Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Mal começou o Gauchão, e pressão já recai sobre a imprensa

10 de fevereiro de 2015 26

A expulsão de Luan foi reprovada, pelo que li e ouvi, por todos os analistas de Porto Alegre. Mas, terminado o jogo, Luiz Felipe Scolari responsabilizou a imprensa pelo erro do árbitro. Segundo seu entendimento, comentaristas consideraram que Luan bateu mais do que deveria no jogo contra o Aimoré e acabaram condicionando o árbitro do jogo contra o Avenida. O Gauchão mal começou e o Felipão já está assim? O que fará (falará) na decisão da competição?

Wianey Carlet: alguém precisa avisar o Lincoln que ele só tem 16 anos

“Vocês transformaram as minhas opiniões futebolísticas em queima do treinador. Isto é uma bobagem muito grande”. Vitório Piffero está certo. É uma grande bobagem o presidente sair criticando o esquema tático, a escalação de três atacantes e achar que não está “queimando” o treinador. Neste episódio, a bobagem não foi cometida pela imprensa.

Escrevi antes de o Gauchão começar, que este seria um campeonato de muita pressão sobre os árbitros porque Grêmio e Inter estavam determinados a conquistar o título. Enganei-me. Mal começaram os jogos e as pressões dos dois lados já caem sobre a imprensa. Ficaria bem melhor se o Felipão tratasse de treinar o Grêmio, o Piffero de administrar o Inter e os jornalistas de fazer o seu trabalho.

Leia mais opiniões de Wianey Carlet

Bookmark and Share

Comentários (26)

  • Norton diz: 10 de fevereiro de 2015

    A grande verdade é que além dos técnicos, precisamos urgente de uma renovação nos quadros da RBS com relação aos comentaristas esportivos. Porque realmente é difícil saber que ganham salário para ficarem arrumando fofoquinhas, como lavadeiras.
    Comentário esportivo, técnico e racional, que é bom, ficou para trás. E um dos piores, com certeza é o titular desta coluna.

  • Baldasso diz: 10 de fevereiro de 2015

    Bom, então comecem vocês a fazerem direito o trabalho de vocês!!!
    Os comentários são muito ruins, vazios, de momento. Falam qualquer bobagem hoje, amanhã muda tudo e ninguém se responsabiliza.
    Wianey, tu mesmo, passaste 2014 inteiro criticando o Inter (e o Abel) de forma muito forte. Realmente o time não era uma maravilha, mas terminou o ano como terceiro melhor time do Brasil. Imagina os demais!
    Quer dizer, tu errou feio no ano passado e inicia 2015 com todas as credenciais e credibilidade? Peraí, chê!
    Olha, com exceção do Saraiva e do Coimbra, poucos se salvam por aí.

  • William diz: 10 de fevereiro de 2015

    postagem corporativista…vcs fazem mto o bem o trab de vcs né??? querendo mexer no ambiente dos clubes, com noticias furadas, barrigadas…..
    Alias Wianey…qd vai sair teu post novamente “Inter flerta com a segundona”??
    por essas e outras, muitos jogadores e treinadores q passaram por aqui dizem : a imprensa esportiva do RS é a pior…..

  • Diego diz: 10 de fevereiro de 2015

    Os comentaristas gaúchos, com raríssimas exceções, são ultrapassados.
    Esse wianey esta na década de 80 do século passado. Ele sustenta todo o seu “conhecimento futebolístico” baseado na discussão de volantes. Para esse cidadão, como para grande parte dos analistas do futebol gaúcho, o futebol é o mesmo, não existe evolução. Esse cidadão não consegue enxergar um time sem dois *burucutus a frente da zaga.
    A RBS deveria pagar tv fechada para esse senhor ver futebol europeu, ou mesmo pagar uma sessão de regressão para ele relembrar das seleções que jogaram a copa.

    A imprensa pede inovação, e com 3 jogos quer derrubar o DIEGO AGUIRRE, pq ele testa uma formação mais ofensiva.

    Suas críticas(me refiro ao ser responsável por esse blog) são tão fundamentadas quanto o conteúdo de uma balão de aniversário.

    *burucutu na gíria do futebol é considerado um jogador de pouco refinamento, sem técnica, que faz sua carreira na base da força, da transpiração.

    Agora a gente entende o amor do WIANEY por burucutus. Seria uma autodefesa?

  • silvio diz: 10 de fevereiro de 2015

    Pobrizinha da imprensa Wianey, sempre a injustiçada. Sabe Wianey, não existe classe mais corporativista do que a de vces. São fofoqueiros SIM e criadores de casos, geralmente em busca de uma maior audiência, muitas vezes com inverdades, expondo profissionais a fúria de um publico alvo cada vez mais irracional. Infelizmente vces são formadores de opiniões e como não existe um controle de qualidade naquilo que vces dizem, como acontece em qualquer empresa com relação aos seus produtos, vira anarquia.havera de chegar o dia, talvez eu não esteja mais vivo, que esse tipo de jornalismo desrespeitoso e por vezes mau caráter , chegara ao fim. E pra terminar Wianey, liberdade de expressão e uma via de duas mais, não e porque vces tem um espaço na mídia que são os donos da verdade, quem fala o que quer tem que aprender a ouvir o que não quer. Abços6tzw

  • Carlos Xavier Rosa diz: 10 de fevereiro de 2015

    Pera lá, como é que o sr. sabe que o gremio vai estar na final do Gauchão?
    Mãe Diná ressuscitou e eu não sabia?
    Com este timeco, o gremio é forte candidato ao rebaixamento no campeonato regional.

  • Fernando diz: 10 de fevereiro de 2015

    Até parece que a dupla GRENAL precisa fazer pressão para ganhar o dificílimo “gauchinho”…

    Além de ser mais do que normal os clubes defenderem seus próprios interesses, burros seriam se não o fizessem.

    Agora, é mais fácil para vocês, jornalistas, colocarem a culpa nos clubes ao invés de direcionar as críticas aos que insistem em não profissionalizar a arbitragem no Brasil, afinal de contas o amadorismo ainda tem sido a melhor desculpa para a incompetência.

  • DNLUFT diz: 10 de fevereiro de 2015

    WIANEY: O SR. 7X1 QUERER CONDICIONAR ARBITRAGENS CHEGA A SER HILÁRIO. SENDO AJUDADO NO MÍNIMO UMA VEZ POR JOGO, E QUERENDO FALAR DA IMPRENSA QUE CONDICIONA JUIZ. ETA CARA DE PAU DESTE RIDÍCULO.

  • Cassandro diz: 11 de fevereiro de 2015

    O Felipão está certo. O Maurício Saraiva, comentarista do jogo Aymoré x Grêmio, falou na hora e escreveu depois que o Luan deveria ter sido expulso antes do gol que fez por ter empurrado um adversário e que a marcação do Aymoré foi leal. Pois então revejam o lance do empurrão que o Luan deu e verão que antes o jogador do Aymoré chutou o Luan sem bola.
    Tivesse o Saraiva comentado corretamente o lance, destacando o chute desleal do jogador do Aymoré, e o árbitro do último domingo não teria expulsado o Luan por uma falta não cometida (aliás parecida com uma expulsão do Barcos contra o Palmeiras, que depois foi absolvido no STJD).

  • Luiz diz: 11 de fevereiro de 2015

    Caro Wianey, o problema é que a imprensa quer liberdade total, falar o que quer e bem entender, mas se alguém se posiciona de modo diferente vocês ficam nervosinhos. Daí acontece algo digamos perigoso, pois muitos jornalistas transformam liberdade de imprensa em libertinagem de imprensa. E no futebol é só reparar atentamente que muitos colegas teus passam do ponto, pois o torcedor na sua maioria é passional, mas eles (teus colegas) querem fazer todos de burro e idiotas.
    Quem pensa um pouco fica enojado com tamanhas asneiras ditas pelos teus pares.

  • Diego diz: 11 de fevereiro de 2015

    O Felipão tem razão. A imprensa do Rio Grande do Sul, escreve muita besteira, queima jogadores, treinadores e árbitros.

  • Ronaldo diz: 11 de fevereiro de 2015

    Impressionante… vocês falam e discorrem sobre os treinadores da dupla durante dias. Criticam sem nunca ter vivenciado o trabalho de técnico de futebol. E quando alguém resolver pronunciar uma única frase sobre vocês as vozes ecoam por todos os veículos jornalísticos. Aprendam a escutar um pouco também. É muito difícil ser criticado não senhor Wianey. Vá para as quatro linhas… é cem vezes pior.

  • Benedito diz: 11 de fevereiro de 2015

    Mal começou o gauchão e a imprensa gaúcha já se metendo onde não deve. Dá mesmo a impressão de que a qualidade dos jornalistas está cada vez menor.
    O Luan foi cassado durante o jogo inteiro (Aymoré) e só recebeu críticas da imprensa. E essas críticas, exageradas, surtiram efeito. Luan foi expulso no jogo seguinte, sem motivo.
    Portanto, Wianey, é bom você pensar antes de falar e escrever.
    O Felipãp falou apenas a verdade. E a verdade não pode ser contestada. Ou pode?

  • Caldeira diz: 11 de fevereiro de 2015

    Wianey, voces da imprensa são os “intocáveis”. Não admitem e não aceitam críticas; quando criticados fazem assumem a posição de coitadinhos, de palmatória do mundo quando, de fato, são uns “aviões” em tergiversar, camuflar o verdadeiro sentido da críticas para transformar aqueles que ousam criticar o ” quarto poder” em perseguidores. Meu caro, vai produzir tuas rúculas, aliás, ao escolher um vegetal tão saboroso, demonstras bom gosto. Quem sabe passas a escrever e comentar sobre alimentos como um verdadeiro gourmet. Sem ofensas. Abraço.

  • filomena carranta diz: 11 de fevereiro de 2015

    enquanto batistas comentarem , com toda imparcialidade, tipo o bandeira nao tinha como ver, tava impedido so o bandeira nao viu, foi bola na mao nao mao na bola, tava com o braço aberto, mas e uma açao natural para o equilibrio, sempre puchando pra um lado…..sabem de quem precisa desenha….

  • gabriel diz: 11 de fevereiro de 2015

    ” Taison ou Messi, o futuro dirá quem foi melhor”….precisa falar mais alguma coisa?

  • Kiko Uruguaiana diz: 11 de fevereiro de 2015

    Wianey Gremista Carlete, dizer o que da derrota do Grêmio na Arena OAS, o Grêmio Não Joga em Casa, hhehehe, o Brasil de Pelotas ganhou por quatro motivos: Primeiro, Segundo o Wianey vem escrevendo á muito tempo, o Gauchão Não Interessa ao Grêmio.
    Segundo, a melhor, maior e mais comentada contratação do Grêmio dorme em campo e sai vaiado,. Terceiro O Moreno não jogou, quem jogou foi um Moreno piratiado pela China, Quarto O Brasil jogou de Vermelho e isso horroriza jogadores do Grêmio.
    E O Hiltor grudado num radinho de pilhas lá na praia, torcendo para o Cruzeiro.

  • Rafael diz: 12 de fevereiro de 2015

    A imprensa do RS é patética, uns verdadeiros fantoches nas mãos dos empresários de jogadores. Eles atiram interesses e negociações para valorizar seus jogadores e a imprensa cai como um patinho. Saem atirando contratações inexistentes, é barrigada pra todo lado, um desespero.

  • guilherme diz: 12 de fevereiro de 2015

    Na verdade, o futebol no RS ta muito chato….imprensa criadora de crise, qualquer coisinha é motivo de alarme, bem como essa nova geração de torcedores, que só querem vaiar, criticar e arrumar confusão nos estádios e nas redes sociais. Na real, vão se catar vcs da imprensa, com seus comentários medíocres e suas pecuinhas que estão destruindo os prazeres do futebol, gente palerma, sem o mínimo de conteúdo moral e intelectual….ah também, vão se catar essa cambada de torcedor chato, uma bagaceirada sem o mínimo de respeito com ninguém…Sou torcedor da década de 90, colorado fanátio que ia para o estádio e, mesmo sem nenhum título, nunca vaie ou arrumei cnfusão com ninguém…..o futebol no RS ta muiiiiiiiiiiitooooo chato

  • Kiko Uruguaiana diz: 13 de fevereiro de 2015

    As pérolas do gremista Wianey:
    O Grêmio tem em Odone o melhor presidente de todos os tempos.
    O Odone fez a Arena e fica na História do Grêmio e do futebol gaucho.
    O Odone fez um grande time com grande elenco e um dos melhores técnicos do futebol brasileiro, o Luxemburgo.

    Depois de terra arrasada, o Wianey escreve, isso em 2014; O Barcos não pode reclamar de salários atrasados em entrevista coletiva e ao vivo, isso compromete o Grêmio, que vá embora o Barcos.
    O Enderson Moreira não serve para o Grêmio.
    Depois de passar vexame com o seu Grêmio em 2012, 2013, 2014, o Wianey como se nada tivesse escrito, arrogantemente escreve. ” A imprensa é responsabilizada pela derrota do Grêmio ”
    Se aposenta devereda Wianey

  • delir coorrêa diz: 14 de fevereiro de 2015

    devo dizer que em grande parte,da violencia nos estadios e entre os torcedores em geral é a própria imprensa que instiga e depois salta fora,dizendo que é isenta e fica por isso mesmo.isso tudo culpa de irresponsaveis que ficam atrás de um microfone jogando cinzania aos quatro ventos do mundo, e ficam depois esperando o resultado doque eles fizeram. e podem ter certeza daõ muita risadas e gargalhadas com tudo isso,pois essa imprensa deste pais é uma imprensa que naõ trata a informaçaõ com seriedade,somente atrás das desgraças pois isso da o tal de ibope. o nosso futebol esta esse lixo, porque! é lógico esses safado da imprensa transformam perna de pau em craques, pé de chumbo em craques e por ai seque, é todo mundo só falando em futebol, é programecos em radio e em tv,todo mundo entendido em futebol,todo mundo,sabe futebol,tem uma loira de farmacia em um canal de tv que da vontade de vomitar ao ver aquilo falando em futebol. façam-me um favor respeitem um pouco esse povo brasileiro de tanta asneiras e mediocridade. essas enquetes que eles fazem seja por telefone ou com a internet,essa pratica é a maior criadora de desgraça entre torcedores, porque ficam no programa um metendo o pau no outro, e acabam discutindo e depois saem rua afora com a cabeça fervendo, e pronto ta feita a porcaria, e a dona imprensa fica lá no seu cantinho quietinha, falando, viu deu briga entre torcedores ainda bem que a imprensa naõ tem nada com isso? essa é a verdade que precisa ser dita,mais naõ tem ninquem com aquilo roxo pra botar prafora essa safadeza desta imprensa sensacionalista esportiva é esse meu desabafo com esses safados.

  • Kiko Uruguaiana diz: 15 de fevereiro de 2015

    Quando lá em 2013 o Wianey cantava em vento e prosa que o Grêmio éra favorito em qualquer competição, tinha um grande elenco, um grande presidente(Odone), um dos melhores técnicos do Brasil (Luxa), e que de quebra o Grêmio não se interessava pelo Gauchão.
    Hoje o Wianey, gremista que é, apanhando mais de três anos a fio, ainda encontra arrogância suficiente para esbravejar contra seu próprio clube, isso confirma o que eu sempre disse, Wianey, Hiltor e Santana, são torcedores ilustres do Grêmio mas se comportam como verdadeiros inimigos.

  • João Tomás diz: 15 de fevereiro de 2015

    Pedro Ernesto e Wianey não tem mais condições de narrar e comentar jogos do grêmio. É nitido viés deles de fazer terra arrasada e provocar o treinador do grêmio. São sempre destrutivas as críticas desses senhores. A gaúcha está perdendo o ouvinte gremista. O sala de redação eu deixei de ouvir, depois de uma vida como ouvinte fiel. A gaúcha deixou de ser imparcial nos debates. E faz o oposto do que o torcedor espera na jornada. A gaúcha deixou de ser parceira do gremista. Na jornada de 14-02 o Pedro chamou o felipao de covarde, koff de vagabundo e o presidente do grêmio de noviça rebelde; wianey chamou felipao de mentiroso, ao duvidar que os jogadores não façam o q foi treinado. Esses caras nunca jogaram futebol. São poços de vaidade colorados que morrem de medo que o felipao consiga reeditar os anos 90.

  • delir corrêa diz: 15 de fevereiro de 2015

    Eu volto, a dizer naõ tem geito.O problema do Gremio é de gestaõ e quando eu digo de gestaõ, é no todo. desde da presidencia até a portaria. O Felipaõ naõ tem mais na maõs o grupo do Gremio,tem algo errado ,e ele deve saber o que esta acontecendo,está na hora, e esta hora, é agora já trocar o Felipaõ. já se viu que naõ vai dar certo,pois o que começa errado termina errado. por favor é a hora de trocar o treinador,pois a copa do Brasil vem ai,e sem treinador com confiança e com firmeza vai ser mais um fiasco. e mais um ano perdido. MANO MENEZES JÁ,MANO MENEZES JÁ,MANO MENEZES JÁ, JA CAIU DE MADURO O MANO CONHECE MELHOR O GREMIO,POIS O FELIPAÕ FICOU MUITO TEMPO FORA DO ESTADO, E AS COISAS MUDARAM MUITO POR AQUI, COISAS QUE ELE NAÕ SABE QUE ESTAÕ ACONTECENDO, EO MANO MENEZES SABE MUITO BEM O QUE ACONTECE NESTA PROVINCIA. ESSA IMPRENSA SABE MUITO BEM NO QUE EU ESTOU ME REFERINDO,ELA SABE MUITO BEM O QUE ACONTECE POR AQUI NESTA TERRINHA.

  • Jorges diz: 16 de fevereiro de 2015

    Comparar o episodio das declaraçôes do Piffero com o do Luan e o do Felipao é dificil. Primeiro porque as porradas desferidas todo o jogo pelo Luan ou as falas do treinador não mereceram matéria em nenhum veiculo da rbs, muio menos manchetes nos jornais, internet, e destaques na Tv ou tesesno radio, e menos ainda durante a semana toda… Com o Piffero rendeu manchetes diarias no clic, analises no Sala, suites com o Aguirre e até uma nova entrevista com o Piffero re-rebatendo os mesmos assuntos. Pesos e medidas diferentes como é a regra nesse conglomerado. Piffero falou: “as tentativas de construção da crise no Inter ás vezes chegam a ser hilarias…”

  • ANA POLINA diz: 16 de fevereiro de 2015

    A imprensa tirou o Felipão do banco antes de terminar o jogo contra o Veranópolis

Envie seu Comentário