Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de dezembro 2013

O encanto do Natal

20 de dezembro de 2013 2

Ursula

Por Úrsula Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

O Natal está aí e com ele todo o seu clima. Podemos ver nas lojas, casas, praças e ruas muitos enfeites e luzes para sinalizá-lo. A nossa região, especialmente, já está pronta. Apresentações, concertos, festas nas casas, parques e ruas marcam o clima natalino. Poderia trazer belas fotos desses tantos eventos, mas a que trago é uma tirada no Shopping Moinhos. Não para comemorar o consumismo que, infelizmente, nessa época, acaba fazendo com que muitas pessoas ultrapassem seus limites financeiros. Trago a foto que registrou o primeiro olhar de meu filho, Bernardo, de um ano e três meses, para o Papai Noel “de verdade”. Mais do que o Papai Noel em si, devemos valorizar tudo o que ele representa e traz. No caso, para ele, trouxe aquele olhar vidrado. Um olhar de surpresa, de admiração, de descoberta. Um olhar que faz a pessoa entrar num mundo de fantasia e de alegria. E esse olhar faz parte desse clima natalino, não só para as crianças.
Quando assistimos às apresentações de final de ano, sejam encenações e concertos musicais, sejam os artesanatos e as decorações natalinas ou até aqueles pratos especiais de fim de ano, também pode surgir o nosso olhar vidrado. Um olhar que muitas vezes pode nos colocar em transe. Um olhar que traz sentimentos de leveza, de paz e amor. Um olhar que nos remete à infância ou a outros tantos Natais que marcaram nossa vida. E é esse olhar que quero desejar a todos os leitores, moradores, frequentadores da região do ZH Moinhos. Um olhar vidrado nesse Natal e também para os mais diversos acontecimentos que nos aguardam em 2014.

Artesanhas resgata o gostinho caseiro em lasanhas

01 de dezembro de 2013 0

Laura Schenkel - laura.schenkel@zerohora.com.br

Insatisfeitos com os congelados que encontravam nas prateleiras de supermercados, dois amigos resolveram investir seus esforços para criar um produto feito à mão, com sabor de feito em casa.

Com o auxílio de outros amigos, criaram a Artesanhas Lasanhas Artesanais, produzida em dois endereços residenciais: no Rio Branco e na Cidade Baixa.

Amigos desde os tempos em que tocavam juntos em uma banda de rock em Alegrete, Marcello Trindade Alves, 30 anos, e Alessandro Pereira Becker, 26 anos, encabeçam o projeto. Foi conversando com outro amigo, Marcos Westphalen, cozinheiro e mestre-cervejeiro, que Marcello percebeu a chance de fazer um trabalho diferente.

A partir daí, decidiu criar dois sabores de lasanhas, uma vegetariana e outra com carne, que remetesse a algo caseiro.

– Me lembrei de um prato que minha vó fazia, em Alegrete: moranga, com guisadinho de abóbora, como ela chamava _ conta o cozinheiro Marcello.
Marcos acabou se afastando para apostar em outra área (e desenvolveu a cerveja artesanal Garza) e outros amigos abraçaram o sonho dos meninos do Alegrete, como Mariana Almeida, que ajuda na cozinha e organiza as compras. A matéria-prima, aliás, é algo levado muito a sério pelo grupo. As lasanhas não levam nenhum molho pronto.

– Tentamos usar apenas produtos orgânicos. O leite vem da fazenda do tio do Marcello. É mais saboroso – explica Alessandro, estudante de arquitetura, responsável pela parte visual e que participa da produção e de entregas.

artsenhasa
– Nosso trabalho é um resgate do processo artesanal. Tentamos fugir da lógica industrial, primando pela qualidade. Como muitas pessoas não têm tempo de cozinhar, pelo menos, elas podem ter um congelado com o toque caseiro e ingredientes selecionados – resume Marcello (de boné, na foto acima, ao lado de Alessandro).

O grupo, que oferece atualmente cinco sabores de lasanhas (carne de panela com moranga caramelada, frango harmonizado na cerveja, tomate com manjericão, funghi e creme de moranga com espinafre) busca agora tornar o produto 100% orgânico. Ao fazer a encomenda, o cliente é informado sobre quando sai a próxima fornada _ a produção ocorre, geralmente, segunda e terça-feira – e, com o produto pronto, é combinada a entrega das lasanhas, todas de 500g.

Para mais adiante, fica o plano de montar um projeto que juntaria espaço cultural, música e gastronomia, afirma Marcello:

– Queremos criar um local para unir esses três elementos, valorizando a experiência pessoal.

Saiba mais:
Artesanhas Lasanhas Artesanais
– Os produtos são entregues onde o cliente quiser
– Encomendas pelos telefones 3228-0247 ou 9564-4901
– Informações: www.facebook.com/artesanhas.poa

LASANHA DE CARNE DE PANELA COM MORANGA CARAMELADA

artesanhasb

INGREDIENTES
Para o molho de carne
– 500g de carne osso buco (músculo)
– 1/2 pimentão amarelo pequeno
– 1/2 pimentão vermelho pequeno
– 1 talo fino de alho poró
– Molho vermelho feito apenas com polpa de tomate
– 100 ml de caldo natural de legumes
– Pimenta-preta
– 2 pimentas dedo-de-moça
– Sal

Para a massa
– 300 gramas de farinha de trigo grano duro
– 3 ovos crioulos

Para o molho branco (bechamel)
– 1/2 cebola
– 2 cravos
– 1 folha de louro
– 1 litro de leite integral cru pasteurizado (veja a dica do chef)
– 50g de manteiga
– 50g de farinha de trigo
– 1 pitada de sal
– noz-moscada
– 1 pitada de pimenta-do-reino

Para o molho de tomate
– 500g de tomate italiano
– Louro
– Algumas folhas de manjericão
– 2 colheres de chá de açúcar mascavo
– 1/4 de cebola roxa

Para o recheio
– Queijo parmesão a gosto
– Queijo ralado a gosto
– Creme de moranga caramelizada

Para o creme de moranga caramelizada
– 1/2 abóbora moranga pequena
– Açúcar
– Sal
– Pimenta-preta
– Noz-moscada

MODO DE PREPARO
– Sele a carne em uma panela bem quente com óleo e reserve
– Na mesma panela, refogue os pimentões e o alho poró
– Após, adicione o molho de tomate pronto e refogue mais um pouco. Coloque as carnes e deixe cozinhar por poucos minutos
– Adicione o caldo de legumes e transfira para uma panela de pressão. Deixe cozinhar por 40 minutos
– Enquanto isso, prepare o creme de moranga, cozinhando a abóbora até ficar no ponto de purê. Tempere e caramelize em outra panela, com o açúcar. Reserve
– Para a massa, misture a farinha e os ovos, fazendo movimentos repetitivos de amassar e esticar a massa com o rolo. Reserve
– Para o molho branco, ferva o leite antes de usar ou use leite de caixinha
– Após, coloque em uma panela para aquecer novamente, com meia cebola com o louro cravada nela com os cravos
– Em outra panela, derreta a manteiga e adicione a farinha de trigo. Faça uma pasta arenosa (roux) e cozinhe em fogo baixo
– Depois, acrescente somente o leite e envolva e bata com um batedor para não embolotar, adicionando o leite e deixando cremoso, não muito líquido. Acrescente noz-moscada, pimenta e sal
– Em um refratário grande, adicione primeiro um pouco de molho, para que a massa não grude no fundo ao assar. Coloque a massa, e, sobre ela, o molho de carne e queijo parmesão a gosto
– Adicione mais uma camada de massa, e, sobre ela, um pouco do creme da moranga caramelizada e queijo
– Coloque mais massa e, depois, o molho da carne e queijo
– Por último (ufa, estamos quase lá!), vai uma camada de massa, molho branco por cima e queijo ralado para gratinar
– Pré-aqueça o forno por alguns minutos e depois coloque a forma. Quando o queijo estiver gratinado, está pronto para servir

Dicas do chef
– Os pimentões, a cebola roxa e o alho poró devem ser, de preferência, orgânicos. Os ovos orgânicos têm de ser de “galinhas felizes do campo” e o litro de leite integral cru pasteurizado deve ser de “vaquinhas felizes do campo, de preferência”, como define Marcello Alves
– Para o molho branco, pasteurize o leite cru antes de usar, a uma temperatura entre 71ºC e 75ºC, inferior ao ponto de ebulição e resfrie-o imediatamente. Ou utilize leite de caixinha
– O cozinheiro e criador da receita recomenda harmonizar a lasanha com uma cerveja artesanal estilo Strong Ale ou Red Ale