Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Os comandantes da Copa no bairro Floresta

23 de junho de 2009 9

Os frequentadores da ACM Fitness, do Shopping Total, têm a oportunidade de conviver, três vezes por semana, nos aparelhos da academia, com duas figuras ligadas à história passada e futura da participação do Brasil em Copas do Mundo.

À direita, na foto, o ex-comandante do Boeing 767-300 que levou a seleção canarinho à Asia, em 2002, na conquista do penta, Carlos Dolon Poser Froner, 61 anos. O interessante é que Froner é homônimo do ex-treinador Carlos Froner, que marcou época no futebol gaúcho, especialmente no Grêmio, e que foi  guru de Luiz Felipe Scolari. Felipão, muito supersticioso, sentiu que essa coincidência tinha influência dos deuses e deu no que deu… O assunto inclusive foi tema de reportagem de ZH, na edição de 17/05/2002. 

À esquerda na foto, o atual vice-prefeito e secretário extraordinário da Copa 2014, José Fortunati, 53 anos, que terá a espinhosa missão de comandar os preparativos para a Copa de 2014 em Porto Alegre.

Froner é morador da Cristóvão Colombo, enquanto Fortunati reside no Centro, mas ambos gostam muito da região que abrange os bairros Floresta, Independência e Moinhos de Vento. Confira a entrevista:

Blog do ZH Moinhos - Qual a imagem mais marcante que você guardou dessa experiência de transportar a seleção brasileira em busca do penta, em 2002?

Froner - Foi a emoção de participar desse momento histórico, além do privilégio de ter convivido por 17 dias com esses ídolos. Pude presenciar também a liderança, a sinergia e a habilidade do Felipão no trato com os jogadores. Isso foi muito importante na conquista do penta.

Blog do ZH Moinhos - Qual a  importância e o que já está sendo feito por Porto Alegre para sediar a Copa de 2014?

Fortunati - Desde setembro de 2007, quando o Brasil foi confirmado como sede da Copa do Mundo de 2014, estamos trabalhando sobre este importante tema. Ainda naquele ano o prefeito José Fogaça criou um Grupo de Trabalho composto pelo secretário de Esporte, João Bosco Vaz, pelo secretário de Turismo, Luiz Fernando Moraes e pela representação da Secretaria de Planejamento, cargo que eu ocupava no momento.

Em março de 2008, em um seminário promovido pela Fifa e pela CBF no Rio de Janeiro, Porto Alegre se credenciou como Cidade Candidata à Copa de 2014. A partir de lá, passamos a manter relações técnicas com a Associação Brasileira de Infra-estrutura e Indústrias de Base (ABDIB), empresa de consultoria contratada pelo Ministério do Esporte, a pedido do Comitê Brasileiro da Copa 2014, para fazer o levantamento das condições das então 18 cidades candidatas.

Porto Alegre, contando com a parceria do Governo do Estado, cumpriu com todas as etapas exigidas pela FIFA e acabou sendo contemplada em 31 de maio de 2009 como uma das 12 cidades sedes da futura Copa do Mundo.

Neste momento, estamos trabalhando sobre os projetos das obras e ações necessárias para qualificar a nossa cidade para receber este importante evento. Teremos intervenções, ações e obras nas áreas da segurança pública, rede hoteleira, infra-estrutura urbana, saneamento básico, saúde pública e rede hospitalar, comunicações, transporte coletivo (especialmente os portais e o metrô), duplicação de vias, modernização do aeroporto, energia, etc.

Também estamos buscando os recursos necessários para a viabilização das nossas ações e obras necessárias para a Copa de 2014, deixando claro que o orçamento normal da Prefeitura não será atingido com as obras voltadas para o evento.
Pode-se afirmar que a Porto Alegre de 2014 será ainda melhor do que a Porto Alegre de 2009.

Blog do ZH Moinhos - O que está sendo útil em termos de aprendizado com a Copa das Confederações na África?

Fortunati - Com certeza a preparação da Copa do Mundo na África deverá orientar muito do nosso trabalho para a Copa de 2014. A situação social e econômica da África se aproxima muito da realidade brasileira e, com isso, poderemos tirar grandes lições dos acertos e erros que os nossos irmãos africanos estão vivenciando com a preparação do evento.

No mês de maio uma delegação do Sport Clube Internacional, coordenada pelo vice-presidente de Patrimônio, Emídio Ferreira, esteve na África e nos trouxe bons ensinamentos. No final de mês de julho uma delegação das 12 cidades sedes estará se deslocando para o continente africano para avaliar o impacto da Copa das Confederações na preparação das cidades e verificaremos os principais desafios a serem resolvidos também nas cidades brasileiras.

Também contamos com uma parceria da cidade de Stuggart, que foi cidade sede de jogos da Copa da Alemanha em 2006, para a busca de informações e consultoria sobre a organização da nossa cidade para 2014.

Blog do ZH Moinhos - Dá para acreditar que teremos dois estádios para a Copa em POA?

Fortunati - Um documento assinado pelo prefeito e pela Governadora Yeda Crusius endereçado ao Comitê Brasileiro da Copa 2014 solicita que os jogos da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre sejam realizados nos estádios Beira-Rio e na futura Arena do Grêmio.

O pedido nada mais reflete do que o reconhecimento da história da nossa cidade em relação ao futebol. Temos dois clubes campeões do mundo, disputando as principais competições nacionais e internacionais, torcidas que dividem o Rio Grande em número e paixão.

Além do mais, seremos a única cidade brasileira que contará com dois estádios com o padrão Fifa no ano de 2014. Neste momento nenhum dos estádios brasileiros atende aos requisitos da Fifa.

Para os que acham que estamos querendo abrir uma exceção junto à Fifa, lembro que durante as 18 Copas do Mundo de Futebol já realizadas exatamente 10 cidades já tiveram jogos em dois estádios. E na próxima Copa do Mundo, na África, a cidade de Joanesburgo também contará com dois estádios realizando jogos da Copa do Mundo.

Postado por Paulo Renato Rodrigues, Conselho de Blogueiros

Comentários (9)

  • Paulo Renato Rodrigues diz: 24 de junho de 2009

    Edu, valeu! O que mais me encanta nesse modelo é a interatividade em tempo real com o leitor. Daí o nosso desafio como blogueiros de trazer à tona temas instigantes.

  • Paulo Renato Rodrigues diz: 24 de junho de 2009

    Miréia, obrigado pelo incentivo. Tenho certeza que nossa equipe vai tornar o ZH Moinhos cada vez melhor !

  • dilmão diz: 23 de junho de 2009

    Eu gostaria de saber do sec “especial” da copa qual a “real” intenção do seu estudo enviado a nossa nobre câmara acerca do (esse é o nome do projeto) “aproveitamento dos 71 km de orla de porto alegre”? Será o mesmo que está por trás do moinhos, destruindo o patrimonio histórico e cultural, destruindo nossa natureza, loteando moinhos, petrópolis e outros…Acho muito confete para um vice ( ou seria sub…) prefeito que não troca lâmpadas, não poda árvores, não recolhe lixo…

  • dilmão diz: 23 de junho de 2009

    “Um documento assinado pelo prefeito e pela Governadora Yeda Crusius endereçado ao Comitê Brasileiro da Copa 2014 solicita que os jogos da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre sejam realizados nos estádios Beira-Rio e na futura Arena do Grêmio” …todos gremistas (além do fortunatti) querendo colocar o dedinho fura-bolo…existe um “cronograma de ações” e “um caderno de compromisso” da Fifa com o clube (no caso Inter) para a copa..não é por causa de políticos desprestigiados que irá mudar isso.

  • dilmão diz: 23 de junho de 2009

    Quem vai trocar partidas no beira-rio ( com toda infra-estrutura de transportes, hotéis, hospitais, serviços, shoppings, parques, centro admnistrativo da cidade e estado) por um estádio na beira da rodovia com algumas paradas de ônibus e uma fábrica de óleo de cozinha na frente? Só nas cabeças pensantes (gremistas…) da yeda, fogaça e fortunatti.

  • Miréia Borges diz: 23 de junho de 2009

    Puxa! Que entrevista maravilhosa.
    Parabéns Paulo Renato.
    nosso blog vai bombar com essa equipe.

  • NAZARÉ FARINA diz: 23 de junho de 2009

    QUE LEGAL,SABER QUE ESTOU TÃO BEM ACOMPANHADA QUANDO ESTOU NA ACM.
    ESSA MODA DE BLOG É UM BARATO,ESTAMOS NA MESMA ACADEMIA, E NÃO SABEMOS NADA DE QUEM ESTÁ AO NOSSO LADO,DIARIAMENTE FAZENDO EXERCÍCIOS… ENTRAMOS NO MUNDO PARALELO DA INTERNET, E DESCOBRIMOS QUEM É NOSSO VIZINHO,MUITO LOUCO ISSO.

  • João Victor diz: 23 de junho de 2009

    Porto Alegre e o RS estão parados no tempo há muito perto do que se desenvolveu (em relação ao que era) outras regiões do Brasil.É visível nos detalhes,digo pelas questões estruturais que acho q são atinentes à discução do blog bem como colocou o Dilmão.Nota-se as medíocres paradas d ônibus usadas na roça de cidades do interior com aquelas telhas de zinco, placas despadronizadas e em pouco número, remendos asfálticos de todo tipo e Fiat Uno 1.0 como carro de patrulha p/ fiscalização de trânsito.

  • Eduardo André Viamonte diz: 24 de junho de 2009

    Paulo Renato, Penso serem importantes e enriquecedores a variedade de temas e os formatos dos Posts. Parabéns pela qualidade da entrevista.

Envie seu Comentário