Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Brincando com formas das areias do Dmae

17 de janeiro de 2013 0

Texto de Miréia Borges, do Conselho de Blogueiros do ZH Moinhos.


Olhando atentamente as fotos do Dmae, que nosso querido fotógrafo Arivaldo Chaves fez, resolvi aumentar e brincar de ver coisas na areia. Da mesma forma como fazemos quando criança, imaginando objetos, animais, carrancas nas nuvens.

Quem já não fez isso?

Eu faço até hoje e adoro.

Bem, fiz nas areia do Dmae, na foto 360° do post anterior, uma investigação pisante. Observem bem a carranca de um ancião de queixo pontiagudo observando tudo a sua volta, como se viesse das profundezas e está analisando tudo. Ao seu lado, algumas caras e bocas de dois rostos, um acima do outro, parecendo os Maias, convidando visitantes para uma espiadinha na sua cultura.

Mais a cima, um índio xavante com pose de guerra graças aos passos tentando invadir sua praia, quer dizer, sua Aldeia D’Água. À direita, uma cobra naja rastejando das tumbas e brotando da areia quente, fugindo dos passos apavorados dos visitantes que estão ao meio cercados por todos os nossos antepassados, mas que, no fundo, se alegram com visita e curiosidade de como as águas de Porto Alegre são bem tratadas e cuidadas.

Mas eles estão lá de olho nos passos firmes e nos passos falsos que alguns podem querer ter no seu território.

Envie seu Comentário