Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts de fevereiro 2010

Presença dos pequenos

27 de fevereiro de 2010 3

“Oi, sou o Gabriel, filho da blogueira Angela Dal Pos. Tenho quatro meses e hoje fui pela primeira vez passear no Moinhos e conhecer o Café ZH. Gostei muito. O pessoal é muito simpático e todo mundo ficou falando comigo e rindo para mim. Até tiraram a minha foto.
Minha sugestão é a criação da seção Bebê ZH Moinhos, para que a gente possa mostrar um pouquinho do nosso mundo. Até a próxima!”

Obras de Cho Dorneles no Café do Porto

26 de fevereiro de 2010 1

DA REDAÇÃO: O movimento foi tão intenso durante a primeira edição do Café ZH na Padre Chagas que não conseguimos atualizar os posts que os blogueiros do ZH Moinhos prepararam no local. Confiram neste fim de semana os textos de fatos presenciados por eles no Café do Porto.

Por Lu Kolesny

Fui apresentada, durante o Café ZH, ao artista plástico e designer Cho Dorneles. Ele está expondo lindos trabalhos de sua autoria e de suas alunas no espaço do Café do Porto. Vá conferir. Na foto, a médica Lígia Arype Ilha aprecia uma de suas obras.

Fim de festa dentro da festa

25 de fevereiro de 2010 2

A Padre Chagas é uma festa. O Café ZH foi uma festa dentro da festa. Mas, como mostra a conjugação, acabou. Bateu um clima fim de festa perto das 19h, gurizada do ZH Moinhos recolhendo notebooks, celulares, câmeras, blocos, canetas, cinzeiros cheios de guardanapos usados e garrafinhas de água e refrigerante vazias espalhadas sobre o mesão da redação improvisada. Foi tri encontrar o povo da região e ouvir sua torrente de reivindicações, elogios, reclamações e aspirações por um bairro melhor. Muita coisa não saiu por aqui, mas estará em matérias nos próximos cadernos. Valeu pela presença, pelas sugestões de pautas, pelas conversas. Nos vemos nas próximas edições do Café ZH. Até lá!

Lixo na esquina

25 de fevereiro de 2010 0

Tânia Sfoggia chegou à redação improvisada no Café do Porto para falar do lixo que vê pelas ruas do bairro. Pediu para que alguém conferisse o montinho de sujeira na esquina da 24 de Outubro com a Florêncio Ygartua, onde mora. A reportagem foi lá e viu. E no caminho encontrou mais. Na Hilário Ribeiro com a glamourosa Padre Chagas, por exemplo. Tá, o foco é na 24 com a Florêncio.

- Aparece lá todos os dias, depois que as lojas fecham. O caminhão de lixo não passa todo dia na Florêncio, aí alguns amontoam os restos na esquina – conjecturou Tânia.

Arquiteto dá início a pesquisa sobre o Moinhos

25 de fevereiro de 2010 0

A estruturação da memória do Moinhos de Vento é o objetivo de um pessoal engajado no levantamento de dados do bairro. O arquiteto Fábio André Rheinheimer foi até o Café ZH para anunciar que o grupo começou a fazer o levantamento bibliográfico sobre o Moinhos. Haverá também um levantamento de imagens da região.

- As pessoas não conhecem o bairro. A pesquisa servirá para se conhecer o passado e também o presente do Moinhos – contou.

O meio de divulgação do resultado do estudo ainda não está definido, mas o plano é finalizar o material até o ano que vem.

O teatro da mosquitama

25 de fevereiro de 2010 0

Há cinco anos, quando Lea Quites se mudou para a Independência, o abandonado Teatro da Ospa não incomodava. Começou a se tornar o teatro dos horrores quando fez-se ouvir um conhecido zumzum. Virou o teatro da mosquitama.

- Nunca tinha visto mosquito aqui. Agora, tem.

Outros personagens da trama são ratos e pombos, reclama Lea. Por causa dessa fauna, ela compareceu à Padre Chagas. O Café ZH foi o novo palco para as denúncias, já que o anterior não resultou em soluções, segundo Lea.

-  Já reclamei na Secretaria da Saúde faz um tempo.

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

De All Star renovado

25 de fevereiro de 2010 1

Quando souberam que o ZH Moinhos estava no Café ZH na Padre Chagas, a artista plástica Clarissa Motta Nunes e sua irmã Carolina Motta Nunes (esq. e dir. na foto, respectivamente), designer de moda, deram um pulo no Café do Porto. Carolina queria customizar seu tênis All Star. A irmã, experiente no assunto, fez o serviço em uma mesa do café. Ó uma palhinha do trabalho da Clarissa:

http://locast.mit.edu/civic/content/961

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

Planos para o Independência

25 de fevereiro de 2010 0

O presidente da Associação dos Moradores e Amigos do Bairro Independência (Amabi), Diônio Roque Kotz, chegou ao Café ZH carregado com seus planos para o bairro. Ele ligou a metralhadora verbal para listar:

- As datas de todas as assembleias da associação foram encaminhadas, teremos o projeto lixo zero, com crianças e escolas, a praça em frente ao Rosário receberá um evento de Natal, estamos confirmando parcerias.

A grande preocupação no momento é obter mais informações a respeito da abertura da Rua Pinheiro Machado para a independência. Em reunião na terça-feira com vereadores, a Amabi conseguiu o apoio do presidente da Câmara, vereador Sebastião Melo (PMDB).

- Ele vai obter mais informações com a EPTC – afirmou Diônio.

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

Artistas interferem em tênis em pleno Moinhos

25 de fevereiro de 2010 5

  

Por Miréia Borges

As irmãs Clarissa e Carolina Motta Nunes interferiram em tênis All Star durante o Café ZH. A customização é para o dia a dia da estilista Carô, que leva todo seu charme para o Moinhos. Veja o vídeo da customização: http://locast.mit.edu/civic/content/961

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

Encontro artístico

25 de fevereiro de 2010 0

Um de frente para o outro, começaram a questionar. Tu és mais famoso. Não, tu és mais famosa. Walmor Corrêa e Ena Lautert toparam no meio do Café ZH. Um dos destaques da última Bienal e a artista das pedras de papel machê demonstraram sua adoração pelo Moinhos. Acertaram um ponto comum, também, na reclamação: a insegurança.

- Tem azulzinho em em toda esquina, mas nenhum guarda – apontou Corrêa.

- A falta de segurança deixa com medo de sair de tardezinha – ressaltou Ena.

Corrêa prepara uma exposição para o meio do ano com temática taxidermista – a arte de montar ou reproduzir animais. Ena projeta um livro sobre aquilo que tem sido o seu caminho nos últimos anos. Chamar-se-á A Pedra.

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

Ari, o fotógrafo

25 de fevereiro de 2010 0

Por Miréia Borges Arivaldo Chaves, fotógrafo e editor de imagem da Zero Hora, faz com muito amor as fotos que registra momentos marcantes. Trabalha há 38 anos na empresa, começou como boy aos 14 anos e, em um ano, já fotografava para o jornal. Primeiro passou pelo laboratório, onde aprendeu a revelação, na época em que tinha o “negativo”. Passou por todos os setores, e agora faz as fotos e edita as imagens para os cadernos de bairros. Frase do simpático Arivaldo: “A recompensa é ver a foto pronta no outro dia”. Esse trabalho não cai na rotina nunca, sempre tem novidades, boas ou ruins, mas tem novidades. Foi um prazer conhecer Arivaldo, um fotógrafo com letra Maiúscula.

Preservação é a palavra

25 de fevereiro de 2010 0

O pessoal da associação Moinhos Vive compareceu em peso ao Café ZH, na Padre Chagas. Vieram munidos de uma palavra: preservação. Em uníssono, deixaram seu recado: “O charme do bairro é uma decorrência da preservação do espírito e do espaço”.

Liderado pelo presidente da entidade, Raul Agostini (segundo na foto, da dir. para a esq.), o grupo escolheu o inimigo comum do bairro, a densificação.  Com Agostini, a opinião sobre como a densificação atua no bairro:

- O Moinhos está seriamente ameaçado.

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

A equipe do ZH Moinhos

25 de fevereiro de 2010 2

Essa é a equipe do ZH Moinhos que está no Café do Porto, na Padre Chagas, na primeira edição do projeto Café ZH (na foto, a partir da esquerda): Lucia Pires, Thais Sardá, Silvia Lisboa, Maria Rita Horn e André Mags, acompanhados do fotógrafo Arivaldo Chaves. Um totem com o logotipo da iniciativa identifica o grupo de jornalistas.

> Eles estão hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

Pelos passantes

25 de fevereiro de 2010 0

A designer de moda Neuza Álvares Durgante (na foto entre Julia Outeiral e Magda Outeiral)adora o bairro. Porém, o desrespeito a quem circula pelas calçadas e o barulho noturno a tiram do sério, às vezes. Mesas no caminho de quem quer circular pela região são um exemplo do desconforto dos passantes.

- Às vezes, carrinho de bebê não pode passar – reclama.

Moradora da Padre Chagas, Neuza diz que há muito o controle da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio cessou. Então, mesas e cadeiras se espalharam. Poluição sonora também atravessa o bairro.

- À noite, há uma intensidade de barulho, os horários não são respeitados – diz Neuza.

> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!

A enquete do Moinhos

25 de fevereiro de 2010 1

Inspirado pelo Café ZH, o consultor imobiliário Mario Kerber criou três frases sobre o bairro e seu futuro.

Em uma folha de papel verde, anotou as opções e entregou à equipe do ZH Moinhos.

Qual será a preferida dos moradores? Escolha você, votando na sua opção favorita ao clicar aqui.


> A equipe que faz o ZH Moinhos na Redação está hoje, das 11h às 19h, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). Participe!