Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Copo com saúde

23 de janeiro de 2009 16

Lúcia Helena Silveira

Caminhando, distraidamente, pela Rua 24 de Outubro avisto de longe um carrinho onde as cores predominantes da bandeira brasileira chamavam a atenção. O que eu supunha, era verdadeiro. Constatei isto, assim que me aproximei do Parcão. O Coco Express agora não se encontra somente no Moinhos Shopping, mas sim, num dos parques mais bonitos da Capital gaúcha.

Desde os primeiros dias de janeiro, Lúcia Helena Silveira (foto) reveza com sua filha Silvana os turnos de trabalho. A partir das 9h, a filha se encontra no local – geralmente fica até às 13h30min. Depois, sua mãe dá seguimento à venda de água de coco.

Segundo Lúcia Helena, elas chegam a vender cerca de 50 copos, ou garrafinhas, de água de coco por dia. Os preços vão de R$ 2 a R$ 5.

- Em breve, teremos tele-entrega – comenta Lúcia Helena.

A água de coco – para quem não sabe, traz inúmeros benefícios à saúde. Além de ser um calmante natural, hidrata e amacia a pele. Também previne e auxilia o tratamento de artrite – entre outras vantagens.

Não precisa ser atleta para se hidratar. Basta ir até o Parcão e tomar um – ou vários copos de água de coco e aproveitar para bater um papo com a simpática Lúcia Helena. Quem sabe assim, você não começa a frequentar o Parcão com uma maior assiduidade?

Postado por Kelli Pedroso, Conselho de Blogueiros

Comentários (16)

  • Miriam diz: 27 de janeiro de 2009

    Que delícia!
    Ótima dica para o retorno das férias!

  • Taís diz: 23 de janeiro de 2009

    Ai Kelli, fiquei com desejo!
    Gostei do post ;)
    bjs

  • megg pedroso diz: 23 de janeiro de 2009

    Kelli,adorei,fiquei com água na boca,louca para tomar a água de coco.É mais um atrativo saudável para o parcão.Exercício físico com perfeita hidratação.Bjo

  • marcos correa pereira diz: 23 de janeiro de 2009

    Muito bom o post. Às vezes esquecemos destes profissionais anônimos que tornam a nossa vida mais agradável nos momentos de lazer. Eles ficam lá, como parte da paisagem, como coadjuvantes, mas sua ausência seria notada como se fossem atores principais.
    Abraço.

  • Paulo Ismar Florindo diz: 23 de janeiro de 2009

    Em tempos de aquecimento global, sempre é boa uma dica como essa. Bela reportagem, Kelli.

  • Anna (Anny) diz: 23 de janeiro de 2009

    Olá Kelly!
    Recebi o seu e-mail e estou comentando.
    Concordo com você quanto a água de coco, bater papo com a Lúcia Helena e apreciar o local. Deve ser muito lindo mesmo.
    Mas quando vier a Salvador, avise. Quem sabe a gente pode se encontrar, tirar umas fotos, conversar fiado. Fica o convite. E também para comentar no Blog Linha. Estou terminando o texto e vou deixar o seu link lá.
    Beijos. Anny

  • carlos alberto torres gianotti diz: 23 de janeiro de 2009

    A isso se chama olhar atento, observador; para além da “dica” de hidratação, o leitor encontra a figura simples da Lúcia Helena. Personagens que se encontram no nosso cotidiano e que se configuram opacas para nós. Olhar atento.
    Bom.
    Abraço do velho professor Gianotti.

  • Kelli Pedroso diz: 26 de janeiro de 2009

    Gostaria de agradecer a todos pela visita e pelos comentários. Tentei escrever individualmente para cada um, mas ultrapassou o limite de caracteres. Então, vou deixar um para a Silvana: fico contente por teres gostado do post. estou convicta de que vocês prestam um ótimo serviço aos clientes. Daqui a pouco, vou ali no Parcão pegar uma água de coco para me refrescar e, claro, me hidratar um pouco. Beijo a todos!

  • Angela Dal Pos diz: 26 de janeiro de 2009

    Água de coco tem tudo a ver com verão, Parcão e exercício. Pode não ter o charme de tomar direto no coco, mas continua sendo uma delícia. ótima iniciativa!

  • Gustavo Barreto diz: 23 de janeiro de 2009

    Esse país é mesmo muito diversificado, não acha? Aqui em Aracaju econtramos vários carrinhso desse pela cidade. Coco express aqui é para os preguiçosos, pois temos coco à vontade para comprar. É bem melhor ao natural, pois podemos abrí-lo e comer sua “carne”.

  • Daniela Goldemberg diz: 25 de janeiro de 2009

    Oi Kelli?
    Adorei as duas combinações:um bom passeio e uma excelente bebida natural p/acompanhar nesses dias terríveis de calor.
    Bjos.

  • Colorado do Alegrete !!!!! diz: 23 de janeiro de 2009

    É um privilégio dos Portoalegrenses contar com um serviço destes e com a criatividade e a mente ativa de Kelli, que gentilmente nos mostra coisas populares e de grande benefício para a comunidade. Dona Lúcia Helena também está de parabéns por sua criatividade em prestar um serviço que só benefícios leva aos frequentadores dos parques e transeuntes da Capital.

  • Oliveti Moraes diz: 24 de janeiro de 2009

    Ótima dica Kelli! Beijo!

  • silvana carvalho diz: 25 de janeiro de 2009

    oi, kelli, adorei o post, eu sou a filha da lucia, q trabalha no coco pela manha, e quero comentar tambem, a boa aceitação do publico q circula pelo parcão e a simpatia dos nossos fregueses, muito obrigada a todos e a você por esta divulgação, espero q estejamos prestando um bom serviço aos nossos clientes, bjs.

  • Carlos A diz: 24 de janeiro de 2009

    Como estão as aulas de Tai Chi Chuan? Lembro, que alguns meses atrás, houve um post sobre `a meditação em movimento`. Se, continuam as aulas, um bom hidratante, a água de côco!

  • Fernando diz: 26 de janeiro de 2009

    Taí um bom motivo para passar a correr no Parcão também… :)

Envie seu Comentário