Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O Inter só tem meio time

26 de novembro de 2012 23

Treinadores foram, sim, problema que o Internacional enfrenta faz tempo. Lideranças de vestiário ocupando espaço de comando que andou vago nos últimos tempos, também se inclui entre os problemas colorados. Porém, a grande causa dos insucessos do Inter está, mesmo, na qualidade do time. É fácil desvendá-los.

- Muriel é um goleiro de qualidade, posição bem ocupada.

- Entre os quatro defensores não se destaca um único que seja confiável. Os dois laterais gemem de precários, Moledo pareceu que seria um grande zagueiro e estacionou. Ou melhor, decaiu. Índio foi uma excelente solução que, entretanto, perdeu validade. No sistema defensivo, apenas Muriel se salva. Faltam quatro titulares.

- No meio-campo, mais problemas. Ygor é um volante simples, mas eficiente. Já Guiñazú está fora de controle. Poderia seguir jogando se alguém o convencesse a ser, somente, um volante defensivo. Desconfio, contudo, que seja impossível. O “cachorro louco” está louco demais. D´Alessandro é o meio-campista de melhor técnica. Não existe outro igual no Beira-Rio, ou melhor, não são muitos os armadores da sua estirpe. Porém, teve péssima temporada. Se o Inter souber porque D´Ale jogou tão pouco e for capaz de recuperá-lo, tudo bem. Mesmo assim, segue faltando um bom reserva para D’Alessandro. Fred, fechando o meio-campo, é um garoto muito promissor, mas corre o risco de se tornar um Guiñazú mais adiantado. É indispensável que o treinador defina a sua função e racionalize a movimentação de Fred.

- No ataque, só restam Leandro Damião, que fase horrorosa, e Dagoberto, que passa mais tempo no departamento médico do que no campo.

Conclusão: o Inter tem, no máximo seis titulares. A outra metade do time teria que ser buscada.

Bookmark and Share

Comentários (23)

  • ADEMIR diz: 26 de novembro de 2012

    Discordo apenas quanto a D’Alessandro. Para meu gosto sempre jogou pouco. Não chuta, não bate faltas, não cabeceia, não entra na área, não corre, anda, perde a bola facilmente e complica demais.

  • Rafael diz: 26 de novembro de 2012

    Disse tudo Wianey!!! Achava que era só eu que via um Guinãzu perdido em campo, no inter, pois na seleção ele joga bem posicionado. Já o tão elegiado Ygor, eu não vejo nada de bom nele, seria um bom reserva, mas a seu favor tem seus reservas que são podres: Elton e Josimar. No ataque fica óbvio que o Dagoberto é mil vezes melhor que o Forlan. Já a zaga, meu Deus, sem comentários.

  • delmar colorado diz: 26 de novembro de 2012

    Concordo plenamente com o comentário… já faz tempo que jogadores do elenco perderam o prazo de validade, ou contrata e muda radicalmente a foto da equipe, ou o presidente “dos conselheiros”, vai de nova dar a torcida … um nada … bem grande… chega daquela piada do melhor grupo do brasil.

  • Eduardo C.Ximendes diz: 26 de novembro de 2012

    Isso é o inter, sempre foi assim, tiveram alguns nuances de brilhantismo ( tri de 70 e e campanhas de 2006 a 2010) mas oao longo de sua história é isso aí, não sei o porque de tanta indignação do torcedor do inter, nem parece que já o conhece desde criança.

  • Antonio diz: 26 de novembro de 2012

    Wianey.. Concordo em quase todos os aspectos contigo. No entanto, acredito que o D’alessandro já tenha passado da validade dele no Inter também. Talvez abrir um espaço para o Dátolo (mesmo tendo categoria inferior) ou contratar um novo camisa 10. Acho que o Forlan só será bem avaliado após passar pela pré-temporada (apesar de que o Seedorf já entrou tomando conta do botafogo.). Antes do time, precisamos de uma preparação física decente. e um treinador sem medo.

  • Colorado diz: 26 de novembro de 2012

    Voce só esqueceu de dizer que este “meio time” custa 8 milhões / mês.
    Uma vergonha.
    Esqueceu também do Forlan, tao inoperante que passa desapercebido.
    A minha lista é:
    -Nei, Bolivar, Kleber, Ratinho, Marcus Aurélio, Dalessandro, Forlan, Rafael Moura(outro morto), Dagoberto, Fabrissio, Josimar,… que seja felizes longe do Beira Rio.

  • Claudio de Brasília diz: 26 de novembro de 2012

    Wianey, o Inter não tem nem meio time, pois DAlessandro já demonstrou que não quer jogar mais e só fica pelo alto salário que recebe – R$ 700 mil -, já que nenhum Clube pagaria esse valor absurdo pelo seu futebol. Assim, melhor mandar Dale embora e contratar um substituto mais barato e eficiente. Na realidade temos três jogadores para serem titulares em 2013: Muriel, Fred e Damião. Guinazu tem que mandar embora, junto com Bolatti, Dátolo, Nei, Bolivar,Kleber e tantos outros. O Inter precisa de uma novo time, com um treinador reconhecido e um vice de futebol competente, que não é o caso desse Davi. E precisa investir nesses guris da base. Ou então iremos para a Segundona como deseja esse presidente Luigi. O ano de 2012 foi um VEXAME e a torcida não suporta mais. Onde está o melhor plantel do Brasil? Grande mentira! Não ficaremos nem entre os 10 primeiros do Brasileirão. É uma vergonha.

  • Claudiomiro diz: 26 de novembro de 2012

    Como gostaria que o Luigi visse teu comentário é a pura realidade, a prepotência de nossa diretoria está afunadando o Inter.

  • Carlos diz: 26 de novembro de 2012

    O problema cricial esta na armação. DAle nao consegue fazer isto sozinho. Ates fazia com o auxilio do Kleber, Tinga, Oscar, Giuliano. Agora esta sozinho. Fred so sabe correr, nao sabe trocar passes. Afora isto tem aqueles que nao servem para nada, como Nei, Forlan, etc.

  • Luis Carlos Maso diz: 26 de novembro de 2012

    Tem razão, o dia que chegar um treinador que mande mesmo, terá que tirar do time, toda zaga, nada serve, guinazú, fixar como volante de marcação e cobertura das laterais, não pode passar do meio campo, Fred, é um crime fazer esse guri correr por todo campo, por mais jovem que seja, quando chega no ataque está cansado, D’ ale, Damião e Dagoberto tem que voltar a jogar. o resto é se abraçar e comemorar.

  • flavio pereira diz: 26 de novembro de 2012

    Wianey, bom dia.

    acredito que a direção está se mexendo nesse sentido de buscar as soluções possíveis no mercado.

    não vejo porem, tanta deficiencia assim.

    acredito que com a vinda de um treinador experiente, este saberá tirar o melhor dos bons jogadores que temos.

    abs

  • Ed Lekl diz: 26 de novembro de 2012

    Cansei de ler neste blog que o Internacional tinha um dos melhores elencos do país, senão o melhor. Cansei de ler nesse bolg que o elenco do Internacional era mto melhor que o do Grêmio. Eles não ganhavam de ninguém mas eram mto melhores. O elenco não mudou, saiu o Oscar mas chegaram os badalados Forlan, Rafael Moura e Juan. E ai? Qual a explicação agora? Sempre disse, desde sempre, que o elenco do Internacional era e é limitado. Tem mto perna de pau ajudado pela imprensa vermelha. Desde o goleiro até o centroavante. Damião veio da várzea, não sabe nem dominar uma bola direito. O cara mata a bola na canela! Querer transformar isso num “baita elenco” como foi dito aqui nesse blog dezenas de vezes é no mínimo duvidar da inteligência dos teus leitores, pra não dizer outra coisa…Pra mim tá ótimo, que continue assim…UM BAITA ELENCO!!!

    P.S. O Grêmio VENCEU o último jogo do antigo Beira Rio e vamos GOLEAR no último jogo do Olimpico Monumental…Se não golear pra mim é zebra!

  • Luciano diz: 26 de novembro de 2012

    Prezado Wianey, quase concordo contigo! O Muriel é um bom goleiro, mas, acho que o Inter precisa de mais. No setor defensivo, concordo, parece um Saara, não tem nada! O Ygor é um bom primeiro volante, e só. Guiñazú já deu o que tinha que dar. Fred é apenas um bom reserva e o D’Alessandro, vamos doá-lo ao River Plate. No ataque, temos que trazer um grande centroavante para brigar pela posição com o Damião. infelizmente, no nosso Inter, a terra está sim arrasada! Temos que recomeçar quase do zero!

  • Miguel Martins diz: 26 de novembro de 2012

    Sua analise é perfeita, tomara que o Luigi leia, para que ele possa entender melhor o que esta ocorrendo com o Time do Inter.

  • Mauro Colorado diz: 26 de novembro de 2012

    Concordo com quase tudo….menos que temos um bom goleiro. Muriel para ser um bom goleiro ainda falta muito….quem sabe com um bom treinador de goleiro…ele possa melhorar, pq falta reposição de bola, falta posicionamento, falta comando de linha de impedimento, falta posicionamento de barreira em faltas contra, falta muita coisa para se tornar um bom goleiro. Até acho que é um dos poucos que se salva nestes ultimos fiascos do INTER, pelo seu esforço e sua dedicação pessoal diante dos demais que não estão nem aí com o clube e com a camisa que vestem. Nas outras posições penso que um técnico de ponta possa fazer estes malas jogarem mais do que vem jogando….pois todos sabemos que temos problemas sérios de vestiário e tb estamos sem preparador físico faz um longo tempo…só mesmo esta diretoria incompetente não toma providência destes abusos com o clube.

  • Tiago Oliveira diz: 26 de novembro de 2012

    Bah Wianey, finalmente alguém resolveu citar os nomes no Inter… Há tempo toco nos nomes e NENHUM comentarista, blogueiro ou colunista, ousa dar nomes aos problemas Colorados.

    Anos acreditando no velho papo de melhor grupo e agora a casa caiu.

    Lógico, temos outros problemas, começando por um Presidente que não entende nada de futebol, mas ok, já está eleito… Seguido de um VP de Futebol fraquíssimo, sem conhecimento e sem atitude… Aí vamos aos treinadores dos últimos 2 anos… Roth, a desgraça de todo Colorado; Falcão, um bom técnico e ídolo, cremado no pátio do Beira-Rio; Dorival Jr., o rigoros educador sem noção; e Fernandão, um projeto de Executivo de Futebol que virou um “técnico”… Fora a retirada de um excelente Preparador Físico pra ficar com o filho do técnico.

    E o grupo???

    GOLEIROS – Muriel é um bom goleiro e está em crescimento, assim como Agenor e Alisson. Mas me diz, pra que renovar com o Renan? Ele está sendo premiado pelas ótimas atuações de 2010?

    ZAGUEIROS – Ainda acho o Moledo um bom zagueiro; Jackson e Romário precisam de sequencia, já que o segundo foi torrado por ter errado mto menos que o Bolivar; Indio é um bom complemento de grupo; Juan nem deveria ter vindo.

    LATERAIS – Simplesmente não temos laterais; as esperanças ficam nas categorias de base com Zé Mario e Claudio Winck.

    VOLANTES – Guiñazu é um grande VOLANTE, desde que atue como volante; Ygor é um ótimo reserva, assim com Elton; Josimar nem pra banco serve; Bolatti é um grande, como diz Sant’Anna, mau-caráter.

    MEIAS – D’Alessandro é um grande meia, camisa 10, desde que esqueça esta temporada; Fred tem um futuro promissor, bom jogador; Lucas Lima e Otavio são promessas; Dátolo é bom meia mas não pode jogar por causa da legislação.

    ATACANTES – Leandro Damião virou craque e esqueceu o futebol, só pensa em Euros; Forlán precisa recuperar o futebol de 2010; Dagoberto é um baita chinelinho, se sair do DM é um bom jogador; Rafael Moura é um bom reserva; Cassiano e Mike são boas promessas; Marcos Aurélio não existe.

    Aí o Presidente chega e fala, para a imprensa, que o Inter precisa de 2 ou 3 jogadores. Isso me faz pensar que, sim, ele é um cara inteligente e a frase está inacabada, pois faltou acrescentear um POR POSIÇÃO no final dela.

    Precisamos de, no mínimo, 1 ZAGUEIRO TITULAR; 2 LATERAIS TITULARES; 1 VOLANTE TITULAR e 1 MEIA TITULAR.

    O Manoel do Atlético PR é um baita zagueiro; Elias e Willians são ótimos volantes; Giuliano é um grande meia… Opções existem, só falta a vontade de gastar e dispensar salários altos que nada acrescentam, caso de Renan, Kléber, Nei, Juan, Bolatti, Dátolo e Marcos Aurélio.

  • aguiar diz: 26 de novembro de 2012

    Verdade Wianey, o plantel precisa de reforços urgente. Contudo, infelizmente, o que falta para o Inter de verdade, é um presidente de respeito. O presidente do Inter é uma vergonha. Este cara não existe, como pode o Carvalho ter apoiado este tipo à presidência do Inter. Tem que ter algo podre no Inter para justificar o apoio a uma pessoa tão incompetente para dirigir o clube. LUIGGI, TU ÉS UMA VERGONHA. VAIS CUIDAR DAQUELA RODOVIÁRIA FEDORENTA, POIS LÁ É O TEU LUGAR. FORA COVARDE, LERDO.

  • Ricardo diz: 26 de novembro de 2012

    Assino embaixo….só gostaria de dizer que o Muriel é péssimo nas suas saídas de gol ,mas é coisa que se treina , no mais é isso…

  • hildo diz: 26 de novembro de 2012

    Falta muita coisa para termos um time de verdade. Vamos la: Goleiro nosso não é 100% confiável, e tinha que ser. Laterais horríveis, não temos um que preste. Zagueiros, um xerifão, de preferência com a faixa de capião no seu braço e outro zagueiro bom e rápido para marcar e antecipar aos atacantes, não temos nada. Meio de campos também tá feio contratar o Jucelei ex Corinthias, sabe sair jogando e marca forte, contrar o Edinho do Fluminense para fixar na frente da zaga, trocar o Dalle, pelo Conca ou Montillo e trazer o Giuliano de volta, Fred máximo um bom reserva. Ataque vender os preguiçosos todos eles e contratar o Nilmar e Luis Adriano de volta, e o Dunga de técnico, pra hoje.

  • garcia diz: 26 de novembro de 2012

    Por mais que se busque respostas pela queda brutal nas ultimas 12 rodadas , pois vinha até bem até este ponto, Não acredito que tenham desaprendido a jogar, nem que uma formatação ou outra de time pusesse o time a dormir em campo. Há coisas que virão a tona do vestiãrio : O que motivou Dalessandro a passar a jogar mal na reta final? Porque o time parecia nos ultimos jogos totalmente desinteressado , a ponto de sofrer derrotas impensáveis, ENTREGANDO PRATICAMENTEO JOGO? o que fez , após as declarações de Fernandão, infelizes , e quem comandou internamente esta DISTENÇÃO do grupo. Vi todos os jogos e afirmo que houve BOICOTE nos ultimos jogos . a coisa estava tão visivel, num desinteresse tão grande, que ficou vergonhosa a situação . Por algum motivo e não só por Fernandão, eles se desinteressaram nos ultimos 12 jogos. é triste , mas as coisas do vestiário virão a tona . e DUNGA era o caminho NATURAL .

    fINALIZANDO: ANO Passado , no Beira-Rio o Inter precisava VENCER o Gremio para lutar por uma vaga na Libertadores , lutar para pelo menos ir para a pré. O de domingo que vem o Gremio já está na pré. O do ano passado foi mais importante.

    Duvido que o Inter jogue mal o GreNal. Pode até perder , mas depois do anúncio de Dunga, e dos elogios dele a equipe e Dalessandro, duvido que o Gremio vá ter moleza. O Gremio está melhor e evidente, éo favorito disparado , ao contrário do ano passado, que estavam regulados, mas o Inter está se remotivando . Espero que a arbitragem não influencie , seja um grande jogo e que o Inter , ao menos, se despeça com dignidade deste fatídico ano . Apenas 1 título e ainda um Gauchão . é muito pouco.

  • João Carlos Mendonça diz: 27 de novembro de 2012

    Parabéns Wianey pelo o artigo, até que enfim um jornalista com visão de futebol. O Inter está cheio de jogadores medianos, a muito tempo que falo, os 4 defensores e os 2 volantes não acrescentam nada, defendem mal e não sabem dar um passe, a bola só sai “quadrada” lá de trás, aí não tem como os meias jogarem. Os laterais não sabem cruzar, (o Kleber tem técnica mas não tem mais preparo físico), não há jogadas de ultrapassagem, os toques são sempre para trás da linha da bola, na várzea são chamados de jogadores “Armandinhos”, muito toque e pouca objetividade. Não temos jogadas de bola aérea, não temos batedores de faltas e escanteios. Quem lembra do último gol de cabeça de bola parada??? Vamos esperar que venha o Dunga e de um jeito na casa.

  • Tunian diz: 27 de novembro de 2012

    É incrivel esta devoção permanente ao D’Alessandro, o Alex que jogou em 2006 na Libertadores era melhor, até o Jorge Vágner que na época jogou de lateral contribuiu mais para o Inter dentro de campo que este argentino!!!
    E outra, na história recente do Inter o Guiñazu sempre ficará na sombra do Tinga na importância e na qualidade de jogador na posição de 2° volante. O Cholo por mais que se tentou nunca conseguiu ser 1° volante, posição mais correta para ele, as deficiências técnicas tanto como 1° ou 2° volante jamais foram solucionadas. O ponto forte que ele teve em seus primeiros anos de Inter, força e nunca parar de correr, já estão comprometidas pela idade, cada vez mais o mal posicionamento, faltas bobas, atraso nas jogadas, saídas constantes do lugar e o tenebroso medo de chutar a gol estão ficando mais visíveis e comprometedores. Na seleção Argentina, eu não sei como vai, mas creio que ele esta mais aquecendo o lugar em aberto, do que garantido na Copa de 2014.
    Não é nada interessante, o Inter trazer de volta jogadores como Alex, Jorge Vágner ou Tinga, eles já deram contribuição para o Inter. O que se deve ser feito, é buscar jogadores que construam um presente e um futuro, mas teimar em permanecer com aqueles que no Inter estão e não produzem resultados satisfatórios, é burrice é comprometer o futuro. Não existe a história de não ter jogadores melhores no mercado, é melhor trazer um jogador que tenha vontade de jogar, ao invés de jogadores com currículo de faixas no peito, com uma grande história em outro lugar e que só queira jogar bola por jogar sem compromisso.
    A fórmula de continuidade de grandes times construída pelo Fernando Carvalho, de vender um bom jogador por temporada é boa. Porém, se em tempos em tempos não fizer uma renovação completa de elenco, uma hora esta fórmula vai parar de funcionar. Mas claro que deve haver evolução na administração do clube, pode chegar um momento que vender um destaque do time não será mais necessário, mas não é bom ter que agüentar um jogador no elenco e muito menos no time, por aquilo que ele jogou e não joga mais. No fim do Mundial de 2006 foi a primeira vez que esta renovação devia ter sido feita, mas demoraram 1 ano e alguns meses pra executar tal tarefa. Agora em vez de 1 ano e pouco, estão atrasados 4 anos, sim 4 anos, desde 2009 o time se mostrou com muitas deficiências , com o Tite na Copa do Brasil perdida, com o Mário Sergio no vice do Brasileirão. O maior engano e a maior sorte do Inter da história foi o título da Libertadores de 2010, o mérito do Inter na ocasião foi não ser tão ruim quanto aos adversários, contornar uma crise de coordenação técnica, a parada da competição devido a Copa do Mundo daquele ano, mas a sorte foi eminente a maior qualidade da conquista. O fiasco do Mundial daquele ano foi o resultado de tantos erros, e a partir deste momento o Inter, foi piorando cada vez mais e a teimosia persistindo, pelo menos ainda a sorte ainda permanece, mas até quando?

  • sidnei diz: 29 de novembro de 2012

    Comentários de momento, oportunistas. Fabricio é um lateral acima da média (basta orientação ao garoto), Forlan não desaprendeu a jogar, nem Damião (q revezou inter, convocações e revezamento de parceiros no ataque), Juan e Moledo são bons zagueiros, Indio um baita reserva. O problema está na organização, na unidade, entrosamento e outros pontos q faltaram ao inter em 2012. E uma baita limpeza.

Envie seu Comentário