Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Leitor"

Registre as belezas do outono

21 de março de 2014 0

UrsulaParcao
Por Úrsula P. Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

No dia 20 de março, chegou o outono. Mais precisamente, às 13h57min. E, para não perder o costume de fazer posts sobre a troca das estações, movimentar o blog do ZH Moinhos e ainda ativar os leitores que adoram registrar a vida em suas câmeras fotográficas, embutidas em seus celulares ou não, convido os vizinhos e leitores a capturarem a chegada do outono e enviarem para o e-mail moinhos@zerohora.com.br. Vale qualquer imagem da região que nos remeta à essa estação ou à troca dela. Trago a imagem dessas árvores (acima e abaixo) do Parcão, cujos tons de suas folhas, logo me levaram ao calendário e me fizeram perceber a tão rápida chegada do outono de 2014.

Além de mandar fotos por e-mail, você pode, também, compartilhar pelo Facebook de ZH Moinhos, ou ainda, participar pelo Instagram, usando a tag #outonozh, com a hashtag #ZHmoinhos para os registros feitos nos bairros Auxiliadora, Bom Fim, Floresta, Independência, Moinhos de Vento e Rio Branco.

Veja imagens do outono enviadas pelo Instagram de ZH, em http://zhora.co/1l8oEem

Clique aqui para conferir todas as fotos que foram enviadas com a hashtag #ZHmoinhos

UrsulaParcao2

 

Eudoro assume lugar de Eduardo Berlink em placa de Porto Alegre

03 de novembro de 2013 0

Karina Zorzato

Agora sim. Eudoro Berlink, e não Eduardo é o nome que indica a placa na esquina com a Carlos Trein Filho. Karina Zorzato, moradora do bairro Auxiliadora e jornalista, voltou ao local e nos mandou a foto acima. Ela havia postado no Facebook a foto da placa onde estava escrito “Eduardo Berlink” no lugar de “Eudoro Berlink” (foto abaixo)

logozhmoinhos> Acompanhe as notícias da região pelo ZH Moinhos no Facebook

De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), as placas onde tem propaganda são instaladas pelas empresas responsáveis pelo espaço. A reportagem contatou a RSBC Ativa Comunicação Visual – indicada pela Bona Imóveis como responsável pela propaganda. A empresa informou que faria o conserto assim que possível, sem explicar a origem do erro.

EduardoBerlinkmenor

Eduardo Berlink ou Eudoro Berlink?

29 de outubro de 2013 0

EduardoBerlinkmenor

A moradora do bairro Auxiliadora e jornalista Karina Zorzato estranhou o nome na placa e tirou a foto abaixo. Onde está escrito “Eduardo Berlink” deveria estar “Eudoro Berlink”.

De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), as placas onde tem propaganda são instaladas pelas empresas responsáveis pelo espaço. A reportagem contatou a RSBC Ativa Comunicação Visual – indicada pela Bona Imóveis como responsável pela propaganda. A empresa informou que o conserto será feito assim que possível, sem passar mais informações.

logozhmoinhos> Acompanhe as notícias da região pelo ZH Moinhos no Facebook

Executivos da SAP virão a Porto Alegre para impulsionar o Quarto Distrito

17 de setembro de 2013 1

Reorganizar o Quarto Distrito, sob a ótica urbana e econômica, tem sido o alvo de encontros quinzenais no Nós Coworking, uma área de escritórios e cocriação instalada no Shopping Total.

Quarto-Distrito

 O extinto cinema Talia e, ao fundo, o prédio da Sociedade Gondoleiros,
com a gôndola no topo, na área do Quarto Distrito. 

– Estamos reunindo desde a comunidade que reside na região até pessoas criativas de diferentes disciplinas para repensar o bairro. Neste contexto, idealizei um projeto para criação de um quadrilátero geográfico nesta região, voltado à economia criativa, batizado de Porto Criativo.

> Curta o ZH Moinhos no Facebook

Walker acredita que a região tem potencial para se tornar um novo polo de economia criativa, tal qual ocorreu em Barcelona, Lisboa e tantas outras regiões que reaproveitaram sua história e cultura fabril para se reinventaram, tornando-se polos criativos com grande força econômica e turística.

–  Em julho, apresentei o projeto à multinacional SAP, que, por sua vez, anualmente elege projetos de interesse social e inovador para serem trabalhados por seus principais CEOS. O Porto Criativo foi um dos eleitos. Assim, receberemos em outubro, no Nós Coworking, um time de CEOS internacionais que vão colaborar com seus conhecimentos para que o tão antigo sonho de reocupar inteligentemente esta região se torne realidade – conta o empresário.

A região que recebia, no século 19, imigrantes alemães que foram se estabelecendo na Avenida Voluntários da Pátria, cresceu até se tornar a zona industrial da cidade. O Quarto Distrito foi o local escolhido por Brahma, Gerdau, A. J. Renner, Fiateci, entre tantas outras, para instalarem suas fábricas. Foi, também, a área que abrigou os operários e suas famílias.

A divisão de Porto Alegre em seis distritos foi instituída em 1892 – o primeiro corresponde ao atual Centro Histórico, e os demais se espalhavam nas direções norte, leste e sul.

ZH Moinhos nas bancas

26 de junho de 2013 0

No ZH Moinhos que circula nesta quinta-feira, leia:

Reportagem aborda a situação de cada uma das três mudanças de trânsito que, juntas, devem mudar a cara do trânsito na região.

Leitor-repórter mostra como o Ánandam, um centro de ioga e de atividades culturais, presenteou a vizinhança na Ramiro Bareclos com uma arte em crochê.

Em artigo de leitor, a arquiteta e urbanista Caroline Kuhn sugere um projeto alternativo para a Rua Pinheiro Machado.

Nas páginas 4 e 5, saiba como funciona a discussão do novo Código de Posturas da cidade.

Na seção Blogueiros, Úrsula P. Dutra Christini chama a atenção dos leitores para que todos verifiquem se o lixo da coleta seletiva está tendo a destinação correta em seu prédio.

Sessentão bom de copo e de garfo – na seção gastronomia, conheça um pouco da história do restaurante Lourival e aprenda a receita do prato comemorativo Filé Lourival 60 Anos.

ZH Moinhos nas bancas

18 de abril de 2013 0

No ZH Moinhos que circula nesta quinta-feira você confere:

Incerteza na “praça dos cachorreiros” – Área nos fundos do Dmae usada para passear com os cães sem guias ficou com o portão aberto, sem poder fechar, deixando usuários indignados

Conselhos de um capitão – Zé Roberto, do Grêmio, conversa com estudantes do Marista São pedro

Fartura para comer com hashis – Em funcionamento há 11 meses, Daikoku Sushi, na Cristóvão Colombo, tem temaki reforçado

Conheça Seu Vizinho com Manoela Pezzi D´Almeida – Independência no Independência – Fotógrafa e surfista gosta de estar próxima a parques e ao estúdio em que trabalha

Fotos para captar o espírito do outono

01 de abril de 2013 1

Por Úrsula Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

Assim como as baixas temperaturas dos últimos dias, as árvores da região já sinalizam há dias a chegada da nova estação. Nas fotos, trago o outono estampado em uma linda árvore do Parcão.

Aproveite a estação que chegou oficialmente no dia 20, às 08h02min, e mande fotos você também, para o e-mail moinhos@zerohora.com.br.

Vamos curtir a chegada do novo ciclo que já está nos acolhendo com seu “friozinho” e com suas folhas a serem renovadas.

Gostou do convite da Úrsula Christini? A iniciativa da nossa blogueira inspirou a nova Missão ZH: registrar em imagens o espírito do outono. Para participar, poste uma foto no seu Instagram ou Twitter usando a hashtag #zhoutono.

Para as fotos feitas nos bairros Auxiliadora, Bom Fim, Floresta, Independência, Moinhos de Vento e Rio Branco, utilize também a hashtag #ZHmoinhos.


Capriche nos cliques e use a criatividade. A foto deverá ser de autoria do participante.

Quem não utiliza Instagram pode participar também. É só enviar fotos para moinhos@zerohora.com.br, com pelo menos 300kb, nome completo e telefone para contato.

Os destaque do ZH Moinhos

13 de fevereiro de 2013 0

No ZH Moinhos que circula nesta quinta-feira, você vai encontrar:

– Uma reportagem sobre o Palácio Santo Meneghetti, o Palacinho, incluído no PAC das Cidades Históricas

– Leitor-repórter: moradora reclama de obra abandonada no Auxiliadora

– Moinhos também tem samba no pé: saiba o que é o Bloco Manga Rosa, do Café Bar Galgos Brancos, e veja fotos da festa de lançamento do bloco

– Na seção Gastronomia, saiba um pouco sobre a história do Le Grand Burger e aprenda a fazer um hambúrguer de cogumelo com gorgonzola

ZH Moinhos nas bancas

21 de novembro de 2012 0

No ZH Moinhos que circula nesta quinta-feira, você confere a última reportagem da séria Centenários . Aos cem anos, Carmem Cauduro de Oliveira vive em um apartamento no Moinhos de Vento repleto de fotos de netos e bisnetos e recordações de um século de história.

Além disso, saiba o que falta para a conclusão das obras de prolongamento da Rua Santo Antônio e qual é a previsão de término.

Na página 5, leitor-repórter aponta risco de queda de árvore na Rua General João Telles.

Parcão debaixo d'água

18 de setembro de 2012 2

Por Sidney Charles Day, leitor-repórter

“Nesta terça-feira chuvosa, presenciei o alagamento do Parque Moinhos de Vento, o Parcão. Também flagrei o uso indevido de um contêiner na Avenida Goethe, e uma boca de lobo com a tampa quebrada na Rua Miguel Tostes. Confira as fotos:”




Instagram da Zero Hora lança #MissãoZH 2: o melhor da Zona Sul

13 de agosto de 2012 0

O Instagram da Zero Hora (@zerohorarbs) lança hoje uma nova missão para os usuários da rede social: fotografar o melhor da zona sul da Capital. No projeto, exclusivo via redes sociais, os instagramers são desafiados a fotografar um tema durante sete dias. No fim dela, as melhores fotos são escolhidas e publicadas no caderno de bairro Zona Sul da Zero Hora e no Focoblog, blog de fotografia da Zero Hora.

Para participar, basta postar no seu perfil do Instagram utilizando a hashtag #zonasulzh entre 13 e 20 de agosto. As imagens serão analisadas pelos instagramers oficiais da ZH e pela equipe do caderno de bairros, e as mais criativas serão publicadas na edição de 24 de agosto.

É a segunda #MissãoZH. Na primeira, que ocorreu na semana anterior ao dia dos pais, mais de 150 pessoas enviaram fotos sobre o tema e quatro foram selecionadas. Poste no seu Instagram com a hashtag desta missão e participe!

Café ZH reúne moradores e representantes de associações de bairro

31 de maio de 2012 0

A equipe dos cadernos de bairros de Zero Hora recebeu das 13h às 19h diversos leitores e blogueiros na Praça de Alimentação do Moinhos Shopping nesta quinta-feira. Moradores e frequentadores dos bairros Auxiliadora, Floresta, Independência, Moinhos de Vento e Rio Branco aproveitaram para passar sugestões de matérias ou foram ao local simplesmente para prestigiar o evento e conhecer ao vivo a equipe do ZH Moinhos. Integrantes dos conselhos de blogueiros do ZH Moinhos e do ZH Bela Vista também interagiram com os colaboradores.

Rossani Thomas, editora do caderno, e Laura Schenkel, repórter do caderno, tiveram um apoio dos colegas Vinicius Vaccaro, Eduardo Rosa, Vanessa Beltrame e Arivaldo Chaves para conseguir dar atenção a todos que foram ao Café ZH.

Estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) e de três associações de bairro: Moinhos Vive, Associação dos Moradores da Auxiliadora (Ama) e Associação dos Moradores e Amigos do Bairro Independência (Amabi).

– Foi uma oportunidade maravilhosa para ficarmos ainda mais a par do que ocorre na região e as preocupações dos moradores – afirma Rossani.

Na foto acima, a blogueira Úrsula P. Dutra Christini confere o caderno ZH Moinhos

Entre os assuntos tratados, falou-se de problemas de barulho à noite na Avenida Independência, sobretudo próximo à Rua Barros Cassal, de novidades sobre a Gonçalo de Carvalho, de reivindicações sobre melhorias no Parque Moinhos de Vento (Parcão), entre outros.

A leitora Luiza Moll foi a última a chegar, pouco antes das 19h, relatando a necessidade de inclusão da Rua Tenente Coronel Fabrício Pilar como área de uso especial, por sua característica de túnel verde. Os leitores passaram ainda sugestões de nomes para as seções O Nome e Conheça Seu Vizinho, restaurantes para a seção Gastronomia e fotos para Mascotes e O Bairro da Minha Janela.

Se você é morador ou frequenta a região e não conseguiu ir ao encontro, pode passar suas sugestões para o caderno ZH Moinhos pelo e-mail moinhos@zerohora.com.br



O lindo céu do Floresta

29 de maio de 2012 0

A paisagem impressionou tanto Mariana Barros, moradora da Farrapos, bairro Floresta, que ela resolveu tirar uma foto:

– Me chamou atenção, de um lado, o céu muito escuro, e do outro, a cor vermelha intensa, meio alaranjada.

Lindo registro, Mariana!


Audiência pública discute projeto sobre túneis verdes

16 de maio de 2012 0

Você sabia que na última terça-feira o projeto de lei de autoria do vereador Beto Moesch (PP), que declara os túneis verdes de áreas de uso especial foi tema de audiência publica na Câmara Municipal de Porto Alegre? Moradores da região do ZH Moinhos, que tem um histórico de luta em questões ambientais e de preservação histórica, participaram do evento.

De acordo com o projeto, seriam cerca de 70 logradouros da cidade. A reunião atendeu pedido do vereador João Carlos Nedel (PP) que discorda de parte do projeto.


Como o ZH Moinhos está preparando uma reportagem sobre o tema, nós gostaríamos de saber: Como você avalia o projeto? Mande sua resposta por e-mail para moinhos@zerohora.com.br com seu nome completo, endereço e telefone para contato, ou deixe um comentário neste post, com um e-mail para contato e o nome da via onde você mora.

Para saber mais:

Clique aqui para ler a íntegra do projeto e as emendas.

Leia abaixo o texto publicado no sita da Câmara Municipal a respeito da reunião:

Entidades ambientais aprovam projeto que declara áreas de túneis verdes

O projeto de lei de autoria do vereador Beto Moesch (PP), que declara os túneis verdes de áreas de uso especial foi tema de audiência publica na noite desta terça-feira (15/5) na Câmara Municipal de Porto Alegre. De acordo com o projeto seriam 70 logradouros da cidade. A reunião atendeu pedido do vereador João Carlos Nedel (PP) que discorda de parte do projeto.

Segundo Nedel, entende-se por túnel verde “o conjunto arbórico cujas copas das árvores se unem”.  Por isso o vereador diz não concordar que avenidas como a Osvaldo Aranha, Getulio Vargas, Borges de Medeiros, Coronel Marcos e Terceira Perimetral estejam incluídas no projeto. “Nestas avenidas todos sabem que as árvores não se unem”, disse Nedel, alertando para outro item do projeto, determinando que no calçamento do logradouro definido como túnel verde fica vedada qualquer modificação que comprometa a paisagem. “Talvez não esteja bem claro, porque não fala nada em relação ás arvores”, justifica Nedel.

O autor do projeto considerou que Nedel está mal informado. “Ele desconhece o que está dizendo pois estas avenidas não constam mais da proposta”, disse Moesch. O vereador ressaltou que a proposta diz apenas que: “declara áreas de uso especial ruas que tenham túneis verdes como patrimônio da cidade”, deixando os detalhamentos para decretos futuros do prefeito. “Dependendo da especificidade de cada uma”, disse Moesch. O vereador disse que a proposta da discussão é decidir que cidade queremos. “Se mais humana, que vai dialogar com as criaturas, ou sem planejamento estratégico”, questionou Moesch.

O vereador Carlos Todeschini (PT) disse que não entende o temor de Nedel, pois, na sua opinião o projeto é singelo. “Declara como objeto de especial proteção as áreas de interesse ecológico, cultural e turístico, conhecidos como túneis verdes”, ressaltou Todeschini. Segundo o vereador é preciso entender que Porto Alegre é uma cidade distinta que tem na sua característica fundamental as árvores.

O chefe de gabinete da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, André Carus, falou que qualquer referência de desconformidade do projeto com o Plano Diretor da Cidade é descabível. “A proposta respeita e pretende fazer cumprir a legislação federal. Está bem ajustada”, considerou Carus. Na opinião de Carus, o projeto merece respeito e uma analise com responsabilidade. “Não no afã da política ideológica.”

Para o Secretário de Planejamento Municipal, Ricardo Gothe, a cidade  precisa dos túneis verdes. “Não há como a prefeitura vetar este projeto. Ele precisa de ajustes, mas tem todos os méritos”, disse ele, garantindo que a secretaria do planejamento ira produzir ações para colocar Porto Alegre num patamar de cidade sustentável.

Fernanda Melcchiona (PSoL) disse estranhar que alguns vereadores defendam audiência publica para debater o projeto. “Engraçado que quando se trata da Orla do Guaíba os mesmos não querem nem ouvir falar em audiência pública”, falou Fernanda. Ela declarou que existe na Casa “uma tática de procrastinar” a votação de propostas através de apresentação de emendas e pedidos de adiamentos. “Precisamos virar este jogo em todas as esferas e votar imediatamente o projeto”, defendeu a vereadora.

Idenir Cecchim também defendeu a votação imediata do projeto. “Por mim seria amanhã”, disse ele. Dr Thiago (PDT) falou que vê no projeto duas magnitudes. “A primeira com relação ao mundo sustentável e a segunda a melhoria da qualidade de vida. ”Na opinião de Thiago, a proposta deixará um legado para a cidade.

A audiência pública foi dirigida pelo presidente do Legislativo, vereador Mauro Zacher (PDT), e acompanhada pelo vereador Airto Ferronato (PSB) e por representantes dos Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho, Movimento Menino Deus Sustentável, Região 1 de Planejamento do CMDUA, Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Agapam e Sindipoa que aprovaram a proposta de Moesch.

A exceção ficou por conta do presidente do Instituto Porto Alegre Ambiental, Vilmar Isolan de Mello, que discordou do projeto de Moesch. “Porque ele não propõe que Porto Alegre seja declarada a cidade do túnel verde e apenas algumas ruas como ele pretende”. Na opinião de Mello túnel verde é a sociedade quem faz através do plantio de árvores. “Não precisa de projetos e decretos.”

Regina Andrade (reg. prof. 8423)


O bairro da minha janela

07 de março de 2011 0

Adair Luiz Stefanello Busato*

Somos, minha família e eu, leitores assíduos deste caderno especial e gostaríamos de contribuir com uma cena que só nosso bairro nos proporciona.

Nesta imagem, podemos contemplar um belíssimo espaço verde, o jardim do Hospital Militar. Ao fundo, ainda dá para admirar uma vista do Guaíba e do Vão Móvel sobre o mesmo. É um pedaço de natureza em meio ao nosso bairro.

*Morador do Auxiliadora

 

O que você vê da janela da sua casa? Que cantinho do bairro pode ser apreciado apenas por você, seus amigos e familiares? O ZH Moinhos convida os leitores a enviarem fotos feitas das janelas de suas residências. Participe pelo e-mail moinhos@zerohora.com.br