorado e concordo… No entanto o valor a ser pago é o mesmo que consta no contrato que a justiça diz ser válido com o SPFC, ou seja, menos de 10milhões. Valor que o INTER já ofereceu. O SPFC quer levar em cima do desenvolvimento que o INTER proporcionou ao atleta.

  • joao diz: 17 de maio de 2012

    É muita cara de pau, se querem o jogador vão lá e paguem o que o São Paulo quer. querer ficar em baixo da saia do Tribunal só para manter o jogador de graça é o fim da picada.

  • JFS diz: 17 de maio de 2012

    Wianey, você tem certeza sobre “…Oscar ainda terá a liminar concedida pelo Corregedor do TST.” Parece que a liminar servia apenas para “agilizar” o julgamento dos embargos (que o TRT do Lalau insistia em atrasar…) e que seu efeito estaria suspenso por ocasião dessa decisão que finalmente ocorreu ontem, 16 de maio. Agora, após a publicaçao será possível uma análise decisiva no TST (recorda que o primeiro ministro disse ser necessário concluir no TRT?)

  • Marcio diz: 17 de maio de 2012

    Até que enfim Wianey… deu o braço a torcer? era só isso que os comentários contra você gostariam de ter lido a muito tempo, em outros POSTs você sempre colocava o São Paulo como vilão e não como quem está correndo atraz dos seus direitos. Safado foi o Oscar que não honrou o contrato e não quer pagar e nem achar alguem que pague a multa…. simples assim.

    []‘s
    Marcio

  • Rogerio colorado diz: 17 de maio de 2012

    Verdade Wianey, por que não chegam a um acordo e pronto? Ou não queremos o jogador?

  • Edgar diz: 17 de maio de 2012

    O Inter não é mesmo terceiro interessado.

    Isso é um caso civil no qual o Oscar deve ressarcir o São Paulo por quebra de contrato, o Inter não tem nada a ver.

  • Marcos diz: 17 de maio de 2012

    Ô João…. quem tem que pagar é o Oscar e não o Inter.

  • Al Big Al diz: 17 de maio de 2012

    SE a multa fosse de 16 milhoes o SP não faria este barulho todo que está fazendo.
    Acontece que o SP considera válido um contrato com o Oscar , porém não aceita este mesmo contrato como válido para cálculos de rescisão….Qualquer calculadora de 1,99 faz o cálculo em minutos…E não é 16 milhoes…

  • Leonardo diz: 17 de maio de 2012

    João…

    Quando entenderes de direito e pelo visto futebol, comentes algo…
    Te pergunto:
    Se você com 16 anos fosse convidado a assinar um contrato de trabalho, e depois de 2 anos não quisesse mais trabalhar no local, alem disso tivesse sido aliciado a fazer isso em prol não tingivel.
    Apos isso, voce ganha no judiciario o direito de encerrar o contrato, e vai trabalhar onde deseja.
    Voce acha que estaria sendo injusto e errado com seu primeiro empregador????
    Independente da profissão, o caso é que apenas o empregado neste caso tem a razão.

    Pense nisso. Reflita e veja.

  • Marlos Pereyra diz: 17 de maio de 2012

    Ao montar um dossiê anti-Oscar e enviar para todos os adversários que o Inter enfrenta, o SP está claramente AFRONTANDO a Justiça Brasileira.
    Está praticando ”terrorismo” psicológico e quer manter uma arma engatilhada na cabeça do jovem para assim poder negociar em vantagem…

  • Itamar Terra Oliveira diz: 17 de maio de 2012

    Se este um país sério,o Oscar já estaria no São Paulo,pois as medidas liminares concedidas ao Inter são uma afronta ao Direito Constitucional,mas é Brasil.

  • Marcelo diz: 17 de maio de 2012

    Concordo plenamente com o teu comentário. Se o TRT estipulasse a multa que existia no contrato (não o que o SPFC quer ou o que o Inter se propõe pagar, apenas o valor contratual) estaria tudo resolvido. Os torcedores são-paulinos clamam q o contrato seja respeitado, então a multa recisória (contida no contrato) também deve ser respeitada.

  • jose luiz diz: 17 de maio de 2012

    As pessoas não se ateram ao fato que esse imbrolio todo começou porque o TRT de São Paulo liberou o Oscar.Caso não tivesse acontecido não teriamos toda essa celeuma.A lei do passe deve estipular o valor do passe de acordo com o contrato com o São Paulo.Na verdade o Inter contratou um jogador que no momento estava livre.O resto tudo são coisas de 3°mundo.

  • Tiago diz: 17 de maio de 2012

    Leandro, de onde tirou estas informações que será cassado e que o ministro foi chamado a depor? O que tenho lido é o fato de um segundo ministro apoiar a decisão… Tens o link desta tua informação?

    Itamar Terra Oliveira, obrigar o Oscar a trabalhar onde não deseja enquanto o processo está sendo julgado também não é uma afronta a liberdade do trabalhador?
    O Oscar quer pagar a multa, pelo contrato ela fica entorno de 10 milhões. O São Paulo cobra uma valorização subjetiva, pois ele adquiriu quando não tinha vínculo legal com o clube. Se o tempo de contrato foi postergado, pq a valorização é mantida?
    Poderia refazer tua frase e dizer: ” Se o Brasil fosse sério, o São Paulo aceitaria a multa estipulada por contrato”.

  • Euclides diz: 17 de maio de 2012

    É verdade, tudo já poderia estar resolvido se Oscar tivesse pago ao São Paulo o valor da multa rescisória lá atrás. Entretanto preferiu não pagar nada, entrando na Justiça Trabalhista com alegações derrubadas em instância superior. É preciso deixar claro que a intenção verdadeira de Oscar e sua turma sempre foi dar um calote em seu clube formador. E o Inter tentou tirar uma lasquinha ( ou lascona ) dessa briga. Por fim terão que pagar, e caro, por essa aventura jurídica.

  • colorado fanatico diz: 17 de maio de 2012

    parabens pelo comentario Simões, sou colorado e sou da mesma opinião, um dia o jogador oscar vai ter indenizar o SPFC, e ai o caso tera um final.

    abaço colorados.

  • Caldeira diz: 17 de maio de 2012

    Wianey, juridicamente falando de que adiantaria nessa altura do rito processual admitir o Inter como terceiro interessado, vez que, em última análise cabe ao TRT se manifestar sobre a decisão prolatada em 1° Grau, ou seja, decisão de um feito onde o Inter não é parte?
    De outra banda, acho que você, algumas vezes, ao falar sobre a justiça do trabalho, do trt e tst, se manifesta de maneira pouco elegante e recomendável. Um pouco de respeito não fará mal a ninguem. Para falar de um assunto é preciso conhecê-lo e, segundo me consta, o Amigo não é bacharel em Direito. Abraços.

  • Simões diz: 17 de maio de 2012

    Aos apressadinhos que “acham” que estão calculando a multa direitinho,vai um alerta:Não se esqueçam que o clube que detém o primeiro contrato(São Paulo),acha(c/razão)que o jogador, por ter deixado o clube em 2010,cabe e deverá ser acatado pela justiça,o calculo de JUROS e CORREÇÃO sobre a multa.Alguém se lembra do caso do lateral ROGÉRIO,que deixou o Palmeiras pelo Corinthians? Sua multa que era de 16 milhões,foi recalculada e agora ´e de 34 milhões,e deverá ser cobrada judicialmente.

  • André diz: 17 de maio de 2012

    Não sei a idade do JOÃO, mas o coitado ainda está traumatizado com a perda do Ronaldinho Gaúcho. Deixa JOÃO, aguarda tranquilo, se o Inter perder o Oscar, pede para o Odone reativar as caixas de som.

  • Jota diz: 17 de maio de 2012

    Esse negócio tá que nem tosa de porco, muito barulho e pouca lã. O Inter já tentou pagar o que era devido, o São Paulo só tá fazendo todo esse barulho porque quer faturar mais do que deve e principalmente por causa do arrogante do juvenal, que tá se sentindo que nem china traída e quer incomodar o máximo que puder agora.

    O final todo mundo já sabe, Oscar fica no Beira Rio.

  • Douglas Borges de Campos diz: 17 de maio de 2012

    O vinculo do SPFC é valido, porém há considerações a serem feitas. O princípio do tempus regit actum (o tempo rege o ato) determina que a lei a ser aplicada é a da época da prática do ato. A Juistiça do Trabalho entente que a partir da propositura da reclamatória trabalhista, considera-se o contrato rescindido. Logo, a alteração da lei Pelé pela Lei 12.395/2011 é mais favorável aos clubes, porém a rescisão do contrato do Oscar se deu em época anterior a Lei 12.395/2011, o que diminui significativamente o valor da multa rescisória, o que ficaria em torno de R$ 4,5 milhões e não os R$ 17 milhões que pretende o clube paulista, considerando a lei nova.

  • Le2012 diz: 17 de maio de 2012

    Quem saiu do SPFC foi o Oscar e depois assinou com o Inter, sendo assim o Inter não deve pagar nada, não deve nada a ninguém, agora caso queira contar com o jogador, vai ter que assumir a dívida do jogador, ou seja, a multa rescisória de 9 milhões de Reais, vale a pena o investimento, uma vez que o passe do jogador valorizou muito!! Por favor, parem de comentar coisas inverídicas. Somente para concluir, o SPFC não é nenhum pouco inocente, é o clube que mais alicia jogadores no Brasil, só alguns exemplos: Aloísio, Dagoberto e Jancarlos, que pertenciam ao Atlético Paranaense, Miranda do próprio Inter, entre outros diversos. Mas isso ninguém nunca comenta! Seria ótimo que não ganhasse nenhum Real com o Oscar, quase como vingança divina!!

  • Simões diz: 17 de maio de 2012

    Ao JULIO CESAR: Ninguém é santo nessa historia,um dia todos provam de seu proprio veneno,este é um mundo cão.
    ao TIAGO: Não há que achar que ambos os lados(clubes)devam respeitar o que esta no contrato,quando nem o JOGADOR respeitou.
    Ao JFS: A validade da liminar dura até que seja cassada ou ocorra o julgamento no TRT,o que acontecer primeiro.Sendo julgado no TRT,é evidente que quem perder,recorrerá ao TST,e ainda assim,quem perder poderá apelar ao STF.Melhor se acertarem agora,não acha?.De qualquer forma,este debate é salutar e nos esclarece bastante,mais pessoas deviam participar.

  • Roberto diz: 17 de maio de 2012

    O SP tem direito a aumentar a indenização prevista no contrato inicial, porque a lei brasileira garante ao clube formador a assinatura do primeiro contrato profissional. Foi por isso que o empresário convenceu o Oscar a processar o SP, ou seja, para fugir da assinatura do próximo contrato. Ora, o SCI correu o risco de ter que passar por isso, ao assinar contrato com um jogador que só estava liberado do SP, naquele momento, por força de uma liminar. Revogada a liminar, é evidente que o SP revisará todos os atos praticados. Mas acho que o acordo deve estar próximo. E por certo vai incluir uma participação do SP numa futura venda do jogador em questão. Deve ser aí a parte mais difícil da negociação.

  • Alexandre – NH diz: 17 de maio de 2012

    Acho que o Tinga, deveria ficar preocupado com a possibilidade, de Oscar colocar um processo por assédio sexual!!
    A prova está mais do que clara, basta reparar onde o Tinga está com a mão na foto acima!!
    Te cuida Tinga!!!

  • Thiago diz: 17 de maio de 2012

    A justiça não decidiu o valor da multa porque ninguém requereu isso ainda, e a justiça só julga o que lhe pedem. O SPFC não quer saber da multa na justiça por enquanto porque quer aterrorizar um pouco mais, o jogador e o Inter também não porque há a possibilidade de o juiz considerar a lei atual como base para o cálculo (o que faz sentido, já que o contrato é válido hoje, logo não pode ser julgado pelas leis de 2009), a facada pode ser bem grandinha, mas também pode ser que a multa não seja julgada tão cara assim, mas pelo jeito ninguém quer pagar pra ver, ao menos por enquanto.
    Quando falam que o Inter e o Oscar tentaram pagar a multa, não é exatamente verdade. O que tentaram foi chegar num acordo, se quisesse pagar a multa e resolver logo isso era bem simples: para de tentar novas liminares, da o caso por encerrado na justiça e admite que o contrato com o SPFC é válido, no mesmo dia rescinde o contrato e paga a multa, pronto!!! Porque não faz isso? Há duas possibilidades: o empresário ainda acha que pode legalizar o calote no TST; ou, eles sabem que a multa é mesmo ao redor de 17 milhões e preferem arrastar o caso para poder negociar. Se tivessem tanta convicção assim que a multa é 9 milhões, não teriam oferecido 12 milhões a dias atras, muito mais simples seria parar com as ações na justiça e simplesmente romper o contrato e pagar os 9 milhões. As declarações do advogado do Oscar não parecem refletir as ações tomadas, assim como o discurso do próprio Oscar que, na televisão fala que é vitima mas na frente do ministro disse que saiu do SPFC por dinheiro.

  • RICARDO COLORADO diz: 17 de maio de 2012

    desde o inicio, eu dizia para amigos que o oscar deve ao sao paulo, o inter nao tem nada a ver com dividas de outros clubes, vi muitas pessoas aqui falando inverdades do inter. o oscar e atleta do inter e se ajustiça decidir ele vai ter uma divida com o sao paulo e tera que paga-la, e somente isto, mas advogados precisam viver por isto esta enormidades de recursos e conversas fiadas.

  • Alexandre Kipper diz: 17 de maio de 2012

    Wianey, tive uma idéia:já que tu acha que o TRT, o TST, o STJ, o STF e o raio que o parta estão errados por não beneficiar o time que tu tanto ama, quem sabe tu não propõe dar uma aula pra eles? Talvez assim eles aprendam alguma coisa de direito contigo, que pelo jeito é um jurisconsulto de incoparável saber.
    Me poupe…

  • Hein ôooooo Batista diz: 17 de maio de 2012

    E aí Wianey, perdeste mais uma….

  • Simões diz: 18 de maio de 2012

    DOUGLAS BORGES : Ha um engano na sua afirmação,o contrato original NÃO FOI rescindido, a decisão da Dra.Eumara de 2010 foi REFORMADA pelo TRT-SP que revalidou o contrato,esse é o ultimo ato,e mesmo assim está pendente por pedido de liminar do advogado do Oscar.Então fica iimpossivel calcular multa agora,mesmo por que quando finalisar a ação no TRT,quem perder apelará p/ o TST,e quem perder no TST ainda vai apelar para o Supremo.Percebe a dificuldade de fazer os calculos agora?Ainda acho que o melhor seria as 03 partes se sentarem e negociar,seria o melhor para todos. Abçs.

  • Simões diz: 18 de maio de 2012

    Essa é para o Wianey: Quando voce diz embromação desnecessaria e talvez seja mesmo para nós, mas para os advogados envolvidos,e olha que são muitos contando os dois lados,imagine vcs. o quanto estão ganhando,tanto do Oscar e do Inter,quanto do São Paulo.Concordo que isso já podia ter sido resolvido,Mas quando se pensa no quanto esta correndo de dinheiro, os profissionais do Direito vão tentar Liminares e HCs até o final,no que estão certos,trata-se do ganha pão deles. Abçs.

  • Alexandre diz: 18 de maio de 2012

    Não acho que seja o valor da rescisão que esteja motivando o SPFC e o TRT paulista a tentar impor o retorno do jogador, de forma arbitraria (o que motivou e justificou o HC). É sim pelo fato de mais um jogador sair de SP e querer expontaneamente jogar no Internacional, o que a paulistada não engole, nem seus prepostos tricolores daqui. Deve ser muito doído ver Dagoberto e depois Oscar preferindo os ares do sul, ainda mais se tratando do Clube que eliminou impiedosamente o multi-Campeão SPFC de duas Libertadores, realmente deve ser muito sofrimento acumulado, e agora aparece essa oportunidade de tentar pelo menos ganhar alguma coisa nos tribunais, já que em campo… todo o resto é retórica, o que vale mesmo é a rivalidade, deixem de lado a hipocrisia.

  • Guido diz: 18 de maio de 2012

    É isto ai, 15 milhões do acordo com o SP, mais 8 milhões já pagos ao jogador e seu procurador, mais 5% pela futura transferencia, mais custa judiciais e advogados. Parabéns ao Inter, péssimo negócio. Não é mesmo sr Wianey.

  • Victor Barbosa diz: 18 de maio de 2012

    Finalmente Wianey!

    Se você utilizasse essa postura desde o início desse imbróglio, provavelmente não haveria tanta animosidade em torno desse caso. A questão é simples assim mesmo, basta pagar ao São Paulo a multa rescisória, uma vez que o jogador optou por não mais defender o São Paulo. Ao Internacional cabe apenas acertar com o jogador e seu empresário quanto cada um vai tirar do bolso para pagar a multa.

    Entretanto, você e boa parte da imprensa gaúcha vilanizaram o SPFC, alegando que o objetivo do clube era prejudicar o Inter e o Oscar. Ora, mas o clube é RÉU! E o Oscar é o ajuizador da ação!

    Antes que me rotulem, todos nós sabemos que ninguém é santo nessa história. O São Paulo quer ou o jogador de volta ou a multa rescisória, e o Inter quer ficar no elenco com um jogador que, além de peça fundamental do time, VAI DAR LUCRO no futuro. Mas, no final das contas, o único beneficiado será o Oscar.

    Primeiro, porque tanto São Paulo quanto Inter saem desse episódio com suas imagens arranhadas e com o relacionamento deteriorado. Ainda, o São Paulo receberá muito menos pelo jogador do que ele vale no mercado. O Inter, por sua vez, venderá o atleta com muito pouco lucro, já que pagará duas vezes por ele. Apenas ele e o seu empresário é que, até agora, embolsaram tranquilamente luvas e salários…..

    E perdem também os colunistas, que escolheram lados durante esta batalha, expondo desnecessariamente a credibilidade que conquistaram durante anos. Eu mesmo nunca mais entro no blog de um tal Juca Kfouri.

    Ah, e já tinha esquecido, perdem também os torcedores que se voltam uns contra os outros, se estressando por pessoas sem caráter….. bem a cara do Brasil…

  • Rogério colorado diz: 18 de maio de 2012

    o itamar, afronta ao direito constitucional é querer obrigar alguem a cumprir um contrato, caso alguem desista, deve pagar a multa prevista no contrato, e não ser obrigado a ficar contra a sua vontade, pois o direito de ir e vir esta previsto na constituição, e os contratos são tema do direito civil. portanto se quiser fazer comentario de gremista raivoso, fale alguma coisa embasado na realidade, ou então por que não se calas

  • Zé diz: 18 de maio de 2012

    Wianey, o TRT não é paulista, é um tribunal regional que está situado em SP, tu queria que ele ficasse onde, na Amazônia?

  • Andraus diz: 18 de maio de 2012

    Me decepcionaste profundamente, Wianey.

    Sempre frequento teu sítio para que me brindes com tuas opiniões sensatas e isentas. Mas, infelizmente, me parece que estás cedendo a esta BRAVATARIA paulista. O Inter não deve pagar nada aos paulistas por Oscar, e este deve poder atuar no Colorado, como manda seu coração.

    Abaixo à escravidão.

  • Simões diz: 18 de maio de 2012

    Parabéns aoVictor Barbosa,seu comentário esta corretissimo.O São Paulo é réu neste processo.Acredito(mas não posso provar) que o maior culpado é o tal de Bertolucci ( o empresario) que fêz a cabeça não só do Oscar,mas de sua mãe também.Os advogados estão na deles,quanto mais liminares,mais o tempo passa e mais se ganha dinheiro.Preocupados com o Oscar,poucos estão.Sem contar os torcedores mais exaltados que se engalfinham atravez dos comentarios,enquanto não se ofendem ta tudo certo,a partir de quando comeca a baixaria,ai fica perigoso. Sobre o Juca Kfouri,é muito tendencioso. Abçs.

  • felipe diz: 19 de maio de 2012

    Wianey,nem o advogado do Oscar se empenha tanto nessa causa quanto tu.Veste logo a camisa dos moranguinhos e sai do armário…Além de enrustido, tu estás sendo um torcedor irracional.Oscar é jogador do São Paulo, saiu coagido e de forma ilegal de lá.O certo seria ele voltar imediatamente e o Inter pagar uma multa por essa atitude antidesportiva.Te assume Wianey,teu coloradismo está distorcendo teu senso crítico!!!

Envie seu Comentário