Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Vinhos com arte da Espanha no Rio Branco

18 de maio de 2010 2

Por Paulo Renato Rodrigues

A Grand Cru, localizada nos altos da Quintino, no bairro Rio Branco, apresentou em 11 de maio, para um grupo de clientes e para a imprensa, os renomados vinhos da vinícola espanhola Enate.

Trata-se de uma vinícola que se localiza fora da região tradicional da Espanha e que elabora vinhos com arte de pintores famosos e de máxima qualidade, dentro da denominação de origem Samontano, que é uma zona ao sopé dos Pirineus.

A Enate, que tem uma produção limitada a 2 milhões de garrafas, está inserida numa verdadeira revolução que ocorre neste momento no mundo vinícola ibérico, com o aparecimento de uma série de vinhos muito originais, produzidos em sua maioria com uvas nativas do país, originárias de regiões antes muito pouco conhecidas até mesmo dos próprios espanhóis.

Para Tomás Arribas, diretor de exportação da vinícola, o Brasil é o mercado mais emergente neste momento, com o aumento da classe média e o crescimento do consumo:
- Aqui, acontece o contrário da Europa, onde o consumo de vinho decresce ano após ano _ destacou Arribas, que também passaria pelo Rio de Janeiro, Florianópolis, São Paulo, Belém e Natal.

Comentários (2)

  • Julio diz: 19 de maio de 2010

    Gosto dos vinhos espanhóis da Rioja. Essa nova região para mim é algo muito interessante, pois ao que parece são vinhos diferenciados. Vou atrás deles na Grand Cru…

  • Arminda diz: 19 de maio de 2010

    O problema dos vinhos espanhóis, franceses e italianos é a relação preço x qualidade. Ainda prefiro os chilenos e argentinos. Sem falar nos nossos espumantes, que não ficam devendo nada a ninguém.

Envie seu Comentário