Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Participe"

Registre as belezas do outono

21 de março de 2014 0

UrsulaParcao
Por Úrsula P. Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

No dia 20 de março, chegou o outono. Mais precisamente, às 13h57min. E, para não perder o costume de fazer posts sobre a troca das estações, movimentar o blog do ZH Moinhos e ainda ativar os leitores que adoram registrar a vida em suas câmeras fotográficas, embutidas em seus celulares ou não, convido os vizinhos e leitores a capturarem a chegada do outono e enviarem para o e-mail moinhos@zerohora.com.br. Vale qualquer imagem da região que nos remeta à essa estação ou à troca dela. Trago a imagem dessas árvores (acima e abaixo) do Parcão, cujos tons de suas folhas, logo me levaram ao calendário e me fizeram perceber a tão rápida chegada do outono de 2014.

Além de mandar fotos por e-mail, você pode, também, compartilhar pelo Facebook de ZH Moinhos, ou ainda, participar pelo Instagram, usando a tag #outonozh, com a hashtag #ZHmoinhos para os registros feitos nos bairros Auxiliadora, Bom Fim, Floresta, Independência, Moinhos de Vento e Rio Branco.

Veja imagens do outono enviadas pelo Instagram de ZH, em http://zhora.co/1l8oEem

Clique aqui para conferir todas as fotos que foram enviadas com a hashtag #ZHmoinhos

UrsulaParcao2

 

Projeto Vizinhança convida moradores a ocupar casas abandonadas neste fim de semana em Porto Alegre

22 de novembro de 2013 0

Bruna Vargas ➧ bruna.vargas@zerohora.com.br

Casa legal era a da Vó Clara. Depois de cansar de tanto correr no pátio, a chegada na oficina do Vô Serafim garantia mais algumas horas de diversão. Chaves de fenda, porcas e parafusos viravam peças de uma quebra-cabeças que sempre remontava uma brincadeira.

Pelo menos essa é a lembrança de Aline Bueno, uma das organizadoras do Projeto Vizinhança, sobre o que considera ser a sua referência de casa. A residência dos avós, em Santa Maria, não faz mais parte da sua vida. Mas marcou sua história.

vizinhança

 

Acima, alguns dos artistas envolvidos nesta edição.

Evocar as melhores lembranças – ou expectativas – das pessoas sobre esses espaços é a proposta da 5ª edição do projeto, que chega à Rua Luzitana neste fim de semana. Sob o tema Casas da Memória, o evento convida a vizinhança a se aprochegar aos imóveis de número 1.208, 1.218 e 1.228 para uma experiência que reunirá diferentes atrações com um único objetivo: levar um pouco de arte e cultura a espaços ociosos da cidade, promovendo a convivência entre vizinhos.

– Todo mundo tem uma casa, seja da infância ou que sonha em comprar. É um símbolo muito forte de vizinhança – explica Aline.

A quinta edição do Projeto Vizinhança contará com oficinas, apresentações teatrais, shows musicais e intervenções de artistas plásticos, além de almoços coletivos e a participação do chef Rodrigo Paz, do projeto Comida de Rua.
O próprio lugar escolhido para as atividades irá vigorar apenas na memória da cidade em breve. As três casas, emprestadas pelo dono para o evento, serão demolidas para dar lugar a um empreendimento. Antes disso, porém, ganharão mais uns tijolinhos na construção da memória afetiva dos vizinhos.

– A Márcia (Braga, idealizadora do projeto) morou na Espanha, onde esse tipo de atividade é bem mais comum. O foco é usar espaços ociosos, por um espaço de tempo delimitado. É para ser efêmero mesmo.

Na Luzitana, as atividades – gratuitas, à exceção dos comes e bebes – ocorrerão entre sábado e domingo, das 10h às 19h.
O Projeto Vizinhança é capitaneado por Aline Bueno e Márcia Braga, e é colocado em prática com a ajuda de colaboradores. As quatro primeiras edições, entre 2012 e junho de 2013, mobilizaram mais de mil pessoas.

Agende-se

– O que: Casas da Memória, 5ª edição do Projeto Vizinhança
– Quando: sábado e domingo, das 10h às 19h
– Onde: Rua Luzitana, 1.208, 1.218 e 1.228
– Quanto: gratuito
– Mais informações no Facebook do Projeto Vizinhança
– Observação: o evento ocorre mesmo em caso de chuva

casas

Programação

SÁBADO
10h30min – Oficina de origami com Barbara Benz. Artistas Renata Ibis, Pedro Lunaris e Bianca Barrios estarão trabalhando no local
11h – Cenas da peça de teatro Pra Hoje só Marmotta, com Lia Motta, baseada na obra de Manuel de Barros, Memórias Inventadas
l 11h30min – Abertura da exposição exposição fotográfica acessível Sentindo o Mar e bate-papo com a curadora, Antonia Wallig
12h – Almoço coletivo: carreteiro oferecido pela Cabral Arquitetos
14h – Artistas Diego Ferrer e Panaiotis Constatinou estarão trabalhando no local
14h30min – Oficina de cerâmica para crianças com a artista visual Loren Gay
15h – Contação de histórias com Patricia Vieira. Artista Cles Lachmann estará trabalhando no local
16h – Intervenção de Raisa Torterola
17h – Caminhos Trilhados, sarau poético e exposição com Conça Dornelles
18h – Bate-papo com os artistas Antonio Augusto Bueno, Augusto Lima e Felipe Caldas. Eles falarão sobre o próximo projeto do grupo Risco Coletivo, que ocorrerá em uma das casas

DOMINGO
10h – Artista Ney Caminha estará trabalhando no local. Projeto Circuito Grude, com lambe-lambes de várias cidades do Brasil
11h – Oficina de reciclagem, com Vanessa Kaminski
11h30min – Oficina de cianotipia, com a artista Amanda Teixeira
12h – Almoço coletivo (churrasco)
14h30min – Ação poética Linha da Vida, com Ricardo Ayres
15h – Pocket show, com Fabrício Fortes
15h30min – Contação de Histórias, com Jeane Bordignon
16h – Pocket show, com Alexandre Leeh
17h – Chef Rodrigo Paz e oficina de artesanato sustentável, com Renata Fontoura
17h30min – Performance de Raisa Torterola

Uma das casas contará, ainda, com duas exposições: Sentindo o Mar, de Antonia Wallig, e Nós no Projeto, com trabalhos produzidos nas oficinas do Projeto Vizinhança durante o ano

 

Passeio do Viva o Centro a Pé irá ao Quarto Distrito de Porto Alegre

22 de outubro de 2013 0

Moinho

 

Crédito: Guilherme Santos, PMPA, Divulgação

A próxima edição da caminhada orientada do Viva o Centro a Pé, no sábado, irá ao Quarto Distrito de Porto Alegre. O roteiro passa pela Rua Paraíba, até o antigo Moinho Rio-grandense. Depois, a caminhada segue por algumas ruas da região, com passeio de ônibus pelos armazéns da rua Voluntários da Pátria. A saída será em ônibus da Carris, às 10h, no totem do Caminho dos Antiquários, na Demétrio Ribeiro em frente à Praça Daltro Filho, com duração aproximada de duas horas.

Interessados devem solicitar inscrição pelo e-mail vivaocentroape@gmail.com e aguardar confirmação. Para participar, é necessário doar alimentos não perecíveis. Outra opção é a doação de ração para cães e gatos, que será destinada aos animais, por meio da Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda).

Quem orienta a atividade é a arquiteta Leila Nesralla Mattar, especialista em Projeto de Arquitetura Habitacional (PROPAR/UFRGS), doutora em História, docente na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da PUCRS e da Faculdade de Engenharia da PUCRS. Mais informações no site do projeto Viva o Centro a Pé

As informações são da prefeitura de Porto Alegre.

> Acompanhe o ZH Moinhos no Facebook

Rosane de Oliveira convida vizinhos para o McDia Feliz

30 de agosto de 2013 0

Um convite da moradora do Moinhos e colunista de Zero Hora Rosane de Oliveira:

Reprodução

“Nas horas vagas, faço um trabalho no Instituto do Câncer Infantil. Por isso, quero convidar vocês, vizinhos do bairro Moinhos de Vento e amigos de outros bairros, a participarem do McDia Feliz, neste sábado. Para quem não conhece, é o dia em que toda a renda das vendas do BigMac nas lojas do McDonald’s vai para instituições que ajudam pacientes com câncer. Aqui, a entidade beneficiada é o Instituto do Câncer Infantil, que faz um trabalho maravilhoso de apoio às crianças e às famílias.
Vocês podem consumir o BigMac em qualquer McDonald’s, mas ficarei muito feliz se forem na da Ipiranga com a Silva Só. Estarei trabalhando lá no sábado pela manhã, até as 14h.
Obrigada pela colaboração.”

Colabore com a Confraria do Amor

08 de junho de 2012 0

Por Norah Dietrich, do Conselho de Blogueiros

Anote na sua agenda: dia 16 de junho, é dia de passear pela Praça Maurício Cardoso e participar da 7ª Praça do Amor! Esse evento é organizado pela Confraria do Amor, que já deu o ar da graça aqui no blog, como no post da Miréia Borges.

A confraria está solicitando doações para serem vendidas no brechó e assim poder ajudar muitas e muitas pessoas. Quem quiser participar, pode doar objetos sem uso, tais como roupas, bijuterias, utensílios domésticos, brinquedos e livros.

As doações deverão ser encaminhadas para a Rua Hilário Ribeiro, 365, Moinhos de Vento, com Lelé Azevedo. Ah! E se você não puder entregá-las pessoalmente, pode solicitar um serviço de telebusca pelos telefones 9226-2021 ou 9163-2509.

Que tal? Vamos participar? A Confraria do Amor conta com a colaboração de todos para mais uma Praça do Amor de muito sucesso!

Faz bem fazer o bem!

Vamos ao Café ZH?

30 de maio de 2012 0

Por Úrsula P. Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

Só para reforçar o convite já feito na última edição do ZH Moinhos, amanhã é dia de Café ZH! Será na Praça de Alimentação do Moinhos Shopping, das 13h às 19h, Rua Olavo Barreto Viana, 36.

Levem sugestões, fotos da região, dos seus mascotes, dos filhos pequenos etc. Levem também suas dúvidas, sua curiosidade, suas críticas e todo o seu bom humor, para fazer desse Café da Redação do ZH Moinhos com a Comunidade mais um encontro de muitas novidades e interação.

Espero encontrar vocês lá!

Você já teve problemas ao alugar uma vaga em garagem?

22 de maio de 2012 1

Na Zero Hora desta segunda-feira, publicamos uma reportagem de Itamar Melo sobre a lei que restringe o comércio de vagas em prédio comerciais e residenciais. Começou a vigorar no domingo a legislação, adicionada ao Código Civil.

O aluguel ou venda para terceiros será possível apenas caso haja uma decisão expressa em reunião de condôminos.

O objetivo é aumentar a segurança em condomínios, limitando o acesso a pessoas estranhas.

Você já teve ou conhece alguém que teve algum problema a partir do aluguel de um box para pessoas de outros prédios, sobretudo relacionado à segurança? O ZH Moinhos quer saber a sua história! Deixe seu depoimento em nossos comentários, com e-mail para contato, ou mande um e-mail para moinhos@zerohora.com.br relatando o que ocorreu. Não esqueça de dizer quando e onde se passou o problema.

Audiência pública discute projeto sobre túneis verdes

16 de maio de 2012 0

Você sabia que na última terça-feira o projeto de lei de autoria do vereador Beto Moesch (PP), que declara os túneis verdes de áreas de uso especial foi tema de audiência publica na Câmara Municipal de Porto Alegre? Moradores da região do ZH Moinhos, que tem um histórico de luta em questões ambientais e de preservação histórica, participaram do evento.

De acordo com o projeto, seriam cerca de 70 logradouros da cidade. A reunião atendeu pedido do vereador João Carlos Nedel (PP) que discorda de parte do projeto.


Como o ZH Moinhos está preparando uma reportagem sobre o tema, nós gostaríamos de saber: Como você avalia o projeto? Mande sua resposta por e-mail para moinhos@zerohora.com.br com seu nome completo, endereço e telefone para contato, ou deixe um comentário neste post, com um e-mail para contato e o nome da via onde você mora.

Para saber mais:

Clique aqui para ler a íntegra do projeto e as emendas.

Leia abaixo o texto publicado no sita da Câmara Municipal a respeito da reunião:

Entidades ambientais aprovam projeto que declara áreas de túneis verdes

O projeto de lei de autoria do vereador Beto Moesch (PP), que declara os túneis verdes de áreas de uso especial foi tema de audiência publica na noite desta terça-feira (15/5) na Câmara Municipal de Porto Alegre. De acordo com o projeto seriam 70 logradouros da cidade. A reunião atendeu pedido do vereador João Carlos Nedel (PP) que discorda de parte do projeto.

Segundo Nedel, entende-se por túnel verde “o conjunto arbórico cujas copas das árvores se unem”.  Por isso o vereador diz não concordar que avenidas como a Osvaldo Aranha, Getulio Vargas, Borges de Medeiros, Coronel Marcos e Terceira Perimetral estejam incluídas no projeto. “Nestas avenidas todos sabem que as árvores não se unem”, disse Nedel, alertando para outro item do projeto, determinando que no calçamento do logradouro definido como túnel verde fica vedada qualquer modificação que comprometa a paisagem. “Talvez não esteja bem claro, porque não fala nada em relação ás arvores”, justifica Nedel.

O autor do projeto considerou que Nedel está mal informado. “Ele desconhece o que está dizendo pois estas avenidas não constam mais da proposta”, disse Moesch. O vereador ressaltou que a proposta diz apenas que: “declara áreas de uso especial ruas que tenham túneis verdes como patrimônio da cidade”, deixando os detalhamentos para decretos futuros do prefeito. “Dependendo da especificidade de cada uma”, disse Moesch. O vereador disse que a proposta da discussão é decidir que cidade queremos. “Se mais humana, que vai dialogar com as criaturas, ou sem planejamento estratégico”, questionou Moesch.

O vereador Carlos Todeschini (PT) disse que não entende o temor de Nedel, pois, na sua opinião o projeto é singelo. “Declara como objeto de especial proteção as áreas de interesse ecológico, cultural e turístico, conhecidos como túneis verdes”, ressaltou Todeschini. Segundo o vereador é preciso entender que Porto Alegre é uma cidade distinta que tem na sua característica fundamental as árvores.

O chefe de gabinete da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, André Carus, falou que qualquer referência de desconformidade do projeto com o Plano Diretor da Cidade é descabível. “A proposta respeita e pretende fazer cumprir a legislação federal. Está bem ajustada”, considerou Carus. Na opinião de Carus, o projeto merece respeito e uma analise com responsabilidade. “Não no afã da política ideológica.”

Para o Secretário de Planejamento Municipal, Ricardo Gothe, a cidade  precisa dos túneis verdes. “Não há como a prefeitura vetar este projeto. Ele precisa de ajustes, mas tem todos os méritos”, disse ele, garantindo que a secretaria do planejamento ira produzir ações para colocar Porto Alegre num patamar de cidade sustentável.

Fernanda Melcchiona (PSoL) disse estranhar que alguns vereadores defendam audiência publica para debater o projeto. “Engraçado que quando se trata da Orla do Guaíba os mesmos não querem nem ouvir falar em audiência pública”, falou Fernanda. Ela declarou que existe na Casa “uma tática de procrastinar” a votação de propostas através de apresentação de emendas e pedidos de adiamentos. “Precisamos virar este jogo em todas as esferas e votar imediatamente o projeto”, defendeu a vereadora.

Idenir Cecchim também defendeu a votação imediata do projeto. “Por mim seria amanhã”, disse ele. Dr Thiago (PDT) falou que vê no projeto duas magnitudes. “A primeira com relação ao mundo sustentável e a segunda a melhoria da qualidade de vida. ”Na opinião de Thiago, a proposta deixará um legado para a cidade.

A audiência pública foi dirigida pelo presidente do Legislativo, vereador Mauro Zacher (PDT), e acompanhada pelo vereador Airto Ferronato (PSB) e por representantes dos Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho, Movimento Menino Deus Sustentável, Região 1 de Planejamento do CMDUA, Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Agapam e Sindipoa que aprovaram a proposta de Moesch.

A exceção ficou por conta do presidente do Instituto Porto Alegre Ambiental, Vilmar Isolan de Mello, que discordou do projeto de Moesch. “Porque ele não propõe que Porto Alegre seja declarada a cidade do túnel verde e apenas algumas ruas como ele pretende”. Na opinião de Mello túnel verde é a sociedade quem faz através do plantio de árvores. “Não precisa de projetos e decretos.”

Regina Andrade (reg. prof. 8423)


Reunião da Amabi discute amanhã reforma da Praça Dom Sebastião

03 de abril de 2012 0

Amanhã, às 19h30min, será realizada a reunião da Associação dos Moradores do Bairro Independência (Amabi) no Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM). Está confirmada a presença da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smam) para falar sobre a reforma da Praça Dom Sebastião e assuntos relacionados ao calendário de atividades da Associação para 2012, calçamento e situação de moradores de rua.

Também está prevista a apresentação, pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Smic), de um estudo de incubadora tecnológica para a região em parceria com a UFRGS.

Mais informações pelo e- mail amudanca@terra.com.br e pelo telefone 3311- 6365.

O Bairro Moinhos de Vento e os 240 anos de Porto Alegre

26 de março de 2012 0

Por Miréia Borges, do Conselho de Blogueiros

No dia 22 de março, em uma das tantas comemorações em alusão ao aniversário de Porto Alegre, o Moinhos Shopping, que é o maior empreendimento comercial aqui do bairro e o lugar de maior concentração de moradores da região, inaugurou a exposição “O Moinhos é único porque tem você”.

Nessa exposição alguns moradores registraram seu olhar em fotos que estão expostos, com a montagem de um recanto arquitetônico, nos dando a sensação de estarmos rodeados com os portões de ferro das casas do bairro, até uma bicicleta a artista Clarissa Motta Nunes colocou para o público poder se sentir nos tempos de um bairro familiar, antigo , elegante, acolhedor e antigo.

As floristas da Hilário Ribeiro no bairro Moinhos, Bernadete e Rita, estavam no dia da inauguração distribuindo rosas para os visitantes.
O Moinhos de Vento comemorou e ainda vai alguns dias comemorar o aniversário de Porto Alegre, mostrando essa exposição de fotos de alguns moradores.

Logo, o Moinhos é único porque tem você aqui no nosso bairro e ainda tem orgulho de aconchegar as pessoas que aqui vem visitar e apreciar seus cafés, restaurantes, lojas e principalmente suas áreas verdes e convidativas para um chimarrão.
Assim foi a maneira do bairro Moinhos de Vento desejar Feliz Aniversário para Porto Alegre!

Outono no Moinhos

20 de março de 2012 0

Por Úrsula P. Dutra Christini, do Conselho de Blogueiros

Para manter a tradição no Blog do ZH Moinhos, a cada troca de estação, trago a foto dos primeiros sinais do Outono de 2012. A temperatura ainda continua de verão, mas as folhas secas já estão começando a tomar conta das ruas e dos parques da região. E você já está conseguindo sentir a chegada da nova estação? Mande uma foto para moinhos@zerohora.com.br

Pedidos para 2011

30 de novembro de 2010 0

O que você quer para os bairros Auxiliadora, Independência, Floresta, Rio Branco e Moinhos de Vento em 2011. Escreva seus pedidos para moinhos@zerohora.com.br ou em comentários no blog.

Os 11 desejos mais lembrados irão integrar uma reportagem especial que será publicada no dia 30 de dezembro.