Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O mistério da escalação de Jorge Henrique

19 de julho de 2014 10

Juro que quando soube que Jorge Henrique estava escalado para enfrentar o Corinthians, bateu-me curiosidade irrespondível: qual seria a explicação para a escolha deste jogador que entrou em declínio técnico há quase um ano e deveria ser substituído na equipe colorada. É um mistério mas longe de ser exclusividade do Inter. Repetem-se casos semelhantes em inúmeros clubes sem que alguma justificativa razoável seja apresentada. Pelo contrário, se questões como a escalação de Jorge Henrique são colocadas para o treinador, provavelmente virá uma resposta grosseira e irritada. Já virou desagradável rotina.

Bookmark and Share

Comentários (10)

  • Mauro diz: 19 de julho de 2014

    O mistério é o seguinte; JH foi escalado porque, simplesmente, não havia outro jogador para ser colocado em campo…

  • Luiz Fernando diz: 19 de julho de 2014

    Com J Henrique, Dalle e Rafael Moura o time não tem velocidade. Só o Abel não consegue enxergar uma coisa dessas! Meus Deus!
    Com a volta do Aranguiz, que tem um pouco mais de velocidade, chuta, se infiltra na defesa adversária e ainda ajuda na marcação, o time deve melhorar. Mas não deveria ser a única alteração do Abel.
    Na defesa, Juan deveria dar lugar ao Ernando, que se não é tão técnico, compensa com a velocidade e juventude. Na lateral esquerda, é hora de testar o Rushel. Queria ver o desempenho do atleta duas ou três partidas seguidas para comparar com os desempenhos do Fabrício.
    No meio, é Willians e Winck. Este, além de sair jogando rapidamente, chega ao ataque com força. Chuta muito bem. Aliás, parece que essa característica (de chutar à gol) parece ter sido esquecida pela comissão técnica e jogadores. Incrível!
    Depois é Alan Patrick, Aranguiz e mais um. Para mim, Dalle não é mais aquele titular incontestável. Queria ver o time com o Valdívia em seu lugar, Alex, Luque, Leandro ou Otávio. Acho que o time ficaria mais veloz, marcador (não ficaria um buraco no meio campo toda vez que a jogada é pelo lado do cara) e pararia esse “mimimi” com arbitragem e adversários.
    Na frente, Rafael Moura. Não adianta só cobrar do cara se a bola não chega. Tem que chegar, no mínimo, umas dez bolas por jogo. Das dez, uma sete ou oito são “caroços”, aí fica difícil! Tem que ter quantidade…
    É muito pouco o que o nosso time tá produzindo. Nosso pessoal(direção, jogadores e comissão técnica) falam muito e muito mal. Essa do Abel, por exemplo, de “trocar” pontos é de “rachar”. Pensem num motivador! E por aí vai…só bobagens!
    Deveriam falar bem menos, principalmente antes dos jogos, e jogar bem mais!
    E, por favor, não me venham com desculpas que o jogo de domingo é clássico e blá, blá, blá! Flamengo é o último do campeonato e não deve ser por acaso.

  • Eugenio diz: 19 de julho de 2014

    Muito simples, Wianey. O técnico é um frouxo que quer tentar garantir os resultados escalando os cascudos e bruxos… Em vez de testar a garotada fica medroso que acabem com os resultados despareçam e a direção termine o contrato dele… Pobres garotos da base…

  • Gilnei diz: 19 de julho de 2014

    Depende do Empresário dele, pq esse cara é muito influenciável.

  • barbosa diz: 19 de julho de 2014

    É fácil de explicar: Jorge Henrique é “homen de confiança” do inteligentissimo Abelão, resolvido o mistério.

  • Emerson diz: 19 de julho de 2014

    A explicação só pode estar que ele fez um bom jogo na última partida antes do recesso da Copa contra o Fluminense. Sendo assim, considero aceitável o Abel ter iniciado com ele contra o Corinthians.
    O mesmo deve valer para o jogo de amanhã. Tem que haver um time titular para pegar entrosamento, mas quando um dos titulares está de fora (caso do Alex) deve-se escalar dentre os reservas quem está melhor. Valdivia e Winck foram melhores que o JH durante a semana, um, dele deveria começar. Eu particularmente colocaria o Winck e daria maior liberdade para o Aranguiz.

  • GUTO PEREIRA diz: 19 de julho de 2014

    Caro WIANEY, mistério mesmo é JOÃO AFONSO, RESSUSCITAR dos MORTOS , não joga um ovo é um coice e deveria de estar fora do COLORADO a ANOS, JUAN o que faz na ZAGA, da a impressão que está em CÂMARA LENTA, INDIO renovou porque é POSITIVO para o GRUPO(??!!), então que se dê um CARGO para trabalhar nos vestiários do BEIRA RIO….e o LATERAL que veio do FLUMINENSE o que é AQUILO ????? JORGE HENRIQUE é CRAQUE, perto destes outros……é uma VERGONHA o que está se fazendo com o COLORADO.

  • Colorado diz: 19 de julho de 2014

    Abel e seus bruxos, sempre foi assim, seja no Inter ou no Fluminense. Quando foi contratado todos sabíamos deste defeito, mas a cegueira é grande por parte da torcida colorada.

  • DAVI diz: 19 de julho de 2014

    INTER E A GESTÃO DA MEDIOCRIDADE: estamos em julho, mas infelizmente para nós colorados, o ano já acabou, pois não temos chance de título na COPA DO BRASIL, e nem de vaga na Libertadores. Com ABEL dizendo que o jogo contra o Corintians foi ótimo, e com Juan, Fabrício, Jorge Henrique, João Afonso, Alex, Alan Patrick, Rafael Moura, vamos mais uma vez namorar com a segunda divisão. Que pena.

  • milton Zinn diz: 12 de agosto de 2014

    NÃO consigo aceitar um Clube (GREMIO),ter contratado um atleta que já jogou LIBERTADORES,estava na EUROPA e o TREINADOR improvisar um NANICO que não tem condições de jogar nem no time C ser escalado no GRENAL e pensar que com FELIPÃO a coisa ia mudar.Estão querendo o que .ACORDA FELIPÃO.A torcida não aguenta mais tanta porcaria jogando no GREMIO.

Envie seu Comentário