Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Árvore na esquina da Independência é removida pela Smam

27 de outubro de 2013 4

PinheiroANTES4

Por Úrsula P. Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

Flores amarelas. Esse é o nome da pasta que eu tinha no meu computador para fazer um post para o blog do ZH Moinhos. Criei essa pasta em novembro de 2008, época em que foram tiradas as fotos das flores amarelas. Na realidade, tratava-se de uma bela árvore, com flores amarelas, num antigo casarão da Rua Pinheiro Machado.
PinheiroANTES3

Havia pensado em fazer um post em razão da beleza da árvore, principalmente na primavera. Mas como eu não sabia exatamente o nome da árvore, acabei não escrevendo.Pinheiro3

Infelizmente, as belas flores amarelas não existem mais. A árvore foi podada há pouco mais de um mês e não há mais aquela bela paisagem que tínhamos na primavera. O belo tapete amarelo na Pinheiro Machado quase esquina com a Independência se foi.

logozhmoinhos> Curta o ZH Moinhos no Facebook para acompanhar as notícias da região

Hoje entendo que, apesar de todos os problemas pelos quais passamos, é importante olharmos para as belas paisagens que temos. Valorizarmos a leveza de espírito das pessoas, a poesia da primavera, é uma forma de vivermos melhor. Porque a vida passa muito depressa. E se não conseguirmos enxergar a beleza que temos ao nosso redor, em pouco tempo, ela também não irá mais estar aqui.

O que informou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smam)

 – Foi autorizada a remoção  de um guapuruvu, com risco de queda, localizado em área particular. A remoção foi autorizada porque havia risco à vida dos moradores da casa.

Comentários (4)

  • Juarez diz: 27 de outubro de 2013

    É claro que logo será construído um edifício no local. Aí o serviço já estará feito, não haverá incômodo para a construtora. A árvore está perfeita, saudável. Mais um crime contra a natureza em Porto Alegre, com o beneplácito do poder público. Vergonha!!!

  • paulo mendes filho diz: 28 de outubro de 2013

    Sim, muito linda, um tapete amarelo. Falei com o morador, ele alega que teve prejuízo com queda de galhos sobre carros. Um absurdo, a prefeitura deveria ter a obrigação de legislar sobre isso. Se eu tenho uma árvore na minha casa, deste porte, a prefeitura deveria assumir sua preservação e principalmente comunicar aos motoristas o risco de galhos caírem sobre seus carros, repassando pra eles este ônus. E isentar o proprietário de IPTU por manter tamanha belezura em seu terreno. Outra coisa, estão abrindo a Pinheiro Machado, como pretexto de diminuir o trânsito da esquina da Ramiro. Outro absurdo: Não vai resolver e vai piorar a circulação de automóveis no miolo do bairro. O que deveria ser um patrimônio de todos os portoalegrenses , a rua mais linda do mundo, a Gonçalo de Carvalho, com a abertura da Pinheiro Machado, vai entupir de caros, de CO2, e, vai com tempo, afetar o túnel verde com queda de árvores. Se cair uma, vai levar outras tantas…. RETROCESSO! E daqui a pouco, não será a MAIS LINDA! Será a MAIS ENTUPIDA DE CARROS DO MOINHOS!

  • Andrise Lima diz: 29 de outubro de 2013

    Lamentável que mais um guapuruvu saudável tenha sido cortado com autorização do poder público!! É impressionante o número de árvores com autorização para corte em Porto Alegre!!! Em 2010 foi autorizado a retirada de outro guapuruvu na Rua Washington Luiz, Cidade Baixa, no pátio de um órgão público federal, no Ministério de Minas e Energia.

  • Cesar Cardia diz: 8 de novembro de 2013

    Porto Alegre foi a primeira cidade do Brasil a ter uma Secretaria do Meio Ambiente, pelo prefeito Villela, em 1976.
    Quando voltaremos a ter uma Secretaria do Meio Ambiente que realmente CUIDE do Meio Ambiente?

Envie seu Comentário