Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de julho 2009

Ação inusitada

31 de julho de 2009 1

Uma geladeira na calçada em meio ao agito diário da Padre Chagas. Seria a importação de uma tendência nova-iorquina de abandonar móveis usados nas ruas?

A dúvida se esvai no momento em que um pedestre mais curioso se dispõe a abrir o eletrodoméstico vintage e descobre o seu conteúdo: várias latinhas de refrigerante.

E o melhor: estavam sendo distribuídas gratuitamente.

A leitora do blog, Sheila Meyer (também autora das fotos), foi a primeira a atender ao nosso pedido, via twitter, por um registro da ação da Coca-Cola e nos enviou a foto acima e o seguinte relato:

- As pessoas são muito curiosas. Ficam na dúvida. Perguntam se podem pegar. Quando se dão conta que é de graça, riem, acham legal. Brincam e perguntam se não tem light, zero… A geladeira é antiga, então a porta é difícil de abrir, alguns pedem ajuda… As pessoas falam entre si, desconhecidos sorriem.

Em seguida, recebemos mais duas colaborações. Uma da nossa blogueira sempre atenta Miréia Borges, e também da Ananda Sophie, leitora do ZH Moinhos e moradora da região.

Em tempo, a ação divulgava o Coca-Cola VibeZone 2009, que ocorrerá no dia 15 de agosto, no Serra Park, em Gramado. Em volta da latinha, um tag reunia todas as informações da atração.

- Foi um jeito diferente que encontramos para divulgar o evento – disse Roberta Diehl, da agência responsável pela ação.

Ela também adiantou que a geladeira-surpresa voltará aparecer pelas ruas da Capital. Onde será o próximo ponto?

Postado por Anna Martha Silveira, Redação ZH

Um menino de boné no ônibus

31 de julho de 2009 3

Venho pensando neste post já há alguns dias e, inspirado pelo tema central de discussão das últimas semanas, o crack, seus males e o que podemos fazer para enfrentá-lo, recordei de uma cena que me fez pensar.

Estava voltando de ônibus do Centro – se bem recordo no Rio Branco/Anita, linha 525, que seguido tomo na Goethe. Sem lugar para sentar-me, no mais corriqueiro trajeto de volta para casa, olhei dentre as pessoas e me chamou atenção um menino, de origem mais humilde, não parecia morador do bairro, que vestia um boné que achei até de certo bom gosto, diferente, um tecido xadrez com uma palavra em letras ao estilo manuscrito na frente. De primeira, pelo ângulo, não pude ler, mas em seguida quando o guri virou-se, pude bem ver o verbete Facção.

Pode parecer um pouco exagerado, mas me choquei de certa forma com aquilo. O garoto não parecia ter mais do que 10 anos de idade. Acho que as razões pelas quais aquela palavra estampa sua testa, quando veste o boné, não são acaso de uma escolha aleatória daquele incomum verbete ao universo das crianças.

E o mais triste, para mim, é que, provavelmente sem saber o verdadeiro significado do termo, mas sim na sua mais usada expressão, o garoto também sabe porque ali ele carrega orgulhoso um bonito chapéu com uma péssima idéia. Sem subestimar qualquer evidente conclusão dos que lêem este post, revelo literalmente a expressão a que me refiro: facção criminosa.

Sem saudosismo de um ainda vintão, quase trintão, lembro, inevitavelmente comparando, da minha infância. Onde os bonés que usávamos eram de super heróis dos desenhos animados, mais coloridos. Orgulhávamo-nos de ter alguns exemplares dos times mais populares de basquete americano e, infelizmente, tínhamos medo de andar na rua com eles e sermos roubados, o que já se tornava comum naqueles primeiros anos de 1990.

Porém, éramos felizes e, embora já não vivessemos numa era de heróis policiais, ao menos, parecia impensável a ideia de um boné de um garoto estampar um termo esdrúxulo como Facção. Ainda mais com a razão que não parece outra se não a já por mim supracitada, creio. Mas hoje há um motivo para ele ali estar, e, infelizmente, não é para enriquecer o vocabulário de nossos jovens, mas talvez lembrá-los de novas crenças, que os “bam-bam-bans da vez” não têm superpoderes fictícios e não lutam por justiça – seus poderes eles mesmos conquistam, e a justiça alternativa eles que fazem.

Exemplos de um caminho (curto) para uma juventude cada vez menos instruída sob valores corretos, e mais preguiçosa para vencer de mãos limpas. Os herois deles portam armas que matam de verdade e vendem drogas, como o próprio crack, para ser, quem sabe um dia, o chefe de uma facção criminosa e dar sentido real à ideia de poder discretamente contida no boné que orgulhoso leva sobre a cabeça.

Resta-nos a mobilização e uma corrente de ações e fé, para quem sabe, travarmos esse processo onde herois de ficção estão começando a perder espaço para os herois de facção…

Postado por João Victor Eltz da Silva, Conselho de Blogueiros

Hoje, nas bancas da região

30 de julho de 2009 1

No ZH Moinhos que chega nesta quinta-feira às bancas da região, você ficará por dentro do acordo entre os adotantes do Parcão que dará início à revitalização do monumento Castello Branco, o gigante de ferro que vive corroído pela ferrugem.

Também vai conhecer as ações da Operação Sossego, da Secretaria de Produção, Indústria e Comércio (SMIC), que fechou um importante bar na Avenida Independência, devido a falta de alvará adequado.

 Vai saber ainda como anda a situação do prédio vazio que antigamente abrigava a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). 

E, para completar, vai conhecer dois personagens e seus diferentes olhares sobre a região: o Cônsul argentino, Jorge Alberto Biglione, que vive no Auxiliadora, e o psicólogo Carlos Augusto Piccinini, do Rio Branco. 

Leia a íntegra das matérias em www.zerohora.com/bairros

Postado por Camila Becker, Redação ZH

Parada e calçadas renovadas no Parcão

29 de julho de 2009 3

A parada de ônibus que circunda o Parcão pela Avenida Goethe, próxima à Rua Mostardeiro, no Moinhos de Vento, foi revitalizada. Agora com novos bancos, distribuídos sob a sombra das árvores, e calçamento reformado, o local oferece mais segurança aos passageiros que aguardam ali a sua condução.

Onde antes havia depressões causadas por falhas no passeio, o que comprometia a circulação de pedestres e ciclistas, hoje há um espaço que embeleza e melhora a acessibilidade da região.

A reforma foi uma iniciativa dos adotantes do parque, a Cia. Zaffari e o Hospital Moinhos de Vento.

Postado por Susan Liesenberg, Redação ZH

Exposição Monstros do Rock

29 de julho de 2009 2

Já conferiu? Está muito legal. São 22 bonecos de pano estilizados como os grandes astros do rock. Entre eles, Elvis Presley, John Lennon, Joey Ramone, Freddie Mercury, Amy Winehouse, Jimi Hendrix, Kurt Cobain, Gene Simmons, Madona, Mick Jagger, Robert Smith, Ozzy, David Bowie, Slash, Bob Dylan, Bono Vox, Cazuza, Raul Seixas, Rita Lee, Renato Russo, Michael Stipe e Michael Jackson.

Os bonecos da grife Alma Gorda são confeccionados pela designer, artista e costureira Alessandra Lago. Mas corra porque a exposição dura só até sexta-feira, dia 31 de julho, no Moinhos Shopping.

Fiquei encantada com a criatividade e talento da artista.

Mais informações no blog: http://almagorda.blogspot.com.

Encomendas pelo telefone 3024-1516

Postado por Angela Dal Pos, Conselho de Blogueiros

Vozes do bairro

28 de julho de 2009 1

Se você gosta de cantar, já pode praticar esse hobby na sua região. O grupo vocal  Femina Vox 25 está selecionando mulheres interessadas em compor o conjunto de cantoras, sob a regência de Luciano Lunkes.

Para participar, confira as informações abaixo:

Repertório: Música Popular Brasileira (MPB)

Ensaios: segundas-feiras, das 19h às 21h30min 

Endereço: Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre, na Rua Germano Petersen Jr, 250 – Bairro Auxiliadora

Contato: 3342.8733 com Vilene (horário comercial)

Postado por Camila Becker, Redação ZH

A parada sumiu

27 de julho de 2009 7

Sou um andarilho devido ao meu trabalho, estou sempre pela rua, principalmente do Moinhos de Vento. Faz mais de um mês que passo, diariamente, pela Rua 24 de Outubro, no trecho entre a Ruas Olavo Barreto Viana e Dr. Timóteo, e percebo que não há mais a cobertura da parada de ônibus tradicional daquele local. Acredito ter havido um acidente de trânsito, pois vi a cobertura da parada totalmente retorcida, nesta época.

Dia com sol, noites com chuva ou frio, os passageiros ficam ao relento. Acho uma falta de consideração com o cidadão, já que aquela parada tem um alto fluxo de pessoas, praticamente todo o dia. Será que demora a substituição de uma cobertura de parada de ônibus? Temos que respeitar os usuários !

Postado por Mariano Christini, Conselho de Blogueiros

Ecologia no bairro

25 de julho de 2009 3

Que pilhas e baterias poluem o meio ambiente e apresentam risco a saúde, isso todo mundo já sabia. E que é importante descartá-las de maneira correta, também.

O que nós não sabiamos, era onde fazer isso, pois são poquíssimos os lugares de coleta.

Para os moradores do Floresta e frequentadores do Shopping Total, este é um problema resolvido. Agora o shopping nos oferece um ponto de coleta, ao lado dos elevadores próximos ao Supermercado Zaffari.

Ao substituirem pilhas e baterias velhas, descartem com consiência.

Postado por Ana Paula M. Schmidt, Conselho de Blogueiros

Viva o Centro a Pé no Moinhos

24 de julho de 2009 13

Que tal um passeio orientado pelo Moinhos? Neste sábado, dia 25, o roteiro do Viva o Centro a Pé será estendido ao bairro Moinhos de Vento.

A saída ocorrerá às 10h, no totem Caminho dos Antiquários, na rua Demétrio Ribeiro, em frente à Praça Daltro Filho, no encontro das ruas Coronel Genuíno e Marechal Floriano.

Os participantes da caminhada orientada serão levados ao Moinhos de Vento em ônibus da Carris. O roteiro completo tem duração prevista de duas horas.

Roteiro

Saída do Centro Histórico às 10h, em ônibus da Carris. Parada na Praça Júlio de Castilhos e rua Jardim Cristofel, com caminhada até a hidráulica do Moinhos de Vento (Departamento Municipal de Água e Esgotos), com visitação interna. Depois, roteiro a pé pelas ruas Fernando Gomes, Barão de Santo Ângelo, Hilário Ribeiro, Luciana de Abreu e Santo Inácio até o belvedere do Morro Ricaldone, e praça Maurício Cardoso. A confirmar visitação à Associação Leopoldina Juvenil.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas hoje até às 14h pelo e-mail vivaocentroape@gmail.com ou pelo telefone 3289-3738. Sérá solicitada a doação de um quilo de alimento não-perecível. Os alimentos serão destinados a instituições do município. Haverá caixas para o recolhimento no ponto de saída da caminhada.

Guia

O passeio será orientado por Silvio Belmonte de Abreu Filho, arquiteto formado pela Faculdade de Arquitetura da Ufrgs (1975), mestre pela Université de Paris I Panthéon-Sorbonne (1979), doutor em Arquitetura pela Ufrgs (2006) com a tese “Porto Alegre como Cidade Ideal: Planos e Projetos Urbanos para Porto Alegre”, professor e pesquisador da Ufrgs e representante da Universidade no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA).

O Programa Viva o Centro a pé é uma promoção da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.É uma chance de olhar o bairro sob uma outra perspectiva!

Participem!

Postado por Angela Dal Pos, Conselho de Blogueiros

Hoje, nas bancas da região

23 de julho de 2009 4

No ZH Moinhos que chega nesta quinta-feira às bancas da região, você vai conhecer as metas do Plano Diretor Cicloviário da Capital e o estudo da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) que revela as possibilidades de construção de ciclovias no bairro. E também vai saber como é a vida de um ciclista que circula hoje entre  Independência, Moinhos e Auxiliadora.

Vai saber ainda como andam os banheiros públicos, localizados na praça Júlio de Castilhos e no Parcão, e conhecer as diferenças entre o serviço de cada um deles.

E, para completar, vai conhecer o artista plástico Juan Nicolas e a moradora Maria Proietti, que têm as histórias de suas vidas ligadas ao bairro. 

Leia a íntegra das matérias em www.zerohora.com/bairros

Postado por Camila Becker, Redação ZH

Um ano de Blog ZH Moinhos

22 de julho de 2009 6

Completando um ano de Blog do ZH Moinhos, amanhã, dia 23 de julho, comecei a recordar os bons momentos e lembrei do meu primeiro post: Independência – A Laranja da Brahma.

Na época, descrevi uma descoberta simples, mas que me havia feito refletir. E qual não foi minha surpresa quando, ao tirar uma foto para o blog, houve uma revelação inesperada.

O flash da máquina mostrou que a “Laranja da Brahma” da placa do bairro Independência era uma referência ao refrigerante Sukita. Resultado: gostaram do meu post e fui escolhida para entrar no Conselho de Blogueiros.

Hoje, após um ano, resolvi fazer uma homenagem ao Blog, tirando novamente uma fotografia da placa para, talvez, fazer novas revelações… Fui até lá e adivinhe? Não houve nenhum fato novo.

A placa continua lá. A Sukita continua aparecendo somente com o reflexo da luz, e as pessoas, provavelmente, continuam sem perceber a existência da marca na placa. Realmente, novidade não trago nenhuma.

Mas como o objetivo é celebrar esse um ano de Blog do ZH Moinhos, nada mais comemorativo para se festejar a permanência da placa da Independência – a Laranja da Brahma no mesmo local, escondida à primeira vista dos mais distraídos ou menos observadores. Ela permanece ali, entre as árvores da Pinheiro Machado e Gonçalo de Carvalho, marcando sua presença e fazendo a história do bairro.

E, nesse mesmo caminho, passo a refletir: será que a bicicleta vermelha continua no mesmo local? E tantas outras descobertas e curiosidades feitas nesse blog? Tantas histórias e contos? Tantas pessoas que já passaram por aqui? Conselheiros, editores, repórteres, leitores, comentaristas? 

Muita coisa mudou, mas uma coisa é certa: o Blog do ZH Moinhos continua no ar, contando muita história e unindo a comunidade para resgatar valores há muito tempo esquecidos.

E você, lembra de algo que marcou ou mudou neste um ano de Blog do ZH Moinhos?

Postado por Úrsula Petrilli Dutra, Conselho de Blogueiros

Um lugar ao sol

21 de julho de 2009 0
Com o frio que anda fazendo, nada como pegar um solzinho no Parcão! Até os bichinhos agradecem: a garça pegou uma carona no símbolo do Moinhos para ficar mais pertinho do sol.

Boa lagarteada a todos!!!

Postado por Luciana Kolesny, Conselho de Blogueiros

A Vida de Carô

20 de julho de 2009 50

A fantasia e o encantamento trazem para as pessoas a felicidade. Com essa frase comecei minha entrevista com Carolina Motta Nunes, moradora do bairro Rio Branco. Carô, como é conhecida, se define como psicóloga da moda. Jovem, e muito dinâmica, ela transforma a ideia em algo muito real, e geralmente acerta na “mosca” o que a cliente tem em mente.

A conversa inicial com o cliente, que trata das escolhas de tecido e tipo de evento, já dá à Carô o perfil da pessoa. Ela é muito emotiva, se envolve e acaba entrando na mente das clientes.

A tendência de Carô foi psicologia da moda, com seu trabalho de conclusão do curso de moda intitulado O paradoxo das visões do sistema da moda no Brasil: paralelo da futilidade da moda X a importância da moda.

Sua especialidade é vestidos para noivas e vestidos para festas. Nessas criações, as pessoas sonham com o momento como se fosse lúdico, o sonho da princesa que vive dentro de cada mulher.

Carô fez mochilão pela Europa e se ligou no modo de vestir das pessoas em cada lugar que passava. Na Espanha, ficou “cabreira”, pois os habitantes se vestiam despojadamente, o que às vezes chegava até a ficar bonito.

No Brasil, há nas revistas o certo e o errado, diferente dos espanhóis, que não se preocupam com isso.

Como falou Carô: – Falta de estilo é um estilo!

Carô está investindo na nova identidade visual da sua marca, com um blog personalizado. Bem como todo o perfil da Carolina Motta Nunes, algo engraçadinho aconteceu durante a entrevista. Surgiu de alguns tecidos uma bola de pêlos chamada Vida. A gata é companheira e mascote da Carô. Vida é a vida da Carolina, inspiração para ela criar em seu blog ícones que são figuras de um gatinho.

Postado por Miréia Borges, Conselho de Blogueiros

Blogueiros contra o crack

18 de julho de 2009 13

Neste mês, os blogueiros do ZH Moinhos realizaram a primeira reunião para pensar em ações eficazes para combater o crack. Surgiram diferentes ideias. Desde o contato com instituições e profissionais especializados na prevenção e tratamento de drogas, até criação de uma conta no Twitter.

Twitter? Isso mesmo. O nosso colega blogueiro Solano Lucena ficou encarregado de criar uma conta dos blogueiros do ZH Moinhos na campanha contra o crack. Fiquei sabendo que é a grande onda virtual no momento. Então, vamos nos comunicar com os jovens pelo Twitter, também.

Já o colega Eduardo Geremia, novo integrante do Conselho de Blogueiros, ficou encarregado da criação de bonecos de papel machê junto à Igreja Pompéia, onde trabalha, que organiza muitos projetos com a comunidade. Esses bonecos também participarão da campanha.

A blogueira Miréia Borges tomou a iniciativa de organizar a reunião, chamando os blogueiros para sua casa e ficando encarregada de fazer contato com as escolas da região, um dos passos da nossa proposta. O novo blogueiro Eduardo Viamonte, conhecido no bairro por suas corridas noturnas, nos relatou os benefícios da atividade física e a sensação de bem-estar alcançada com a liberação do hormônio endorfina após os exercícios físicos, o que pode ajudar a manter qualquer pessoa longe das drogas.

Também estavam presentes as novas blogueiras Marília Cardoso, pertencente à Associação dos Moradores e Amigos do Bairro Independência (Amabi), e Ana Paula Schmidt, que trouxeram suas sugestões. E eu, como responsável por este post, convido os demais blogueiros e leitores a enviarem sugestões, seja por meio de comentários ou pelo e-mail do ZH Moinhos (moinhos@zerohora.com.br).

Postado por Úrsula Petrilli Dutra, Conselho de Blogueiros

De férias no Moinhos

17 de julho de 2009 2

As férias estão chegando e começa a nossa preocupação de como entreter as crianças nesses dias. Para quem fica em Porto Alegre, nesse período, uma dica é diversificar, tentando criar atividades super simples, mas que elas adoram.

Cinema: é uma boa pedida nesses dias em que o tempo não está muito favorável. Comer uma pipoca e assistir um filme é muito divertido. O filme que entrou em cartaz esse mês “A Era do gelo 3“, agrada a todos, adultos e crianças.

Livrarias: Contação de Histórias, brincadeiras, oficinas de colagem, teatro de fantoches, essas são algumas atividades que as livrarias estão proporcionando às crianças nessas férias.

Parcão: nada melhor do que reunir alguns amigos e coleguinhas para fazer um piquinique no parcão. Num dia ensolarado, não há nada melhor. E ainda é legal aproveitar para inventar brincadeiras.

Em casa: sim, em casa também dá pra divertir os pequenos. Brincadeiras com massinha de modelar, pintura, fazer um bolo, isso tudo diverte as crianças, basta colocarmos a cabeça pra funcionar e criar.

Mas o mais importante nisso tudo é deixá-los livres, não criar uma agenda de compromissos e nunca contar sobre o passeio do dia seguinte. Deixe pra contar antes de sair, isso gera um tipo de surpresa, pois, se não der pra ir por algum motivo, a criança não se frustra.

O legal das férias é você curtir junto, brincar, rir com eles, se divertir pra valer, pois assim, qualquer programa que vocês fizerem vai ser o melhor programa.

Postado por Ana Paula Mendonça Schmidt, Conselho de Blogueiros