Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Vivo no Moinhos ou o Moinhos?

13 de junho de 2009 6

Lendo o Blog do ZH Moinhos, no dia 4 de maio de 2009, mais exatamente o post Por que ser blogueiro do ZH Moinhos, enviado por uma das mais ativas blogueiras, a Úrsula Petrilli Dutra, em que vi que foram abertas as inscrições para “novos blogueiros”, me questionei na hora: por que não ser blogueiro no ZH Moinhos?

Percebi que poderia ter muito a agregar. Me interessei em participar, pois moro no bairro a vida toda, trabalho e percorro suas ruas todos os dias em diferentes horários. Conheci o blog por ter participado do post Vizinho do Parcão, e desde então, acesso-o, sempre que possível.

Passei, e ainda passo, os 30 anos da minha vida neste bairro, conhecendo muitos de seus segredos, espaços ruas e avenidas. E, pensando no que escrever no post da inscrição, fiquei me questionando: vivo no Moinhos ou vivo o Moinhos?

Além de morar, trabalho no bairro e ando muito pela região. Conheço quase todos os edifícios, assim como o perímetro do bairro e seus adjacentes, seus pontos fortes e fracos, onde posso compará-lo com os outros.

Fui muito feliz quando, meus pais escolheram este lugar para vivermos, onde, na minha infância, ajudou a formar meu caráter, minha personalidade e minhas grandes amizades. Conheci muitos de meus amigos no colégio em que estudei, para mim, o melhor que poderia ter estudado, no morro milenar, o IPA, que fica no limite do bairro, nos altos do Rio Branco com Bela Vista.

No Moinhos há, atualmente, diversas opções de atividades noturnas, diferenciados tipos de comércio, as melhores Instituições bancárias do país, as mais famosas e tradicionais redes de hotéis instaladas e se instalando, e renomados clubes sociais e esportivos.

Certa vez, ouvi e acredito ser verdade que todas as novidades que chegam de outros lugares, cidades, estados ou países, primeiramente passam pelo Moinhos de Vento.

Acompanhei diversas modificações do bairro. De extremamente residencial para um bairro misto da vida moderna, onde se tem as melhores lojas, shopping center, galerias, hospitais por perto. Cito como exemplo a Rua Quintino Bocaiúva. Quando era pequeno e brincava por ali, via-se somente casas de famílias e atualmente existem as mais requintadas lojas de móveis para residências.

Como passei a vida toda morando em um bairro (às vezes, frequento outros) cheguei à conclusão que faço de tudo um pouco… De um lado, vivo no Moinhos, tenho tudo a minha volta, trabalho, pessoas que conheço, ótimos profissionais…

Por outro, vivo o Moinhos, freqüentando ótimos ambientes, utilizando seus recursos naturais, como o Parcão, por exemplo. Gosto muito do bairro e não conheço ninguém que não goste.

Quem conhece gosta. Quem conheceu certamente gostou. Quem conhecer, com certeza, gostará!

Postado por Mariano Christini, Conselho de Blogueiros

Comentários (6)

  • Lia Petrilli Dutra diz: 15 de junho de 2009

    É digno de um post de estréia!
    Poder retratar tão bem e fazer uma homenagem tão bonita a esse bairro que agora passa a ser objeto de teus comentários.Parabéns.Tu vives o Moinhos.Sucesso sempre.

  • MARTA diz: 13 de junho de 2009

    Que linda declaraçao de amor com seu bairro parabens por morrar neste lugar lindo.Seja bem vindo ao blogs .

  • Úrsula P. Dutra diz: 15 de junho de 2009

    Mariano, concordo contigo: além de morar no Moinhos, tu vives o Moinhos… e pelo visto uma vida inteira…
    Parabéns, belo post de estréia!

  • Eduardo André Viamonte diz: 14 de junho de 2009

    Que bacana esta homenagem na sua estréia! Achei especial você ter vivenciado todas essas transformações no bairro e agora querer dividi-las com os leitores do Blog.

  • Mariano Christini diz: 16 de junho de 2009

    Obrigado a todos, Marta, Eduardo, Lia e Úrsula, vocês engrandecem o Blog com seus comentários.

  • Fabíola diz: 18 de junho de 2009

    PARABÉNS PELO POST MARIANO!DÁ PARA VER QUE FOI ESCRITO COM O CORAÇÃO E QUE JÁ ÉS UM ÓTIMO BLOGUEIRO.PARABÉNS!!

Envie seu Comentário