Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "Shopping Total"

Passeio guiado pelo Floresta

04 de setembro de 2013 3

Por Lu Kolesny, do Conselho de Blogueiros

Participei no final de agosto de uma caminhada pelo bairro Floresta, denominada Expedição Floresta, promovida pela UrbsNova, Agência de Inovação Social, com apoio do Grupo Refloresta e Nós Coworking. Fomos guiados por Jorge Piqué, da UrbsNova. O ponto de encontro foi a Casa da Música, localizada na Rua Gonçalo de Carvalho. Aliás, aqui vai uma das lições que aprendei na atividade: o bairro chama-se floresta, pois era composto de muitas árvores, e os imigrantes iam à região colher lenhas.

Passamos por diversos locais e a cada parada, recebemos uma explicação detalhada sobre o local. Confira os pontos pelos quais passamos:

Gonçalo

– Rua Gonçalo de Carvalho

Shopping Total

– Shopping Total – Fomos recepcionados pela Fernanda Fogliati, supervisora de relacionamento do Shopping Total, junto à Alameda das Artes, onde ela contou algumas curiosidades sobre o estabelecimento. Vocês sabiam que a caldeira original ainda se encontra no prédio central, em frente à Cristóvão Colombo? Há também túneis subterrâneos, que seriam destinados a estocar carvão. Parte desses túneis está sendo reformada para abrigar uma cantina italiana. No prédio do meio, também junto à Cristóvão, funciona em seu último andar, uma empresa Nós Coworking, que oferece local pra conferências, ambiente de trabalho, sala de reuniões além de local para espetáculos, teatro e cursos.

Tanguera2

– Tanguera Estúdio de Danza – Localizada na Rua Comendador Coruja, 380. Houve uma pequena demonstração da dança portenha ao nosso grupo.

Theodor Wiederspahn

– Casa do arquiteto alemão Theodor Wiederspahn – Rua Comendador Coruja, 277. Em 29 de novembro de 1993, a casa foi tombada pela prefeitura de Porto Alegre.

Geyer

– Laboratório Geyer – Localizado na Rua São Carlos com Rua Pelotas, foi fundado em 1929 por médicos gaúchos com o propósito inicial de realizar pesquisas na área médica. O prédio na São Carlos é de 1935.

Santa Terezinha

– Igreja Santa Terezinha – localizada na Ramiro Barcelos, 386. Nasci e me criei em Porto Alegre, mas confesso que nunca tinha entrado nessa igreja. Quem não conhece, tem de conhecer. Foi como um amor à primeira vista. A igreja é linda, divina, maravilhosa. Há dois painéis de Locatelli , um mais lindo que o outro. Seu interior também é lindo. Um lugar abençoado mesmo. Fiquei fascinada com o que vi. Pretendo voltar lá mais vezes pra admirar tanta beleza. O arquiteto Lucas Volpatto guiou a visita e nos falou também sobre um projeto social que deu certo. É o grupo de apoio Acolher, criado para recuperação de usuários de crack e álcool.

Hostel

– Porto Alegre Hostel Boutique – O proprietário Carlos Augusto Alves nos ofereceu água, café, chá e biscoitos caseiros deliciosos, feitos pela cozinheira de lá.

Brechó

– Brechó da São Carlos – Funciona todas as tardes de sábado, entre as Ruas Comendador Azevedo e Gaspar Martins, das 11h às 19h.

– Praça Bartolomeu de Gusmão, também conhecida como Praça Florida – Funciona ali a escola municipal de educação infantil Meu Amiguinho. A praça recebe, às terças, uma feira modelo, com dezesseis bancas, das 15h às 20h.

– Ateliê Strey – Vi ali, em Lucas Strey, um rapaz bem jovem, um grande talento. Me encantei com suas esculturas e com o tamanho pequenino dos materiais com que trabalha. Parabéns, garoto. Tens um belo e talentoso caminho pela frente.

Eu não pude concluir a caminhada, que já estava perto do fim. O grupo depois visitou o projeto Vila Flores, em dois edificíos dos anos 20, do conhecido arquiteto José Lutzenberger, pai do ecologista, o antigo Moinho Germani, dos anos 30, e a antiga Importadora Americana, dos anos 50.

Fica aqui registrada a minha intensão de passear pelo bairro em outras oportunidades, porque só assim ficarei sabendo da história da região que tão bem me acolheu, onde me sinto tão bem, e espero me sentir melhor ainda, à medida em que o mesmo volte a crescer, gerar empregos e rendas, dando oportunidade a outras pessoas de também conhecerem as entranhas da Floresta.

Saiba mais sobre o passeio no site da UrbsNova

No ZH Moinhos desta semana

16 de maio de 2013 1

Você confere:

Caminho aberto no Ricaldone: alça que ligará Rua Engenheiro Saldanha à Rua General Neto, que era cuja construção foi iniciada semana passada, foi concebida para diminuir acidentes na atual esquina dessas duas vias.

Leitor-repórter aborda calçada obstruída na Rua Cabral, onde funcionava a escola Roque Callage.

Nas páginas 4 e 5, moradores contam como o  Shopping Total, que completa 10 anos neste mês, deu uma nova cara ao Floresta. Em fotos, veja a evolução do local desde a época em que abrigou a Cervejaria Bopp Irmãos.

Na seção Gastronomia, confira uma receita de linguado da Amêndoa Champanharia.

ZH Moinhos nas bancas

27 de março de 2013 1

No ZH Moinhos que circula nesta quinta-feira, confira reportagem sobre a insegurança no entorno do Shopping Total, com uma entrevista com o capitão Márcio Fernandes, comandante da 4ª companhia do 9º BPM.

O caderno traz também dois textos de leitor-repórter e, na seção Minha Turma, depoimentos sobre os 20 anos do Leonardo da Vinci Alfa.

Publicamos ainda o texto do blogueiro Eduardo Viamonte sobre placas da nova área azul instalada no Parcão, com um contraponto da EPTC, um texto da blogueira Miréia Borges sobre o cotidiano na 24 de Outubro e um convite lançado pela blogueira Úrsula P. Dutra Christini, para enviar fotos de outono.

A ideia da blogueira, aliás, inspirou a nova MissãoZH no Instagram: registrar imagens da nova estação.

Boa leitura!

Nova maneira de trabalhar e se relacionar

31 de julho de 2012 0

Por Norah Dietrich, do Conselho de Blogueiros

Em busca por um local para eventos, deparei-me com uma nova maneira de se trabalhar e se relacionar. Trata-se do Nós Coworking, situado no Shopping Total, na sugestiva Alameda dos Escritores.

Nesse espaço coletivo de trabalho, tudo chama a atenção, começando pela decoração inusitada: o encontro entre o contemporâneo e o antigo, permeado por uma atmosfera businesslike. Senti-me em um imenso loft, com tijolos aparentes, luminárias imensas e muito espaço para a circulação de ideias. Lá, divide-se o ambiente de trabalho, mas trabalha-se individualmente, procurando a sinergia entre talentos, criatividade e networking.

Nesse universo criativo, todos podem participar: designers, publicitários, psicólogos, desenvolvedores de conteúdo, linguistas e até comitê político!

Três empresas possuem um local fixo: a 99 Comunicação, a revista Noize e a agência de branding Icon. Todas com projetos invejáveis no currículo.

De fato, deparei-me com detalhes realmente muito interessantes, como um mural com avisos bem peculiares, como o coworker que está à procura de uma bicicleta — e nem precisa estar em bom estado de conservação! E também uma biblioteca, vários cartões de visitas pendurados estrategicamente pelo espaço e até um local dedicado à alimentação, devidamente equipado com uma máquina de café e energéticos. São tantos pormenores, que o ideal é realmente conferir tudo pessoalmente e com calma. A Ana Carvalho, que com muita competência e simpatia me atendeu, certamente terá muitas histórias curiosas para contar!

Ah! E claro, também é possível utilizar o espaço para eventos, como palestras e workshops.

E, então, o que você achou desse novo conceito de trabalho?



Associação pede mais segurança na Gonçalo de Carvalho

15 de maio de 2012 0

Por Paulo Renato Rodrigues, do Conselho de Blogueiros

A Associação dos Moradores da Rua Gonçalo de Carvalho entregou ao secretário da Segurança Pública do Estado, Airton Michels, na última sexta-feira, ofício manifestando a preocupação com o recrudescimento da violência na via. Mesmo à luz do dia, os moradores estão amedrontados. Várias tentativas de assalto à mão armada e roubos de carros foram presenciados nos últimos meses. Dentre as ações de combate ao crime na área, a associação pede o retorno dos brigadianos que faziam a ronda do entorno da Gonçalo, que abriga, além do Shopping Total, cinco escolas, com grande movimentação de pessoas. Adelino Soares, da diretoria da Associação, destacou que, “depois que a rua ficou badalada na mídia, os bandidos começaram a praticar mais delitos no local. A presença da Brigada Militar ampliava a proteção aos moradores e pessoas que circulam pela região”. Ainda que o foco da secretaria, nesse momento, seja o combate aos homicídios na Região Metropolitana, Michels prometeu tomar providências, principalmente levando em conta que houve uma tentativa recente de assalto com morte na saída do Shopping Total.