Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O futuro da Seleção será plantado nesta terça

21 de julho de 2014 3

Às 11 horas desta terça será plantado o futuro da Seleção Brasileira. A CBF elegeu Dunga para ser o semeador de mudanças que não podem mais ser proteladas. Não será, certamente, tarefa para um homem só. Dunga precisará contar com afinada e competente assessoria para desenvolver um projeto que leve à reabilitação do futebol brasileiro. Por onde começará este trabalho, só o treinador poderá dizer. E, espero que diga, antes do meio-dia. O Brasil terá este ano mais alguns amistosos da Seleção. Será imperioso que não se cobre resultados imediatos. Não se reconstrói um sonho da noite para o dia. Dunga comandará o processo de campo mas será preciso que a CBF contribua com decisões institucionais que inibam o êxodo de jovens promissores. Se a entidade nacional não tiver poder suficiente para inibir o mercantilismo instalado, que tente mudar a situação oferecendo sugestões à Fifa. Algo precisa ser feito. Se não conseguirmos reter, por algum tempo, nossos talentos emergentes, será quase impossível, projetar um futuro melhor para o nosso futebol.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • luiz carlos diz: 21 de julho de 2014

    sr.Wianey, a seleção esta como a Nação, sem rumo, sem planejamento, ruim com Dunga, pior sem ele, e vamo que vamo, é brabo.

  • Martin diz: 22 de julho de 2014

    Vamos ter bastante jogadores que jogam no Brasil convocados, para mais tarde serem vendidos para o exterior e encherem os bolsos. Empresário de jogador ser coordenador técnico é piada para não falar outra coisa.

  • samir diz: 23 de julho de 2014

    Mas isso é uma grande falácia! E o que dizer da Argentina que exporta tanto quanto o Brasil e esteve esses dias mesmo disputando uma final de Copa do Mundo!
    O problema do Brasil, é pura e simplesmente FALTA DE TALENTO!
    No fim das contas o Brasil nunca foi, em época alguma, exemplo de disposição tática, ou inovação tática.
    Vencemos a Copa de 2002 com 90% de jogadores que saíram cedo do Brasil, mas que eram TALENTOSOS, BONS DE BOLA!

    Penso ainda que, ao saírem mais cedo do país, aqueles que são talentosos tem maior chance de poder desenvolver esse talento pessoal, bem diferente do Brasil, onde se elogiam os BRUCUTÚS, e qualquer piá de categoria de base que vai dar um balãozinho ou um elástico é imediatamente repreendido pelos seus treinadores…..
    O Brasil nunca em sua história teve tantos volantes que sabem sair jogando……

Envie seu Comentário