Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Diego Aguirre deve aprender com o Felipão

20 de fevereiro de 2015 27

Luiz Felipe Scolari, em Passo fundo, escalou três volantes e deixou Douglas liberado para armar. O resultado todos viram. Douglas foi, talvez, o melhor jogador em campo.

Diego Aguirre deve aprender com o Felipão: fechar o meio-campo e dar liberdade a D’Alessandro para que este possa exercer plenamente as funções de criação.  E  não faria mal o treinador colorado se esquecesse este esquema tático com uma linha de três armadores finais. O que se vê é que todos se atrapalham voltando para tentar marcar e deixando de atacar.

Alguém precisa dizer ao Aguirre que o melhor é simplificar: 4-2-2-2 ou 4-4-2. E os laterais que tratem de marcar os adversários que jogam pelos flancos. Se não conseguem, que sejam substituídos.

Bookmark and Share

Comentários (27)

  • Marcelo diz: 20 de fevereiro de 2015

    Podem me chamar de louco, mas o problema do Inter se chama Aranguiz. Trata-se de um bom jogador, mas (graças ao futebol arcaico desempenhado aqui no Brasil) é difícil definir a posição de um jogador moderno como o Aranguiz. Aqui estamos atrasados ao ponto de discutir se o cara é volante ou meia… A verdade é que, para a nossa mentalidade atrasada, a escalação de Aranguiz deve vir acompanhada da escalação de outros 2 volantes, sendo Aranguiz um cara que irá para frente tentar a infiltração, mas (sem a bola) fará a recomposição. Entretanto, com os 2 volantes fixos adicionais, a defesa estaria bem protegida até mesmo para o avanço dos laterais. Mas, na província, quando se fala em escalar 3 volantes, a torcida vai à loucura. Assim, se for para jogar com 2 volantes, Aranguiz é reserva.

  • Campeão FIFA diz: 20 de fevereiro de 2015

    COMO ASSIM? SE EXPULSAR DE CAMPO!! KKKKKKKKKKKKKKK, você é uma piada mesmo, nunca um treinador do INTER, vai deixar o time antes do fim do jogo.

  • Baldasso diz: 20 de fevereiro de 2015

    É INACREDITÁVEL como uma análise tosca dessas pode ser publicada em um site como o ZH Esportes.
    Análise com base em UM JOGO que, eventualmente, deu certo para o Grêmio. O Wianey acha que os jogadores funcionam como em um videogame: Basta definir o esquema tático que eles prontamente desempenham suas funções. Não, Wianey, humanos precisam se adaptar, aprender novas funções. Todo time vencedor necessita de um tempo de maturação. É evidente que o time do Inter está longe de chegar lá, entretanto, não é a escalação de um, dois ou três volantes que vai fazer o time engrenar da noite para o dia.
    É mais inacreditável ainda que eu tenha que estar escrevendo isso, me parece óbvio.
    Só não o é para este dinossauro que continua comentando abobrinhas neste espaço.

  • Marcelo Costa diz: 20 de fevereiro de 2015

    Não entendo esses comentaristas…pra mim, um time tem que ter uma determinada estrutura e o jogador tem que se adaptar a essa estrutura.

    Hoje, quase todos os grandes times jogam com um volante de retenção e outro com mais saída.

    Veja a escalação do corinthians: : Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos, Ralf, Elias, Jadson, Renato Augusto, Emerson e Danilo.

    O único volantão é o Ralf. Barcelona, Real Madrid, Chelsea, etc. Também usam a mesma estrutura. Será que esses times vencedores estão errados?

    Se uma das peças não está cumprindo com a determinação dada retire-a.

    3 volantes é pra time pequeno. Não venham apequenar o meu Inter.

    Abraço,

  • Cesar diz: 20 de fevereiro de 2015

    Pronto, resolveu o problema. Quem sabe completa a sugestão e diz quem seriam os 3 volantes e ainda quem seriam os laterais substitutos que saibam marcar existentes no Beira-Rio

  • Thiago Dutra diz: 20 de fevereiro de 2015

    Falou tudo Marcelo.
    Todos os times de ponta jogam com um volante de contenção apenas, sendo que eles também sabem sair jogando.
    O São Paulo, com Denilson e Souza de volantes, foi engolido pelo Corinthians com Ralf e Elias, sendo o último autor do primeiro gol alvinegro.
    O Inter marca muito atrás, dá espaço para a equipe adversária jogar no seu campo defensivo, e isso não é de hoje, há tempos que ocorre. O colorado tem que pressionar na marcação e não dar espaço para o adversário. Quanto mais perto da defesa adversária for a roubada de bola, melhores as chances do Inter.

  • rick diz: 20 de fevereiro de 2015

    inter e river perderam na altitude, acho que eles deveriam jogar contra o passo fundo a altitude de… passo fundo… e comprar fascículos da enciclopédia felipão: fascículo 1 – como tomar de 7 da alemanha… fascículo 2 – não se contente com pouco, como tomar 10 gols em 2 partidas de copa do mundo…. fascículo 3 – vade a bordo caso, como sumir da casamata antes do final do jogo…. fascículo 4 – rebaixando campeões, como levar clubes grandes pra segunda divisão……..e por aí segue

  • henrique diz: 20 de fevereiro de 2015

    O que decrepito cronista esportivo escreve é ridículo, se Diego Aguirre aprender com o Felipão ele logo vai deixar o time em campo sozinho e tomar de 7 de alguém, pergunto o que tem aprender alguém com este sr. ou o que tem este sr. a ensinar para alguém, quanto ao decrepito também já deveria a muito tempo largar a imprensa porque se contradiz a todo momento, gauchão é engana bobo, como um jogo com o Passo Fundo serve de parâmetro para alguém ensinar outro, esquece o decrepito que este treinador vem 3 derrotas no gauchão, ridículo, babão, ultrapassado.

  • edison diz: 20 de fevereiro de 2015

    Que comentarista ultrapassado!! Sem assunto, manda Aguirre se espelhar no retrógrado 7 x1. Não tem noção do ridículo? Deixa os mais jovens buscarem suas idéias. Vamos modernizar. Esse senhor é que deveria aprender com os cronistas mais jovens e ainda não ultrapassados. Consegue falar sem dizer nada. E escrever pior ainda.

  • SEMPRENAPRIMEIRA diz: 20 de fevereiro de 2015

    WIANEY, QUAL É A TUA, AGUIRRE APRENDER COM O FUJÃO! SÓ EXEMPLOS BONS DESTE BI-REBAIXADO, LEVAR 7 A 1 NA COPA DO MUNDO. SE MANDAR PRO VESTIÁRIO ANTES DO FINAL DO JOGO.

  • FLORIANO diz: 20 de fevereiro de 2015

    Eu acho que quem deveria ensinar alguma coisa é o sr. Abel Braga, e nos explicar o que significa a expressão “APRECIADOR DO FIO TERRA” , a qual se referiu e este jornalista em rede nacional no canal ESPN.

  • josé carlos diz: 20 de fevereiro de 2015

    OLA WIANEY não entendi você ,o teu guru Felipe 7 perdeu 3 no charmoso campeonato gaúcho ,e você quer que o Diego Aguirre aprenda com o Felipe 7 .Pelo menos o Aguirre não se auto expulsou do jogo . Não da para entender parte da imprensa que estão querendo derrubar o treinador ,por que não entrosou o time ainda ,não tem padrão de jogo .No ano passado criticaram o Abel por que chegou no fim do ano ele foi só o terceiro do brasileiro ,que não teve padrão de jogo agora já estão com a mesma ladainha criticando o treinador ,que eu saiba não foi ele que contratou um zagueiro que não jogava há hum ano ,o Andersom que não jogava a mais de seis meses ,esse Nilton que não chega aos pés do Viliam que tu cansou de tanto criticar ,que ele passou o ano todo jogando sozinho na frente da zaga .O NILMAR esta jogando só do passado que jogou no Inter ,perdeu o seu futebol no Oriente médio esta merecendo um banco um jogador que ganha 700 mil por mês ,perder aquele gol na cara do goleiro não tem explicação ai a culpa é do treinador .

  • dirceu diz: 20 de fevereiro de 2015

    Pura demagogia do 7×1

  • Lucas3 diz: 20 de fevereiro de 2015

    Como gremista condenado a aguentar esta enganação como treinador do meu time tenho a certeza que o único que o uruguaio pode aprender do Felipão , é como ficar rico sem ter nenhum talento para o futebol.E fica claro também ,o temor que o 7×1 provoca na imprensa gaúcha porque são poucos os que o criticam , a pesar do seu péssimo desempenho como “treinador ” do Grémio.

  • silvio jaime fernandes diz: 21 de fevereiro de 2015

    Boa tarde à todos.
    - Gente…..será que ninguém se apercebeu que estes blogueiros” da RBS só servem para jogar gasolina para apagar o fogo ???……
    Outra pergunta:……Até quando esta “empresinha de 5ª categoria” vai continuar sendo um “pasquim” ???…..

  • Vitor Vaz diz: 21 de fevereiro de 2015

    Wianey , tu que tem contato com o Fernando Carvalho pergunta no ar pra ele sobre a declaração feita pelo Mário Sérgio agora à pouco em uma rádio de POA , onde o Mario Sergio falou pela primeira vez sobre sua saída do Inter no final de 2009 quando foi vice-brasileiro , segundo ele , foi convidado pelo FERNANDO CARVALHO , e mesmo ele, Mario Sergio, estando com um problema de saúde acabou aceitando em nome de sua “amizade” com Carvalho e sua história no Inter e que tinha sim vontade de continuar no Inter para 2010 , mas descobriu que o Carvalho estava, pela suas costas, em tratativas com o Luxemburgo para 2010 , uma verdadeira TRAIRAGEM, segundo palavras do próprio Mário Sérgio .A partir daí então é que ele passou a anunciar que encerraria sua participação ao fim do brasileiro e que não tinha nenhuma possibilidade de ficar, nesse período também ele se fechou com o time e não permitiu mais a participação de Carvalho no vestiário até sua saída. Falou também sobre o erro da contratação e manutenção de Aguirre e que esse só foi contratado por influência de um jogador e que como não tinha provas não poderia falar o nome, suponho eu que seja o Nilmar. Segunda-feira vou ficar ligado no sala de redação para ouvir a resposta do F. Carvalho.

  • Gedeon Oliveira diz: 22 de fevereiro de 2015

    Douglas melhor em campo? Comparar Douglas a D’Alessandro é brincadeira, sou Gremista, mas o gringo sabe jogar, tem raça, determinação, indigna-se com a derrota, liderança positiva todos os atributos que jogadores vencedores do meu GRÊMIO tiveram, vide Danrlei, Dinho, Adilson, Roger Só porque deu um carrinho? Durante todo o jogo deu passes laterais e mesmo o passe para o 2º gol do Grêmio tinha o endereço errado, só que no meio do caminho bateu em um zagueiro e desviou para outro lado. Chega destes lideres de barro dos últimos tempos do GRÊMIO, Tchecos, Barcos, Jonas e por ai a fora. Engraçado, o único jogador que encarou todo o time do colorado e, principalmente, o gringo, foi mandado embora, Alan Ruiz. Em tempo, como Gremista “detesto” o D’Alessandro, assim como os colorados detestavam o Danrlei. Um abraço.

  • Evandro Rodrigues diz: 22 de fevereiro de 2015

    Esse Mauricio assim como o Wianey Carlet são dois malas sem alça mesmo. Adireção colorada fazendo o possível pra entregar jogadores de qualidade ao Treinador e esses caras ficam secando só pra depois poderem sustentar suas maravilhosas “teses”…Vão rachar uma lenha…e comentar aquela super Máquina que o Grêmio está montando….kkkk

  • Benedito diz: 23 de fevereiro de 2015

    Na verdade, o Aguirre deveria começar tendo aulas com o Murtosa, no nível mais baixo, Para ser aluno do Felipão deverá ter algum aprendizado anterior. Não pode pular etapas.

  • Ferreira diz: 23 de fevereiro de 2015

    Infelizmente o Felipão não quer treinar o Inter. Por isso o Inter jamais será campeão de tudo, como pretende ser. Tens razão, senhor Wianey!

  • Carlos Xavier Rosa diz: 23 de fevereiro de 2015

    Wianey….o grêmio não já não estaria na hora de pedir a autorização do pai da segundona para flertar?
    hahahahahaha.

  • Paulo César diz: 24 de fevereiro de 2015

    Realmente, o Felipão vem fazendo uma bela campanha!!!

  • DOUGLAS COLORADO diz: 24 de fevereiro de 2015

    Concordo contigo Wianey, tínhamos que ter empatado com o São Paulo de Rio Grande e perder os próximos dois jogos.

  • RICK diz: 24 de fevereiro de 2015

    ontem felipão deu mais uma aula pro aguirre: como ficar 3 partidas sem ganhar em casa contra times do interior do RS. bonus plus: choro nos microfones pedindo jogadores, kkkk

  • DNLUFT diz: 24 de fevereiro de 2015

    NÃO SEI O QUE DEU NO WIANEY; POIS ENGOLIU UM COMENTÁRIO MEU. MAS LOGO COMIGO WIANEY QUE SEMPRE TE ELOGIO E APÓIO!!!!!

  • Agarb Leba diz: 25 de fevereiro de 2015

    E o Felipão deve aprender com

    ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels (Mertesacker) e Howedes; Schweinsteiger e Khedira (Draxler); Muller, Kroos e Ozil; Klose (Schurrle)
    Técnico: Joachim Low

  • Francisco de Paula Coelho Santos diz: 27 de fevereiro de 2015

    Wianey, você tem que aprender com o Fernando Carvalho ou com o Nando Gross da Guaíba…

Envie seu Comentário