Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Mais do que um pintor

30 de janeiro de 2013 2

Por Úrsula P. Dutra Christini, do conselho de blogueiros

A pracinha da Igreja Auxiliadora, neste mês de janeiro, recebeu um banho de tinta. Mais do que uma mera pintura, é a preservação de uma história e, mais do que um pintor, é um antigo morador da região que tem muitas histórias para contar.

Luis Enrique Oliveira Araújo, 46 anos, revela que sua profissão não é a de pintor, mas sim de representante comercial. Hoje, morador de Canoas, aprendeu a pintar com o pai, e, nas horas vagas, ou quando as vendas caem, ele aproveita para aumentar sua renda com esse ofício, pintando para amigos ou seus indicados.

Está pintando a praça por indicação de seu pai, Oscar Araújo, que por muitos anos cuidou do local. Oscar, hoje com 86 anos, não tem mais o mesmo pique. Morador do bairro há mais de 50 anos, levava Luis Enrique para brincar na pracinha enquanto ele preservava o local.

Luis Enrique conta que antigamente a praça não era cercada, ou melhor, havia uma cerca viva, que embelezava o local. Passou sua infância e adolescência nela. Revela que nos anos 80, a Rua Silva Jardim e a Avenida Plínio Brasil Milano eram muito badaladas. Seus bares e casas noturnas eram ponto de encontro dos jovens. E, à noite, a pracinha acabava sendo um belo local para namorar. Não havia tanta violência como atualmente, então, era possível convidar a namorada para sentar nos bancos da praça e ver a lua e as estrelas.

Luis Enrique Oliveira Araújo aprendeu o ofício com o pai, que é morador da região

Bancos esses que, hoje, além de pintados, foram lavados, lixados e consertados, assim como todos os brinquedos. É todo um trabalho que é feito para que, realmente, a praça possa ser preservada. Seu pai, antes de indicá-lo, perguntou se ele “iria encarar”, e ele prontamente respondeu que sim. Em primeiro lugar, faz porque gosta, e segundo, porque não tem vergonha nenhuma de pegar uma lata de tinta na mão e um pincel, para ajudar a preservar tantas histórias, que fazem da região um local tão especial.

Comentários (2)

  • Sharlene diz: 9 de fevereiro de 2013

    PARABÉNS LUIZ ENRIQUE! São pessoas como vocês que fazem a diferença neste mundo! Um grande beijo e abraço do Casal Sharlene e Fabiano

  • Anamaria diz: 1 de março de 2013

    Parabéns, Luis Enrique! Bela iniciativa! Fui batizada,fiz a Primeira Comunhão(1957) ,casei e batizei meus filhos na Igreja Auxiliadora. Antes das aulas de catecismo a gente costumava brincar na pracinha.
    Um abraço;

Envie seu Comentário