Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de abril 2014

Ministério Público ignora a lei e aperta o Inter

30 de abril de 2014 32

Desconheço a razão que levou o Internacional a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta, comprometendo-se a destinar 4% do Beira-Rio para atender a necessidade de acessibilidade para portadores de deficiência física. Esta exigência do Ministério Público desconhece a Lei nº 7783 de sete de agosto de 2012, assinada pela presidente da República, que exige apenas 1% do estádio para o fim em destaque.

Uma lei federal que o MP resolveu passar por cima e levou o Inter a assinar um TAC desnecessário. O diabo é que o clube não conseguiu atender o que determinava o Termo assinado e agora o MP quer aplicar uma multa milionária ao Inter. Não sei como se resolverá o caso mas é certo que atendendo o que deseja o MP – 4% do estádio para a acessibilidade – o Beira-Rio será o estádio sul-americano com mais acessos para cadeirantes. Ruim não é, mas o tamanho das multas é inaceitável. Mesmo para um leigo, caso deste blogueiro, parece claro que o Inter poderia processar o MP por desconsiderar uma lei federal.

Bookmark and Share

Barcos é um legítimo pirata de pernas de pau

24 de abril de 2014 84
Foto: Juan Mabromata/AFP

Foto: Juan Mabromata/AFP

Barcos gosta de brincar que é pirata. Mal sabe que ele encarna, integralmente, o pirata cantado na marchinha carnavalesca. Com uma diferença: na canção, o pirata tem uma perna de pau. O centroavante do Grêmio tem as duas.

A torcida empolgou-se com alguns gols marcados por Barcos no campeonato “engana-bobo”. Na Libertadores, porém, as suas limitações despontam assustadoramente. Barcos é a principal liderança de vestiário, dizem. Pois aí é que mora a desgraça. Um líder que nada joga é um jogador que joga todas as partidas.

Barcos costuma abraçar seus companheiros, passa-lhes a mão na cabeça, dá bons conselhos, etc. Mas, quando faz uma bobagem como fez contra o San Lorenzo — falta na risca da pequena área que ele chutou uns 10 metros acima da goleira — aparece o lado feioso da sua personalidade. Neste lance, Barcos não se constrangeu em culpar Dudu pela besteira que foi apenas sua. A televisão mostrou em close o centroavante xingando Dudu, o melhor gremista em campo. Barcos também tem cara-de-pau, além das pernas.

Bookmark and Share

O Grêmio não vai longe

21 de abril de 2014 149

Torcedor deve ser respeitado, nunca enganado. E uma das maneiras de ludibriar a paixão e a boa fé da torcida é induzi-la a acreditar que o seu time está preparado para ser campeão quando o seu destino é tropeçar e cair no próximo cupinzeiro. É o caso do Grêmio.

Sua boa campanha na Libertadores tem a ver com momentos especiais do time e a mediania técnica dos adversários enfrentados. Os gremistas foram levados a acreditar que enfrentavam um “grupo da morte” e os bons resultados produziram expectativas acima das possibilidades da equipe. O Grêmio não tem um time péssimo, tampouco bom.

Não se pode confiar em uma equipe que desaba pela ausência de um garoto emergente. Desde que Luan foi para o Departamento Médico, o futebol gremista sumiu. Acrescente-se que as carências técnicas espraiam-se por todos os setores. Estão no miolo da zaga, na lateral-direita, no setor de armação e no ataque.

Não se deve enganar o torcedor. Com time limitado e treinador inexperiente, o Grêmio não vai longe.

Bookmark and Share

As descobertas de Abel Braga

14 de abril de 2014 47

Foto: Diogo Sallaberry

Ninguém poderá desconhecer, mesmo quem acha que o Grêmio foi goleado por culpa do seu goleiro, que o Internacional tem muito melhor time e esta foi a principal razão para as duas vitórias com goleada e olé no jogo decisivo. Até o Gre-Nal da Arena, o Inter vinha capengando com Ale, sem força e velocidade, e Jorge Henrique, inoperante no ataque.

No clássico da Arena, Abel descobriu Alan Patrick, escondido no banco de reservas, e Alex despertou passando a lembrar o jogador que foi nos grandes momentos de 2006. Em ambos os casos, Alex e Alan Patrick, os méritos foram de Abel Braga.

Por ter persistido com Alex e descoberto Alan Patrick. O time de Abel ganhou os dois Gre-Nais emoldurando a conquista do título com momentos gloriosos. Não se deve esquecer, também, que a descoberta de Patrick corrigiu o posicionamento de D´Alessandro, reconduzido para o lado direito do time aonde rende o máximo que pode.

O Inter que goleou e aplicou humilhante olé no Grêmio, surgiu nos dois últimos jogos da competição.

Bookmark and Share

Grupo da morte não mata ninguém

14 de abril de 2014 79

Depois de conquistado o tetracampeonato com goleada e olé históricos, colorados escrevem para este blogueiro perguntando se a Libertadores não seria uma competição engana-bobo. Justificam o questionamento com uma racional e oportuna equação: o Inter aplicou uma goleada na equipe que faz a segunda campanha no torneio continental que, logo, passa a merecer a consideração de competição engana-bobo.

Não, mil vezes não. Time fraco não ganha Libertadores e equipe que conquista o Gauchão nem sempre é tão forte. O que deve ser dito é que o chamado “grupo da morte” revelou-se pouco mortífero. Não apareceu nenhum grande time entre os adversários do Grêmio, até agora.

Este grupo da morte não mata ninguém. Mas, podem apostar, o campeão da Libertadores será um bom time. Poderá ser o Grêmio? Não creio.

Bookmark and Share

Inter vendeu cadeiras que não existem

08 de abril de 2014 49

O Beira-Rio repete o que aconteceu na Arena. No caso do Grêmio, o clube descobriu que faltavam 1,3 mil cadeiras. No Beira-Rio, torcedores que adquiriram cadeiras foram ao estádio para desfrutar o espetáculo da reinauguração e, simplesmente, não encontraram os assentos. Detalhes: as arquibancadas inferiores dão a volta ao estádio. Começam pela fila A, na parte mais baixa. E sobem chegando à fila Z. Como mais duas filas de cadeiras foram vendidas, foram denominadas filas AA e BB.

O diabo é que os compradores da última fila chegaram ao local e nada encontraram. O setor terminava na fila AA. Quantas cadeiras “sumiram”? Como serão compensados os compradores vitimados pela fraude? Serão colocados em outro setor menos confortável? Certamente, será mais fácil acertar a vida dos torcedores do que explicar o que aconteceu. É incrível! Será que o “gato comeu”? Mas gatos, que se saiba, não comem cadeiras.

Outra reclamação: cadeirante queixa-se que a porta do banheiro destinado aos cadeirantes é estreita demais e, pior, para chegar ao local é preciso descer uma escada. Como poderia uma cadeira de rodas descer e subir vários degraus?

Assim como aconteceu na Arena, os problemas começam a surgir, também, no Beira-Rio.

Bookmark and Share

Planejam incendiar a cobertura do Beira-Rio

07 de abril de 2014 171

beiraesse_al

Que haverá depredações no Beira-Rio, caso o Gre-Nal seja confirmado na casa colorada, é quase inevitável. E até haverá uma justificativa: torcedores colorados vandalizaram quase 200 cadeiras na Arena. Domingo, virá o troco.

Nas redes sociais, torcedores gremistas se articulam com o objetivo de incendiar a cobertura do Beira-Rio. Penso que será impossível. Seria necessário o uso de lança-chamas para que fosse consumada a barbaridade. Nada que não possa ser evitado com uma boa revista na entrada do estádio.

Cerca de 1300 ingressos serão destinados à torcida gremista. O Inter terá que providenciar seguranças para preservar o seu patrimônio. Não conseguirá como não conseguiram na Arena. Porto Alegre possui dois estádios belíssimos, modernos e confortáveis. E as duas torcidas, parte, só pensam em depredá-los.

O que é que faz com esta gente?

Bookmark and Share

A partir de hoje, máscaras proibidas

02 de abril de 2014 29

Depois de aprovado pelos vereadores de Porto Alegre, está na mesa do Prefeito José Fortunati, para sanção, o projeto de lei da vereadora Monica Leal que proíbe o uso de máscaras e capuzes nas manifestações de rua. O objetivo do projeto não poderia ser mais oportuno. Quem sai às ruas para protestar deve ter o seu direito assegurado e são dispensáveis artifícios para ocultar a identidade do manifestante. Até porque, já ficou cabalmente demonstrado que as máscaras sempre protegem a identidade de baderneiros, vândalos e assaltantes. É tão evidente a necessidade desta lei que chega a constranger que alguns vereadores tenham se oposto a sua aprovação e sanção sob as mais estapafúrdias argumentações. Pena que lhes falte coragem para assumir suas verdadeiras motivações.

Proibir o uso de máscaras que escondem a identidade dos bagunceiros é uma boa medida mas, talvez, os efeitos da nova lei tenham mínimas conseqüências se a Brigada Militar, por orientação do governo estadual, seguir na sua postura contemplativa, negando-se a reprimir crimes e transgressões. A orientação da BM está se tornando insuportável. Outro dia, na Arena, o árbitro e seus auxiliares precisaram permanecer dentro do campo, após o jogo, até que inconformados dirigentes do Brasil voltassem para o vestiário. A poucos metros, um grupo de brigadianos observava as ameaças dos dirigentes sem mover um músculo da cara. O árbitro esteve na iminência de ser agredido sem contar com a proteção dos homens da lei. Bastaria que o cercassem e o conduzissem ao vestiário, mas nada disso foi feito. A BM destes tempos está uma vergonha!

Bookmark and Share

Grêmio é favorito no Gre-Nal do Beira-Rio

01 de abril de 2014 66

Passei pelo Gre-Nal de domingo com uma certeza: o Grêmio será favorito para vencer o clássico decisivo, no Beira-Rio. É simples: tanto se diz e repete, desde domingo, que Abel Braga usou as opiniões de comentaristas que viam o Grêmio melhor para motivar os seus jogadores que o efeito foi a vitória colorada.

Obviamente, o resultado do Gre-Nal da Arena produzirá o consenso que o Inter chegará melhor no clássico decisivo. Assim, jogadores e comissão técnica do Grêmio levarão para o jogo motivação especial extraída das opiniões da imprensa. E o Inter será derrotado.

E agora, informação inédita: Abel Braga leu as opiniões dos comentaristas no intervalo do Gre-Nal. Por este motivo, o Grêmio jogou melhor a etapa inicial e até saiu na frente no placar.

É dose!

Bookmark and Share

Abel Braga está voltando para o Catar

01 de abril de 2014 29
Foto: Diego Vara/Agência RBS

Foto: Diego Vara/Agência RBS

Se você fosse um treinador e recebesse a seguinte proposta para trabalhar no Catar: luvas de 10 milhões de euros na mão e um milhão de euros no fim de cada mês, você relutaria?

Pois esta é a proposta que Abel Braga recebeu de um clube do Catar, ontem à noite. Hoje ele responde que aceita e viaja nas próximas horas para assinar o contrato. Abel Braga não é mais treinador do Inter.

O clube já fez proposta para Enderson Moreira, que está na Colômbia. A segunda opção é Celso Roth. Gostaram?

Ah, sabem que dia é hoje?

Bookmark and Share